Monitorização e financiamento da investigação

A Comissão monitoriza e financia novos desenvolvimentos na área da investigação sobre potenciais efeitos negativos dos campos magnéticos na saúde e acompanha as respectivas iniciativas de regulamentação das autoridades nacionais e internacionais.

Monitorização

A pedido da Comissão, comités científicos independentes da UE examinam regularmente as provas científicas sobre os eventuais efeitos negativos dos campos magnéticos na saúde.

Até à data, estes pareceres científicos Traduções da ligação anterior English (en) não conduziram a uma fundamentação científica capaz de justificar uma revisão dos valores-limite de exposição (restrições básicas e níveis de referência) estabelecida na recomendação do Conselho 1999/519/EC. Porém, reconhecem que os dados básicos para a avaliação de alguns riscos são ainda limitados, nomeadamente para exposições a longo prazo e de baixo nível, o que justifica a necessidade de mais investigação neste domínio.

Em 2009, a Comissão solicitou ao Comité Científico dos Riscos para a Saúde Emergentes e Recentemente Identificados que emitisse um parecer sobre as necessidades e metodologia de investigação para colmatar as lacunas de conhecimento sobre os potenciais efeitos dos campos magnéticos na saúdepdf. Este parecer servirá de base para a selecção dos temas de investigação a financiar ao abrigo do programa-quadro de investigação.

A Comissão preparou também versões numa linguagem simples Traduções da ligação anterior English (en) para não especialistas de vários pareceres do Comité Científico dos Riscos para a Saúde Emergentes e Recentemente Identificados, incluindo os campos electromagnéticos (disponível em quatro línguas).

Financiamento

Desde 2010, a Comissão financia projectos de investigação sobre potenciais efeitos dos campos electromagnéticos na saúde, nomeadamente ao abrigo do programa-quadro de investigação.

Mais informações Traduções da ligação anterior English (en)