Recolha de dados

Ferramentas de recolha de dados

A recolha de dados sobre saúde processa-se essencialmente através de inquéritos, embora os registos hospitalares e de doenças e as redes-sentinela sejam também importantes.

Melhoria dos mecanismos de comunicação de dados sobre saúde

A Comissão trabalha activamente no sistema de informação da UE sobre saúde, destinado a facultar dados comparáveis de elevada qualidade, melhorando os mecanismos de comunicação de dados no domínio da saúde .

Sistema de inquérito sobre a saúde na Europa (EHSS)

Os inquéritos sobre saúde permitem recolher dados directamente junto da população através de entrevistas (inquéritos de saúde por entrevista - HIS) e de exames (inquéritos de saúde com exame clínico - HES).

O sistema de inquérito sobre a saúde na Europa (EHSS)  destina-se a completar o panorama da saúde dos europeus, acrescentando uma dimensão subjectiva aos indicadores objectivos de saúde.

Inquérito europeu de saúde com exame clínico (EHES)

Um inquérito de saúde com exame clínico (health examination survey - HES) é um inquérito junto da população que, além dos dados obtidos através de um questionário (respondido numa entrevista ou preenchido directamente pelos inquiridos), tem em conta determinadas medições, como a pressão arterial, amostras de sangue, testes da capacidade funcional, etc.

Este tipo de inquéritos fornece informações essenciais ao planeamento dos cuidados de saúde e à promoção da saúde, que não poderiam ser obtidas de outra forma. A Comissão procura desenvolver um inquérito europeu de saúde com exame clínico .

Redes-sentinela

As redes-sentinela, baseadas nos cuidados primários, constituem uma fonte de informação preciosa para determinados indicadores de saúde, especialmente no que respeita a doenças em relação às quais é importante dispor de um diagnóstico clínico profissional e sobre as quais outras fontes de dados existentes não são tão adequadas.

Estas redes podem fornecer informações epidemiológicas sobre determinadas doenças e problemas de saúde.

Sistema de recolha de informações relativas a actividades hospitalares

O sistema de recolha de informações para actividades hospitalares  é constituído sobretudo por estatísticas relativas a altas hospitalares.

Estes dados podem ser úteis para fazer estimativas sobre o encargo que certas doenças representam, além de darem uma ideia aproximada da incidência de certas doenças.

Melhoria dos registos de doenças específicas

Antes de lançar uma estratégia, a Comissão necessita de registos de doenças, por exemplo, que permitam avaliar devidamente o impacto de cada doença e identificar as que devem ser prioritariamente objecto de medidas.

O primeiro passo nesse sentido consistiu na melhoria dos registos de doenças específicas . O passo seguinte consistirá em criar uma rede europeia de registos de doenças.