Percurso de navegação

2012

Prémio de Jornalismo da UE no domínio da saúde

É jornalista e interessa-se por questões de saúde?

Regulamento

1. Participantes, artigos e candidaturas
2. Critérios de avaliação
3. Júris e atribuição dos prémios pela Comissão Europeia
4. Prémios
5. Cerimónia de entrega dos prémios
6. Declaração de privacidade

A versão juridicamente vinculativa é a inglesa.

1. Participantes, artigos e candidaturas

1. Os participantes no concurso devem ter a nacionalidade de um dos 28 países da UE ou residir num deles (incluindo a Croácia) e ser jornalistas profissionais (os autores devem ter carteira profissional de jornalista) ou ter publicado artigos redigidos em estilo jornalístico em órgãos de comunicação de renome). Não são aceites artigos publicitários nem artigos académicos.

2. Os participantes devem ter mais de 18 anos de idade.

3. Cada concorrente pode apresentar, no máximo, dois artigos. Os artigos podem ter sido publicados separadamente ou fazer parte de uma série de artigos.

4. Os artigos devem abordar uma ou várias questões abrangidas pelo tema «A Europa e os doentes»:

5. Para apresentar os artigos a concurso é necessário preencher um formulário de candidatura em linha. Cada artigo deve ser apresentado separadamente.

6. Os artigos devem ter sido originalmente publicados na União Europeia na imprensa periódica ou num órgão de comunicação em linha (cujas publicações tenham uma periodicidade, pelo menos, trimestral), incluindo publicações de empresas, associações, universidades, fundações, etc. Os artigos devem estar acessíveis ao público, gratuitamente ou mediante pagamento. Não são admitidos a concurso artigos publicados apenas em boletins de informação interna (por exemplo, boletins informativos destinados ao pessoal de uma empresa ou associação).

7. Os artigos devem ter sido publicados entre 1 de agosto de 2012 e 30 de setembro de 2013. Os participantes poderão ter de apresentar uma prova de que o artigo foi efetivamente publicado.

8. Os artigos devem estar redigidos numa das línguas oficiais da UE.

9. Os artigos devem ter entre 3000 carateres e 20 000 carateres (sem espaços).

10. O conselho de redação principal do órgão onde o artigo foi publicado deve estar estabelecido num dos 28 países da UE. Cada artigo concorre pelo país onde foi publicado.

11. São aceites participações coletivas de um máximo de 5 pessoas, cujos nomes devem figurar no formulário de candidatura.

12. Os artigos podem ser enviados por outra pessoa com o consentimento do autor, desde que o regulamento do concurso seja integralmente respeitado.

13. O prazo para apresentação das candidaturas é 30 de setembro de 2013 (24h00 CET).

14. A participação no concurso pressupõe que os participantes tenham lido e compreendido o respetivo regulamento.

15. Depois do envio dos artigos, os participantes receberão um aviso de receção por correio eletrónico, passando então a constar da lista oficial dos participantes. Não será enviada qualquer mensagem eletrónica para confirmar a admissibilidade dos artigos apresentados.

16. Os artigos enviados não serão devolvidos.

17. A Comissão Europeia reserva-se o direito de recusar quaisquer candidaturas que não preencham os requisitos do concurso.

18. A Comissão Europeia reserva-se o direito de utilizar os artigos a concurso (incluindo fotografias e ilustrações) em material publicitário e nos meios de comunicação social, bem como de reproduzi-los em qualquer suporte para efeitos de promoção do prémio.

19. Os artigos dos finalistas nacionais serão traduzidos para inglês e publicados nos sítios Web da Comissão Europeia, juntamente com os nomes, fotografias e CV dos finalistas.

20. As pessoas que trabalham para a Comissão Europeia, os organizadores e os membros do júri do Prémio de Jornalismo da UE no domínio da Saúde, bem como os respetivos familiares não podem participar no concurso.

21. Todas as decisões do júri, quer a nível nacional, quer a nível da UE, são definitivas.

2. Critérios de avaliação

Os membros do júri avaliarão os artigos de acordo com os seguintes critérios:

• pertinência e relevância do seu conteúdo para o público

• capacidade para despertar e cativar o interesse dos leitores

• independência, objetividade e respeito pela ética jornalística

• originalidade (escolha e tratamento do tema, ponto de vista, etc.)

• nível de investigação: pesquisa necessária à recolha da informação, recursos utilizados e esforços envidados na preparação do trabalho

• qualidade de redação: linguagem, facilidade de leitura e estrutura

• conteúdo do artigo: deverá ser pertinente do ponto de vista da saúde ou da política de saúde e abordar uma ou várias das questões referidas no ponto 1.4.

3. Júris e atribuição dos prémios pela Comissão Europeia

A Comissão Europeia atribuirá os prémios com base numa proposta de um júri da UE, após uma pré-seleção efetuada pelos júris nacionais, que têm um papel consultivo.

– Júri nacional

Os artigos a concurso serão avaliados em cada Estado-Membro por um júri independente que selecionará um finalista a nível nacional. Os júris nacionais são constituídos por especialistas em matéria de saúde pública e por jornalistas de renome. Cada júri nacional é presidido pelo Chefe da Representação Permanente da Comissão Europeia no país em causa ou pelo seu representante.

– Júri da UE

Os prémios são atribuídos pela Comissão ao vencedor e aos segundo e terceiro classificados a nível europeu com base no parecer de um júri presidido por um alto funcionário da Comissão Europeia e constituído por funcionários europeus, especialistas em saúde pública europeia e jornalistas de renome.

A lista dos membros do júri será publicada no presente sítio Web, uma vez terminados os respetivos trabalhos.

4. Prémios

O vencedor a nível europeu e os segundo e terceiro classificados receberão, respetivamente:

• primeiro prémio no valor de 6500 euros

• segundo prémio no valor de 4000 euros

• terceiro prémio no valor de 2500 euros

5. Cerimónia de entrega dos prémios

Os finalistas nacionais serão convidados a assistir à cerimónia de entrega dos prémios e a participar num seminário especialmente concebido para jornalistas.

Os artigos dos vencedores e dos finalistas serão publicados em inglês neste sítio Web e noutros sítios Web da Comissão Europeia.

6. Declaração de privacidade

Os dados pessoais transmitidos serão registados e tratados na medida em que tal seja necessário para fins da sua participação no concurso.

Esses dados serão tratados em conformidade com o disposto no Regulamento (CE) n.º 45/2001, relativo à proteção das pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais pelas instituições e pelos órgãos comunitários e à livre circulação desses dados.

Serão assim registados e armazenados apenas durante o tempo necessário aos trâmites da sua participação no concurso.

Por motivos de transparência, os artigos a concurso, bem como o nome e o cargo exercido pelos seus autores nas respetivas organizações, poderão ser divulgados ao público.

Direito de retificação e contacto do responsável pelo tratamento dos dados pessoais:

Para mais informações sobre o tratamento dos dados pessoais ou o exercício dos seus direitos (por exemplo, acesso ou retificação de quaisquer dados incorretos ou incompletos), queira contactar-nos.

Os participantes têm o direito de recorrer, a qualquer momento, para a Autoridade Europeia para a Proteção de Dados: edps@edps.europa.eu.

Última atualização:09/06/2014 | Topo