Navigation path

Instituições mais eficazes

O FSE está a ajudar as administrações públicas e os prestadores de serviços públicos a tornarem-se mais eficazes e eficientes no seu funcionamento. O objetivo desta ajuda é melhorar o apoio dado a candidatos a emprego, trabalhadores e cidadãos, por exemplo, através de um melhor acesso ao emprego e a serviços de saúde.

A qualidade e a eficiência da administração pública são fatores fulcrais para o desenvolvimento socioeconómico. Com uma melhor organização e pessoal bem formado, as autarquias e os serviços de emprego podem servir melhor os cidadãos e melhorar a qualidade de vida nas suas comunidades. Os Estados-Membros e regiões menos desenvolvidos – conhecidos como regiões de convergência – podem estar desprovidos das capacidades administrativas modernas que possam apoiar o emprego da forma mais eficiente e eficaz. Os projetos financiados pelo FSE ajudam a estabelecer os sistemas e competências necessários.

Shutterstock/116132881

Os formadores dos organismos públicos podem adquirir novos conhecimentos e métodos curriculares para ajudar a melhorar competências. O FSE está a apoiar programas de formação para funcionários públicos, dando-lhes as competências para implementar sistemas de gestão modernos e serviços orientados para o cliente. Muita desta ajuda é veiculada através de projetos transnacionais do FSE – em que os profissionais de regiões mais desenvolvidas da UE dão aconselhamento e apoio sobre o que funciona bem e o que evitar. Esta colaboração é importante para assegurar que as boas práticas são transferidas da forma mais eficiente.

Outra das áreas que recebe apoio do FSE é a implementação de sistemas modernos de tecnologia da informação e tornar os funcionários públicos aptos a utilizá-los. O objetivo desta ajuda é proporcionar melhores serviços aos cidadãos, sejam eles candidatos a emprego, trabalhadores à procura de formação ou cidadãos a interagir com administrações locais. A existência de melhores serviços públicos pode melhorar a qualidade de vida de uma região, ajudar a aumentar o emprego e representar um auxílio mais eficaz a grupos desfavorecidos, como as pessoas com deficiência e os desempregados de longa duração.