Percurso de navegação

Outras ferramentas

  • Visualização pré-impressão
  • Reduzir texto
  • Ampliar texto

Siga-nos

Facebook

O contributo da ciência

Em 2014, tem início o programa Horizonte 2020, o novo programa de investigação e inovação da UE, que pretende reduzir a burocracia e investirá milhares de milhões de euros no desenvolvimento de uma economia verde e sustentável que fomente o emprego e o crescimento.

A ciência ajuda-nos a perceber as causas e o impacto das alterações ambientais, a conceber estratégias para gerir recursos limitados, a encontrar soluções eficazes para os problemas urgentes que afetam a saúde, a segurança e a qualidade de vida das pessoas e a assegurar a transição para uma economia eficiente em termos de recursos.

O aprofundamento dos conhecimentos científicos ajudar-nos-á a identificar as tendências significativas e a desenvolver políticas adequadas para proteger e conservar a natureza.

É fundamental dispor de dados fiáveis sobre as causas dos problemas e as suas possíveis soluções em todas as fases da elaboração da política ambiental.

Os nossos conhecimentos sobre o ambiente têm lacunas importantes que devem ser identificadas e colmatadas. Idealmente, os cientistas e os responsáveis políticos deveriam partilhar objetivos comuns. Para que isto se torne uma realidade, é necessário que os dados científicos sejam:

  • oportunos - disponíveis quando os responsáveis políticos deles necessitam
  • claros - apresentados de forma facilmente compreensível
  • adequados ao objetivo - corresponder às necessidades reais dos responsáveis políticos
  • acessíveis - as massas de dados devem ser credíveis, pertinentes e compreensíveis

A Comissão está a reforçar a interface entre a ciência e a política ambiental europeia através da cooperação com uma série de fornecedores de conhecimentos e de iniciativas como o INSPIRE, o SEIS e o COPERNICUS.

A transição para uma economia verde e hipocarbónica exigirá um nível elevado de inovação. A investigação é indispensável para identificar desafios e orientar a ação.

O programa Horizonte 2020 é um poderoso instrumento financeiro ao serviço da Comissão para ajudar a Europa a obter os conhecimentos científicos de que necessita. No quadro deste programa, será lançada a União da Inovação, uma iniciativa emblemática da estratégia Europa 2020, que visa garantir a competitividade global da Europa.

Com um orçamento de 80 mil milhões de euros para o período de 2014 a 2020, o programa contribuirá para o crescimento e a criação de novos postos de trabalho na Europa.

O programa Horizonte 2020 reúne todo o financiamento concedido pela UE à investigação e inovação, com o objetivo de traduzir os avanços científicos em produtos e serviços inovadores que proporcionem oportunidades de negócio e mudem para melhor o quotidiano das pessoas. O programa também reduz a burocracia, simplificando regras e procedimentos, a fim de atrair investigadores de alto nível e uma vasta gama de empresas inovadoras.