Este sítio foi arquivado em 02/02/2015
02/02/2015

Percurso de navegação

This website is no longer being updated.

Please visit the new Internal Market, Industry, Entrepreneurship and SMEs website.

Equipamentos de rádio e terminais de telecomunicações

Un cargador para todos - UE na vanguarda!

One charger for all logo © European Union 2008-2011

Facilitar a vida dos cidadãos da UE

Os telemóveis são muito úteis... até ao momento em que a bateria fica sem carga e não tem um carregador consigo. Fica então impossibilitado de fazer ou receber chamadas e de enviar ou receber mensagens. Fica também impossibilitado de consultar os seus dados ou contactos. Começa então uma procura desesperada por um carregador compatível.

Este problema deixará em breve de existir.

A Comissão Europeia persuadiu os fabricantes de telemóveis a abandonarem a sua abordagem de desperdício e ineficiência que consiste em fabricar um carregador para cada tipo de telemóvel. Catorze dos principais fabricantes de telemóveis chegaram a acordo sobre um sistema harmonizado para os telemóveis com entrada de transferência de dados vendidos na UE. O resultado no papel é uma nova norma técnica. O resultado nas lojas – e nos bolsos e nas malas dos cidadãos da UE – é que todos estes telefones podem ser carregados através de uma simples ficha Micro-USB.

O resultado para o ambiente é uma redução do volume de resíduos eléctricos, estimando-se que, actualmente, os carregadores redundantes correspondem a um volume de, aproximadamente, 51 000 toneladas por ano.

A iniciativa da UE clarificou a posição da indústria e acelerou um processo que as próprias empresas poderiam levar anos a implementar por iniciativa própria. Além disso, a UE alcançou este objectivo sem necessitar de recorrer à adopção de legislação complexa.

Trata-se, efectivamente, de uma demonstração clara da forma como a UE pode ajudar os seus cidadãos, não apenas através de leis, mas também mediante a introdução a nível europeu de uma abordagem de senso comum que beneficia todos os cidadãos.

Existe também o factor «novidade». Não seria fantástico poderemos utilizar apenas um carregador para todos os nossos equipamentos electrónicos em casa?! A Comissão pensa que, sendo o mercado dos telemóveis o maior mercado de produtos electrónicos de consumo, os dispositivos que utilizam um sistema de alimentação por bateria similar, como as máquinas fotográficas e os leitores de áudio, adoptarão progressivamente o novo carregador.

A compatibilidade com o carregador comum contribuirá ainda para facilitar a vida dos cidadãos europeus, proteger o ambiente e reduzir os custos com a aquisição de equipamentos electrónicos. A Comissão acompanhará de perto este processo de convergência e tomará medidas em benefício dos cidadãos.

Partilhar: FacebookGoogle+LinkedInEnviar esta página a um amigo

Texto tamanho normalAumentar texto 200 %Imprimir esta página