Percurso de navegação

Panorama geral do sector industrial do calçado

O sector do calçado é uma indústria diversificada que abrange uma grande variedade de materiais (têxtil, plástico, borracha e couro) e de produtos, desde os diferentes tipos de calçado para homens, mulheres e crianças até aos produtos mais especializados, como botas de snowboard e calçado de protecção. Esta diversidade de produtos finais é o reflexo de um grande número de processos industriais, de empresas e de estruturas de mercado.

A acção da UE destina-se a promover a inovação, a competitividade e a competição entre as empresas do sector, a combater a fraude e a falsificação e a proteger a saúde dos consumidores e o ambiente.

Em 2006, o sector do calçado compreendia 26.600 empresas, gerava um volume de negócios de 26,2 milhares de milhões de euros e uma mais-valia de 6,9 milhares de milhões de euros (o que representa 0,5% da indústria transformadora da UE) e empregava directamente 388.000 pessoas. Actualmente, dois terços da produção total de calçado da UE concentra-se em três países: Itália (cuja produção ronda os 50% da produção comunitária), Espanha e Portugal.

A indústria europeia do calçado abrange um grande número de pequenas empresas (com uma média de 20 trabalhadores) que, na sua maioria, se situam em regiões com pouca diversidade industrial. No entanto, existem diferenças entre os vários Estados-Membros: enquanto que as empresas francesas e alemãs contam com uma média de 100 trabalhadores, as espanholas e italianas limitam-se a cerca de doze postos de trabalho. A média nos outros Estados-Membros situa-se entre estes dois extremos.

Partilhar: FacebookGoogle+LinkedInEnviar esta página a um amigo

Texto tamanho normalAumentar texto 200 %Imprimir esta página