Percurso de navegação

Outras ferramentas

Bom demais para ser verdade? - O verdadeiro preço dos produtos de contrafação

Quando uma pessoa compra uma imitação - denominada «produto de contrafação» - em vez de um produto autêntico tem muito a perder. É também uma questão de ética, pois um dos grandes beneficiários desta atividade comercial ilegal é o crime organizado, que em todo o mundo está grandemente envolvido na venda deste tipo de produtos.

Os produtos de contrafação podem representar graves riscos para a saúde e a segurança. Por que motivo se preocupariam os vigaristas com a segurança dos consumidores? As pessoas também ficam a perder enquanto consumidores. Aquilo que, à primeira vista, parece uma oportunidade torna-se geralmente um desperdício de dinheiro, já que as imitações não são produzidas com os mesmos níveis de qualidade que os produtos autênticos.

Além disso, todos ficamos a perder enquanto contribuintes. Uma vez que os operadores e comerciantes ilegais não pagam impostos, temos de pagar mais para compensar os prejuízos causados pelos produtos de contrafação. Os comerciantes de contrafações causam danos à economia europeia na medida em que prejudicam o comércio legítimo e desincentivam a inovação.

As imitações são uma forma de concorrência desleal para com os produtos industriais genuínos e colocam muitos postos de trabalho na Europa em risco. Contra esta ameaça, só há uma coisa a fazer:

Dizer não às imitações e comprar os produtos autênticos!

On 27 January 2014, in Rome, the European Commission Vice-President Tajani and the President of the Italian Senate, Pietro Grasso took the floor together with high representatives from Institutions, industry, traders and consumers associations and national authorities involved in the fight against fake goods.

During the conference, representatives from different Member States gave evidence of their efforts to fight counterfeiting, as well as of the impact of the European Commission "Stop fakes" awareness campaign in their country.

Watch the video of the conference!

Session 1: Fighting counterfeiting and reviving the economy

  • Pietro GRASSO, President of the Italian Senate of Italy
  • Antonio TAJANI, Vice-President of the European Commission
  • Saverio CAPOLUPO, Commanding General of Guardia di Finanza
  • Giuseppe PELEGGI, Director General of Italian Customs and Monopoly Agency

  • Lisa FERRARINI, President of the Technical Committee for "Made in" and Anti – Counterfeiting;
  • Philippe COEN, Vice President of Unifab (Union des fabricants)
  • Nobert DRUDE, President of the German Customs Investigation Bureau
  • Reneta NIKOLOVA, President of the Bulgarian Association of Journalists Against Corruption

 

Programme of the conferencepdf(30 kB) Traduções da ligação anterior  and the conference posterpdf(3 MB).

Ver o vídeo em francês - alemão - italiano - espanhol

Brochura noutras línguaspdf(2 MB) Traduções da ligação anterior 

Ligações úteis

Partilhar: FacebookGoogle+LinkedInEnviar esta página a um amigo