IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 Parques com Vida ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : INSTITUTO P/ DESENVOLVIMENTO AGRARIO REGIÃO NORTE - IDARN
Other national partners : ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DAS REGIÕES DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA GERÊS - A
CoraNE - Associação de Desenvolvimento dos Concelhos da Raia Nordestina
DIRECÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA DE ENTRE DOURO E MINHO
Douro Superior Assoc de Desenvolvimento
INSTITUTO DA CONSERVAÇÃO DA NATUREZA
Probasto - Associação de Desenvolvimento Rural de Basto
EQUAL theme :Adaptability - Adaptation to change and NIT 
Type of DP :Geographical - Other - NORTE 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2004-275 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :24-10-2005 
Last update :10-03-2008 
Monitoring: 2005  2006   

Rationale

Text available in

- - The visibility of the RNAP in the Region North nominated in the atractivity of these territories before sensible visitors and tourists to the environment, landscape and cultural questions; - The visibility capitalization by local actors; - The existence of a high number of agro-alimentary products certified by European Union (DOP's, IGP's); - The existence of conceptual rich thematic routes; - Creation of a route “Parques Com Vida” that congregates the adherent ones to the Mark; - Local actors Organization with sight to the attainment of a "tourist product"; - Opportunity to attract environment more demanding markets and adepts of the NTIC (New Technologies of Information and Communication); - Modernization of touristy offer through the introduction of the NTIC. , - • Lack of an integrated strategy of the territorial complementarities; • Inexistence of an catalyst instrument of the local complementarities pointedly to the level of the services of lodging, restaurant’s, tourist animation and trading points to the public; • A reduced amount of of tourists/visitors for other more organized areas; • Existence of training lacks of rendering services in the lodging, restaurant’s, tourist animation and trading points to the public; • The lack interest of local actors relatively to the environmental intentions of the Protected Areas; • Scarcity of promotional tourist events, usually unframed of the territorial agents; • Reduced integration of the NTIC by the economic agents; • Absence of an instrument that allows to diagnosis formative necessities of the local actors, to identify emergent professional profiles as well as characterizing the tourist search and perspective its evolution.

dot Top


Objective

Text available in

The project “Parques Com Vida” aims the promotion of the four Parks territories of the National Net of Protected Areas in the North region (National Park of Peneda Gerês, Natural Park of Alvão, Natural Park of Montesinho and Natural Park of International Douro), through the constitution of a Collective Mark that congregates the diverse local actors in turn of a common strategy of valuation of restaurants, manufacture, lodging and tourist animation. The constitution of this Collective Mark for the local services will be able to be assumed as an instrument of organization and promotion of these territories. With sight to the prosecution of these objectives, the project will develop the following activities: 1. Creation of Collective Mark; creation of one Collective Mark of Association (managed for specific private entity) that it integrates the 4 types of services. 2. Sessions of Work with the adherent ones to the Mark; consist as of quarrel congregating the adherent promoters of the project, potentials and other entities implied in the development of the territories. 3. Definition of promotional strategy for the Mark; the sustainability of the Mark depends on effectiveness of its promotion, consisting in a rigorous plan of marketing. 4. Organization of Thematic Routes; The lack of organization and visibility of the existing routes, request to organize and promote them, as well as creating a route that materializes in net the adherent ones to the Mark. 5. Conception of software of support to the public-target; conception of software of support to the public-target. A site creating a platform of promotion for the Mark and an instrument that through the GPS indicates to the tourist and/or visitor the localization of all the adherent and offer interactively information and orientation in the territories (Digital Personal Assistant - PDA). 6. Creation of an Observatory of the Mark; will serve to survey in the time the impact of the tourist activities in the territories, the formative necessities of the local actors in general and the adherent ones in particular, the emergent professional profiles, as well as characterizing the tourist search and perspective its evolution. 7. Formation to the Adherent ones; the territorial forums will have the responsibility to manage 308h of formation. This formation destines to the entrepreneurs and its workers and will aim at its qualification for the Commitment “Parques Com Vida”, the introduction of the NTIC, among others to identify for the adherent ones. To the transnational level the Project celebrated the agreement "Equal Mountain Opportunities" with Italian partners, with project "Valorizzazione delle risorse endogene della aree montane della Campania", and the Polish, with project "Sudety - Szansa dla mlodych ". Has been created a comity for the promotion of the mountain areas of the three countries.

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Training ***
Training on work place **
Anticipation of technical changes ****

Type of innovation Rating
Process-oriented ***
Goal-oriented ****
Context oriented ***

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  0.0%  0.0% 
Employed  46.2%  53.8% 
Others (without status, social beneficiaries...)  0.0%  0.0% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  0.0%  0.0% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  46.2%  53.8% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  46.2%  53.8% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  46.2%  53.8% 
  100.0% 
 
< 25 year  15.4%  23.1% 
25 - 50 year  26.9%  30.8% 
> 50 year  3.8%  0.0% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination **
Support to entrepreneurship **
Low qualification ***
Unemployment *

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.2%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
4151 Equal Mountain Opportunities IT IT-G2-CAM-072
PL 29

dot Top


Background

 

N.C.

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
INSTITUTO P/ DESENVOLVIMENTO AGRARIO REGIÃO NORTE - IDARN Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DAS REGIÕES DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA GERÊS - A
CoraNE - Associação de Desenvolvimento dos Concelhos da Raia Nordestina
DIRECÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA DE ENTRE DOURO E MINHO
Douro Superior Assoc de Desenvolvimento
INSTITUTO DA CONSERVAÇÃO DA NATUREZA
Probasto - Associação de Desenvolvimento Rural de Basto

dot Top


Agreement Summary

Text available in

Resumo do Acordo de PD Os parceiros acordam: 1. Objectivos comuns 1.1 Desenvolver em conjunto o projecto acima referenciado, cujo diagnóstico, objectivos, actividades, resultados e processo de avaliação, e plano de financiamento se descrevem no formulário de candidatura à acção 2. 2. Estruturas e processo de funcionamento da Parceria 2.1 Criar à partida as seguintes estruturas de gestão e funcionamento: Pela abrangência e impactes espectáveis do Projecto Parques Com Vida, torna-se essencial a constituição de estruturas de gestão e funcionamento que permitam o desenvolvimento adequado do projecto, quer ao nível interno - lógica de projecto, quer ao nível externo – o projecto com e para os territórios. Serão constituídas três estruturas: a Equipa Técnica, a Comissão Técnica e a Comissão de Acompanhamento. Constituem esta Equipa Técnica, o Coordenador, os Técnicos de Campo (um por território e a tempo inteiro) e que desenvolvem a acção no respectivo território, os Interlocutores Técnicos das entidades que compõem a PD e que asseguram a ligação da Equipa à respectiva entidade e os Interlocutores Financeiros que asseguram o bom fluxo de documentação/pedidos de pagamento. Tem por competência o desenvolvimento efectivo do projecto, nomeadamente nos domínios da planificação, elaboração de propostas para análise nas Comissões e concretização das tarefas com vista à prossecução dos objectivos do projecto. A Comissão Técnica é constituída pelo Director Técnico de cada entidade da Parceria de Desenvolvimento (no caso do ICN, pelos Directores dos 4 parques) e pelo Chefe de Projecto que preside. Tem ainda assento o Coordenador da Equipa Técnica sem direito a voto. A Comissão de Acompanhamento tem por objectivo constituir-se como órgão colegial que fará a validação institucional de todas as actividades do Projecto e dos seus produtos, sendo por isso a instância de decisão política do projecto. Será constituída pelo Presidente da Direcção do IDARN, que preside e pelos Presidentes de Direcção de cada entidade parceira. Com assento mas sem direito a voto, o Chefe de Projecto, o Coordenador da Equipa Técnica e os Directores dos Parques. Para esta Comissão de Acompanhamento serão convidadas as entidades que se julgarem pertinentes para o melhor desenvolvimento do Projecto. Ambas as Comissões serão secretariadas pela Equipa Técnica de Projecto. 2.2 Implementar o seguinte processo de tomada decisão (destacar nomeadamente processos de dos parceiros, mecanismos que promovam a igualdade de género, etc.): Para assegurar o eficaz exercício da Parceria de Desenvolvimento (PD) foram criadas três estruturas – Equipa Técnica, Comissão Técnica e Comissão de Acompanhamento. Estas interrelacionam-se num sistema de bottom-up, ou seja de baixo para cima. A Equipa Técnica tem como competência o desenvolvimento efectivo do projecto, nomeadamente nos domínios da planificação, elaboração de propostas para análise nas Comissões (Técnica e Acompanhamento) e concretização das tarefas decorrentes. A Comissão Técnica constitui-se como órgão colegial à gestão das decisões técnicas correntes, validando tecnicamente as propostas da Equipa Técnica. Tem ainda por missão preparar a decisão da Comissão de Acompanhamento. Por último, a Comissão de Acompanhamento, constitui-se como órgão colegial de validação institucional das opções estratégicas das actividades do Projecto sendo por isso a instância de decisão política do projecto. 2.3 Assegurar a transparência da informação interna relativa ao projecto e à parceria, que será disponibilizada a todos os parceiros da seguinte forma ( ex. recurso às TIC...): Para assegurar a fluidez da comunicação da Parceria de Desenvolvimento (PD) foram criadas três estruturas – Equipa Técnica, Comissão Técnica e Comissão de Acompanhamento. Estas interrelacionam-se num sistema de bottom-up, ou seja de baixo para cima. A Equipa Técnica tem como competência o desenvolvimento efectivo do projecto, nomeadamente nos domínios da planificação, elaboração de propostas para análise nas Comissões (Técnica e Acompanhamento) e concretização das tarefas decorrentes. A Comissão Técnica constitui-se como órgão colegial à gestão das decisões técnicas correntes, validando tecnicamente as propostas da Equipa Técnica. Tem ainda por missão preparar a decisão da Comissão de Acompanhamento. Por último, a Comissão de Acompanhamento, constitui-se como órgão colegial de validação institucional das opções estratégicas das actividades do Projecto sendo por isso a instância de decisão política do projecto. Ambas as Comissões serão assessoradas pela Equipa Técnica de Projecto, contribuindo deste modo para criar um fluxo de informação. Pretende-se ainda criar uma corrente contínua de informação/formação, com os aderentes implicando-os na construção do compromisso Parques com Vida e na própria gestão da Marca. Sendo para as tomadas de decisão auscultados os aderentes ou seus representantes. 2.4 Assegurar que a difusão pública dos resultados do projecto, finais ou provisórios, só será efectuada após anuência do(s) parceiro(s) envolvido(s) na sua concepção. 3. Recursos técnicos 3.1 Assegurar estabilidade nos recursos técnicos afectos ao projecto. 4. Ajustamento da parceria 4.1 Proceder ao ajustamento da parceria, à saída ou entrada de novos parceiros, ou eventual revisão deste Acordo, nomeadamente se a avaliação do projecto o indicar como necessário.

Last update: 10-03-2008 dot Top


INSTITUTO P/ DESENVOLVIMENTO AGRARIO REGIÃO NORTE - IDARN

(IDARN)
RUA DA IGREJA
-
P-4485-242-GUILHABREU Vila do Conde

Tel:+351252669060
Fax:252669068
Email:idarn@ptnetbiz.pt

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:27-09-2004 /

Text available in

O IDARN é uma associação científica e técnica, sem fins lucrativos, reconhecido como entidade de Utilidade Pública por Despacho do Primeiro Ministro em 31 de Dezembro de 1999. Orienta a sua acção para o desenvolvimento rural da região Norte, especificamente nos seguintes domínios: a) Preparação e/ou coordenação de projectos de investigação e desenvolvimento experimental. b) Formação profissional, nos campos da reciclagem, da formação de formadores e da especialização. c) Promoção de iniciativas, visando o debate conclusivo sobre experiências e inovações no campo da investigação científica e tecnológica. d) Organização de colóquios, seminários, conferências, grupos de estudo ou outras quaisquer formas de trabalho. e) Apoio técnico às empresas agrícolas e agro-industriais.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Paulo d'Eça Paulo +351252660560 paulo.eca@idarn.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-03-2008 dot Top


ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DAS REGIÕES DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA GERÊS - A

(ADERE-PG)
LARGO DA MISERICÓRDIA, Nº 10
-
P-4980-613-PONTE DA BARCA Ponte da Barca

Tel:+351258452250
Fax:258452450
Email:aderepg@mail.telepac.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:MINHO-LIMA
Date of joining / leaving:30-09-2004 /

Text available in

A ADERE- Peneda Gerês é uma Associação de Desenvolvimento que actua nos cinco concelhos do Parque Nacional da Peneda Gerês (Arcos de Valdevez, Melgaço, Montalegre, Ponte da Barca e Terras de Bouro). Criada em 1993, a ADERE- Peneda Gerês é uma entidade privada sem fins lucrativos,que desenvolve a sua actividade nas regiões dos cinco concelhos abrangidos pelo Parque Nacional da Peneda Gerês. A sua actuação centra-se no desenvolvimento de projectos financiados pela Comunidade Europeia e pelo Estado Português, com o intuito de contribuir para a melhoria das condições de vida das populações residentes e para a valorização e conservação do Património Natural e Construído. Com a implementação destes projectos consegue também promover e divulgar as regiões a nível externo,quer junto dos visitantes e turistas que procuram os serviços da Central de Reservas da ADERE como através da publicação de anúncios promocionais em jornais regionais e nacionais e da realização e participação em feiras (em Portugal e em Espanha). Paralelamente desenvolve acções de Formação Profissional para residentes nas Regiões do PNPG ( condição preferencial)com a finalidade de dotar os participantes de conhecimentos que lhes permitam melhorar o seu desempenho profissional ou criar novas fontes de rendimento complementares à agricultura.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Sónia Bragança Rebelo de Almeida Sónia +351258452450 aderepg@mail.telepac.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-03-2008 dot Top


CoraNE - Associação de Desenvolvimento dos Concelhos da Raia Nordestina

(CORANE)
Rua Padre António Vieira - Edificio do GAT
-
P-5300-224-BRAGANÇA Bragança

Tel:+351273332925
Fax:273328281
Email:terrafria@corane.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:ALTO TRAS-OS-MONTES
Date of joining / leaving:30-09-2004 /

Text available in

A CoraNE, é uma Associação de direito privado, sem fins lucrativos, constituída em 12 de Julho de 1995, cujo objectivo principal consiste na promoção, apoio e realização de um aproveitamento mais racional das potencialidades endógenas dos concelhos que integram a sua área de actuação, por sua iniciativa ou em colaboração com organismos ou serviços oficiais ou privados, nacionais, estrangeiros ou internacionais visando contribuir, por todos os meios legais ao seu alcance e que estejam dentro do perfil vocacional dos seus associados para o desenvolvimento social, económico e cultural da área dos concelhos de Bragança, Miranda do Douro, Vimioso e Vinhais, tendo em vista o seu desenvolvimento integrado. A CoraNe para além de se assumir como um espaço de discussão e definição de estratégias actua também no campo da dinamização e concretização de acções e projectos cujo objectivo é o desenvolvimento integrado da região com particular incidência das zonas rurais.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Francisco Leonel Alves Francisco +351273332925 terrafria@corane.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-03-2008 dot Top


DIRECÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA DE ENTRE DOURO E MINHO

(DRAEDM)
RUA DR. FRANCISCO DUARTE, 365 - 1º
-
P-4710-379-BRAGA Braga

Tel:+351253206400
Fax:253206401
Email:dqp@draedm.min-agricultura.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:CAVADO
Date of joining / leaving:30-09-2004 /

Text available in

Promover, na Região do Entre Douro e Minho, a execução das políticas agrícolas e de desenvolvimento rural, numa perspectiva multifuncional e de gestão sustentada e integrada do território agro-rural. OBJECTIVOS ESTRATÉGICOS 1.Participar na formulação das políticas e promover acções de desenvolvimento rural, acompanhar e informar os instrumentos de ordenamento do território e de preservação do ambiente, promovendo a participação de todas as unidades regionais do mundo agro-rural e organizando os meios internos ao seu dispor. 2. Apoiar a produção agrária promovendo e participando, em conjunto com outras entidades, em acções de investigação, experimentação, apoio técnico e formação profissional. 3. Promover a divulgação e a melhor gestão e utilização dos diversos instrumentos e medidas de apoio financeiro ou de orientação (condicionamento e licenciamento) da política agro-alimentar e rural. 4. Promover as acções de protecção da produção vegetal e animal, assegurando o cumprimento da legislação em vigor e a execução das campanhas e orientações aprovadas pelas respectivas autoridades nacionais, desenvolvendo sempre que possível apoio técnico e laboratorial. 5. Assegurar as acções de controlo e fiscalização dos produtos de origem vegetal e animal, promovendo o cumprimento de todas as normas em vigor em matéria de segurança alimentar.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Rui Manuel Pereira Martins Rui +351253206400 r.martins@draedm.min-agricultura.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-03-2008 dot Top


Douro Superior Assoc de Desenvolvimento

(DOURO SUPERIOR ASSOC DE DESENVOL)
Av. Combatentes da Grande Guerra Ed. do GAT
-
P-5160-217-TORRE DE MONCORVO Torre de Moncorvo

Tel:+351279200730
Fax:279254056
Email:dourosup.assdes@mail.telepac.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:DOURO
Date of joining / leaving:22-06-2005 /

Text available in

a) Elaboração de projectos e estudos de viabilidade que contribuam para a promoção e desenvolvimento da região; b) O acompanhamento, intervenção e apoio de projectos ou acções de interesse regional; c) A promoção do emprego, fixação das populações, divulgação das oportunidades de investimento na região; d) O apoio ao estudo e desenvolvimento das características dos produtos regionais, da manutenção e criação de mercados; e) Promoção e divulgação da imagem da região no exterior, nomeadamente nos seus aspectos cultural e turístico; f) Coordenação e compatibilização das actividades e projectos dos associados, no âmbito das atribuições da Associação;



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
António Eduardo Jorge Morgado António +351279258010 (Unknown) Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-03-2008 dot Top


INSTITUTO DA CONSERVAÇÃO DA NATUREZA

(ICNB)
Rua de Sta. Marta, n.º 55
-
P-1150-294-LISBOA Lisboa
-

Tel:+351213507900
Fax:213507984
Email:icn@icn.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:11-01-2008 /

Text available in

O Instituto da Conservação da Natureza e Biodiversidade tutela a Rede Nacional de Áreas Protegidas ( ….) Instituto Público que possui autonomia administrativa e financeira: A Lei Orgânica do ICN atribui um conjunto de competências ao Instituto de que se destacam nos domínios da definição de estratégias, programa e planos de conservação da natureza no território nacional. Sendo estes Parques espaços habitados e neles se verificando uma estreita ligação entre Homem e a Natureza, com as suas relações e interdependências os objectivos destas áreas Protegidas assentam fundamentalmente: 1. Conservação e implementação do Património Natural (desenvolvimento de estudos, projectos e acções de salvaguarda de valores floristicos e faunísticos); 2. Conservação e implementação do Património Cultural (levantamentos etnográficos e musicais, criação de unidades museológicas e eco-museus); 3.Conservação e implementação do Património Construído (contributo na definição e caracterização da arquitectura tradicional. Apoio à divulgação e sensibilização dos residentes e proprietários na sua implementação e conservação. Recuperação de moinhos, eiras, canastros, levadas, pontes e pontões tradicionais); 4. Melhoria da qualidade de vida dos residentes (em colaboração com as autarquias locais e associações de desenvolvimento) 5. Apoio à dinamização das actividades tradicionais; 6. Educação e sensibilização ambiental (envolvendo escolas entre outros actores locais e comunidades locais) 7. Fomento do turismo de natureza e recreio ecológico; 8. Investigação científica (como base da grande maioria dos projectos e iniciativas e numa estrita ligação às Universidades, Centro de Ciência e Institutos Politécnicos).



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Duarte José Faria Vilar de Figueiredo Duarte +351253203480 figueiredod@icnb.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-03-2008 dot Top


Probasto - Associação de Desenvolvimento Rural de Basto

(PROBASTO)
Edifício Multiusos - Lugar do Rio - Refojos
-
P-4860-408-CABECEIRAS DE BASTO Cabeceiras de Basto

Tel:+351253662025
Fax:253662026
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:TAMEGA
Date of joining / leaving:30-09-2004 /

Text available in

A Probasto, enquanto Associação de Desenvolvimento Rural de Basto, apareceu na sequência de um trabalho conjunto das entidades locais em volta da elaboração e implementação do Plano de Desenvolvimento Agrícola Regional (PDAR) de Basto, o primeiro a ser aprovado no País. Sendo constituída inicialmente, em Agosto de 1991, pelas autarquias dos concelhos que constituem as Terras de Basto (Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Mondim de Basto e Ribeira de Pena), Caixa de Crédito Agrícola Mútuo e pela Associação Mútua de Seguro de Gado – Mútua de Basto, viu a sua constituição alargada a outras entidades locais que se associaram mais recentemente: UNILSETE – União Juvenil das Sete Freguesias, Empresa Municipal - Qualidade de Basto, Rural Basto – Cooperativa Desenvolvimento - Agro Florestal de Basto, CRL e Grupo Cultural e Recreativo de Mondim de Basto. O objectivo central da Probasto é promover basto e os seus recursos endógenos, naturais e culturais. É assim que nesta linha de actuação, implícita ou explícita, se vem desenvolvendo um trabalho de afirmação de Basto no plano interno e externo à Região, nomeadamente a partir de 1988, data da elaboração do PDAR de Basto. Foi também com esta linha central de preocupação que centramos a nossa actuação na implementação do Programa Leader nas fases já executadas (Leader I e Leader II), a qual pretendemos consolidar durante a vigência deste Programa (Leader+, em fase de implementação), na perspectiva de continuidade futura. A valorização e comercialização dos produtos locais tem sido uma aposta constante nos Planos de Acção Local apresentados nas diferentes fases do Programa Leader. O conjunto de acções propostas pela Probasto nos Planos de Acção Local - PAL, no âmbito do Programa Leader, que se pretende que funcione como um todo articulado entre si, consubstancia-se em cinco grandes eixos de actuação: a) A Afirmação de Basto no Contexto Interno e Externo b) A Valorização do Património Cultural e Natural como via de afirmação Regional c) Impacto Económico Directo do Turismo d) A Valorização e Comercialização de Produtos Locais e) O Reforço da Capacidade de Intervenção das Entidades Locais A experiência adquirida ao longo destes anos de actividade, em torno do Programa Leader, tem permitido à Probasto reflectir sobre os processos adoptados e acções levadas a cabo, sendo certo que as sucessivas propostas de Desenvolvimento apresentadas, foram feitas na tentativa de articular as três fases deste Programa de Iniciativa Comunitária - Leader I, Leader II e Leader+ .



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Margarida Celeste Dinis Carvalho Gomes Margarida +351253662025 adrb.probasto@mail.telepac.p Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-03-2008 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

PARQUES COM VIDA

Rationale

Text available in

- - A visibilidade da RNAP na Região Norte nomeadamente na atractividade destes territórios perante visitantes e turistas sensíveis às questões ambientais, paisagísticas e culturais; - A Capitalização desta visibilidade por parte dos actores locais; - A existência de um número elevado de produtos agro-alimentares certificados (DOP’s, IGP’s); - A existência de rotas temáticas conceptualmente ricas; - Criação de uma rota Parques com vida que congregue os aderentes à Marca; - Organização dos actores locais com vista à obtenção de um “produto turístico”; - Possibilidade de atrair mercados ambientalmente mais exigentes e adeptos das NTIC; - Modernização da oferta turística através da introdução das NTIC. , - - Carência de uma estratégia conjunta potenciadora das complementaridades territoriais; - Inexistência de um instrumento catalizador das complementaridades locais designadamente ao nível dos serviços de alojamento, restauração, animação turística e pontos de venda ao público; - Perda de turistas/visitantes para outras áreas mais organizadas; - Existência de carências formativas dos prestadores de serviços nas áreas do alojamento, restauração, animação turística e pontos de venda ao público; - Alheamento dos actores locais relativamente aos propósitos ambientais das Áreas Protegidas; - Escassez de eventos turísticos promocionais, usualmente desenquadrados dos agentes territoriais e muito sectorizados; - Reduzida integração das NTIC por parte dos agentes económicos prestadores de serviços; - Ausência de um instrumento que permita diagnosticar necessidades formativas dos actores locais, Identificar perfis profissionais emergentes assim como caracterizar a procura turística e perspectivar a sua evolução;

dot Top


Objective

Text available in

O projecto Parques Com Vida visa a promoção dos territórios dos quatro Parques da Rede Nacional de Áreas Protegidas na região Norte (Parque Nacional da Peneda Gerês, Parque Natural do Alvão, Parque Natural de Montesinho e Parque Natural do Douro Internacional), através da constituição de uma Marca Colectiva que congregue os diversos actores locais em volta de uma estratégia comum de valorização dos serviços: restauração, artesanato, alojamento e animação turística. A constituição desta Marca Colectiva para os serviços locais poderá assumir-se como instrumento de organização e promoção destes territórios. Com vista à prossecução destes objectivos, o projecto desenvolverá as seguintes actividades: 1. Criação de Marca Colectiva; criação de uma Marca Colectiva de Associação (gerida por entidade privada específica) que integra as 4 tipologias de serviços. 2. Sessões de Trabalho com os aderentes à Marca; constituem-se como Fora de discussão reunindo os promotores do projecto, os potenciais aderentes e outras entidades implicadas no desenvolvimento dos territórios 3. Definição de estratégia promocional para a Marca; a sustentabilidade da Marca depende em muito da eficácia da sua promoção, devendo constituir-se num rigoroso plano de marketing. 4. Organização de Rotas Temáticas; a falta de organização e visibilidade das rotas existentes, levam-nos a procurar organizá-las e promove-las, bem como a criar uma rota que concretize em rede os aderentes à Marca. 5. Concepção de software de apoio ao público-alvo; Um site criando uma plataforma de promoção para a Marca e um instrumento que através da georeferenciação por GPS indique ao turista e/ou visitante a localização de todos os aderentes e disponibilize interactivamente informação e orientação nos territórios (Personal Digital Assistant - PDA). 6. Criação de Observatório da Marca; servirá para aferir no tempo o impacto das actividades turísticas nos territórios, as necessidades formativas dos actores locais em geral e dos aderentes em particular, os perfis profissionais emergentes, bem como caracterizar a procura turística perspectivando a sua evolução. 7. Formação aos Aderentes; os Fora sectoriais terão a responsabilidade de gerir 308??? horas de formação. Esta formação destina-se aos empresários e seus trabalhadores e visará a sua capacitação para o Compromisso Parques Com Vida, a introdução das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, entre outros a identificar pelos aderentes. Ao nível transnacional o Projecto celebrou o acordo “Equal Mountain Oportunities” com parceiros italianos, com o projecto “Valorizzazione delle risorse endogene della aree montane della Campania”, e polacos, com o projecto”Sudety – Szansa dla mlodych”. Realçando-se a constituição de um Comité para a promoção das áreas de montanha dos três países.

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics