IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 Rotas do Linho e do Ouro ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : ATAHCA - Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem Cavado e Ave
Other national partners : ASSOCIAÇÃO DE TURISMO DA POVOA DE LANHOSO
ASSOCIAÇÃO DOS INDUSTRIAIS DE OURIVESARIA E RELOJOARIA DO NORTE
MMA-ACTIVIDADES DE CONSULTADORIA DE GESTÃO LDA
Município da Póvoa de Lanhoso
Município de Terras de Bouro
PEDRAS BRANCAS - DESENVOLVIMENTO TURISMO ARTESANATO E SERVIÇOS
EQUAL theme :Adaptability - Adaptation to change and NIT 
Type of DP :Geographical - Rural area - NORTE 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2004-256 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :04-10-2005 
Last update :11-03-2008 
Monitoring: 2005  2006   

Rationale

Text available in

- ·Geographic proximity of urban centres (Braga and Porto) and Galiza (Spain); ·Searching/ Demand of traditional pieces with new designs ·Traditional pieces production with high quality, genuine and artistically, giving a high traditional valour ·Need of preservation these traditional arts, through transmission of knowledge and know-how between generations ·Existence of natural and cultural resources to promote the revitalization of gold and linen working ·Target interested on enterprise spirit ·The two territories present potentialities of development associated to richness and diversity of natural, diver land and historic-cultural heritage, constituting un strength support for the tourist sector progress ·Regions of elevated tourist demand in which the traditional arts/ ethnographical heritage represents coefficients that support this domain ·Existence, in these regions, of genuine techniques in the work of gold and linen that will serve as socio-educational and tourist strategies, and will guarantee answer to the demand/ curiosity of the national and international tourists ·Predominance of conditions edafo-climatic proper to the linen culture, specially in Terras de Bouro ·Pedras Brancas Association has national knowledge by its dynamism and audacity in the preservation of linen culture – since plant till the tissue – and for its tourist open spirit (socio-educational visits) ·Incentives to create and/or sustain the productive micro-enterprises, in sectors compatibles with territorial characteristics ·Incitement of preservation the golden art (filigree) visualised on an ethnographical spirit and cultural identity of local population in Póvoa de Lanhoso , - ·Tendency of desertification, impoverishment, seasonality and departure of traditional activities ·Old population with personal and professional low auto-esteem and elevated taxes of migration in active population ·The active population presents lower school abilities and difficulties in accept new technologies ·Weak infrastructure and equipment conditions, obsolete workshops and familiar subsistence, which causes a weak production (quality and quantity) ·Slower traditional production process with elevated raw material costs that finish in expensive products ·Difficulties on the affirmation of the traditional products in the market and inexistence of commerce and promotion plans ·Lower innovation on the pieces that reduce de demand ·The economic dynamism is fragile shown by the production and few jobs ·Inexistence of structures able to conciliate the familiar and the professional life, which damage mostly women ·Difficulties on the labour force and on the transmission of the knowledge ·High direct and indirect, national and international competitiveness on the linen and gold products ·Inexistence of a promotional image and a slogan capable of represent the two regions and able to enrich the products reputation ·Inexistence of advantage and management strategies of natural, amusing and tourist territories potential

dot Top


Objective

Text available in

The project name is “Linen and Gold Routes” (Rotas do Linho e do Ouro) and the aim of it is to update and to reanimate the linen and gold arts, in Terras de Bouro and Póvoa de Lanhoso Town Halls. This project PD is constituted by ATAHCA – interlocutor, Terras de Bouro and Póvoa de Lanhoso Town Halls, Associação Pedras Brancas and Associação de Turismo da Póvoa de Lanhoso. For the development of action 2, it was established some contacts with several institutions, which result in new partnerships, MMA – Actividades de Consultoria and AIORN – Associação de Industriais de Ourivesaria e Relojoaria do Norte. The transnational partnership was formalized with an Italian PD, which interlocutor is IRIGEM, institution that works in goldsmithery area. The PD members have direct interests on this project because its creation will contribute to fortify the collaboration and cooperation ties, which will be crucial in a medium/ long time, through the shared experiences, knowledge and social-cultural interests. The others institutions, called widen partnership, such as DRAEDM, Cindor, ESAD – Escola Superior de Artes e Design, Cearte, Regiões de Turismo – RTVM and RTAM, will be very important for the project development in their own domains. This project strategic is based on traditional linen and gold activities which, according to the diagnostic realised and related to the workshops/ associations growing problems, as competitiveness, productivity and remark of the arts and crafts, aimed valorise the sector in a multifaceted perspective, in synergy with others nationals and internationals regions (Italy). This phase will be improved by innovate and creative experiences, increasing the linen and gold activity to a superior social and cultural level. According to the surrounding context, the project intent to associate different realities, since linen and gold activities to others socio-cultural activities such as museums, festivities, fairs and tourist activities as gastronomy, accommodation and animation/amusing. The direct beneficiaries of this project are the artisans (M/F), workshops and artisans associations (M/F), organisations that have an important role in traditional products promotion and also the formation institutions. At last, are also beneficiaries all the active and older persons, men and women, that have some sensibility for the arts and crafts and could incentive the innovation and knowledge revival of the linen and gold arts. It is also an objective contribute to the preservation of these arts by the motivation and profitability of the experiences and skills from de older to the younger. The ensemble of these actions will bring promotional benefits for the regions and for these two traditional activities, will contribute to the production and products revival and at last it will be able to create the Route.

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Training ***
Training on work place **
Employment aids (+ for self-employment) *
Conception for training programs, certification ****

Type of innovation Rating
Process-oriented **
Goal-oriented ***
Context oriented ***

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  0.0%  0.0% 
Employed  54.5%  45.5% 
Others (without status, social beneficiaries...)  0.0%  0.0% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  0.0%  0.0% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  54.5%  45.5% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  54.5%  45.5% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  54.5%  45.5% 
  100.0% 
 
< 25 year  0.9%  2.7% 
25 - 50 year  34.8%  34.8% 
> 50 year  18.8%  8.0% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination **
Support to entrepreneurship **
Age **
Low qualification ***
Unemployment **

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.1%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
4688 JOINED DEVELOPMENT OF STRATEGIES FOR THE SUPPORTING OF GOLDSMITH SECTOR IT IT-S2-MDL-084

dot Top


Background

 

N.C.

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
ATAHCA - Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem Cavado e Ave Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
ASSOCIAÇÃO DE TURISMO DA POVOA DE LANHOSO
ASSOCIAÇÃO DOS INDUSTRIAIS DE OURIVESARIA E RELOJOARIA DO NORTE
MMA-ACTIVIDADES DE CONSULTADORIA DE GESTÃO LDA
Município da Póvoa de Lanhoso
Município de Terras de Bouro
PEDRAS BRANCAS - DESENVOLVIMENTO TURISMO ARTESANATO E SERVIÇOS

dot Top


Agreement Summary

Text available in

Resumo do Acordo de PD Os parceiros acordam: 1. Objectivos comuns 1.1 Desenvolver em conjunto o projecto acima referenciado, cujo diagnóstico, objectivos, actividades, resultados e processo de avaliação, e plano de financiamento se descrevem no formulário de candidatura à acção 2. 2. Estruturas e processo de funcionamento da Parceria 2.1 Criar à partida as seguintes estruturas de gestão e funcionamento: Pela importância e expectativas das Rotas do Linho e do Ouro, torna-se essencial a constituição de estruturas que permitam o desenvolvimento adequado do projecto, quer ao nível interno – génese do projecto, quer ao nível externo – vertente que trabalha com e para as comunidades. Tendo como princípio as normas de Iniciativa Comunitária Equal na PD, a tomada de decisão é partilhada (empowerment) e o poder repartido por todos, sendo exercido por “consenso” e “influência” e não por um processo de “top-down”. Para tal criar-se-ão 3 estruturas de funcionamento: 1.Conselho de Parceiros – constituído por um dirigente e um técnico de cada parceiro. Os membros da PD desenvolverão as actividades na acção 2, para as quais apresentam maior competência técnica. Após definido o cronograma geral do projecto, cada parceiro ficará responsável pelas as actividades que lhe estão atribuídas, pela disponibilização dos seus colaboradores para participar nas actividades propostas e pela gestão do seu próprio orçamento. Caso se justifique e com a concordância da PD, poder-se-á propor, à entidade gestora (EQUAL), a transferência de verbas e respectivas responsabilidades entre parceiros. 2.Coordenador – Após reunião entre todos os parceiros e tendo em conta que a ATAHCA é uma entidade que serve de ligação entre os mesmos, deliberou-se que seria a responsável pela coordenação e desenvolvimento de todas as actividades e o seu Presidente, como Coordenador Geral do projecto. 3.Parceria Alargada – O protocolo de colaboração a formalizar com a parceria alargada, tem como fundamento regulamentar a função da intervenção, em que moldes e por quanto tempo, imprimindo um carácter de responsabilidade de parte a parte. Relativamente à cooperação transnacional, predominará a metodologia de interacção entre esta e o projecto nacional da PD. As novas tecnologias (TIC’s) serão utilizadas enquanto suporte facilitador do trabalho em parceria e entre as parcerias nacionais e transnacionais. 2.2 Implementar o seguinte processo de tomada decisão (destacar nomeadamente processos de dos parceiros, mecanismos que promovam a igualdade de género, etc.): A tomada de decisão é um indicador que caberá a todos os membros presentes em reunião, permitindo a funcionalidade positiva com intervenção de todos e, ao mesmo tempo, consolidar a proximidade e responsabilidade, individual e conjunta, na execução do projecto. Pretende-se, que o desenvolvimento deste projecto, decorra na base de uma cultura de cooperação, interacção e de trabalho em parceria, fundamentado na coerência e responsabilidade, onde cada parceiro estará envolvido, implicado e mobilizado na implementação do projecto e na realização das actividades previstas. Para além disso, a formalização da parceria revela-se importante na medida em que desenvolverá a aptidão à participação do público-alvo (artesãos M/F) e criará soluções e respostas conjuntas às suas necessidades e expectativas laborais. Para acompanhar a execução e avaliação dos trabalhos, realizar-se-ão reuniões ordinárias, planeadas trisemanalmente, que contam com a presença dos membros da PD e restantes intervenientes, sendo presidida pelo coordenador do projecto. Sempre que surgirem situações urgentes, a merecerem decisão e avaliação de toda a equipa, serão convocadas reuniões extraordinárias. Ainda no âmbito das reuniões desenvolvidas pela PD, estas serão realizadas rotativamente, nos diferentes locais da sede de cada parceiro, promovendo deste modo, maior interacção e envolvimento dos mesmos. Esta interacção é fundamental uma vez que, esforços conjugados e direccionados para objectivos comuns permitam o alcance de soluções mais inovadoras e eficazes, maior adaptação a novos processos de trabalho e atinjam resultados com maior impacto e abrangência. Nesta conformidade, desenvolvendo-se entre os vários parceiros uma confiança mútua, é possível gerar inovação, encontrar novas respostas e permitir que os vários parceiros e outros actores atinjam com maior eficácia os seus objectivos. O sucesso desta parceria, passará obrigatoriamente pela igualdade entre as entidades aderentes, pela transparência e abertura nas relações entre os parceiros e na consensualização das decisões. 2.3 Assegurar a transparência da informação interna relativa ao projecto e à parceria, que será disponibilizada a todos os parceiros da seguinte forma ( ex. recurso às TIC...): O projecto será desenvolvido segundo um plano delineado durante as reuniões. Nestas, estarão sempre todos os parceiros, que serão convocados com 8 dias de antecedência via e-mail, telefone ou correio e onde estará incluída a ordem de trabalho, possibilitando a todos a preparação dos assuntos que queira desenvolver na mesma. No final de cada reunião será elaborada uma acta, com todos os assuntos tratados e definidos, que será enviada a todos os parceiros, para que dêem o seu parecer. Após as correcções necessárias, elaborar-se-á uma acta definitiva que será assinada na reunião seguinte por todos e entregue uma cópia. É importante salientar que a ATAHCA, como coordenadora do projecto, fará sempre um ponto de situação, no início de cada reunião, de modo a que cada parceiro fique actualizado. Para que haja uma comunicação/informação fluente e imediata do desenvolvimento do projecto, será dada preferência aos mecanismos informáticos. 2.4 Assegurar que a difusão pública dos resultados do projecto, finais ou provisórios, só será efectuada após anuência do(s) parceiro(s) envolvido(s) na sua concepção. 3. Recursos técnicos 3.1 Assegurar estabilidade nos recursos técnicos afectos ao projecto. 4. Ajustamento da parceria 4.1 Proceder ao ajustamento da parceria, à saída ou entrada de novos parceiros, ou eventual revisão deste Acordo, nomeadamente se a avaliação do projecto o indicar como necessário.

Last update: 11-03-2008 dot Top


ATAHCA - Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem Cavado e Ave

(ATAHCA)
Rua Condestável D. Nuno Álvares Pereira, 356
-
P-4730-743-VILA VERDE Vila Verde

Tel:+351253323966
Fax:253323966
Email:altocavado@mail.telepac.pt

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:CAVADO
Date of joining / leaving:23-09-2004 /

Text available in

A ATAHCA é uma associação sem fins lucrativos, direccionada para o desenvolvimento local, nomeadamente o desenvolvimento rural integrado. A sua zona de influência situa-se na região de Entre-Douro e Minho, sendo composta por quatro concelhos - Terras de Bouro, Amares, Póvoa de Lanhoso e Vila Verde. A ATAHCA foi fundada em 1991 tendo a partir dessa data desenvolvido um vasto número de acções que visam o desenvolvimento do mundo rural da sua área de influência. Entre as acções e programas desenvolvidos menciona-se a implementação do LEADER, LEADER II, a de Formação Profissional nas áreas de Conservação e Preservação do Património Cultural; Turismo no Espaço Rural; Agentes de Desenvolvimento Local; Técnicas de Comércio e Marketing; Geriatria, Construção Civil, Apoio Familiar e à Comunidade e Informática. Tem apoiado e participado na realização de cursos de artesanato, produção e transformação de ervas condimentares aromáticas e medicinais. A área de influência da ATAHCA tem imensas potencialidades que necessitam de ser recuperadas e transformadas, garantindo a sustentabilidade da população do mundo rural desta micro-região. Esta Associação surgiu como consequência da elaboração do Programa de Desenvolvimento Agrário Regional (PDAR) do Alto Cávado, que apontava para a criação a nível da região, de uma entidade privada capaz de desencadear um processo de desenvolvimento rural integrado. A ATAHCA possui um corpo técnico que apoia as intervenções na área do Desenvolvimento Rural, Desenvolvimento Agrícola, do Artesanato, do Turismo, da Promoção Regional, da Formação Profissional e do apoio à população rural, dando apoio técnico e jurídico à população da área de intervenção. Implementaram-se também vários projectos Agris com o objectivo de melhorar a qualidade de vida das populações dos Núcleos mais desfavorecidos, respondendo a algumas necessidades. A ATAHCA estabeleceu e contunua a estabelecer parcerias fortes pois acredita que são através delas que marcarão o futuro o desenvolvimento rural.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
José António da Mota Alves José +351253321130 atahca@rotasdolinhoeouro.com Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


ASSOCIAÇÃO DE TURISMO DA POVOA DE LANHOSO

(ATPL)
Rua D. Elvira Câmara Lopes, 134
-
P-4830-537-PÓVOA DE LANHOSO Póvoa de Lanhoso
-

Tel:+351253633677
Fax:253636620
Email:info@atpl.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:AVE
Date of joining / leaving:08-12-2007 /

Text available in

A ATPL – Associação de Turismo da Póvoa de Lanhoso, criada em 31 de Outubro de 2001, é uma associação de direito privado sem fins lucrativos vocacionada para a promoção do concelho como destino turístico, promoção dos seus associados e informação e apoio aos visitantes. Conta actualmente com cerca de 30 associados, da área do Alojamento, da Restauração, do Artesanato, da Animação Turística e Lazer, dos Produtos Regionais e Comércio e em conjunto organizam e promovem a oferta turística da Póvoa de Lanhoso. Desde a sua criação a ATPL tem apresentado uma actuação bastante diversificada desde a organização de Jantares Temáticos e Ceias Medievais, organização de visitas educacionais, participação em feiras, organização de programas turísticos, acompanhamento de grupos, concepção de cabazes de produtos regionais, etc. A prioridade implícita nos objectivos da associação vai para a promoção, em todas as suas vertentes de interesse turístico, do concelho da Póvoa de Lanhoso.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Luis Pedro de Matos e Silva Luis +351253633677 info@atpl.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


ASSOCIAÇÃO DOS INDUSTRIAIS DE OURIVESARIA E RELOJOARIA DO NORTE

(AIORN)
AV.RODRIGUES DE FREITAS, Nº 204
-
P-4000-000-(Desconhecida) Porto

Tel:+351225379161
Fax:225373292
Email:

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:20-06-2005 /

Text available in

A AIORN teve a sua origem na transformação do Grémio dos Industriais de Ourivesaria do Norte, fundado em 1943. A AIORN é uma entidade de direito privado que representa cerca de 70% dos industriais de ourivesaria do Norte do país (a região de maior concentração da indústria nacional de ourivesaria), correspondendo a cerca de 500 empresas. Com o intuito de estimular o desenvolvimento tecnológico do sector, a AIORN organiza, com alguma frequência, seminários técnicos (muitos deles ministrados por especialistas estrangeiros). Além disso, envia periodicamente aos seus associados circulares informativas e presta aos mesmos serviços de aconselhamento jurídico e fiscal. Tem também ao dispôr dos seus associados um gabinete de design. Por outro lado, a AIORN fomenta contactos com um diversificado conjunto de entidades nacionais e estrangeiras, junto das quais defende os interesses dos sectores que representa. Há cerca de 20 anos, por iniciativa conjunta da AIORN e o IEFP, foi constituído o CINDOR – Centro de Formação Profissional da Indústria de Ourivesaria, o que representou um marco bastante importante na abordagem dos graves problemas de qualificação dos recursos com que o sector se debate. Em 2004 a AIORN concluiu um estudo, denominado Emprego e Capital Humano na Cadeia de Valor da Indústria de Ourivesaria, no qual se procurou diagnosticar o sector em Portugal e nos mercados mais importantes da EU, recolher boas práticas, identificar tendências e perspectivar a evolução deste sector nos próximos anos. Já em 2005, por iniciativa conjunta da AIORN e da Câmara Municipal de Gondomar, foi constituída a APNOG (Associação para o Parque de Negócios da Ourivesaria de Gondomar), cujo o principal objectivo é a criação de um parque de negócios do sector nessa localidade. Actualmente são prioridades da AIORN a aposta contínua na formação profissional, o apoio ao lançamento de uma marca colectiva para o sector, a organização de participações colectivas em feiras internacionais, promoção da revisão do regulamento das contrastarias, entre outras.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Maria de Fátima da Silva Santos Maria +351225379161 geral@aiorn.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


MMA-ACTIVIDADES DE CONSULTADORIA DE GESTÃO LDA

(MMA )
RUA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA, Nº 222 - 4º B
-
P-4050-428-PORTO Porto

Tel:+35122 3702587
Fax:22 3702587
Email:

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Enterprise
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:30-05-2005 /

Text available in

A MMA é uma empresa que desenvolve a sua actividade na área da comunicação e marketing. Com bastante experiência demonstrada nas áreas do artesanato, tendo diversos trabalhos efectuados nas área da comunicação e e-marketing. Dos trabalhos efectuados recentemente destacam-se: Branding - Renovação do site da CCS SA. - Identidade corporativa para TIGER CEMENT LIMITED - Identidade corporativa para IN HOME - Renovação gráfica Videira - Identidade corporativa para Maia Business Place - Suportes comunicação Worfocos - Redesign da marca Henrique Guimarães - Manual identidade corporativa grupo MNAC - Imagem gráfica SCALA CONCEPT - Redefinição de suportes da identidade corporativa da FactorPlus SA. Marketing / Estratégia / Comunicação - Análise organizacional e estratégia marketing para Aliança Artesanal e “Lenços Namorados”. - Estudo de mercado artesanal para Aliança Artesanal. - Estratégia e-marketing para Aliança Artesanal e “Lenços Namorados”. - Planeamento estratégico para a Unidade de Gestão do Centro Urbano de Famalicão. - Manual de identidade corporativa para a Unidade de Gestão do Centro Urbano de Famalicão. - Estratégia comunicação SVA Segurança para Euro 2004. - Desenvolvimento conteúdos institucionais e copyright SVA Segurança (Grupo Charon). - Estudo de marketing de adequação do site à comunicação da companhia de teatro Seivatrupe. - Estudo de marketing e comunicação Hotel Dom Henrique. - Estratégia de empresa e Manual de identidade corporativa WARRIOR. Um dos trabalhos de renome e com frutos dados é a estratégia desenvolvida para os Lenços de Namorados de Vila Verde, razão pela qual esta empresa se apresenta com capacidades bastantes para o desenvolvimento de uma estratégia de marketing para os produtos de linho e ouro, na área de intervenção da ATAHCA, em particular nos concelhos de Póvoa de Lanhoso e Terras de Bouro.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Ricardo José Fernandes Mena Ricardo +351223702587 rmena@mma.pt ou info@mma.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


Município da Póvoa de Lanhoso

(MUNICÍPIO DA PÓVOA DE LANHOSO)
Avenida da República
-
P-4830-513-PÓVOA DE LANHOSO Póvoa de Lanhoso

Tel:+351253639700
Fax:253639709
Email:geral@cm-povoadelanhoso.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:AVE
Date of joining / leaving:29-09-2004 /

Text available in

O Município da Póvoa de Lanhoso é um orgão de Administração Local, com um alargado quadro de atribuições e competências conforme previsto na legislação especial, nomeadamente no D.L. 159/99. O Município promove e apoia eventos relacionados com turismo, artesanato, desenvolvimento rural e actividades económicas. É dada grande visibilidade a todas actividades relacionadas com o trabalho do ouro, já que esta é uma arte com fortes tradições neste concelho. Tem apresentado projectos no âmbito do desenvolvimento rural, turismo e iniciativas para criação de emprego. Tem participação activa em projectos de âmbito sócio-económico para luta contra a pobreza. Como administração local possui um quadro técnico multidisciplinar, que garante apoio às populações, nos vários domínios de necessidades, quer a nível social, cultural, quer de educação. Contam com mecanismos que possibilitam a cedência de equipamento, infra-estruturas e outros recursos. Têm como aposta o turismo, onde o artesanato (filigrana) tem um papel importante de identidade cultural na região. Promove eventos de modalidades diversas, que contam com a colaboração de várias entidades regionais (associação de turismo), que mantém contacto directo com os agentes turísticos e artesãos (M/F).



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Mara de Fátima Duarte Vieira Moreira Mara +351253639700 fatimamoreira@cm-povoadelanhoso.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


Município de Terras de Bouro

(MUNICÍPIO DE TERRAS DE BOURO)
Praça do Município
-
P-4840-100-TERRAS DE BOURO Terras de Bouro

Tel:+351253350010
Fax:253351894
Email:geral@cm-terrasdebouro.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:CAVADO
Date of joining / leaving:29-09-2004 /

Text available in

O Município de Terras de Bouro é um órgão de Administração Local com um alargado quadro de atribuições e competências conforme previsto na Lei 159/99, de 14 de Setembro de 1999 (Lei-Quadro de Transferência de atribuições e Competências para as Autarquias Locais). Na sua dinâmica congrega um quadro diversificado de projectos, na maioria comparticipados pelas Iniciativas Comunitárias, nas envolventes do Ambiente, Turismo, Educação, entre muitas outras área de desenvolvimento local. No contexto das artes tradicionais envolve-se num forte quadro de tradições associadas ao linho. A fixação das populações locais e o desenvolvimento local, em todos os sentidos, fortalecem as dinâmicas prioritárias deste Município. A fixação da população e o melhoramento da qualidade de vida são vectores prioritários de aposta desta administração local. Com um quadro técnico multidisciplinar, pretende desenvolver a região nas suas múltiplas dimensões e apoiar as populações, no sentido de adaptar os espaços de condições salubres. Pelo património cultural e natural que congrega, esta autarquia coloca o sector turístico como vector de forte aposta, sem rejeitar as artes tradicionais, com exemplo do linho. No quadro de eventos, as feiras-mostra e outras iniciativas culturais (programa de animação termal do Gerês, seminários/congressos) são organizados, conjuntamente com organismos locais, inclusive as associações de artesanato, de desenvolvimento local, regiões de turismo, entre outras. Destaca-se o empenho da associação Pedras Brancas na preservação da arte do linho, que impõe, na funcionalidade das suas actividades, a inserção das populações locais, sobretudo mulheres, contribuindo para a fixação e empregabilidade da população residente.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
António José Ferreira Afonso António +351253350010 cm.t.bouro@mail.telepac.pt/div.cultural@gmail.com Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


PEDRAS BRANCAS - DESENVOLVIMENTO TURISMO ARTESANATO E SERVIÇOS

(PEDRAS BRANCAS)
Seixos BrancosCovide
-
P-4840-080-COVIDE Terras de Bouro
-

Tel:+351253351070
Fax:
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:CAVADO
Date of joining / leaving:08-12-2007 /

Text available in

Pedras Brancas é uma Associação de desenvolvimento que envolve a vertente do Turismo, Artesanato e serviços. No Turismo promove visitas guiadas e demonstração de actividades artesanais (saber e saber-fazer), nos Serviços faz o acolhimento de grupos sociais (escolas, escuteiros, entre outros) que, além do alojamento e restauração, garante o contacto in loco com os artefactos tradicionais, pelo facto de estar vocacionada para a produção e transformação do linho, lã e madeira. Trata-se de uma Associação acreditada pelo IQF (INOFOR), que ministra e promove formação na área da produção, transformação e reciclagem de saberes tradicionais, dirigido a pessoas activas e iniciantes, dotando-as de novas competências pessoais e profissionais. É das únicas associações do país que faz a transformação do linho, desde o cultivo até ao bordado e surgiu da necessidade de preservar a tradição do linho. Foi posta em prática pela actual presidente, que possui larga experiência no saber e saber-fazer, podendo assim contribuir para a revitalização desta arte que já se encontrava quase extinta. Desde a fundação que ministra formação em todas as áreas do linho. Possui uma estrutura equipada com máquinas e utensílios necessários ao processo de transformação, podendo cedê-los, quer para efeitos demonstrativos, quer para a aprendizagem de novas artesãs. A Associação contribui para a fixação da população, com a criação de novos postos de trabalho. Mantêm uma relação de proximidade com as artesãs da região, ganhando, assim a confiança das mesmas e a sua responsabilização.É objectivo desta associação, potenciar e rentabilizar as experiências e as competências específicas dos artesãos M/F mais velhos, transferindo-as para outras gerações



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Maria Adelaide Freitas Soares Maria +351253351070 elisabete.tb@gmail.com Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

ROTAS DO LINHO E DO OURO

Rationale

Text available in

- Proximidade geográfica com centros urbanos (Braga e Porto) e territórios da Galiza (Espanha); Há uma procura de peças tradicionais com novos designs; Produção de peças artesanais de elevada qualidade, pela genuinidade e requinte artístico, conferindo-lhe um elevado valor tradicional; Consciência da necessidade de se preservar as artes tradicionais, a partir da transmissão de saberes e saberes-fazer entre gerações; Existência de recursos, naturais e culturais, para promover a revitalização da arte de trabalhar o linho e o ouro; Público-alvo com manifesto interesse em incutir um espírito empreendedor; Territórios que apresentam potencialidades de desenvolvimento, associadas à riqueza e diversidade do património natural, paisagístico, histórico-cultural, constituindo um sólido suporte para o progresso do sector turístico; Áreas de elevada procura turística, em que as artes tradicionais /património etnográfico representam coeficientes que apoiam esse domínio; Existência na região, de técnicas genuínas, de trabalhar o ouro – filigrana e o linho -, servindo de estratégias de interesse sócio-educativo e turístico, garantindo resposta à procura/curiosidade dos turistas nacionais e estrangeiros; Predomínio de condições edafo-climáticas propícias à cultura do linho, em particular no concelho de Terras de Bouro. A Associação Pedras Brancas possui reconhecimento nacional, pelo seu dinamismo e audácia na preservação da cultura do linho – desde a planta ao tecido – e pela abertura ao espírito turístico (visitas sócio-educativas); Incentivo a criar e/ou sustentar as micro-empresas/centros de produção, em sectores compatíveis com as características territoriais; Insistência na preservação das artes do ouro (filigrana), visualizada num espírito etnográfico e de identidade cultural das populações locais de Póvoa de Lanhoso. , - Territórios com tendências de despovoamento, empobrecimento, sazonalidade e abandono das actividades tradicionais; População envelhecida, com perda acrescida de auto-estima ao nível pessoal e profissional, e elevadas taxas de êxodo rural nas faixas etárias activas; A população activa apresenta baixa escolaridade e resistência à mudança, verificada ao nível da introdução de novas tecnologias; Fracas condições infra-estruturais e de equipamento, com oficinas obsoletas e de subsistência familiar, traduzindo uma produção enfraquecida (qualidade e quantidade); Processos de fabrico tradicional morosos, com matéria-prima de elevados custos, traduzindo-se em produtos dispendiosos; Dificuldades sentidas na afirmação dos produtos artesanais e carência de planos de comercialização e promoção; As peças fabricadas apresentam um baixo nível de inovação, repercutindo na reduzida procura dos produtos; O fraco dinamismo económico manifesta debilidade, ao nível de produtividade e oferta de emprego; Falta de estruturas que permitam a conciliação da vida familiar com a profissional, afectando sobretudo mulheres; Fragilidade no quadro de mão-de-obra e na transmissão de saberes; Elevada concorrência, directa/indirecta, nacional e internacional, nos produtos de ouro e linho; Falta de uma imagem promocional e de um slogan identificativo dos concelhos em questão, que contribuam para a notoriedade dos produtos; Ausência de estratégias de aproveitamento e gestão do potencial natural, recreativo e turístico dos territórios.

dot Top


Objective

Text available in

O projecto intitula-se Rotas do Linho e do Ouro e tem como objectivo principal modernizar e revitalizar a arte do linho e do ouro, tendo como área de intervenção os concelhos de Terras de Bouro e Póvoa de Lanhoso. Participaram na génese do projecto, constituindo a PD, a ATAHCA – interlocutor, os Municípios de Terras de Bouro e Póvoa de Lanhoso, Associação Pedras Brancas e Associação de Turismo da Póvoa de Lanhoso. Para o desenvolvimento da acção 2, estabeleceram-se contactos com diversas entidades, em que resultou a formalização de novas parcerias, MMA–Actividades de Consultoria de Gestão, Lda e AIORN–Associação Industriais de Ourivesaria e Relojoaria do Norte. A parceria transnacional foi formalizada com uma PD italiana, que tem como interlocutor a IRIGEM, que actuam na área da ourivesaria. Os membros da PD reúnem interesses directos no projecto, uma vez que a criação deste, contribuirá para fortalecer laços de colaboração e cooperação, que serão cruciais a médio/longo prazo, com a partilha de experiências, conhecimentos e interesses socioculturais. Outras entidades consultadas, a título de parceria alargada, serão parte integrante no desenvolvimento do projecto, tais como a DRAEDM, CINDOR, ESAD, RTVM, RTAM. A prática-estratégia deste projecto refere-se ao sector artesanal do linho e ouro que, face ao diagnóstico e interrelacionado com os crescentes problemas das oficinas/associações, como a competitividade, produtividade e afirmação do produto e da actividade, pretende-se valorizar o sector numa perspectiva multidisciplinar, em sinergia com outras regiões nacionais e estrangeiras (Itália). Esta fase será enriquecida com experiências inovadoras e criativas, incrementando a actividade do linho e do ouro num patamar de maior relevância social e cultural. Pelo contexto envolvente, o projecto, intenta ligar realidades diversas, desde a actividade artesanal do linho e ouro, a outras actividades sócio-culturais, como museus, festividades, feiras e actividades turísticas, como a gastronomia, alojamento e animação. Tem como beneficiários directos os artesãos(M/F), oficinas e associações de artesãos(M/F), organizações que desempenham um papel importante na promoção de produtos tradicionais, e ainda, entidades formadoras. Em última instância, são todas as pessoas activas e de “mais idade”, homens e mulheres, que possam sensibilizar-se pela actividade artesanal, incentivando-as para a inovação e requalificação dos saberes e das práticas associadas à arte do linho e ouro. Pretende-se, ainda, contribuir para a preservação desta arte ao motivar e rentabilizar as experiências e competências específicas dos “mais velhos”, transferindo-as para outras idades. No conjunto, haverá mais-valias promocionais para as regiões e actividades tradicionais, contribuindo para a organização e qualificação dos serviços de produção e dos produtos, possibilitando a criação da Rota.

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics