IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 NetStart ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : Instituto Politécnico de Viana do Castelo
Other national partners : ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE VIANA DO CASTELO
Exertus- Consultoria em Organização e Estratégia Empresarial,Lda
OMNI, COMÉRCIO VESTUÁRIO LDA
TINTEX-TINTURARIA TEXTIL DE CERVEIRA, S.A.
EQUAL theme :Adaptability - Adaptation to change and NIT 
Type of DP :Geographical - Other - NORTE 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2004-210 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :23-09-2005 
Last update :11-03-2008 
Monitoring: 2005  2006   

Rationale

Text available in

- Strengths Companies real needs in developing abilities at the ICT area The unemployed people’s age still allows the professional reconversion The knowledge of the jobs that almost companies are looking for Availability and willing of new knowledges at the ICT’s area Recognition of training courses necessity (for workers and for the unemployed) Companies have computers and internet access technology in a high level Region’s strong potential at the ICT(new multinational companies at the ICT’s area will be installed here) Opportunities There are some jobs that will no longer exist Lack of abilities at the ICT's area Creation of abilities at the organizations and management of e-training There is any offer of e-learning training courses in the region Internet access technological base more accessible and generalized Willing to improve the abilities in ICT’s ICT’s use and long distance training is crucial for the region, overall for the outsiders (people that don’t live in cities)., - Weaknesses Entrepreneurs are not sensitive to the importance of the training issues (dismissal of service for training courses) There is a generalized mistrust in e-learning training It is not usual to do an individual diagnostic for each company in what concerns to training courses There is not a connection between what is learned in the training courses and the workers There are problems with the presence in the training courses related with schedules and mobility The several companies worker’s don’t harnessed they technology resources Companies do not make use of strategies of ICT’s development Unemployed people usually don’t have access to the computers technologies At this moment, no exists a “tool” that allows the professional reconversion with the use of ICT. Threats Low adhesion of the companies’ workers in what concerns to training courses Unemployed lack of will for professional reconversion Unemployed people lack ok conditions to accede to computers technologies Some unemployed live in a very distant place Companies job’ search in not very specific The job market has very specific needs In general, job market doesn’t believe in long distance training courses

dot Top


Objective

Text available in

NetStart Project is focus on the abilities development, beginning with basic computer science literacy, for access to tools based on the Internet and proceeding according with the established objectives, through a cycle of continuous improvement of its abilities. Project has for base the IPAT - Personalized Itinerary of Technology Adaptation, which in its first phase intends that disfavored people like unemployed, young people with low qualifications and older actives, to accede to the basic tools of the ICT. In a second phase the IPAT will lead the user to trace its goals of career, using for that, professional profiles adjusted to the work market of and adjusted to the new and emergent types of jobs, in order to take a place in the work market. After the identification of the goals, it will be possible to develop the abilities identified in the diagnostic, considering the knowledge level and the reaching goals, through the participation in training courses using e-learning (being privileged the b-learning at the first time). This project will be developed in a partnership with small companies where will be tested the new methodologies and in witch it will be privilege a working group and empowerment in order to obtain the best practices and developing the team abilities. The divulgation and the maintenance of the NetStart application and the IPAT to more people will be accomplished with the existing structures (Internet Spaces), starting to make use of a "tool" that will support the computer basic literacy and the effective development of the abilities of people with problems with ICT.

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Guidance, counselling ***
Training ***
Training on work place ***
Work placement ***
Employment aids (+ for self-employment) ***
Integrated measures (pathway to integration) ***
Employment creation and support ***
Training of teachers, trainers and staff ***
Improvement of employment services, Recruitment structures ***
Anticipation of technical changes ***
Awareness raising, information, publicity ***

Type of innovation Rating
Process-oriented ****
Goal-oriented ***
Context oriented ***

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  20.0%  17.5% 
Employed  30.0%  32.5% 
Others (without status, social beneficiaries...)  0.0%  0.0% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  0.0%  0.0% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  50.0%  50.0% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  50.0%  50.0% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  50.0%  50.0% 
  100.0% 
 
< 25 year  3.6%  3.8% 
25 - 50 year  25.0%  25.0% 
> 50 year  21.3%  21.3% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination **
Low qualification **
Unemployment ***

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.1%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
3695 Start for Digital Innovation ES ES20040249
IT IT-G2-EMI-017

dot Top


Background

 

N.C.

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
Instituto Politécnico de Viana do Castelo Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE VIANA DO CASTELO
Exertus- Consultoria em Organização e Estratégia Empresarial,Lda
OMNI, COMÉRCIO VESTUÁRIO LDA
TINTEX-TINTURARIA TEXTIL DE CERVEIRA, S.A.

dot Top


Agreement Summary

Text available in

Resumo do Acordo de PD Os parceiros acordam: 1. Objectivos comuns 1.1 Desenvolver em conjunto o projecto acima referenciado, cujo diagnóstico, objectivos, actividades, resultados e processo de avaliação, e plano de financiamento se descrevem no formulário de candidatura à acção 2. 2. Estruturas e processo de funcionamento da Parceria 2.1 Criar à partida as seguintes estruturas de gestão e funcionamento: A PD irá desenvolver o seu trabalho com partilha de responsabilidades e numa lógica de participação activa dos parceiros nas suas áreas de competência. A Gestão e funcionamento do projecto passa pela selecção de um local central de trabalho (instalações do IPVC) e por um cronograma de reuniões de coordenação (1 reunião mensal) com a participação de todos os parceiros de forma a que o seguimento do projecto e das suas fases de desenvolvimento seja objecto de intervenção de todos os parceiros. O acompanhamento técnico será efectuado num órgão denominado como Conselho Técnico, do projecto será efectuado tendo em consideração as diversas actividades, sendo que para cada uma delas, existem tarefas de validação da actividade de modo a que cada actividade efectua a sua própria autoavaliação da componente técnica. O acompanhamento financeiro seguirá a evolução técnica de cada uma das actividades, competindo a cada um dos parceiros velar pela sua correcta imputação, de acordo com as regras do programa, devendo para isso disponibilizar os documentos justificativos de cada despesa e a respectiva fundamentação, bem como acompanhar o grau de cumprimento face ao estabelecido. O acompanhamento técnico e financeiro do projecto é efectuado em reuniões mensais. Serão efectuadas reuniões suplementares sempre que necessário, nomeadamente sempre que existirem desvios ao plano estabelecido para cada actividade, sendo da responsabilidade do parceiro que gere a actividade a informação ao parceiro interlocutor (IPVC) para que este promova a reunião. 2.2 Implementar o seguinte processo de tomada decisão (destacar nomeadamente processos de dos parceiros, mecanismos que promovam a igualdade de género, etc.): O projecto e as suas actividades foram desenvolvidas tendo em consideração que para cada actividade existe um parceiro responsável pela sua execução sendo este que irá envolver cada um dos parceiros de acordo com as suas competências. Foi estabelecido na parceria o principio da responsabilidade partilhada, ao nível do desenvolvimento das tarefas de cada actividade pelo que cada parceiro participa na definição da sua intervenção e será também responsável pela sua concretização, será esta uma forma de garantir o empowerment em todas as actividades e com todos os parceiros. A estrutura de gestão do projecto é arborescente, pelo que no Conselho Técnico deverá participar o coordenador de cada parceiro, no entanto serão chamados a participar todos os elementos técnicos que estiverem envolvidos nas actividades/tarefas, sempre que pela importância do tema ou por outra razão relevante se entenda necessário. Ao da gestão de cada actividade será desenvolvida uma lógica semelhante, sendo desta forma fácil garantir que toda a equipa desde o nível de execução até ao nível de gestão do projecto participa na tomada de decisão. Todas as reuniões serão reflectidas em acta, da qual devem constar as decisões tomadas, bem como as acções a desenvolver em caso de desvio, bem como os respectivos prazos e responsáveis pela concretização. A lógica a implementar no desenvolvimento das actividades prende-se com a aplicação dos princípios seguintes: Para actividades de concepção – existem sempre tarefas onde é efectuada a verificação/validação do desenvolvimento, sendo indispensável a participação na verificação/validação elementos externos (mas da parceria) aqueles que realizaram as tarefas de concepção, por razões de isenção da decisão de verificação. Desta forma consegue-se a partilha de ideias, conceitos e resultados, bem como desenvolver as competências no seio da parceria. Nas actividades de validação de cada actividade e consequentemente do produto gerado, serão envolvidos os actores chave (parceiros, desempregados e activos, centros de emprego e centros internet), de acordo com o produto e serão utilizadas as grelhas de avaliação tendo em consideração os critérios estabelecidos pelo Equal. Para as actividades de aplicação e implementação dos produtos e suas componentes – será sempre considerado o princípio de melhoria contínua (Planear-Desenvolver-Controlar-Actuar), onde as actividades de planeamento, controlo e correcção (actuar) serão sempre partilhadas entre parceiros, quer ao nível do Conselho Técnico quer ao nível da gestão da actividade. Para os dois métodos atrás referidos serão sempre avaliadas as diversas componentes no projecto, sendo: desenvolvimento técnico da actividade e financeiro, grau de concretização, bem como as actividades relacionadas com o empowerment e igualdade de oportunidades, onde participará a pessoa nomeada para a temática de igualdade de oportunidades. 2.3 Assegurar a transparência da informação interna relativa ao projecto e à parceria, que será disponibilizada a todos os parceiros da seguinte forma ( ex. recurso às TIC...): No âmbito da comunicação e informação interna será privilegiada a comunicação entre os parceiros em fóruns presenciais – reuniões - dos quais resultam actas com as decisões tomadas de forma a que todos os parceiros participem e acompanhem as decisões. Toda a informação respeitante ao desenvolvimento do projecto (relatórios, pontos de situação, …) estará disponível numa área reservada aos parceiros na plataforma NetStart de forma a que qualquer parceiro possa aceder ao ponto de situação de qualquer actividade e conhecer o seu desenvolvimento. As actas de reunião serão também arquivadas em formato digital para que seja possível aceder de qualquer local e por qualquer parceiro. Será utilizada a ferramenta de “fórum de discussão” da plataforma NetStart para que qualquer parceiro possa aceder e comentar qualquer documento, actividade ou tarefa em desenvolvimento. No âmbito do acompanhamento financeiro, será reservada uma área na plataforma Netstart de modo a que seja possível aceder à evolução financeira do projecto e ao respectivo controlo administrativo. Será privilegiada a utilização do correio electrónico, no entanto serão criadas regras de forma a evitar que a informação relevante transmitida não seja divulgada no seio da parceria. 2.4 Assegurar que a difusão pública dos resultados do projecto, finais ou provisórios, só será efectuada após anuência do(s) parceiro(s) envolvido(s) na sua concepção. 3. Recursos técnicos 3.1 Assegurar estabilidade nos recursos técnicos afectos ao projecto. 4. Ajustamento da parceria 4.1 Proceder ao ajustamento da parceria, à saída ou entrada de novos parceiros, ou eventual revisão deste Acordo, nomeadamente se a avaliação do projecto o indicar como necessário.

Last update: 11-03-2008 dot Top


Instituto Politécnico de Viana do Castelo

(IPVC)
Praça General Barbosa - Apartado 51
-
P-4900-347-VIANA DO CASTELO Viana do Castelo
-

Tel:+351258809610
Fax:258829065
Email:-

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
Type of organisation:University / Research organisation
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:MINHO-LIMA
Date of joining / leaving:09-11-2007 /

Text available in

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo possui actualmente cinco escolas superiores - Escola Superior de Educação (Viana do Castelo) -Escola Superior Agrária (Ponte de Lima) -Escola Superior de Tecnologia e Gestão (Viana do Castelo) -Escola Superior de Enfermagem ( Viana do Castelo) - Escola Superior de Ciências Empresariais ( Valença) Nelas são leccionados 25 cursos superiores, sendo 1 bacharelato e 24 licenciaturas, das quais 16 são bi-etápicas As escolas do IPVC desenvolvem investigação cientifica e aplicada em diversos dominios e prestam serviços especializados à comunidade, através de protocolo ou concursos.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Luis Manuel Cerqueira Barreto Luis +351251800840 lbarreto@esce.ipvc.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE VIANA DO CASTELO

(AEVC)
LARGO JOÃO TOMÁS DA COSTA, 41 - 1º
-
P-4900-509-VIANA DO CASTELO Viana do Castelo

Tel:+351258822553
Fax:258826471
Email:claudiaviana@aevc.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Employers' organisation
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:MINHO-LIMA
Date of joining / leaving:26-07-2007 /

Text available in

Associação Empresarial sem fins lucrativos multisectorial com âmbito de actuação concelhio em Viana do Castelo, Caminha, Paredes de Coura e Vila Nova de Cerveira



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Joaquim António Cardoso Ribeiro Joaquim +351258800540 aevcemprsas@aevc.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


Exertus- Consultoria em Organização e Estratégia Empresarial,Lda

(EXERTUS)
Rua adelino Amaro da costa 327, 1º Esq. TRAS
-
P-4470-225-MAIA Maia
-

Tel:+351229420196
Fax:229443828
Email:geral@exertus.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Structure created to manage the DP
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:30-10-2007 /

Text available in

Missão:Apoiar as Organizações a tornarem-se mais eficazes, competitivas e rentáveis pondo ao seu serviço a experiência, competência, integridade e criatividade de uma equipa multidisciplinar orientada para os resultados. Desenvolver urna cultura de valores comuns e partilhados, que permita a cada colaborador a evolução das suas potencialidades dentro de uma equipa solidária e responsável. Dotada de uma cultura de problem solver privilegiando as acções no terreno, a Exertus assume-se como uma Empresa essencialmente orientada para as questões da Estratégia, Produtividade, Qualidade e Marketing das organizações uma perspectiva integrada e multi-sectorial, visando o aumento da competitividade e eficácia das Empresas e Organizações em geral. Os serviços oferecidos pela Exertus compreendem conjuntos homogéneos de conceitos e técnicas, suportados por metodologias de abordagem e de implementação, criadas a partir da sistematização da experiência retirada pelos seus colaboradores, das aplicações em que participam e do estudo e análise das conjunturas; técnica, económica e humana que condicionam, como envolvente, todo o tecido empresarial. O mercado alvo são as Empresas do sector industrial da economia e organizações prestadoras de serviços à indústria, posicionando-se a Exertus como entidade integradora de todas as valências que possam condicionar o êxito dos Projectos em que participa, através da utilização do seu corpo de consultores e de parcerias estabelecidas com empresas e entidades do sistema cientifico e tecnológico, de elevada notoriedade. Recentemete tem desenvolvido projectos diversos suportados na internet, quer no âmbito dos conteúdos quer no desenvolvimento de plataformas. As principais Áreas de intervenção da Exertus são: • Estratégia Operacional • Sistemas de Informação • Produtividade • Qualidade • Marketing • Gestão das Pessoas. • Formação



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Samuel Almeida e Silva Samuel +351229420196 samuel.silva@exertus.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


OMNI, COMÉRCIO VESTUÁRIO LDA

(OMNI)
Rua Sacadura Cabral nº16
-
P-4900-517-VIANA DO CASTELO Viana do Castelo

Tel:+351258 839 500
Fax:258 839 509
Email:omni@omniwear.com

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Enterprise
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:MINHO-LIMA
Date of joining / leaving:20-04-2005 /

Text available in

A OMNI é uma marca nacional de vestuário, com 17 anos de existência, estando desde sempre associada aos desportos ditos “alternativos”, pois fomos a primeira marca nacional a trabalhar no sector, e uma das primeiras lojas em Portugal a comercializar artigos para Surf, Bodyboard e Skate, daí o nosso nome original “Objectos Modernos não identificados”, visto serem desportos desconhecidos até então. Actualmente dispõe de uma vasta colecção de artigos de vestuário, comercializados nas nossas lojas próprias e franchisadas, assim como num cada vez maior número de revendas exclusivas em Portugal e Espanha. Esté actualmente a investir mais neste sector, pois recebe centenas de contactos de clientes finais, os quais, fruto das nossas campanhas publicitárias, desejam a marca, mas não dispõem de loja para comprar na sua zona. Mantém praticamente todas as revendas com as quais começou a trabalhar, algumas há mais de 10 anos, sempre com uma politica de exclusividade territorial, que se tem revelado como a melhor aposta para ambas as partes. Dotada de uma equipa jovem, a OMNI tem desenvolvido recentemente projectos de modernização assentes no desenvolviemnto dos recursos humanos e na organização da empresa.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
João Miguel Brandão de Araujo Pereira João +351258839500 miguelbrandao@omniwear.com Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


TINTEX-TINTURARIA TEXTIL DE CERVEIRA, S.A.

(TINTEX)
Z INDUSTRIAL DE CAMPOS-POLO 1 - CAMPOS
-
P-4920-247-VILA NOVA DE CERVEIRA Vila Nova de Cerveira

Tel:+351251708200
Fax:251798518
Email:

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Enterprise
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:MINHO-LIMA
Date of joining / leaving:05-05-2005 /

Text available in

A Tíntex, Lda. foi constituída no final do exercício de 1997 tendo como objectivo principal a concretização de um projecto de cooperação interempresarial com o propósito de criar uma actividade de prestação de serviços de tinturaria e acabamentos de malhas. De facto, os seus proponentes, todos com vocação industrial no sector de fabricação de malhas e de confecção de vestuário, lutavam com enormes dificuldades na subcontratação de serviços de tinturaria junto das unidades já instaladas, pelo facto destas não conseguirem garantir o cumprimento das especificações técnicas pretendidas, a reprodutividade da cor entre diferentes partidas, e o prazo de entrega. A oportunidade que entretanto se lhes deparou, de reactivar uma unidade de enobrecimento têxtil, situada no Pala 1 de V. N. de Cerveira, que se encontrava em desactivação (MATINCER), foi rapidamente aproveitada para o desenvolvimento do projecto em apreço, mercê da conjugação de diversas condições favoráveis, entre as quais se salientam: Uma adequada localização regional; Um edifício de 3 000 m2 em razoável estado de conservação implantado num terreno de 23 000 m2; A disponibilidade funcional, embora limitada, de alguns equipamentos de acabamentos; A existência de uma pequena ETAR; O licenciamento industrial da empresa existente; O interesse dos antigos proprietários da MATINCER, em se desvincularem da actividade, por razões de desconhecimento técnico. A TINTEX é actualmente uma empresa tecnologicamente evoluida com uma equipa interna dinâmica e desenvolve uma estraégia de internacionalização procurando novos mercados e novos desafios.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Sergio Lima Viana Sergio +351964433921 sergio@tintex.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

NETSTART

Rationale

Text available in

- Pontos fortes Necessidades reais das empresas em desenvolver competências na área das TIC O desemprego concentra-se numa faixa etária que ainda tem possibilidade de efectuar a sua reconversão profissional Estão identificadas as profissões que maior procura de emprego pelo mercado Disponibilidade e vontade de aquisição de conhecimentos na área das TIC’s Reconhecimento de necessidade de formação (quer para os activos quer para os desempregados) Existência de bons recursos informáticos nas empresas Forte potencial da região nas TIC face aos projectos internacionais que se irão instalar (projecto Cobra) Oportunidades Existência de profissões em risco de continuidade Necessidades de competências em TIC’s Criação de competências organizacionais para a organização e gestão de e-formação Inexistência de oferta e formação em regime de e-learning na região Base tecnológica de acesso à Internet mais acessível e é já generalizado Necessidades de melhorar competências em TIC A utilização das TIC e da formação à distância é essencial para a região sobretudo para uma grande parte da população que reside fora dos grandes centros , - Pontos fracos Empresários pouco sensibilizados para a dispensa de serviço para formação Desconfiança da qualidade da formação em regime de e-learning Não se efectua levantamento de necessidades de formação individualizado por empresa Não se efectua ligação entre o aprendido pelos activos em formação ”avulso” e as necessidades da empresa Dificuldades de frequência na formação devido a horários e mobilidade Pouco potenciado o acesso a Internet e recursos informáticos por parte dos activos das empresas As empresas não dispõem de estratégias de desenvolvimento das TIC Dificuldade de acesso às ferramentas informáticas por parte dos desempregados Ausência de ferramenta de acesso à reconversão profissional com a utilização das TIC Ameaças Baixa adesão dos activos das empresas e dos desempregados à participação em acções de formação. Baixa apetência dos desempregados para a reconversão profissional Dificuldades dos desempregados no acesso às TIC por ausência de equipamento Localização (residência) de alguns desempregados Procura de emprego nos centros de emprego pelas empresas está concentrada em “indiferenciados” Necessidades do mercado de emprego muito específicas Pouco crédito do mercado de trabalho face à formação à distância

dot Top


Objective

Text available in

O projecto Netstart, está orientado para o desenvolvimento de competências, iniciadas pela literacia informática básica para acesso a ferramentas baseadas na Internet e prosseguindo, de acordo com os objectivos estabelecidos, através de um ciclo de melhoria contínua das suas competências. O projecto tem por base o IPAT – Itinerário Personalizado de Adaptação Tecnologia, que numa primeira fase pretende que públicos mais desfavorecidos, nomeadamente desempregado, jovens com pouca formação e activos de idade mais avançada consigam aceder às ferramentas básicas das TIC. Numa segunda fase o IPAT conduzirá o utilizador a traçar os seus objectivos de carreira, socorrendo-se para tal de perfis profissionais adequados ao mercado de trabalho e ajustados às novas e emergentes profissões de forma a que de facto este público consiga efectuar um percurso de formação orientado para a empregabilidade. Após a identificação do seu objectivo será possível desenvolver as competências identificadas em diagnósticos de necessidades, tendo em consideração o seu nível de conhecimentos e os objectivos a atingir, através da participação em acções de formação em regime de e-learning (sendo privilegiado o b-learning numa fase inicial). O projecto será desenvolvido em parceria com a participação de empresas que serão piloto na implementação das metodologias, sendo privilegiado o trabalho em grupo e o empowrement como forma de colher as melhores práticas e de desenvolver as competências da equipa. A divulgação e a sustentabilidade da aplicação do Netstart e consequentemente do IPAT às diversas áreas da região, será efectuada com suporte em estruturas existentes (Centros Internet das autarquias) que passam a dispor de uma “ferramenta” que irá apoiar a lieracia informática básica e o desenvolvimento efectivo das competências de pessoas com dificuldades no acesso às TIC.

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics