IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 F@DO - Formação Aberta e a Distância Orientada ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : Instituto de Soldadura e Qualidade
Other national partners : AERLIS - Associação Empresarial da Região de Lisboa
I Q F - INSTITUTO PARA A QUALIDADE NA FORMAÇÃO I P
Instituto Nacional de Engenharia Tecnologia e Inovação
MUNICÍPIO DE OEIRAS
EQUAL theme :Adaptability - Adaptation to change and NIT 
Type of DP :Geographical - Urban area - LISBOA E VALE DO TEJO 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2001-211 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :15-11-2002 
Last update :05-07-2006 
Monitoring: 2002   

Rationale

Text available in

"In the modern society, Knowledge is considered to be an inestimable value. Promoting the design and the conception of activities that contribute to firm and disseminate knowledge is urgently requested. To access to the available information consists on a basic need for citizens. Several entities should be in charge to assure that access using a quick and an efficient way. The information society should be a supremacy of the knowledge" The knowledge society becomes as a result of the enormous transformation occurred at the information technologies level. In the past, a catastrophe, a revolution, discoveries, or something else, could only be revealed several weeks or even several months later. Nowadays, these moments may be known in time or eventually observed or listened all over the world in real time. These technological transformations appeared as benefits for citizens belonging to the information society. However, these technological transformations are progressively contributing to exclude other groups of citizens. The available information may be considered as a positive contribute if followed by an intense and continuous work in training. This work should provide citizens the upgrading of their competencies and the use of the acquired knowledge. The access to the information becomes a value if that information shall be transformed in knowledge and working tools. The society of Information should promote equal opportunities to all citizens. The technology should be adapted to citizens and should be humanised joining desires and needs of each citizen or social group. Information highways based on complex networks will be available on PC monitors. This fact will require from citizens computer literacy in order to allow them to select the information and understand its structure. The easily access to the information does not mean to use it at the best way. We may conclude that it is necessary to implement training systems using a simple technology in order to provide citizens equal opportunities of information. That flexibility means the utilization of on-line and off-line resources, as well as the intervention of trained tutors to provide the integration of the resources. In what concerns education levels and professional qualification and the deep defeats imposed by the economy based on knowledge, these kinds of methodologies should be urgently adopted by training entities, contributing for equal opportunities for citizens. The technological infrastructures are not enough to improve citizen's quality way of life and to disseminate information. It is urgent to arrange means to assure that dissemination and to decrease the difference between informed and non-informed citizens. Considering that the costs of the disajusted citizens will fall upon other citizens, it become urgent to implement mechanisms that allow citizens to be integrated in society where they have to learn and use what they have learn. It is urgent to give these people the technical and horizontal skills that will allow them to define by themselves the route to "learn to learn". This way they will be able to keep pace with the information and knowledge society, improve their qualification and employability indexes and break the existing barriers for the access to information and self-learning. With the objective of getting better acquainted with our target public characteristics, (local nets of the district of Oeiras/companies, social-cultural disfavored / info-excluded public, trainers and teachers), and of involving the local authorities in the development of the project from the beginning, we developed a field and documental research work which allowed us to: 1) Identify the local authorities available and interested in participating in the project 2) Identify critical success factors for the implementation of a Long Distance Training course for disfavored population in Oeiras district. 3) Identify the vocational skills of the Long Distance Training tutors/trainers 4) Gather data on previous experiences in the field of Long Distance Training for training trainers and for training disfavored groups. The needs diagnosis was done in different local entities, which directly or indirectly are knowledgeable about the existing constraints when working with people with low academic and vocational qualifications' levels and difficulties in complying with modern society demands. Taking this into consideration and as well diversity in the scope of activity, fourteen entities, that could bring added value to the project, were selected. So we contacted entities linked with education, social welfare, immigrants support, vocational training, insertion in the labor market, and as well entities linked to the community through local management and sports activity. Through those entities we got information about privileged training areas, (taking into account the characteristics of the trainees and the needs of the labor market) and about the availability of the entities to participate in the project activities, (establishment of local nets). The selected areas of the district were chosen because they are of social welfare support intervention, with a population that has a significant percentage of immigrants, generally with very low academic and vocational qualification and consequently unemployed or with very unstable employment situations. The major part of the entities that were contacted was interested in participating in the project. This is due to the fact that they consider the project as having not only a clear benefit to the target population, but as well to the entities themselves, (e.g., for the schools they could count on a solution resource for students with low academic performance and at the same time having the opportunity to participate in a new experience; for the entities which give locally, support to individuals and families with difficulties in labor and social insertion, they could see their intervention capacity increased). The analysis and treatment of the data gathered (see Annex 1), allows us to draw important conclusions related to the implementation of the activities to be developed in Action 2. The different entities consider as critical factors for the success of disfavored publics training, the following: the possibility of reinforcing the personal, social and vocational skills, and so creating better conditions for the insertion in the labor market; the importance of a training scholarship for the trainees; the implementation of a trainees tutoring process, to help them overcome difficulties linked with motivation, self discipline capacity, and autonomy; specifically for trainees wit low academic performance, maintain the link school/student. Referred to, as negative aspects the following: lack of knowledge in Information Systems Technologies, difficulties in vocational integration of some trainees and the trainees lack of motivation with respect to the theoretical part of the courses. Of the different technical training areas mentioned as possible, taking into consideration the market needs, the preferred ones were civil construction, electronics, mechanic, information systems, restoring, hotel services and as well the ones linked with personal social services. Through the new partner - AERLIS - were created the conditions that will allow to deepen the contacts with companies of the district/region, ensuring the active commitment of their management/owners, the identification of the trainees and as well the integration of scholars in the companies, so reinforcing the capacity of integration in the labor market of the trainees that will participate in the pilot course, which is surely an important value-added to the project. As to the identification of the emerging vocational skills of the tutors/trainers of Long Distance Training, the analysis of previous experiences in Long Distance Training of trainers, the interviews and research done, allowed to gather important data for the definition of a "Trainer - Consultant" vocational profile. A database has been defined which will allow us, during Action 2, to design the Long Distance Training pilot course of Training of Trainers, in a sustained manner. The analysis of previous experiences done in Portugal about the use of Long Distance Training to disfavored groups and the bibliographic research developed, allowed the selection of relevant information on critical success factors, for the implementation and management of distance training actions for this specific public. In the beginning of Action 2, during the trainees' selection, we will deepen some of the data in order to adapt the design of the course to the real needs of the involved trainees.

dot Top


Objective

Text available in

The creation of new working structures and interactive learning processes,the development of information and knowledge networks,the investment in people and in the acquisition of new competences that assure a larger social integration and avoid info-exclusion,are some of the objectives stated by the Portuguese Government, which are fully represented in the Action Plan eEurope 2002. The implementation of flexible models of distance learning is a pertinent action, specially for poverty,low scholarship citizens and citizens with low qualification,in order to allow their access to the information and knowledge society, considering the lifelong learning.Therefore,the main goals of this project are the following: ·Implement new models of flexible distance learning using the technologies of information and communication for the less qualified citizens ·Promote the use of information and communication technologies near the training agents and trainers,by developing new competencies for Training of Tutors. These competencies should motivate and re-direct less qualified citizens,leading them to recurring to lifelong learning and develop new abilities in the so called lifewide ·Provide means for training entities to use methodologies,contents and distance learning tools.Distance learning sessions will be implemented by Tutors,who should also adapt them for the different goals (qualified employees and less qualified citizens).This will allow the dissemination of good-practices and benchmarking performance in Portugal and in Europe .Reinforce the competences of the less qualified citizens in order to offer them the indispensable tools for learn to learn abilities,together with the use of technologies in the information and communication level. This will assure this public target the: -Access to information and communication society,in equal opportunities terms; -Competencies acquisition in the digital literacy field,improving,therefore,their social integration and employment.

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Guidance, counselling **
Training ***
Training on work place **
Work placement **
Employment aids (+ for self-employment) **
Integrated measures (pathway to integration) **
Employment creation and support **
Training of teachers, trainers and staff ***
Conception for training programs, certification **
Work organisation, improvement of access to work places **
Guidance and social services **
Awareness raising, information, publicity **
Studies and analysis of discrimination features **

Type of innovation Rating
Process-oriented ***
Goal-oriented **
Context oriented **

Text available in

A dinamização de um sistema facilitador do acesso generalizado dos adultos "info-excluídos" à progressão educativa, tecnológica, cultural e profissional, potenciadora de competências de cidadania e de acesso à Sociedade da Informação, constitui um aspecto inovador que contraria a tendência da formação que privilegia os trabalhadores à partida mais predispostos para a formação (e não os mais carenciados e/ou que têm um maior défice educativo e de qualificações).Por outro lado não são conhecidas muitas experiências de FAD flexíveis, diferentes de um curso de formação formal, adaptadas às necessidades destes públicos, promovendo assim a igualdade de oportunidades de acesso/sucesso na Sociedade do Conhecimento e incrementando o nível de empregabilidade das pessoas envolvidas Consideramos que este Projecto possui características inovadoras a vários níveis: - A inclusão de competências transversais no currículo do curso para públicos "desfavorecidos" de fácil transferência para outras situações/contextos (exs:aquisição de competências básicas em TIC e sua certificação; treino de competências de auto-estudo/aprendizagem,de "aprender a aprender" e (in)formação sobre técnicas de procura activa de emprego) - Serviço de aconselhamento e orientação profissional on-line, com vista à maximização de iniciativas de procura activa de emprego - implementação de um curso de Formação de e-Formadores com base num perfil de Formador- Consultor - possibilidade de difundir os resultados deste curso e do Perfil de e-Formador ao Sistema Nacional de Certificação no sentido de fundamentar os requisitos necessários para ser formador credenciado em FAD - constituição de uma bolsa de e-Formadores poderá contribuir para a melhoria da qualidade da FAD ministrada em Portugal - fácil transferibilidade da formação de e-Formadores para outros contextos(ex.aplicando-a à formação pedagógica dos professores dos ensinos básicos, secundário e universitário) - Oportunidade de intervir directamente em contexto empresarial para sensibilizar empresários para as vantagens da formação contínua dos colaboradores(numa óptica aumento de competitividade para as empresas) e de demonstrar as vantagens da FAD em contexto empresarial, potenciando futuros contactos para a implementação de sistemas FAD nas suas organizações - adaptação de alguns produtos/práticas já existentes de FAD - envolvimento de outras entidades externas à PD nas actividades do Projecto - As metodologias de gestão/acompanhamento do Projecto, com grande envolvimento/comprometimento de todos, permitirão um registo de todas as fases vividas facilitando a transferibilidade de práticas para outros contextos/entidades (newsletter interna e externa à PD e Website interactivo dedicado ao Projecto- ferramentas para divulgar nacional/internacionalmente os trabalhos, iniciando desde logo uma disseminação do Projecto que potencia a colaboração de outras entidades/peritos e facilita a transferibilidade de produtos/práticas)

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  20.0%  20.0% 
Employed  20.0%  20.0% 
Others (without status, social beneficiaries...)  10.0%  10.0% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  10.0%  10.0% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  40.0%  40.0% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  50.0%  50.0% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  50.0%  50.0% 
  100.0% 
 
< 25 year  20.0%  20.0% 
25 - 50 year  30.0%  30.0% 
> 50 year  0.0%  0.0% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination *
Support to entrepreneurship **
Discrimination and inequality in employment *
Other discriminations **
Low qualification ***
Unemployment **

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português
  • português
  • English
  • français

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.1%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
932 GLOBALFAD TRANSNATIONAL COOPERATION PARTNERSHIP ES ES473
FR AUV-2001-11053
IT IT-G-PUG-024
PT 2001-124
PT 2001-237
995 E-learning 4 U IT IT-G-ABR-061

dot Top


Background

 

 Involvment in previous EU programmes

  • Two and more partners involved in A&E

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
Instituto de Soldadura e Qualidade Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
AERLIS - Associação Empresarial da Região de Lisboa
I Q F - INSTITUTO PARA A QUALIDADE NA FORMAÇÃO I P
Instituto Nacional de Engenharia Tecnologia e Inovação Evaluation
MUNICÍPIO DE OEIRAS

dot Top


Agreement Summary

Text available in

5A. Project development, in which the diagnostics, objectives, activities results and valuation process and financial plan were describe in the candidate form, Action 2. 5B Responsibilities assumed by each partner: (role identify / total contribute of each partner in the project. Partner 1- Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ) 1-Project coordination, which includes obligations in result of being the interlocutor entity with the Equal Management Office. 2-Transnational partners global coordination. 3-FAD pilot-course subjects' conceptions. Partener 2- Oeiras Municipality (CMO) Coordinates activities related to the population needs and Oeiras organizations potentialities. Partener 3 - Instituto para a Inovação da Formação (INOFOR) Coordinates activities related to international and national experiences in FAD, which consists in data collect and products identification and transferences of methodologies. Partener 4- Instituto Nacional de Engenharia e Tecnologia Industrial (INETI) Coordination and execution of the project evaluation, in which plans steps of training quality, and objectives adaptation. Partener 5- Associação Empresarial da Região de Lisboa (AERLIS) Coordinates activities related with work market integration of the formers/students, therefore develop an implementation of the project communication strategy joint enterprises. 5C ISQ, as entity mediator with Equal management office, has to receive and manage the public funds affected to PD, and has to give total requested information to the PD and Equal Management Office. 5D PD description of it's functionality and decision making process: a) Decision process All decisions are taken based in all partners' unanimity agreement. b) The project management and evaluation ISQ will manage the project, by each process, according to a proper methodology that is known as "Earned Value Management". INETI will evaluate according to the PRM -Partner relationship Management

Last update: 05-07-2006 dot Top


Instituto de Soldadura e Qualidade

(ISQ)
Av. Professor Cavaco Silva, 33 - TagusPark
-
P-2740-120-PORTO SALVO Oeiras

Tel:+351214234000
Fax:214228128
Email:cimiranda@isq.pt

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:06-10-2004 /

Text available in

Entidade tecnológica, privada e independente, fundada em 1965, com experiência na União Europeia, Europa de Leste, África, Américas e China, oferecendo serviços de inspecção, ensaios e calibrações, formação, certificação, estudos de engenharia, consultoria e auditorias da qualidade, e investigação e desenvolvimento. Conta actualmente com 684 colaboradores. O ISQ tem uma larga experiência de actuação em todas áreas do ciclo formativo, com recurso a metodologias flexíveis de formação assentes nas novas tecnologias, sendo um dos principais “players” nacionais no domínio do e-learning e da gestão de conhecimento, com presença nos principais fóruns e grupos de investigação nacionais. Conta com uma experiência de mais de 10 anos na gestão de projectos de I&D na área da Formação, a nível Nacional e Comunitário.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Margarida Segard Margarida +351214234041 mmsegard@isq.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-07-2006 dot Top


AERLIS - Associação Empresarial da Região de Lisboa

(AERLIS)
Rua S. Salvador da Baía, Ed. Aerlis, Pq Poetas
-
P-2780-017-OEIRAS Oeiras

Tel:+351210105000
Fax:210105001
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Employers' organisation
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:07-10-2004 /

Text available in

AERLIS é uma associação Empresarial sem fins lucrativos, de utilidade pública e com âmbito distrital. A Associação foi criada em 12 de Fevereiro de 1992. A AERLIS tem por fim promover o desenvolvimento das actividades económicas do Distrito de Lisboa nos domínios técnico, económico, comercial, associativo e outros e assegurar aos seus associados uma crescente participação nas decisões e nos programas que com essas actividades se relacionem. A Missão da AERLIS traduz-se desta forma na prestação de serviços de elevada qualidade às empresas de Lisboa, tornando-as mais competitivas nos mercados em que operam, para além da representação dos seus associados e defesa dos seus interesses.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Vítor Ventura Ramos Vítor +35121010500 v.ramos@aerlis.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-07-2006 dot Top


I Q F - INSTITUTO PARA A QUALIDADE NA FORMAÇÃO I P

(INOFOR)
Av. Almirante Reis, N.º 72
-
P-1150-020-LISBOA Lisboa

Tel:+35121 810 7000
Fax:
Email:

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Employment services
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:08-07-2002 /

Text available in

O INOFOR visa introduzir inovação no sistema de formação profissional e contribuir para uma maior qualidade e profissionalização da oferta formativa e dos modelos de valorização de recursos humanos. Intervém, assim, na racionalização, estruturação e qualidade do sistema de formação profissional, desenvolve uma política de investigação que associa a pesquisa e a inovação à acção e procura multiplicar e difundir modelos, metodologias e soluções organizativas e formativas.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Carina Maria Rosa Américo Baptista Carina +351218107000 carina.baptista@inofor.gov.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-07-2006 dot Top


Instituto Nacional de Engenharia Tecnologia e Inovação

(INETI)
Estrada do Paço do Lumiar, 22
-
P-1649-038-LISBOA Lisboa

Tel:+351210924600
Fax:217164019
Email:teresa.coelho@ineti.pt

 
Responsibility in the DP: Evaluation
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:06-10-2004 /

Text available in

O INETI é um laboratório do Estado que visa impulsionar e realizar acções de investigação, de demonstração e transferência de conhecimento, de assistência técnica e tecnológica e de apoio laboratorial dirigidas à empresa, promovendo a inovação, a competitividade e a iniciativa em todo o território nacional. Os domínios prioritários de intervenção no INETI são: a energia; novos sistemas, processos e produtos; protecção, saúde e segurança do cidadão; defesa e espaço; recursos e riscos geológicos; gestão ambiental e sustentabilidade; apoio laboratorial e ensaios; formação avançada técnica e tecnológica.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Teresa Morgado da Silva Saião Lopes Teresa +351210924637 teresa.lopes@ineti.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-07-2006 dot Top


MUNICÍPIO DE OEIRAS

(CMO)
Largo Marquês de Pombal
-
P-2784-501-OEIRAS Oeiras

Tel:+351214408300
Fax:214435661
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:07-10-2004 /

Text available in

A CMO, enquanto autoridade pública local, tem por missão promover o bem estar dos indivíduos que residem no seu território e o desenvolvimento local de forma equilibrada e sustentada, intervindo nos seguintes níveis: planeamento urbanístico, habitação, higiene pública, ambiente, turismo, acção social, educação, emprego saúde, cultura e desporto. A intervenção da CMO pauta-se pelo envolvimento e trabalho em parceria com outras entidades, públicas e privadas, locais e nacionais, numa linha de mobilização de recursos para a resolução das necessidades dos munícipes.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Maria Julia Cardoso Maria +35121408507 juliacardoso.proqual@clix.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-07-2006 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

F@DO - FORMACAO ABERTA E A DISTANCIA ORIENTADA

Rationale

Text available in

A sociedade actual, baseada numa economia do conhecimento e caracterizada pela rápida difusão da informação através das tecnologias da comunicação, exige a todos - cidadãos e organizações -, novas competências potenciadoras do plano exercício de cidadania. As implicações destas transformações tecnológicas são enormes e, se à partida trouxeram benefícios potencialmente para todos os indivíduos, a verdade é que alguns grupos populacionais se encontram em situações de "exclusão progressiva", ora por falta de qualificações, ora por impossibilidade de acesso às fontes de conhecimento, ora por se encontrarem contextualizados em condições de vida que lhes dificultam o acesso à Sociedade da Informação. Por outro lado, sabemos que o facto de facilmente se ter acesso à tecnologia não significa que o indivíduo a saiba utilizar da melhor forma. A população portuguesa caracteriza-se por baixos níveis de escolaridade e de qualificação profissional, bem como por fracas qualificações e competências no domínio das TIC , o que leva a que muitos cidadãos não consigam, responder aos desafios que a sociedade actual coloca constantemente. Neste contexto, entendemos que o manancial de informação disponível só poderá beneficiar os públicos mais desfavorecidos e desempenhar um papel construtivo se for mediatizado por um trabalho intenso e contínuo de acompanhamento/formação, que possa orientar o indivíduo no processo de actualização de competências e de aplicação do saber adquirido. Trata-se também de adaptar as TIC's às pessoas, humanizar este processo indo de encontro às aspirações e necessidades de cada indivíduo/grupo social. Este Projecto visa precisamente reduzir o hiato existente entre "info-incluídos" e "info-excluídos" aumentando a capacidade de resposta das pessoas aos desafios colocados pela Sociedade do Conhecimento, promovendo uma maior igualdade nas oportunidades de acesso à (in)formação e actuando ao nível da promoção da transferência da informação e do aumento das qualificações. Entendemos que a formação a distância (incluindo o e-Learning) associada a novas metodologias de formação mais flexíveis, é uma das mais poderosas formas de agir para promover os níveis de escolaridade e de qualificação de jovens e adultos socio-culturalmente desfavorecidos. É urgente dotar estas pessoas de competências transversais e técnicas que lhes permitam desenhar o seu próprio itinerário de formação e "aprender a aprender", podendo assim acompanhar a sociedade da informação e do conhecimento, melhorar os seus índices de qualificação e de empregabilidade e quebrar as barreiras existentes de acesso à informação e à auto-aprendizagem. Com vista a conhecermos melhor as características dos nossos públicos-alvo (redes locais naturais do concelho de Oeiras/empresas, públicos sócio-culturalmente desfavorecidos/info-excluídos e formadores ou Professores) e de envolvermos os actores locais no desenvolvimento do Projecto desde o início dos trabalhos, realizámos um trabalho de campo e de pesquisa documental que nos permitiu: 1) Identificar as entidades locais disponíveis e interessadas em colaborar no Projecto, numa lógica de identificação de mais-valias para o desenrolar dos trabalhos e de optimização de sinergias; 2) Identificar factores críticos de sucesso e de obstáculos na operacionalização de um curso de FAD junto de populações desfavorecidas no Concelho de Oeiras (aspecto que será melhor explorado na Acção 2, quando iniciarmos o design dos cursos de FAD); 3) Identificar as competências profissionais emergentes de tutores/formadores de FAD; 4) Fazer um levantamento de anteriores experiências no domínio da FAD para formação de formadores bem como uma auscultação de experiências anteriores realizadas em Portugal sobre a aplicação da FAD a grupos desfavorecidos. O diagnóstico de necessidades foi realizado junto de entidades locais diversificadas e que de forma mais ou menos directa têm conhecimento dos constrangimentos inerentes ao trabalho com públicos com baixas qualificações escolares e profissionais e com trajectórias de vida indicadoras de dificuldades em cumprir as exigências da sociedade actual. Foram seleccionadas e ouvidas 14 entidades¨* que, pela sua variedade ao nível do âmbito de actuação, conhecimento da realidade e necessidades locais, relação de proximidade com o público potencial do projecto, possam constituir uma mais-valia para o Projecto. Contactamos entidades ligadas à educação e ensino, à solidariedade social e ajuda a indivíduos/ famílias residentes em bairros sociais, ao apoio aos imigrantes, à formação profissional e inserção no mercado de trabalho e, ainda, entidades ligadas à comunidade pela via do desporto e da gestão local/municipal. * Juntas de Freguesia de Carnaxide e de Paço de Arcos, ECCO, Escolas Secundárias de Linda-a-Velha, Sofia Mello Breyner, Luís Freitas Branco e Joaquim de Barros, UNIVA de Outurela, Gabinete URBAN, Clube Desportivo de Paço de Arcos, Escola Náutica, Junta de Freguesia, Centro de Emprego de Cascais, AERLIS Junto destas entidades, foi obtida também informação sobre as áreas de formação a privilegiar (em função das características dos formandos a abranger e das necessidades do mercado de trabalho) e sobre a disponibilidade das entidades para integrarem as actividades do Projecto (constituição de redes naturais locais). As zonas do Concelho seleccionadas foram as zonas da Outurela/Portela (Freguesia de Carnaxide), e a zona do Alto da Loba/Bugio (Freguesia de Paço de Arcos), por serem zonas de habitação social onde reside uma percentagem considerável de população imigrante, pouco escolarizada e com baixas qualificações profissionais e, por estas razões, com emprego precário ou em situação de desemprego. Os itens considerados pertinentes para a recolha de informação foram as seguintes: tipo de instituição e âmbito de intervenção, experiência na área da formação e avaliação da experiência, áreas de formação a privilegiar, em função das características dos formandos e da empregabilidade, factores condicionantes do sucesso do projecto, interesse em colaborar no projecto e identificação do tipo de colaboração (disponibilização de instalações, disponibilização de equipamento, sinalização de formandos, acompanhamento de formandos ou apoio à inserção no mercado de trabalho). A maior parte das entidades contactadas estão interessadas em participar de forma activa no Projecto, considerando mesmo que o Projecto, para além dos benefícios óbvios para a população-alvo, poderá constituir uma mais-valia para as próprias entidades (no caso das escolas envolvidas, poderão contar com um recurso para a solução das situações dos alunos com problemas de insucesso ou de fraco aproveitamento escolar, ao mesmo tempo que terão a oportunidade de participar numa experiência nova, cujos resultados se pretende venham a servir de base para futuras experiências; no caso de entidades que localmente dão apoio a indivíduos e famílias com dificuldades de inserção social e laboral, poderão aumentar assim a sua capacidade de resposta que as diferentes situações exigem). A análise e tratamento dos dados recolhidos (Ver ANEXO1) permite-nos tirar conclusões que se revestem de extrema importância em termos de implementação das actividades a desenvolver na Acção 2. As entidades consideram como pontos críticos de sucesso na formação de públicos desfavorecidos: a possibilidade de reforço de competências pessoais, sociais e profissionais, proporcionando melhores condições para a inserção no mercado de trabalho; a importância da existência de uma bolsa de formação para os formandos; a instituição de um processo de acompanhamento próximo dos formandos por forma a ultrapassar dificuldades de os mesmos detêm no que toca à capacidade de organização, autonomia e motivação; no que diz respeito a formandos com problemas de sucesso escolar e que venham a ser indicados pelas escolas, consideraram importante a manutenção da ligação escola/formando. Como factores críticos negativos são apontados: a falta de conhecimentos em TIC, as dificuldades de integração profissional de alguns dos formandos e as dificuldades de adesão dos formandos quando a carga teórica dos cursos é elevada. Das várias áreas de formação mencionadas como possíveis, tendo em conta as necessidades do mercado, as áreas preferenciais de formação técnica indicadas com mais frequência pelas entidades são as da construção civil, electrónica, mecânica, informática, restauração e hotelaria e as ligadas aos serviços pessoais sociais. Através do novo Parceiro - AERLIS - criaram-se condições que nos permitirão aprofundar os contactos com empresas da Região, no sentido de garantir o envolvimento activo dos empresários, a sinalização de formandos bem como a integração de estagiários nas empresas, garantindo assim o reforço das competências de empregabilidade dos formandos que integrarão o nosso curso-piloto o que constitui uma mais-valia importante para o Projecto. Quanto à identificação das competências profissionais emergentes de tutores/formadores de FAD, o levantamento de anteriores experiências no domínio da FAD para formação de formadores, as entrevistas e pesquisas realizadas permitiram recolher dados importantes no que respeita à definição de um Perfil de "Formador-Consultor", tendo sido constituída uma base de dados que nos permitirá, ao longo da Acção 2, desenhar o curso-piloto de Formação de Formadores em FAD de forma sustentada. A auscultação de experiências anteriores realizadas em Portugal sobre a aplicação da FAD a grupos desfavorecidos e a pesquisa bibliográfica realizada, permitiu a selecção de informações pertinentes sobre os pontos críticos de sucesso na implementação e gestão de actividades de formação a distância dirigida a estes públicos. No início da Acção 2, aquando da selecção de formandos, teremos oportunidade de aprofundar alguns dados de modo a adaptar o design do curso às necessidades reais dos formandos envolvidos.

dot Top


Objective

Text available in

A sociedade de informação e do conhecimento coloca novos desafios e exige de todos, pessoas e organizações, o domínio de novas competências emergentes, potenciadoras do pleno exercício dos direitos de cidadania. Criar novos espaços de trabalho e de aprendizagem interactivos, dinamizar redes de informação e de conhecimento, investir nas pessoas e em novas competências que garantam uma maior coesão social e o combate à info-exclusão, constituem alguns dos objectivos (Grandes Opções do Plano) para Portugal, plenamente enquadrados no Plano de Acção eEurope 2002. É neste quadro que se alicerçam os objectivos do presente Projecto: * Implementar Modelos Flexíveis de FAD com recurso às TIC, adaptados a públicos desfavorecidos; * Potenciar a utilização das TIC através do desenvolvimento de novas competências profissionais nos agentes de formação e formadores, capazes de motivar e de orientar grupos desfavorecidos, em novas plataformas de aprendizagem ao longo da vida (lifelong) e em contextos diversificados (lifewide), nomeadamente em iniciativas de FAD; * Maximizar as actividades formativas de centros de excelência nacionais (públicos ou privados), entidades formadoras e centros locais de aprendizagem, ao nível da utilização/divulgação de metodologias e conteúdos de FAD flexíveis a diversos grupos-alvo, potenciando a difusão de boas-práticas e o benchmarking performance em Portugal e na eEuropa; * Reforçar as competências dos indivíduos info-excluídos ao nível da capacidade de aprender a aprender e do manuseamento das TIC garantindo-lhes: - acesso à sociedade de informação e do conhecimento, num contexto de igualdade de oportunidades; - aquisição de competências no domínio da literacia digital, facilitadoras da sua inclusão social, num contexto de empregabilidade.

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics