IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 ReADAPT - Rede para o Desenvolvimento Económico e Social do Concelho da Covilhã ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS INDUSTRIAIS DE LANIFICIOS
Other national partners : CILAN - Centro de Formação Profissional da Indústria de Lanifícios
CIVEC - Centro de Formação Profissional da Indústria de Vestuário e Confecção
Global Change - Consultores Internacionais Associados Lda
MUNICIPIO DA COVILHÃ
Santa Casa da Misericórdia da Covilhã
Universidade da Beira Interior
EQUAL theme :Adaptability - Adaptation to change and NIT 
Type of DP :Geographical - Other - CENTRO (P) 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2001-205 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :27-09-2002 
Last update :10-01-2005 
Monitoring: 2002  2003  2004   

Rationale

Text available in

1. The Covilhã Region The Covilhã region is located in the center of Portugal. Its characteristics of mountain area with torrential riversides and good pastures, were in the origin - there is more than 800 years - of the fixation and predominance of the wool industry in the region. The industrial fabric in Covilhã is little dense, little diversified guided for traditional industries of intensive labour and weak professional qualification. It is mainly constituted with textile industry and clothing. These activities are in permanent crisis. In short, the situation of some SMEs of these sectors is deeply vulnerable, provoking precarious job and weak salaries. According to the data of the census of 1991, there where 8316 illiterate with superior age to 10 years - about 15% of the population. On the other hand, it is of pointing out that 35 084 people only concluded studies at the level of the Basic Teaching, what represents 60% of the population, most of this people abandoned school many years ago. There where 11 761 people in secondary schools, what represents 20%, and only 3 605 people reached the level medium or higher education, what represents 5% of the population. 2. Unemployed people belongs to the age group the 35-49 years old, prevailing enrolled female, being followed the age group >=50, constituted essentially by male individuals. The unemployed enrolled for more than 2 years in the Employment Centers are mainly female. 3. Main Industrial Sectors (Textile and Clothing) The structural changes verified in the textile and clothing industry in the last years result of strategic changes in the productive sector, to know: a) The European Union constitutes the largest consuming area of the world, although since 1990 its growth rate has come to decrease. In spite of the different European realities, on average, the families of EU have spent in textile consumption and clothing a decreasing percentage of their expenses, due to the drop of prices provoked by the growing concentration of the sales and in the sequence of the changes in the needs and the consumers' priorities. In spite of this stagnation of the demand, the level of self-sufficiency in the consumption of textile products and clothing in the European market has been coming to decrease and it is probable that such tendency increases more in the future. b) The raise of new markets associated to the competitive advantage of tangible factors like: the production costs comparatively lower (of countries as India and Pakistan}, abundance in raw materials (besides artificial fibbers and celulósicas, standing out the Asian Southwest, (namely China), new technologies and products in series and quality. The end of the multi-fibbers agreement (AMF), in Uruguay Round's extent under the aegis of the World Trade Organization (OTO) that should totally be ended up to 2005 will have several effects of considerable impact: - the liberalization of trade associated to a more aggressive competition - the opening of markets traditionally closed to cheaper products - the possibility of drainage of the production for markets in growth, where it is predictable the raise of medium class with a larger financial capacity. It is reinforced that globalization will make the European market more open to the international competition and namely to products coming from the Asian Southwest with consequences at the level of the consumption and of the offer. The consumers will have access to products of lower cost, what will implicate the replacement of the competitive production and the liberation of incomes for other purposes, namely, in the richest countries where the consumption of textile products is stabilized already. In the South of Europe this phenomenon had made possible a faster approach to the patterns of consumption of medium Europeans. At the level of the companies the more affected will be, in first place, the ones that depend on the low labour costs to reinforce their competitiveness-some of the textile companies and most of the companies of clothing of the Covilhã region without own brand or design. The drawbacks with the restructuring of the business fabric particularly in the sector of clothing, but also in some phases of the textile process, and the sustainability of the competitiveness essentially in the low cost of labour will contribute to the loss of competitive capacity of the activities and of the region and its most important sectors. It has also been a serious difficulty in developing training in order to answer to prospective needs, in terms of strategic competences for the renewal of businesses and for the creation of new companies. The project addresses these issues through: a) the creation of a network of integrated development, in the region of Covilhã, with different local actors contributing to the reinforcement of social and economic development. b) the creation of a regional monitoring device - based in a local network - in order to advance and to accompany the processes of productive restructuring and its impact in local employment. This observatory should act both in a preventive and curative way. c)To create a device that will have intervention at different levels: -the reinforcement of SMEs textile and cloths competitiveness through consulting and training " on-the-job" of its workforce; creating SME managers awareness for intangible productions means (new work organization, HR development, marketing, design, etc.) -creating awareness for the needs of insertion of this people in the job market (namely of the women) -Promoting the Covilhã region as a region where High Tech companies should invest -marketing campaigns for the creation of Start-ups for qualified technical young graduates (with the collaboration of Beira Interior University)

dot Top


Objective

Text available in

The main objectives of the ReADAPT project are: 1. To create a network of integrated development, in the region of Covilhã, with different local actors contributing to the reinforcement of social and economic development. In order to sustain the project after 2004, the partners will institutionalize the network by means of an organizational format still under discussion. 2. To create a regional monitoring device - based in a local network - in order to advance and to accompany the processes of productive restructuring and its impact in local employment. This observatory should act both in a preventive and curative way. The observatory will have as mission: to collect information to build databases to produce studies relating to the anticipation of the restructuring processes, sectorial business reorganization and professional conversion professional to diffuse pertinent information to identify investment and business opportunities looking for the renewal of employment sources and the creation of start-ups to articulate with technological centers, professional training centers in the sense of stimulating changes at the level of the training offer doing prospects to advance qualifications and to promote the transferability of work and life competencies. 3. To create a device that will have intervention at different levels: a) The reinforcement of SMEs textile and cloths competitiveness through consulting and training " on-the-job" of its workforce; creating SME managers awareness for intangible productions means (new work organization, HR development, marketing, design, etc.); b) Creating awareness for the needs of insertion of this people in the job market (namely of the women); c) Promoting the Covilhã region as a region where High Tech companies should invest; d)marketing campaigns for the creation of Start-ups for qualified technical young graduates (with the collaboration of Beira Interior University).

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Training *
Training on work place **
Work placement **
Job rotation and job sharing **
Employment aids (+ for self-employment) ***
Employment creation and support **
Training of teachers, trainers and staff **
Improvement of employment services, Recruitment structures **
Conception for training programs, certification *
Anticipation of technical changes ***
Work organisation, improvement of access to work places **
Guidance and social services **
Awareness raising, information, publicity **
Studies and analysis of discrimination features **

Type of innovation Rating
Process-oriented ***
Goal-oriented **
Context oriented **

Text available in

Os elementos inovadores do projecto residem essencialmente na forma como os impactos de uma crise prevista na candidatura à acção 1, mas já instalada, mobilizam os actores locais, que se juntam de forma a encontrar sinergias nas suas actuações de forma a transformar potenciais ameaças em potenciais oportunidades de desenvolvimento para a região. A inovação desta abordagem reside exactamente no facto de os métodos utilizados se basearem numa rede integrada onde estão presentes os actores principais da região (Câmara Municipal, Associações Empresariais e empresas, Associações de Desenvolvimento Local, Escolas, Centros de Formação, Centro de Emprego, Sindicatos, entre outras). O processo desenrola-se essencialmente através da criação de um mecanismo de diagnóstico e monitorização com carácter interventivo - observatório - centrado na problemática da reestruturação produtiva, da reconversão económica e das suas implicações em matéria de emprego e coesão social que envolva, numa estratégia de desenvolvimento integrado, os actores com responsabilidades ao nível do desenvolvimento do concelho/sector. O observatório será coordenado pela UBI. Sendo identificado por especialistas de competitividade a nível mundial o problema do baixo nível de cooperação e a enorme dependência das empresas dos sectores têxtil e de vestuário portuguesas em relação a outras empresas suas clientes, a criação de um "Cluster" têxtil na região da Covilhã tem como objectivo aumentar os níveis de cooperação. Esta acção piloto é inovadora pelo facto de nunca ter sido realizada nestes sectores em Portugal. A ANIL será o dinamizador deste processo de aprendizagem e de sensibilização dos empresários para o trabalho em cooperação com outras empresas como forma de reforçar a sua competitividade. A UBI, o CIVEC e o CILAN terão um contributo importante que no apoio técnico a 6 empresas dos sectores referidos, para o desenvolvimento e comercialização de novos produtos têxteis (diversificação de produto). O apoio prestado verificar-se-á quer ao nível da implementação de formas inovadoras de organização do trabalho que fomentam a polivalência, reduzindo os impactos do absentismo com consequente aumento de produtividade, quer no apoio técnico especializado nos factores intangíveis de produção, nomeadamente na criação de uma marca própria regional partilhada pelas empresas do "Cluster". Cada uma das empresas envolvidas disponibilizará parte da sua linha de produção para a produção dos novos produtos desenvolvidos no "Cluster". A SCMC terá um papel interventivo ao nível do reforço da emprego das mulheres, muitas vezes impedidas de trabalhar em turnos devido à falta de estruturas sociais de apoio à infância. A SCMC procurará soluções, em conjunto com os parceiros no sentido de resolver estas situações. A CMC, desenvolverá acções-piloto de atracção de investimento para a região e de fomento da empresarialidade junto de jovens quadros em cooperação com a UBI.

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  0.0%  0.0% 
Employed  37.1%  37.0% 
Others (without status, social beneficiaries...)  14.8%  11.1% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  0.0%  0.0% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  51.9%  48.1% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  51.9%  48.1% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  51.9%  48.1% 
  100.0% 
 
< 25 year  0.0%  0.0% 
25 - 50 year  40.1%  38.6% 
> 50 year  11.7%  9.6% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination **
Support to entrepreneurship **
Discrimination and inequality in employment **
Low qualification **
Unemployment ***

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português
  • English
  • español (castellano)
  • français

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.3%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
1651 E-Cooperation for E-urope ES ES219
FI 17
IT IT-G-PUG-008
PT 2001-244
UKgb 19

dot Top


Background

 

 Involvment in previous EU programmes

  • Nobody involved in A&E

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS INDUSTRIAIS DE LANIFICIOS Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
CILAN - Centro de Formação Profissional da Indústria de Lanifícios
CIVEC - Centro de Formação Profissional da Indústria de Vestuário e Confecção
Global Change - Consultores Internacionais Associados Lda Evaluation
Transnational partnership
MUNICIPIO DA COVILHÃ
Santa Casa da Misericórdia da Covilhã
Universidade da Beira Interior Monitoring, data collection

dot Top


Agreement Summary

Text available in

The signed partnership agreement defines the participation of each partner in the project ReADAPT and sets the framework for cooperation among partners. It is clearly accepted by all partners that all should contribute to project objectives according to the EQUAL application form on C4 and C8, namely: 1.To create a network of integrated development, in the region of Covilhã; 2.To create a regional monitoring device - based in a local network - in order to advance and to accompany the processes of productive restructuring and its impact in local employment. 3.To create a device that will have intervention at different levels: -the reinforcement of SMEs textile and cloths competitiveness through consulting and training " on-the-job" of its workforce; -creating awareness for the needs of insertion of this people in the job market (namely of the women); -Promoting the Covilhã region as a region where High Tech companies should invest; -marketing campaigns for the creation of Start-ups for qualified technical young graduates. The partners agree on a partnership model based on equal participation of all partners. The Partnership structure is: -Partners Council, represents all partners, meets once a month and is responsible for strategy definition and main partnership decisions. -Project Team represents partners working in different actions in the field at operational level. Can take operational decisions. -Project Manager, defines scope, resource needs, resources sources, and seeks operational objectives to be attained. -Work team, involves 8 to 10 technicians from different institutions working at the operational level. -Active Monitoring/Scientific Guidance represents monitoring and supporting activities of the project. -Entrepreneurs panel represents entrepreneur's expectations and needs in the partnership. -Workers panel represents workers expectations and needs in the partnership. -Experts panel represents experts contribution to the partnership activities.

Last update: 10-01-2005 dot Top


ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS INDUSTRIAIS DE LANIFICIOS

(ANIL)
QUINTA DOS LAGOEIROS - S. LÁZARO
-
P-6200-000-(Desconhecida) Covilhã

Tel:+351275319140
Fax:275319144
Email:-

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Type of organisation:Employers' organisation
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:COVA DA BEIRA
Date of joining / leaving:17-06-2002 /

Text available in

Fundada em 1974, a ANIL, sucedeu à Federação do sistema cooperativo que, por sua vez, tinha sucedido à Assoc. Industrial, fundada em 1889. Esta ind., têm assim, uma tradição de 110 anos de Associativismo. Com sede na Covilhã, cidade fortemente marcada pela Indústria Têxtil, a Assoc. têm como principais associados as empresas do sub-sector dos lanifícios, cuja matéria-prima é a fibra de lã. Uma ind. localizada, sobretudo, na Região Centro do país já que os principais centros produtores se encontram na área envolvente da Serra da Estrela com destaque para as localidades dos distritos de C. Branco, Guarda e Leiria. Ind. dos assoc.: Nº de Empresas - 100 Vol. de Emprego: 10 000 Vol. de Neg: 60 milhões de cts. % de exp: 60% Princip. destinos: D, UK, E, F, Escandinávia, I, Gr, USA e Canadá. A ANIL é membro de: Interlaine I.W.T.O. As empresas do sub-sector apresentam-se ainda como parceiros da restante ITV, quer como fornecedores de tecidos, quer de fios para a ind. de malha.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
João Manuel Prata de Sousa João +351275319140 anil@mail.telepac.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-01-2005 dot Top


CILAN - Centro de Formação Profissional da Indústria de Lanifícios

(CILAN)
Rua Dr. Júlio Maria da Costa, nº25
-
P-6200-130-COVILHÃ Covilhã

Tel:+351275320300
Fax:
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Education / training organisation
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:COVA DA BEIRA
Date of joining / leaving:17-06-2002 /

Text available in

O CILAN, foi criado por protocolo entre o IEFP a ANIL, sob a homologação da Portaria Nº 317/93 de 18/03, ao abrigo do disposto no artigo 2º, alínea b), do decreto lei Nº 165/85, de 16/05. Desde a data da sua criação, o CILAN tem vindo a desempenhar um papel importante na dinamização da Ind. de Lanifícios, pela via da form. prof., nas suas diversas modalidades. A ITV têm e vão continuar a ter uma especial relevância na vida económica e social do país, à semelhança aliás do que ocorre nos restantes países da UE, sobretudo pelo elevado peso no domínio do emprego dentro e fora do sector. O CILAN também apoia as empresas na sua formação específica, realizando acções de formação dirigidas ao seu pessoal, suprindo as carências de Mão-de-obra que sentem a vários níveis, bem como ajudando-as no seu desenvol. e modernização. Dentro da área da sua actuação e de acordo com o equipamento existente, este centro está capacitado para prestar serviços à indústria.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Dr. Luís Filipe Martins Simões Dr. +351275320303 cilan.luis@mail.telepac.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-01-2005 dot Top


CIVEC - Centro de Formação Profissional da Indústria de Vestuário e Confecção

(CIVEC)
Rua Professor Reinaldo dos Santos, Lote 1510
-
P-1500-505-LISBOA Lisboa

Tel:+351217713100
Fax:
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Education / training organisation
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:17-06-2002 /

Text available in

Criado em 1981, por protocolo entre o I.E.F.P. e a APIV, o CIVEC dispõe de formadores e consultores preparados técnica e pedagogicamente para responderem às solicitações e exigências do sector do Vestuário e Confecção numa perspectiva de qualificação e aperfeiçoamento de R. H. presta colaboração técnica às empresas. 1. Objectivos - Formação em Estilismo, Modelagem, Corte, Costura, Organização, Manutenção, Qualidade e Novas Tecnologias. - Informação dirigida às empresas, designadamente através da revista técnico-pedagógica VESTIR. 2. Formação em: -Aprendizagem; -Qualificação; -Aperfeiçoamento e Reciclagem. 3. Destinatários: -Candidatos ao 1º emprego ou desempregados -Prof. do sector de Vestuário e Confecção 4. Laboratório/Qualidade O Lab. de ensaio do CIVEC foi acreditado pelo IPQ, de acordo com a CNQ 8 e a Norma NP 45 001, ao abrigo do D.L. Nº. 165/83 de 27/04. A sua área de actuação situa-se ao nível das fibras, fios, tecidos e acessórios.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Aurélio José Cabral da Costa Amaral Aurélio +351275330790 covilha.deleg@civec.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-01-2005 dot Top


Global Change - Consultores Internacionais Associados Lda

(GLOBAL CHANGE)
Edifício Plaza – Avenida da República, N.º 101 – 3º D
-
P-1050-190-LISBOA Lisboa

Tel:+351213590842
Fax:213300599
Email:-

 
Responsibility in the DP: Evaluation
Transnational partnership
Type of organisation:Enterprise
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:17-06-2002 /

Text available in

A GLOBAL CHANGE - Consultores Internacionais Associados, Lda. é uma empresa de consultoria que foi criada pela associação de um grupo de consultores que desenvolvem a sua actividade há mais de 15 anos em Portugal e no estrangeiro. Em Julho de 01 foi criada a PRITCHETT Portugal, fruto de uma joint-venture entre a GC e a Pritchett Rummler-Brache, uma empresa de consultoria norte americana com presença em 11 países e com mais de 25 anos de experiência no mercado internacional. A PRITCHETT/GLOBAL CHANGE oferece soluções totais e integradas: consultoria de melhoria de processos, fusões e aquisições e implementação das mudanças, formação para mudar comportamentos dos colaboradores e aumentar a eficiência dos processos. O QUE FAZEMOS: Concebemos e implementamos projectos de consultoria e de aprendizagem à medida das necessidades específicas dos nossos clientes. A GC é uma empresa acreditada pelo sistema Europeu de Formação Qfor e pelo INOFOR em todas as áreas do processo formativo.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Pedro Miguel Mendes das Neves Pedro +351937111425 pdasneves@globalchange.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-01-2005 dot Top


MUNICIPIO DA COVILHÃ

(CMC)
Praça do Município
-
P-6200-151-COVILHÃ Covilhã

Tel:+351275330600
Fax:275330633
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:COVA DA BEIRA
Date of joining / leaving:17-06-2002 /

Text available in

O Município da Covilhã rege-se pelo enquadramento legal definido Lei na n.º 169/99. DR 219 SÉRIE I - A de 1999-09-18 que estabelece o quadro de competências, assim como o regime jurídico de funcionamento dos órgãos dos municípios e das freguesias. No âmbito das suas competências, a Câmara Municipal da Covilhã desenvolve actividades de promoção do desenvolvimento económico e social do concelho, com intervenção ao nível da acção social, promoção do investimento e desenvolvimento empresarial, cultura e desporto, ambiente, urbanismo, saneamento básico, etc.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
João José Barata Gomes João +351275330600 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-01-2005 dot Top


Santa Casa da Misericórdia da Covilhã

(SCMC)
Rua Conde da Ericeira
-
P-6200-086-COVILHÃ Covilhã

Tel:+351275320770
Fax:275334084
Email:centro.sol@netc.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:COVA DA BEIRA
Date of joining / leaving:17-06-2002 /

Text available in

A SCMC fundada no ano de 1577 é uma IPSS reconhecida como Pessoa Colectiva de Utilidade pública e registada na DGSS desde 1984. Falar desta instituição é intuir desde logo a sua importante e benemérita acção desenvolvida no campo da saúde, nomeadamente na assistência hospitalar, onde, já no nosso tempo e na década de sessenta, se deu um enorme impulso criando novas especialidades cirúrgicas e outras, e ainda, o atendimento permanente, valorizações estas que levaram a elevação do nosso hospital para o nível de "Regional", categoria só então concedida às unidades sediadas nas capitais de distrito. Com a nacionalização dos Hospitais em 1975, a instituição teve de enveredar por novas áreas, nomeadamente a habitação social, valorizando sob sua inteira responsabilidade a conhecida "Urbanização da Alâmpada" onde, para além do parque habitacional se criaram alguns serviços sociais. Ainda ao nível da saúde, criou um Centro de Diagnóstico e assumiu a gestão da Casa de Saúde de S. Tiago.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Dr. Manuel Augusto Lousa Nicolau Dr. +351275320770 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-01-2005 dot Top


Universidade da Beira Interior

(UBI)
Rua Marquês d'Ávila e Bolama
-
P-6200-053-COVILHÃ Covilhã

Tel:+351275319000
Fax:275319057
Email:grp@ubi.pt

 
Responsibility in the DP: Monitoring, data collection
Type of organisation:University / Research organisation
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:COVA DA BEIRA
Date of joining / leaving:17-06-2002 /

Text available in

A UBI é uma instituição que engloba um conj. de Lic. que se estendem pelas mais variadas áreas do conhecimento, colocando a Covilhã e a região numa posição de destaque no que concerne ao conhec. cientifico e artístico. Tal decorre não só do ensino ministrado mas também da invest. efectuada nos diversos dep.. A UBI é reconhecidamente, uma das inst. nacionais de maior renome no ensino superior. Tal resulta também de uma política que incentiva a invest. cientifica em diversos domínios do conhecimento e em conjugação, quer com inst. gover., quer com assoc., quer ainda com empresas e centros tecnológicos. Refira-se que a UBI tem um papel activo na form. de téc. superiores para ind. têxtil e do vestuário, sendo uma das poucas universidades que, dada a sua localização numa região tradic. ligada ao têxtil laneiro, apostou na form. superior nesta área do conhecimento. Tem vindo a desenvolver diversos projectos que conjugam as questões da ind. têxtil com a moda, com a química e com o ambiente.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Prof. Doutor José Ramos Pires Manso Prof. +351275319656 pmanso@fenix2.ub.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 10-01-2005 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

READAPT - REDE PARA O DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E SOCIAL DO CONCELHO DA COVILHA

Rationale

Text available in

1. Caracterização do Concelho da Covilhã. O Concelho da Covilhã situa-se na Cova da Beira, distrito de Castelo Branco. Localizado no centro da região, permite-lhe uma posição de destaque no eixo de desenvolvimento marcado pelos três pólos mais importantes da região. Guarda - Covilhã - Castelo Branco. As suas características de região de montanha com ribeiras caudalosas e boas pastagens, estiveram na origem - há mais de 800 anos - da fixação e predominância da indústria laneira com núcleos diversificados por vários pontos do concelho. Hoje no concelho da Covilhã o tecido industrial é pouco denso, pouco diversificado orientado para indústrias tradicionais de mão-de-obra intensiva e fraca qualificação profissional. É constituído maioritariamente pela indústria têxtil e de confecção, mas também pela construção civil e extracção mineira. A indústria têxtil/confecção e de extracção mineira são tidos como ramos de actividade em permanente crise. O emprego encontra-se concentrado em estabelecimentos de pequena dimensão, estando 87,4% do emprego concentrado em estabelecimentos que ocupam até nove pessoas. Relativamente ao ensino e qualificação profissional, verificou-se um aumento significativo dos trabalhadores não qualificados. A Universidade da Beira Interior, com mais de 4000 alunos oriundos de todo o país, tem vindo a crescer e a afirmar-se como um importante factor de desenvolvimento de toda a região. Segundo os dados do censo de 1991, existiam, à data, neste concelho 8 316 analfabetos com idade superior a 10 anos, o que representa cerca de 15% da população. Por outro lado, é de salientar que 35 084 pessoas só concluíram estudos ao nível do Ensino Básico, o que representa 60% da população, tendo na sua maioria já abandonado os estudos há muitos anos. Concluíram os estudos no Ensino Secundário 11 761 pessoas, o que representa 20%, e apenas 3 605 pessoas atingiram o nível médio ou superior, o que representa 5% da população. Fazendo uma análise a estes dados, poderemos verificar que além de uma percentagem significativa (15%), nunca ter frequentado a escola, a maior parte das pessoas que vive neste concelho (60%), apenas frequentou e atingiu o ensino básico. Os níveis educativos da população adulta são bastante baixos, acrescendo que muitos jovens continuam a sair da escola sem ter cumprido a escolaridade obrigatória. Na ausência de uma sólida formação geral, mesmo das necessárias competências de leitura, escrita e cálculo, a maior parte da população deste concelho tem grande dificuldade de inserção social e profissional. Ao nível social, as situações de pobreza são condicionadas pelos seguintes factores: o desemprego e a crise instalada nas indústrias locais, a carência económica das famílias atingidas pelo desemprego, o êxodo local e o envelhecimento da população com consequências extremamente graves junto da população idosa. Esta situação de pobreza (material/técnica/humana) leva à criação de obstáculos internos que impedem o aproveitamento de recursos endógenos e exógenos (pelo não incentivo à diversificação das actividades produtivas) e a melhoria da qualidade de vida das comunidades pelo acesso a estruturas / serviços de apoio à saúde, à infância, à terceira idade e formação de dinâmicas locais na aquisição de capacidades / aptidões para solução dos problemas socio-económicos. 2. O Emprego Tendo em conta os dados fornecidos pelo Centro de Emprego da Covilhã, a maioria da população desempregada pertence ao grupo etário dos 35-49 anos, predominando os inscritos do sexo feminino, seguindo-se o grupo etário >=50 , constituído essencialmente por indivíduos do sexo masculino. Os desempregados inscritos há mais de 12 anos no Centro de Emprego são, maioritariamente, do sexo feminino. No entanto, o maior número de desempregados encontra-se inscrito há menos de 1 ano. Do número de inscritos no Centro de Emprego (2 612), a maioria (1 826) encontra-se à procura de novo emprego, essencialmente mulheres (1 051). 3. Os Principais Sectores de Actividade (Têxtil e Vestuário) A Indústria Têxtil e Vestuário (ITV) representa 18,5% das exportações totais nacionais e é responsável por 25% do emprego, no conjunto da indústria transformadora, com cerca de 120.000 trabalhadores. Podemos dizer que a ITV se caracteriza por um elevado nº de pequenas e médias empresa de mão-de-obra intensiva. No entanto esta última característica tem vindo a ser alterada devido a evolução constante que as empresas e o próprio sector têm sofrido. A grande dependência relativamente aos mercados europeus, se por um lado tem provocado uma certa vulnerabilidade em algumas empresas, por outro obriga-as a modernizarem-se. Apesar de tudo tem subsistido o problema da baixa competitividade. As empresas têxteis e de vestuário apresentam índices de produtividade inferiores às empresas europeias, este factor aliado a uma cada vez maior dependência de novas tecnologias e automatização, tem provocado a perda de investidores estrangeiros, bem como, e até mesmo, a saída de alguns investidores portugueses. A forte concorrência dos países de Leste e Asiáticos em artigos clássicos e de série obriga a uma cada vez maior aposta no design e no desenvolvimento de novos produtos. As mudanças estruturais verificadas nos têxteis e vestuário nos últimos anos resultam de mudanças estratégicas por parte do sector produtivo que o têm condicionado, a saber: a) A UE constitui a maior região consumidora do mundo, embora desde 1990 a sua taxa de crescimento tenha vindo a diminuir. Apesar das distintas realidades europeias, em média, a famílias da UE têm vindo a afectar ao consumo têxtil e vestuário uma % decrescente das suas despesas, devido à baixa de preços provocada pela concentração crescente da venda a retalho e na sequência das mudanças nas necessidades e prioridades dos consumidores, que se traduzem na reduzida elasticidade da procura-rendimento (o aumento generalizado do rendimento não se tem traduzido num consumo proporcional). b) A emergência de novos mercados associada à vantagem competitiva dos factores tangíveis, como sejam, os custos de produção comparativamente inferiores (de países como a Índia e o Paquistão), abundância em matérias primas (inclusive fibras artificiais e celulósicas, destacando-se o Sudoeste Asiático, nomeadamente a China), novas tecnologias e produtos em série e de qualidade, poderão dar um incentivo à industria têxtil e de vestuário em factores de competitividade intangíveis como o design, marketing, criação de moda, etc. O desmantelamento do acordo multi-fibras (AMF), firmado no âmbito do Uruguay Round sob a égide da Organização Mundial do Comércio (OMC) que deverá estar totalmente concluído até 2005 implicará vários efeitos de impacto considerável: -a liberalização do comércio associada a uma concorrência mais agressiva -a abertura de mercados tradicionalmente fechados a produtos genericamente mais baratos -a possibilidade de escoamento da produção para mercados em crescimento, onde é previsível a ascensão de uma classe com uma maior capacidade económica. Ao nível das empresas, as mais afectadas são, em primeiro lugar, as que dependem dos custos de mão de obra comparativamente mais baixos para afirmação da sua competitividade - algumas das empresas têxteis e a maioria da empresas de confecções do concelho sem marca ou design próprio. Os atrasos na restruturação do tecido empresarial particularmente no sector do vestuário, mas também em algumas fases do processo têxtil, e a sustentação da competitividade essencialmente no baixo custo de mão de obra contribuirão para a perda de capacidade competitiva das actividades e do concelho da Covilhã neste sector. O impacto dos acontecimentos ocorridos a 11 de Setembro nos Estados Unidos da América, a consequente crise nos mercados internacionais e a perda de competitividade das empresas do sector, provocaram na região, entre Fevereiro e Abril de 2002 cerca de 1300 postos de trabalho, afectando trabalhadores do sexo feminino. Este fenómeno, previsto na candidatura à Acção 1 deste projecto para os anos 2004 e 2005, foi antecipado e é agora real. Os movimentos de reestruturação produtiva e de reorganização empresarial, não têm sido organizados numa óptica de gestão preventiva dos recursos humanos, com reflexos no (des)aproveitamento das competências dos trabalhadores atingidos pelas reestruturação produtivas. A baixa qualificação dos activos do concelho são, a par das necessidades de investimento em factores de produção intangíveis, o maior factor de estrangulamento do sector, existindo uma necessidade urgente de transformar as mudanças previsíveis em oportunidades através: c) Ao nível do reforço da competitividade das empresas do concelho; através da criação de um "Cluster Têxtil". O "Cluster", dinamizado pela ANIL, APIV, CIVEC e CILAN, tem por objectivo aproveitar as sinergias das empresas ao nível do desenvolvimento de novos produtos; da sensibilização dos gestores para a importância do investimento em factores de produção intangíveis (novas formas de org. do trabalho, marketing, design, qualidade); da promoção da criação de uma marca de qualidade da região para o sector têxtil e de vestuário (actividades 1, 2, 3 e 4); d)sensibilização dos empresários para a inserção de pessoas cujo emprego foi colocado em risco devido a processos de reestruturação e da criação de estruturas sociais de apoio que permitam às mulheres trabalhar em situação de igualdade nos sectores têxtil e do vestuário (actividades 6,7 e 8); e) de campanhas de atracção de investimento para o concelho, particularmente de empresas de base tecnológica e promoção do concelho como espaço industrial (actividades 9, 10 e 11); f) de campanhas de sensibilização para a criação de empresas por jovens técnicos qualificados em colaboração com a colaboração da Universidade da Beira Interior (actividade 12).

dot Top


Objective

Text available in

O projecto tem como objectivos: 1. Criar de uma rede de desenvolvimento integrado onde estão presentes os actores principais da região contribuindo para o reforço das actividades de desenvolvimento económico e social. A fim de garantir a sustentabilidade do projecto para além de 2004, a rede será formalizada através da criação de forma jurídica ainda em estudo pela PD. 2. Criar um dispositivo de observação - observatório - de carácter regional e sectorial articulado em rede, com vista a antecipar e a acompanhar os processos de reestruturação produtiva e de reconversão económica, no seu impacto sobre o emprego, na óptica de uma gestão preventiva dos recursos humanos e da coesão social (actividade 1), conforme descrição do caderno de encargos 9 sobre a "Rede de Observatórios regionais/sectoriais para a reconversão". 3. O observatório em que estão representados todos os parceiros, pretende criar, com base na análise de necessidades realizada e da informação recolhida, actividades: a) de reforço da competitividade das empresas do concelho (actividades 1, 2, 3 e 4); b) de sensibilização dos empresários para a inserção de pessoas cujo emprego foi colocado em risco devido a processos de reestruturação e criação de estruturas sociais de apoio que permitam às mulheres trabalhar em situação de igualdade nos sectores têxtil e do vestuário (actividades 6,7 e 8); c) de campanhas de atracção de investimento para o concelho, particularmente de empresas de base tecnológica e promoção do concelho como espaço industrial (actividades 9, 10 e 11); d) de campanhas de sensibilização para a criação de empresas por jovens técnicos qualificados em colaboração com a colaboração da Universidade da Beira Interior (actividade 12).

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics