IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 COESIS - Rede de Informação e Conhecimento para a Coesão Social ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : Centro de Reabilitação Profissional de Gaia (CRPG)
Other national partners : ASCUDT - ASSOCIAÇÃO SOCIO-CULTURAL DOS DEFICIENTES DE TRAS OS MONTES
Centro Social Paroquial de Nossa Senhora da Vitória
Rede Europeia Anti-Pobreza/Portugal
Xweb-Integração de Sistemas Lda.
EQUAL theme :Adaptability - Adaptation to change and NIT 
Type of DP :Sectoral - Specific discrimination and inequality problems 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2001-059 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :06-09-2002 
Last update :28-10-2005 
Monitoring: 2002  2003  2004   

Rationale

Text available in

Europe has been demonstrating the possibility of concealing economic competitiveness with high social standards, while fighting social exclusion. The achievement of such objectives is supported by the evolution of the Information Society into the Knowledge Society, triggered by the ICT's fast development. Everyone must have access to long life learning, in order to develop the knowledge and skills needed to participate in economy and in society. The opportunities which each citizen has to learn contribute to increase his competitiveness in work, to improve social participation and to guarantee a responsible and active citizenship. Meanwhile, education, training and learning must be re-thought. The traditional education and learning systems do not adequately fulfill actual needs. There is a request for new methods of producing knowledge, more flexible and close to people. New learning methodologies are needed, based on interactivity, cooperation, networks and ICT. The lack of qualifications of our active population constitutes a problem with serious implications on the productivity level, which means implications on the economy competitiveness, thus on the well-being of people themselves. Most of workers do not have the mandatory education, and in 10 years from now, a lot of them will still be active. Will they have the same skills? The level of qualifications in not measured only by formal education. Informal and non-formal learning contribute to achieve effective skills, but, since they are not certified nor socially recognised, they do not count very much in terms of self-confidence and citizenship. In the Portuguese society there is a huge group of people whose characteristics make them groups at risk towards a technological society.These are people with low levels of education, literacy, professional qualifications (regarding technological and personal skills), people with mobility problems due to disabilities or geographical barriers, people away from the employment market and at risk of social exclusion. New learning means to innovate and to experiment strategies which turn the Learning Society into an inclusive society. Disadvantaged social groups These are the project's target group and include people vulnerable to poverty, lacking several kinds of resources and accumulating several disadvantages which make it difficult for them to access citizenship and employment. All these factors make them an easy target of social and professional exclusion. Circles of installed poverty. These are situations of persistent poverty, territorially located, and which tend to be reproduced throughout generations. Include people amongst the most disadvantaged in Portugal, living in situations of long-lasting poverty and living in degraded urban areas (social housing). The majority are within active age (workers from the less competitive sectors, from parallel economy, unemployed, out of laws). They have reduced or no education and few or no professional qualification. The rest are retired people living on low incomes. This is the case of the population around the project pilot sites, namely of Vale de Campanhã and Vitória (Oporto), and of Santa Marinha (Gaia). Other scenarios exist at the poor rural areas from the Portuguese inland, living from traditional agriculture. This is a reduced population, almost illiterate, old and strongly feminine, living from subsistence's agriculture. This is the case of the population around the pilot site of Bragança. People with disabilities. These represent 9,16% of the Portuguese population; in the Oporto's district, 10,21% and in the Bragança's district 11,65%. The exclusion from employment is one of the disadvantage's indicators. It reaches values close to 72,6% in case of mental impairment. This exclusion is normally anticipated by a short formal education. In the majority of the cases, the students with disabilities don't get to the secondary school. In case of physical impairment, the level of education is higher, and in mixed impairment it is the lowest. There is still a great number of people with disabilities who have no access to education or rehabilitation programs. The project will target disabled people at the pilot sites of CRPG and ASCUDT. People with low qualifications: illiteracy and obsolete qualifications. Within the society of information and knowledge, populations which had a limited educational path and have low qualifications, or qualifications which are not adapted to the employment market, are increasingly vulnerable to unemployment and to social exclusion. There are two categories of excluded: the ones with no literacy and the ones which, despite of literacy, have few or no control of basic skills like reading, writing or calculating. These are the skills of common use, essential to get a job. On the other hand, the technological changes have also caused the lack of actualization of professional qualifications of difficult reconversion workers. This type of problems exist practically in every population within the reach of the project's pilot sites. Local communities and interface organisations Bragança - ASCUDT's pilot site. Supports around 100 disabled people with occupacional activities and personal and social development activities. These are mostly inactive adults with low levels of formal education. Given the kind of services offered, its main needs are the availability of learning opportunities in the scope of CIT, personal skills and employment promotion. Certification is considered important. ASCUDT needs to acquire skills in the CIT and social mediation areas. Oporto - Fundação para o Desenvolvimento do Vale de Campanhã pilot site. It is located in the most populated Oporto's social housing area, where around 3000 families (12000 people) live. This population is in particular disadvantage regarding education and professional qualifications. The majority of these people are between 40 and 64, have the basic education level (4 years or less), are retired or living on social welfare; the ones who work are non-qualified workers. The foundation's mission is to develop local projects. Their most frequent clients are young unemployed people. They hope that the project's system will offer long-life learning opportunities, learning through CIT, thus increasing their employment capabilities. The employees need training in CIT and adult education areas. Oporto - CSPNSV pilot site. Develops its activity with and for Oporto's historical area population. It is a degraded urban area, where several exclusion factors come together, due to the early abandon of formal education, unemployment, lack of education and professional qualification. Around 30% of the young people do not have education beyond the 6th year. 7,7% are illiterate and 54,6% have the basic education only (4 years). The unemployment rate is 10,1% and 35,3% of the young people work in precarious conditions. The Centro's clients are young people and adults; the majority are women; around half have between 6 and 9 years of formal education; 45% are unemployed. Given the kind of services offered, its main needs are the availability of learning opportunities in the scope of CIT, personal skills and employment promotion. They consider certification to be important. Their employees need to acquire skills in the social mediation area. Vila Nova de Gaia - Santa Marinha pilot site. This is an highly populated urban area near Oporto. Its population has similar characteristics to the one above mentioned for Oporto's historical center. It has experience in participating in employment promotion projects using CIT. Vila Nova de Gaia - CRPG pilot site. Supports people with disabilities in their active and professional life re-integration. The professional training customers suffer from physical impairment (44%), are unemployed looking for a new job (16%) or the first job (74%); they have an acquired disability resulting from sickness or accidents (19%); most of them are male. 33% have 6 years of formal education and 34% have 9 years. Among the benefits to be acquired from the projects are new long-life learning strategies, motivation of disadvantaged groups and learning ambassadors. The clients will participate in the system's experimentation and validation. User's needs that the project intends to address. The long-life learning and employment support system to be developed must be a non-alternative but original model, complementing everything which already exists. It must educate by entertaining, based on learning how to learn (edutainment pedagogical model). It will be similar to a Web site on citizenship, where people will be able to build bridges to information and knowledge. The working model will be built over the development of strategies for the target-group motivation and engagement to long life learning, recognized as one of the organisations' priority. It must be articulated with other actions already developed by the organisations (add value to what is already done). The web site will have functionalities which allow to identify needs and solutions; it must complement functional efficacy and entertainment. Whatever the learning offered, it is important that a certificate is given - user personal record of achievements. The web site will be an information manager. The system will target disadvantaged people with some education, even if without professional qualifications. The learning ambassador is a determinant project's target. He has to understand the IT system and the mediation strategies. The contents must be adequate to disadvantage people; must include IT and internet learning capable of motivating the disadvantaged groups. The possibility of solving problems related to employment, education/training, citizenship, cultural information, games and newspapers is also important as well as its utility regarding employability and conditions improvement.

dot Top


Objective

Text available in

The project is intended to develop and implement a system to support information, counselling and life long learning of people in situation of social disadvantage - namely facing employment - promoting the continuous development of their skills and qualifications, supporting their employability and employment, guaranteeing equal opportunities in the access to the information and knowledge society, fighting against social exclusion and favouring the construction of an open and cohesive society. The System will be structured in two complementary formats: - virtual format or Web site, through Internet, allowing an open and flexible use; - supported by a network of local sites, located over the North Region of Portugal - two in Oporto: one in Centro Social e Paroquial de N.Sª da Vitória and the other in Fundação para o Desenvolvimento do Vale de Campanhã, two in Gaia: one in CRPG and the other in Associação de Desenvolvimento Local de Stª. Marinha; one in Bragança, in ASCUDT. The project intends to identify, promote and spread good pratices, at the level of the Company Citizenship, in the domain of Lifelong Learning of socially disfavoured groups, promoting social and political visibility for social cohesion. An extended partnership was created which integrates PT Comunicações, Associação Empresarial de Portugal (AEP) and IBM.

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Guidance, counselling ***
Training **
Work placement **
Employment aids (+ for self-employment) **
Integrated measures (pathway to integration) **
Employment creation and support *
Training of teachers, trainers and staff **
Improvement of employment services, Recruitment structures *
Conception for training programs, certification **
Anticipation of technical changes *
Work organisation, improvement of access to work places *
Guidance and social services ***
Awareness raising, information, publicity **
Studies and analysis of discrimination features **

Type of innovation Rating
Process-oriented ***
Goal-oriented **
Context oriented **

Text available in

Para além da inovação conceptual e metodológica nos sistemas de apoio à aprendizagem, empregabilidade e emprego, os elementos inovadores e o valor acrescido do projecto decorrem de: 1. Utilização das TIC num dispositivo de aprendizagem inovador que promova a integração social de pessoas desfavorecidas e a manutenção dessa integração ao longo da vida, pelo fácil acesso à informação/conhecimento. Espera-se um contributo importante do parceiro tecnológico, na medida em que vai ser desenhada uma plataforma flexível, com funcionalidades à medida de um modelo pedagógico concebido para o público-alvo. 2. Desenvolvimento de competências pessoais, sociais e promoção da literacia digital e tecnológica dessas pessoas, combatendo a info-exclusão. Os parceiros que fazem a interface com o público-alvo possuem prática nos domínios referidos e integrarão no dispositivo os resultados da sua experiência. 3. Reconhecimento, validação e certificação das aprendizagens através de um Portfólio/Roteiro Pessoal de Aprendizagem. O CRPG procedeu a estudos, constituiu um dossier e vai iniciar contactos com vista à articulação com sistemas institucionais de certificação - IEFP, Min. Educação, ANEFA. 4. Estabelecimento de redes de cooperação institucional, com a possibilidade de disseminação para qualquer território, dotando-as de ferramentas de informação e comunicação que potenciem a eficácia das intervenções de cada parceiro nos restantes territórios. Além das funcionalidades que o portal irá proporcionar em termos de funcionamento em rede irá ser construída uma página web do projecto para facilitar a informação, a comunicação e a gestão das actividades do projecto. Para a maioria dos parceiros, o funcionamento em rede, a ampla utilização das TIC e a reformatação da prestação de serviços serão experiências novas e constituirão uma fonte de mobilização de novas ideias para melhorarem a sua actividade. 5. Promoção das competências tecnológicas dos profissionais das entidades prestadoras de serviços sociais que se encontram alheados das possibilidades abertas pelas TIC. O balanço de competências inicial, elaborado segundo metodologias inovadoras que alguns parceiros já praticam (como o CSPNSV), irá permitir detectar as necessidades de formação dos profissionais para a implementação do dispositivo e organizar as acções que as possam suprir. 6. Definição de um novo perfil profissional - Mediador Social - e formação adequada. A REAPN, que liderará o pacote de trabalho correspondente, irá proceder à pesquisa de conhecimento sobre perfis e métodos de preparação dos mediadores sociais. O Projecto COESIS permitirá integrar e desenvolver experiências anteriores, bem como conhecimentos e produtos resultantes de outros projectos - DOVE (Distance and Open Vocational Training for Disfavoured People in Multimedia),SAE (Sist. Apoio Emprego), MESTRE (Formação de Formadores com TIC) - permitindo rentabilizar os efeitos e extrair valor de investimentos.

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  60.0%  20.0% 
Employed  0.0%  0.0% 
Others (without status, social beneficiaries...)  14.0%  6.0% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  3.3%  0.7% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  70.7%  25.3% 
  100.0%
 
Physical Impairment  20.0%  10.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  54.0%  16.0% 
  100.0% 
 
Substance abusers 3.3%  1.7% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  70.7%  24.3% 
  100.0% 
 
< 25 year  60.0%  20.0% 
25 - 50 year  14.0%  6.0% 
> 50 year  0.0%  0.0% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination **
Discrimination and inequality in employment *
Disabilities **
Other discriminations **
Low qualification ***
Unemployment **

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português
  • português
  • English
  • español (castellano)

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.1%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
305 Learning Virtual Sauna Network SE 11
UKgb 38

dot Top


Background

 

 Involvment in previous EU programmes

  • One partner involved in A&E

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
Centro de Reabilitação Profissional de Gaia (CRPG) Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
ASCUDT - ASSOCIAÇÃO SOCIO-CULTURAL DOS DEFICIENTES DE TRAS OS MONTES
Centro Social Paroquial de Nossa Senhora da Vitória
Rede Europeia Anti-Pobreza/Portugal
Xweb-Integração de Sistemas Lda.

dot Top


Agreement Summary

Text available in

The DP is constituted by 5 partners: CRPG, ASCUDT and REAPN are the funding members of the partnership; CSPNSV and Egibase joined during Action 1. All partners participate equally on the decision making procedures. When agreement is not possible, decisions will be taken by majority. Technical responsibilities are shared by organising the project activities in Working Packages (WP). The WPs defined are: WP0 - Project Management, WP1 - Project Evaluation, WP2 - State-of-the-Art, WP3 - Architecture of the Information and Learning System, WP4 - Engineering of the Information and Learning System, WP5 - Contents' Development/Adaptation, WP6 - Learning Ambassadors' Training, WP7 - System's Validation through its progressive implementation, WP8 - Good Practice dissemination. Each WP is assigned a responsible/leading partner, who coordinates the WP's activities and assures the respective product or result is achieved. The WP's responsibility is assigned according to the interests, skills and resources of each partner. The effort needed to complete the WPs activities constitutes the baseline for the budget assigned to each partner. All partners will add contributions to most, if not all, of the WPs. However, the responsibles for the WPs are assigned as follows: CRPG will be leading WP1, WP2, WP3, WP7 and, being the DP managing organisation, will be also responsible for WP0. ASCUDT and CSPNSV will add a strong contribution to WP7 (system's validation) since they are local organisations leading directly with the target group. CSPNSV is also responsible for WP5. REAPN will be responsible for WP6 and WP8. Egibase will be responsible for the development of the technical infrastructure and will provide the technical support to the project, and thus will be leading WP4. The DP will make use of the ICT in order to communicate amongst its members, namely through the creation of an internet site which will also be used as a means of presenting the project to the public.

Last update: 28-10-2005 dot Top


Centro de Reabilitação Profissional de Gaia (CRPG)

(-)
Av. João Paulo II
-
P-4410-406-ARCOZELO VNG Vila Nova de Gaia

Tel:+351227537700
Fax:
Email:-

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:26-06-2002 /

Text available in

A missão institucional do CRPG consiste em apoiar a re-integração na vida activa e profissional dos seus clientes, através de um conjunto integrado de serviços e produtos de elevada qualidade e valor, apoiados numa estratégia de permanente inovação e competitividade. Para tal, o CRPG constitui-se como um Centro de recursos especializado, designadamente nas área da deficiência motora e sensorial, de apoio aos serviços públicos de emprego e às respostas integradas de formação e emprego das pessoas com deficiência. Para a concretização da sua missão institucional, o Centro desenvolve um vasto conjunto de actividades organizadas em torno da prestação de quatro tipos de serviços aos seus clientes: - Orientação e Apoio ao Emprego; - Formação de Qualificação; - Formação de Inserção; - Reabilitação Funcional e Ajudas Técnicas.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Jerónimo de Sousa Jerónimo +351227537700 info@crpg.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


ASCUDT - ASSOCIAÇÃO SOCIO-CULTURAL DOS DEFICIENTES DE TRAS OS MONTES

(-)
Av. das Cantarias - Edifício Kolping
-
P-5300-107-BRAGANÇA Bragança

Tel:+351273312877
Fax:273329878
Email:ascudt@iol.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:ALTO TRAS-OS-MONTES
Date of joining / leaving:26-06-2002 /

Text available in

A ASCUDT tem como principal finalidade a reabilitação, integração e promoção pessoal, social, cultural e profissional das pessoas portadoras de deficiência. Apoia pessoas portadoras de deficiência, com o mínimo grau de autonomia, residentes na cidade e em todos os concelhos do distrito de Bragança. Cumpre os seguintes objectivos gerais: - Proceder, na sua área de influência, ao levantamento dos casos de pessoas com deficiência, enquadráveis no seu âmbito de acção. - Promover um novo rosto para a realidade da deficiência, investindo na dignificação da pessoa deficiente considerada a partir das suas limitações e sua diferença. - Desencadear ajudas diversificadas no sentido de cada deficiente encontrar a sua saída específica perante as suas reais necessidades. - Promover actividades culturais e recreativas: Centro de Actividade Ocupacionais, Apoio Domiciliário, Serviço de Psicologia e Orientação, Formação Profissional.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Maria Manuela Martins Miranda Maria +351273312877 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Centro Social Paroquial de Nossa Senhora da Vitória

(-)
Rua S. Bento da Vitória, 2
-
P-4050-542-PORTO Porto

Tel:+351223323029
Fax:
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Organisation providing support and guidance for disadvantaged groups
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:26-06-2002 /

Text available in

O CSPNSV é uma Instituição Particular de Solidariedade Social sediada na freguesia da Vitória -Centro Histórico do Porto. Oferece à comunidade um conjunto de serviços muito diversificado, resultando de diversos acordos de cooperação com o Centro Regional de Segurança Social e de Projectos Nacionais e Comunitários. A Freguesia da Vitória apresenta um conjunto de problemas que contribuem para a manutenção de situações de pobreza e exclusão social da população. Face ao contexto em que está inserida, o CSPNSV tem desenvolvido uma intervenção com e para todas as faixas da população, com o objectivo de promover a inclusão social e o desenvolvimento desta comunidade assim, destacamos: -Creche -Infantário -ATL -Acompanhamento psicossocial de jovens da comunidade -Formação profissional -UNIVA -Centro de Acolhimento para a população sem abrigo -Centro de Convívio para Idosos -Apoio Domiciliário -Atendimento em serviço social -Consulta médica -Gabinete de consulta psicológica -Centro Comunitário



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Mafalda Luísa de Castro Ferreira Mafalda +351223392029 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Rede Europeia Anti-Pobreza/Portugal

(-)
Rua de Costa Cabral, 2368
-
P-4200-218-PORTO Porto

Tel:+351225420800
Fax:225403250
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:26-06-2002 /

Text available in

A Rede Europeia Anti-Pobreza Portugal (REAPN) é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, de âmbito nacional, com constituição notarial em 17 de Dezembro de 1991 e reconhecida igualmente como Organização não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD). Principais objectivos: - estabelecer uma interligação (rede) entre as instituições, grupos e pessoas que trabalham no terreno na luta contra a pobreza e a exclusão social - promover acções nos mais variados âmbitos que aumentem a eficácia das políticas de luta contra a Pobreza e a Exclusão Social - Incentivar a promoção de acções inovadoras - ajudar a definir e a criar programas de acção e políticas sociais - Promover a integração social e o desenvolvimento cultural, económico - garantir a função de "grupo de pressão" para os menos favorecidos Com base nestes objectivos e prioridades, a lógica de acção da REAPN tem sido desenvolvida a partir de três eixos que se interceptam e complementam: informação, formação e investigação.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Sérgio Augusto Leite Aires Sérgio +351225420800 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Xweb-Integração de Sistemas Lda.

(-)
Rua Cidade de Wattrelos 16, R/C Esq
-
P-6300-532-GUARDA Guarda

Tel:+351962834435
Fax:271237613
Email:info@xweb.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Enterprise
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:BEIRA INTERIOR NORTE
Date of joining / leaving:29-10-2003 /

Text available in

A xWeb – Integração de Sistemas, Lda., é uma empresa direccionada para concepção, desenvolvimento, implementação e consultoria em novas tecnologias de informação.Criada por uma equipa técnica jovem mas experiente, associada a elementos de sólida formação académica e com grande experiência na gestão empresarial, o projecto xWeb surgiu em Setembro de 2001 tendo como missão inicial dar resposta às crescentes necessidades de “Webização” do grupo das empresas EgiBase.Numa primeira fase do projecto a preocupação da equipa focalizou-se na criação de uma base sólida de ferramentas e serviços para responder às necessidades do grupo sem limitar a sua aplicabilidade a diferentes áreas de mercado. xWeb – Orientação Estratégica A xWeb pretende concentrar a sua actividade nas oportunidades de negócio emergentes em pequenas áreas de mercado com carências notáveis em termos de orientação e modernização organizacional.A maioria das organizações são pressionadas para realizar um maior valor acrescentado com menos recursos, procurando vantagens competitivas na interacção com o cliente, na alteração de mercado, no alinhamento da concorrência, em novas oportunidades de negócio e na implementação de sistemas capazes de concretizar estes objectivos. A xWeb surge para colmatar estas falhas com o objectivo de tornar as empresas mais eficientes e consequentemente mais competitivas para poder enfrentar os novos desafios de negócio. Os meios para atingir os objectivos pretendidos baseiam-se fundamentalmente num conjunto de ferramentas enquadrado nos seguintes grupos:- -Internet e Intranet; -Programas de Colaboração; -Groupware; -e-Business -Segurança; -Gestão do Conhecimento.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Adelino José Gomes Monteiro Adelino +35196283443 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

COESIS - REDE DE INFORMACAO E CONHECIMENTO PARA A COESAO SOCIAL

Rationale

Text available in

A Europa tem procurado demonstrar a possibilidade de conciliar a competitividade económica com padrões sociais elevados, e combate às desigualdades e à exclusão social. A concretização destes objectivos conta com a evolução da sociedade da informação para a do conhecimento, impulsionada pelo desenvolvimento das TIC. Ao nível das pessoas obriga a que todos tenham acesso a oportunidades de ALV, para desenvolverem competências para a participação plena na economia e na sociedade. As oportunidades de que cada cidadão dispõe para aprender contribuem para aumentar a sua competitividade, melhorar a participação social e cidadania. É preciso reequacionar a educação e a formação. Sistemas tradicionais não respondem às novas necessidades. Exigem-se novos paradigmas de produção de conhecimento, mais flexíveis, descentralizados e próximos das pessoas, democráticos e produtores de sentido. E novas metodologias de aprendizagem, interactivas, modulares, de resolução de problemas, cooperação, trabalho em rede, TIC. Por outro lado, a falta de qualificação da população activa é um problema com implicações sérias na produtividade e no bem estar. A maioria dos trabalhadores não tem a escolaridade obrigatória e, daqui a 10 anos, muitos continuarão a ser activos. Terão as mesmas habilitações? Claro, o nível de qualificações não se mede só pela escolaridade. Com aprendizagens informais e não formais adquirem-se competências efectivas. Só que, não estando certificadas, reconhecidas, não servem afirmação profissional e cidadania. Persiste, pois, um vasto conjunto de pessoas em risco face à sociedade tecnológica. Têm baixos níveis de escolaridade, de literacia, qualificação profissional, tecnológica, e também pessoal e social; têm dificuldades de mobilidade devido a deficiências físicas ou barreiras geográficas; estão afastadas do mercado de emprego e correm elevado risco de exclusão. A aprendizagem no novo milénio significa inovar e experimentar estratégias que tornem a sociedade do conhecimento uma sociedade inclusiva. Os grupos sociais desfavorecidos são o público-alvo e integram pessoas vulneráveis à pobreza, acumulando desvantagens que dificultam o acesso ao emprego e cidadania, e correndo, por isso, risco de exclusão social e profissional Caracterização dos desfavorecidos objecto de maior atenção: Círculos de pobreza instalada. É pobreza persistente, localizada territorialmente e tende a reproduzir-se através das gerações. Incluem pessoas das mais desfavorecidas em Portugal, habitando bairros urbanos degradados (habitação antiga, bairros sociais). Na maioria, estão em idade activa (trabalhadores dos sectores menos competitivos, economia paralela, desempregados e marginais). Escolaridade reduzida ou nula e poucas ou nenhumas qualificações profissionais. Restantes são idosos reformados, rendimentos escassos. É o caso das populações dos pólos do Vale de Campanhã e Freguesia da Vitória, Porto, e da Freguesia Stª Marinha, Gaia. Outras situações são nas zonas rurais empobrecidas e de agricultura tradicional do interior. População escassa, quase analfabeta, envelhecida e feminizada, vivendo da agricultura de subsistência. Populações abrangidas pelo pólo de Bragança .Pessoas com deficiência. No distrito do Porto, 10,21% da população e em Bragança 11,65%. A exclusão do mercado de emprego é um dos indicadores mais seguros das desvantagens e discriminação. Atinge valores até aos 72,6 % nas das defic. psíquicas. Esta exclusão é antecipada por percursos escolares curtos, não chegando a maioria ao ensino secundário. Nas def. físicas o nível de instrução é maior. Continua a existir um grande n.º sem acesso à formação. Abrangida pelos pólos do CRPG e da ASCUDT. Pessoas com baixas qualificações: iliteracia e qualificações obsoletas. Na Soc. Info., as populações que tiveram um percurso educacional limitado por qualificações baixas ou não adaptadas ao mercado de emprego estão crescentemente vulneráveis ao desemprego e exclusão. Incluímos não só as qualificações formais, mas também competências de outra ordem, necessárias para ocupação de postos de trabalho num mercado em mudança. Existem duas categorias: a dos não alfabetizados e a dos que, embora alfabetizados, têm pouco ou nenhum domínio de compet. básicas, como leitura, escrita e cálculo. São hoje competências de uso corrente e essenciais para arranjar emprego. Por outro lado, as mudanças tecnológicas provocaram também a desactualização de qualificações profissionais de trabalhadores de difícil reconversão. Estes problemas existem praticamente em todas as populações abrangidas pelos diferentes pólos. Pólos: Bragança, Pólo ASCUDT. Envolvente urbana e rural já descrita atrás. Missão: actividades ocupacionais, desenvolvimento pessoal e social. As necessidades da organização: aprendizagem em TIC, competências pessoais e empregabilidade. Pretendem certificação. Colaboradores precisam de formação em informática e mediação social. Porto, Pólo Fundação Desenvolvi. Vale Campanhã. Zona mais densificada de bairros sociais onde residem 12000 pessoas. População particularmente desfavorecida ao nível das qualificações escolares e profissionais, situando-se no sistema produtivo nos sectores menos competitivos. Arrendatários dos bairros têm entre 40 e 64 anos, ensino básico de 4 anos ou menos, reformados ou trabalhadores não qualificados. A missão da Fund. é o desenvolvimento de projectos locais. Os seus clientes são jovens, sexo feminino pessoas com deficiência, adultos e inactivos, baixos níveis de escolaridade, metade tem 6 anos de escolaridade, um quarto tem 4 anos. A maior parte desempregada, muitos há mais de um ano. Esperam do dispositivo lhes ofereça oportunidades de ALV e de certificação, aprender as TIC, aumentar empregabilidade. Colaboradores precisam formação informática e formação de adultos. Porto, Pólo do Centro Social e P. NS da Vitória Desenvolve a intervenção com a população desta zona histórica, urbana e degradada, onde se conjugamfactores de exclusão que têm origem na mutação das estruturas familiares tradicionais; no insucesso e abandono escolar precoce; no desemprego e emprego precário; na ausência de qualificações escolares e profissionais, bem como na desqualificação de antigos trabalhadores devido a processos de modernização tecnológica. Cerca de 30% dos jovens desta freguesia têm até ao 6º ano de escolaridade e 54,6% possui apenas o 1º ciclo . A taxa de desemprego é de 10,1% e os jovens trabalham em empregos precários. Os utentes do Centro são jovens ou adultos; predominam mulheres; metade têm entre 6 e 9 anos de escolaridade; 45% estão desempregados. As necessidades organização passam por organizar e disponibilizar aprendizagem em TIC, competências pessoais e empregabilidade. Importante a certificação. Colaboradores precisam formação em mediação social. Gaia, Pólo ADL Stª Marinha Concelho urbano, muita população com características semelhantes às do centro histórico do Porto. Tem experiência de participação projectos de apoio ao emprego utilizando as TIC. Gaia, Pólo CRPG. Apoia as pessoas com deficiência na sua (re)integração na vida activa e profissional. A maioria dos clientes da formação profissional têm deficiência motora e sensorial; desempregados; sexo masculino; entre 6 e 9 anos de escolaridade. Desenvolvimentos enriquecedores a obter do projecto: novas estratégias de ALV, de activação de públicos desfavorecidos, de mediadores sociais. Participação na experiência de validação do dispositivo para aumentar a empregabilidade e a capacidade de cidadania dos clientes. Necessidades dos utilizadores a que o projecto se propõe responder O dispositivo de ALV e apoio à empregabilidade a criar deve ser, tanto quanto possível, um modelo original, não alternativo, mas complementar de tudo o que existe. Deve formar entretendo, divertindo, baseado em aprender a aprender (mod. pedagó. edutainment). Assemelhar-se a um portal na área da cidadania, colocando as pessoas a estabelecer pontes para inform. e conhecim. Tem de identificar e orientar para tudo aquilo que for útil para a integração social. Modelo de funcionamento assente na criação de mecanismos de sinalização e activação de públicos para ALV. Estratégias de activação são uma prioridade das organiz. de interface e técnicos. Deve articular c/ outras respostas (acrescentar valor ao que os pólos já fazem). Portal terá funcionalidades que permitam identificar necessidades (procura) e respostas (oferta), fazer escolhas/ajudar a escolher, organizar caminho para conhecimento, disponibilizar inform., ajuda (help desk). Qualquer aprendizagem disponibilizada atribui certificado, reconhecimento. Pessoas devem saber e reconhecer que estão "a crescer por dentro". Instituir Portfólio de aprendizagens - Dossier Pessoal Utente, onde vão registando aquisições de novas competências. Espécie Diploma de Cidadania. Portal será um gestor de inform.. Facilitador. Organizador de inform. de determinado tipo(o que é que eu faço?). Computador não faz parte da vida das pessoas, e só é encarado como peça fundamental quando está inserido num projecto de vida (ao nível da formação, emprego, cidadania). Quem adere em primeiro lugar não são os mais excluídos. O dispositivo deverá dirigir-se a desfavorecidos com alguma escolaridade , embora sem formação profissional. Acessibilidade das pessoas com deficiência. Determinante é o mediador social. Deve dominar perfeitamente o dispositivo informático e técnicas de mediação. Conteúdos são importantes, mas enquadrados por oportunidades de aprender a aprender. Faltam conteúdos ajustados a desfavorecidos (linguagem compreensível, assuntos que lhes interessem, formato adequado).Incluir aprendizagem da informática e Internet para fins específicos que mobilizem desfavorecidos. E resolução de problemas ligados ao emprego, à educação/formação, ao exercício da cidadania. Informações sobre lazer e cultura. Jogos e jornais. Sem utilidade em empregabilidade e melhoria de vida podem frustrar expectativas.

dot Top


Objective

Text available in

O projecto propõe-se conceber e implementar um sistema de apoio à informação, ao conhecimento e à aprendizagem contínua de pessoas em situação de desfavorecimento social - nomeadamente face ao emprego - promovendo o desenvolvimento de competências e qualificações, apoiando a empregabilidade e o emprego dessas pessoas, garantindo igualdade de oportunidades no acesso à Sociedade da Informação e do Conhecimento, prevenindo e combatendo a exclusão social e favorecendo a construção de uma sociedade aberta e coesa. Estruturar esse sistema em dois formatos complementares: - formato virtual ou 'Portal', via Internet, permitindo uma utilização aberta e flexível; - apoiado por uma rede de pólos locais, disseminados pela região Norte - dois na cidade do Porto: um no Centro Social e Paroquial de N.Sª da Vitória e outro na Fundação para o Desenvolvimento do Vale de Campanhã; dois na cidade de Gaia: um no CRPG e outro na Associação de Desenvolvimento Local de Stª. Marinha; um na cidade de Bragança, na ASCUDT - hospedados em instituições comunitárias que já desenvolvem programas em benefício dos públicos-alvo, aumentando assim a sua gama de serviços de apoio e potenciando a sua eficácia social Identificar, promover e disseminar boas práticas, ao nível da cidadania empresarial, no domínio da ALV de grupos sociais desfavorecidos, promovendo a sua visibilidade social e política para a coesão social. Para tal existe já uma Parceria Alargada que integra a PT Comunicações, a Associação Empresarial de Portugal (AEP) e a IBM.

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics