IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 Domótic@online ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : CINEL - CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DA INDÚSTRIA ELECTRÓNICA
Other national partners : Associação Portuguesa de Criatividade
Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal
CENFIM Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica
CERTICARTA - Formação Informática, Lda.
MORNA - ASSOCIAÇAO CULTURAL LUSO-AFRICANA
EQUAL theme :Adaptability - Adaptation to change and NIT 
Type of DP :Sectoral - Services 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2001-026 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :06-09-2002 
Last update :28-10-2005 
Monitoring: 2002  2003  2004   

Rationale

Text available in

The diagnosis of the needs was made by an external entity to CINEL, named "Conhecer Mais", which presented a proposal to recollect all the necessary tutoring needs. Therefore, the adopted procedures were: 1. Global Planning of the project 2. Task distribution 3. Creation of registration forms 4. Sending of questionnaires 5. Follow up 6. Recollection and data analysis 7. Creation of the specific project image 8. Data analysis 9. Report elaboration 10. Translating the report to English 11. Final product on CD- ROM The adopted methodology was based on the creation of directed tools towards the goals of the project, in order to gather, analyse and interpret the results. The database used was created according to the following sources: National secretariat for the reintegration of handicapped people (1998), Institution guide and programs for handicapped people, Lisbon Social resources guide for youngsters in Lisbon's area (1999) www.Telecom.pt www.Telelista.iol.pt In a first approach, contacts were made to potential candidates to filling the forms in order to allow an analysis regarding the interpretation, contents, degree of easiness/difficulty in the filling and motivation to fill them. After creating the forms, impaired people was again contacted, as well as a blind individual, a long term unemployed individual and a company, to obtain feedback regarding the existence of identification or not of each of the intervenients, related to the contents of each of the forms. On a second phase three forms were made. The first two had the final purpose of identifying the need of tutoring formation in the computing, domotics and centralised technical management areas, towards a posterior integration in active life. The third one, meant for companies, had the goal of identifying the companies' availabilities to accept certified users in these areas. Therefore, form 1 assessed the formation needs of individuals inserted in social institutions: form 2 assessed individuals inserted in institutions for impaired people, including blinds. Form 3 assessed the interest of the companies in receiving individuals with this formation and certification in the areas of computing, domotics and centralised technical management. These tools were directed to different target groups, totalling 269 forms divided as stated below: 17 to social institutions 82 to institutions related to impaired people and blinds 75 for computing related companies 73 to domotic companies 21 to Unions These tools were sent by mail, e-mail and fax. The information sent had a cover letter, an annex regarding to the project and the related form to that institution, as well as a pre- paid envelope, in order to return the form. Furthermore, contacts were made using the phone and email and written records were done in order to allow posterior analysis. The results obtained were that to form 1, a total of 87 individuals answered, 57 of them females and 30 males. To form 2, from the enquired 81 individuals, 26 were females, 53 males and 2 did not reply. On form 3 there were a total of 10 replies. Regarding the difficulties versus opportunities it must be underlined the lack of sensibility from the companies, to the targeted groups of the project, although phone, email and fax contacts were made. It was verified that the replies from the companies were "of not having a particular interest" in this type of projects, as its involvement, according to the managers, may harm the commercial development of the companies. It must also be considered that apart from all the contacts made and used, it was always send a briefing of the project. Regarding the institutions there was an excellent support and willingness to participate in this type of projects, as they consider is a surplus in social and professional levels. So, considering the lack of support from the companies, to this and other types of projects, they suggest the use of the interest and willingness of future candidates to formation in order to allow them to "create their own business", which may in future not only be developed in paper and implemented in reality. Acting this way an entrepreneur spirit would be created among the participants, and in a near future, maybe and undermining of these situations could be amended. We therefore consider that one of the great advantages of the project is revert this situation. There is a need to grow and maybe in the future some of these contacted companies may have candidates for tutoring that will show to society the importance of getting involved in such issues. After the analysis of form 1 it is concluded that: 1. The profile of candidates range the 18 to 26 years of age, are females and literacy is low (4Th year) 2. These candidates are mainly unemployed and particularly interested in tutoring in the areas of computing and domotics. 3. The tutoring must be characterised by schedules diverting from different periods of the day - morning/afternoon/night. 4. The future candidates consider these projects important. 5. It would be pertinent to create insertion companies to cooperate with the institutions where the candidates are inserted. After the analysis of form 2 it is concluded that: 1. The profile of candidates range the 27 to 34 years of age, are males, literacy level high, being most of them graduated. 2. They are mainly employed and are particularly interested in tutoring in computing. 3. The tuition must be out of working hours. 4. The impaired people regarded do not need to use wheelchairs to move and have enough mobility to use public transports. The have as well the ability to use a computer without any additional aid. 5. The rehabilitation they have received was at a professional and tutoring level. 6. Regarding blind people, they are able to use public transports, they can use a computer but with aid. 7. The candidates consider these projects important. 8. The candidates have a high literacy, therefore if it is viable to transfer skills to the management area, the entrepreneur spirit of the candidates will lead them, using support mechanisms, such as ACPE - Helping to create your own job and ILE - Local support for employment, to create their own jobs. 9. It would be pertinent to create companies that in cooperation with the institutions where these candidates are inserted would facilitate their social insertion. Finally, regarding the results from form 3: 1. The companies are private; mainly whose capital is national. 2. The operating system used is Windows 2000 and the most used application is Internet Explorer and Email. 3. The domotics and Centralised technical management companies create more installations in the centralised technical management area. 4. The target group that these companies would be most interested would be youngsters looking for their first job. 5. The companies willing to receive handicapped people prefer impaired people. 6. Most of the companies have never employed handicapped people. The companies that have impaired employees are the ones related to telework, which is an area of integration of this target groups. 7. The tasks given to them would be technical support, mounting teams and polyvalence. 8. The participation of the companies on the diffusion of the project would be their involvement in diffusion seminaries. 9. The companies have shown particular interest in receiving pedagogic tutoring for tutors, as they find it necessary to increase learning abilities, as the human resources have a more relevant role in any organization than ever.

dot Top


Objective

Text available in

1. To promote a tutoring system having a source of selecting and enrolment of students in RVC projects. (RVC means skills, recognizing and validation) 2. To certify computing ECDL skills in different levels adapting as well tutoring methodologies and certification for blind and disabled people according to their needs. 3. To create human and technical conditions to allow the self tutoring of blind people and visual deficient people through tutoring methods based on distance learning with multimedia support adjusted to their realities. 4. To develop tutoring multimedia materials, based on an elementary pilot platform of e-learning, in the areas of ECDL certification, appropriately adjusted to distance learning and self tutoring with web support (online) and CD (offline). It will be included variations of these materials specially developed for the specific needs of tutoring disabled people. 5. To create methodologies to train blind and deficient visual people, and study the process to certificate them. 6. To develop materials of multimedia tutoring in the areas of Domotics or Centralised Technical Management and Telemaintenance prepared for self-tutoring and distance learning, using the above mentioned platform. 7. To create a site on the Internet with a registered domain with direct access and also with links from the Partners websites. 8. To implement tutoring workshops for Pedagogic and Educational formation of tutors including a module of distance learning. 9. To promote a workshop in the area of entrepreneurship in order to motivate the students to create their job/company, based on distance learning.

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Guidance, counselling **
Training ***
Employment aids (+ for self-employment) **
Integrated measures (pathway to integration) **
Employment creation and support **
Training of teachers, trainers and staff **
Conception for training programs, certification ***
Anticipation of technical changes **
Guidance and social services **
Awareness raising, information, publicity **
Studies and analysis of discrimination features **

Type of innovation Rating
Process-oriented ***
Goal-oriented **
Context oriented *

Text available in

Como elementos inovadores neste projecto temos a registar: Aplicação das técnicas de formação a distância numa acção de formação a distância, o que permitirá aos formandos terem uma percepção directa e em ambiente real das dificuldades sentidas pelos formandos que frequentam acções de formação desse tipo.. Implementação e aplicação de processos RVC a formandos na área da informática. Estudo e tentativa de implementação de um sistema de certificação em competências informáticas (ECDL) para deficientes visuais e pessoas cegas. O facto de os formandos provenientes de populações carenciadas terem à sua disposição um módulo de formação que lhes fornece as competências e ferramentas necessárias à formação e criação de empresas, o que lhes permitirá a criação de auto-emprego.

dot Top


Budget Action 2

250 000 – 500 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  19.9%  20.0% 
Employed  14.7%  12.0% 
Others (without status, social beneficiaries...)  22.7%  10.7% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  0.0%  0.0% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  57.3%  42.7% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  57.3%  42.7% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  57.3%  42.7% 
  100.0% 
 
< 25 year  20.0%  20.0% 
25 - 50 year  37.3%  22.7% 
> 50 year  0.0%  0.0% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination **
Support to entrepreneurship **
Discrimination and inequality in employment **
Disabilities **
Low qualification **
Racial discrimination *
Unemployment ***

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português
  • português
  • français
  • italiano

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.3%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
1632 COUPOLE BEfr 11
FR NAT-2001-10813
FR NPC-2001-10485
IT IT-G-CAL-003

dot Top


Background

 

 Involvment in previous EU programmes

  • One partner involved in A&E

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
CINEL - CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DA INDÚSTRIA ELECTRÓNICA Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
Associação Portuguesa de Criatividade
Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal
CENFIM Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica
CERTICARTA - Formação Informática, Lda.
MORNA - ASSOCIAÇAO CULTURAL LUSO-AFRICANA

dot Top


Agreement Summary

Text available in

The Development Partnership is based on 6 Partners: CINEL Electronic Training Center as the Project Coordinator CENFIM -Metallurgy and Metalwork Sector Training Center CERTIARTA -Entity that certifies the ECDL training actions ACAPO -Portuguese Association of Blind and Partia1ly Sighted population APC - CIDEF -Handicapped People's Training Center MORNA -Portuguese -African Cultural Association The main responsibilities of the Partners are: -To participate on the Project Coordination meetings -The Project Coordinator (CINEL) will represent the Coordination meetings. -To participate on t11e definition of the training activities to be assertive to the target populations -To participate on the follow-up of the training actions and their results -To participate on the dissemination of the Project results The process of the work of the Development Partnership will be based on CIT (Communicatim1 and Information Technologies) such as e-mails and a Project Web Page

Last update: 28-10-2005 dot Top


CINEL - CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DA INDÚSTRIA ELECTRÓNICA

(-)
RUA DAS INDÚSTRIAS, 27 A - VENDA NOVA
-
P-2704-505-AMADORA Amadora

Tel:+351214967700
Fax:214990767
Email:-

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
Type of organisation:Organisation providing support and guidance for disadvantaged groups
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:18-06-2002 /

Text available in

Centro de Formação Profissional da Indústria Electrónica, é um organismo dotado de personalidade jurídica de direito público, sem fins lucrativos, com autonomia e património próprio. Foi criado por protocolo subscrito em 9 de Janeiro de 1985, pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e a Associação Nacional dos Industriais de Material Eléctrico e Electrónico (ANIMEE), homologado pela portaria N.º 361/87 de 30 de Abril do Ministério do Trabalho e da Segurança Social. De âmbito nacional, o CINEL tem a sua sede na Amadora, uma Delegação no Porto e um Pólo de Formação em Vila Franca de Xira. O CINEL tem por missão promover a valorização dos recursos humanos nos sectores da Electrónica e Telecomunicações, através de acções de natureza formativa, realizadas no interior ou exterior das suas instalações, a diferentes níveis e em várias modalidades.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Fernando Moreira Pereira Fernando +351214967700 moreira.pereira@cinel.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Associação Portuguesa de Criatividade

(-)
Av. Almirante Gago Coutinho, nº 134
-
P-1700-033-LISBOA Lisboa

Tel:+351218462742
Fax:218462744
Email:info@cidef.org

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Organisation providing support and guidance for disadvantaged groups
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:18-06-2002 /

Text available in

AZ



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Camilo Ferreira Rodrigues Camilo +351218462742 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal

(-)
Rua São José, 86 - 1º
-
P-1150-324-LISBOA Lisboa

Tel:+351213425542
Fax:213428518
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Social services
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:18-06-2002 /

Text available in

A ACAPO é uma associação de âmbito nacional de associados efectivos - cegos e amblíopes e de associados cooperantes - normovisuais. A sua acção desenvolve-se em todos os domínios que contribuam para a integração sócio-económica e cultural dos deficientes visuais nomeadamente reabilitação, emprego e formação profissional e educação e cultura, reivindicando os direitos sociais dos deficientes visuais tanto em sede nacional como internacional. Nesse sentido, e procurando ir ao encontro do maior número de associados distribuídos pelo território nacional português, a estrutura político-administrativa da ACAPO comporta 1 Sede nacional, 3 Delegações Regionais e 10 Delegações Locais. Também a nível internacional a A ACAPO desenvolve numerosas actividades no seio das Instituições de cegos internacionais.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
José Mário Pessoa Albino José +351218595097 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


CENFIM Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica

(-)
Rua do Açúcar, 88
-
P-1900-607-LISBOA Lisboa

Tel:+351218610150
Fax:218684979
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Education / training organisation
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:18-06-2002 /

Text available in

CENFIM foi criado em Janeiro de 1985, por acordo protocolar entre o IEFP - Instituto do Emprego e Formação Profissional e as associações AIMMAP - Associação dos Industriais Metalúrgicos Metalomecânicos e Afins de Portugal e ANEMM - Associação Nacional das Empresas Metalúrgicas e Electromecânicas. CENFIM é uma organização cujo objectivo principal é a formação profissional para o sector metalúrgico e Electromecânico em Portugal, através de 10 Núcleos de Formação. O CENFIM tem participado em Projectos Europeus desde 1989, tendo beneficiado nesse envolvimento de experiência profícua, em especial, no domínio da Formação profissional. Possui larga experiência em Levantamentos de Necessidades de Formação em Empresas de produção industrial O CENFIM efectua estudos de novos referenciais de emprego e de novos programas de formação, desenvolve programas multimédia em CD-ROM e em formato para a Internet e tem coordenado projectos de Formação a distância com Parceiros Europeus desde 1996.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
José Carlos Felício José +351218610150 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


CERTICARTA - Formação Informática, Lda.

(-)
Avenida Fontes Pereira de Melo, 35 - 2º A
-
P-1050-118-LISBOA Lisboa

Tel:+351213173280
Fax:213173289
Email:info@ecdl.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Enterprise
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:18-06-2002 /

Text available in

A ECDL Portugal tem como missão: "Contribuir para combater a iletracia informática e a info-exclusão, através de conceitos e tecnologias que permitam disseminar conhecimentos e certificar competências" e como Àrea de Intervenção e Certificação de Competências nas TIC, intervindo aos seguintes níveis: - definição e implementação de padrões de competências - adaptação e elaboração de conteúdos programáticos - desenvolvimento de sistemas de avaliação e validação de competências - definição e implementação de processos de autorização de Centros de Competência - definição de normas e procedimentos para uma eficaz implementação dos sistemas de avaliação e validação de competências



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
José Trindade de Almeida José +351213173280 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


MORNA - ASSOCIAÇAO CULTURAL LUSO-AFRICANA

(-)
RUA DAS FONTAINHAS, 266, VENDA NOVA
-
P-2700-391-AMADORA Amadora

Tel:+351213582880
Fax:213590692
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Organisation providing support and guidance for disadvantaged groups
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:18-06-2002 /

Text available in

Áreas de Intervenção: - formação profissional - dinamização comunitária - apoio a população carenciada - apoio a estudantes universitários - compensação educativa - actividades culturais e desportivas



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Ermelindo Furtado Varela Ermelindo +351213582880 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

DOMOTIC@ONLINE

Rationale

Text available in

O Diagnóstico de Necessidades foi realizado por uma entidade externa ao CINEL, a Conhecer Mais, a qual apresentou a proposta para fazer o levantamento das necessidades formativas pretendido. Desta forma os procedimentos adoptados foram os seguintes: 1. Planificação Global do Projecto 2. Atribuição de Tarefas 3. Criação de Instrumentos de Registo 4. Envio de Questionários 5. Follow-up 6. Recolha e Tratamento de Dados 7. Criação de Imagem Específica do Projecto 8. Análise de Dados 9. Elaboração de Relatório 10. Tradução do Relatório para Inglês 11. CD-ROM com o Produto Final Quanto à metodologia adoptada baseou-se na criação de instrumentos direccionados com os objectivos do projecto de forma a permitir recolher, analisar e tratar os dados. A base de dados utilizada foi criada com base nas seguintes fontes: Secretariado Nacional para Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência (1998), Guia de Instituições e Programas para Pessoas com Deficiência, Lisboa Guia de Recursos Sociais para Jovens na área de Lisboa (1999) www.Telecom.pt www.Telelista.iol.pt Numa primeira abordagem efectuaram-se contactos com potenciais candidatos ao preenchimento dos questionários de modo a permitir uma análise no que respeita a interpretação, conteúdo, facilidade/dificuldade de preenchimento e motivação para o preenchimento. Após a criação dos questionários foram novamente contactados indivíduos portadores de deficiência motora e um indivíduo de deficiência visual, um indivíduo info-excluído e uma empresa com o objectivo de obter um feedback relativamente à existência de uma identificação ou não por parte de cada um dos intervenientes no que se refere ao conteúdo de cada um dos questionários. Numa segunda fase foram então concebidos 3 questionários. Os dois primeiros tiveram como objectivo final identificar a necessidade de acções de formação nas áreas de informática, domótica e gestão técnica centralizada, com a finalidade de uma posterior integração na vida activa. Quanto ao terceiro, o das empresas teve como objectivo identificar a disponibilidade das empresas para receber utilizadores certificados no âmbito do conceito ECDL e Técnicos de Domótica e Gestão Técnica Centralizada. Assim, o questionário 1 avaliou as necessidades formativas dos indivíduos inseridos nas instituições de carácter social; o questionário 2, avaliou as necessidades formativas dos indivíduos inseridos nas instituições cujo público-alvo são portadores de deficiência motora e/ou visual. Quanto ao questionário 3, avaliou o interesse das empresas em receber indivíduos que irão receber formação e certificação nas áreas da informática, domótica e gestão técnica centralizada. Estes instrumentos foram dirigidos a vários públicos-alvo, num total de 269 questionários assim divididos: 17 para Instituições de carácter social 82 para Instituições de pessoas portadoras de deficiência motora e/ou visual 75 para Empresas de informática 73 para Empresas de domótica 21 para Sindicatos Estes instrumentos foram enviados por correio, e-mail e fax. A informação enviada continha um ofício enquadrador, um anexo explicativo do projecto, o questionário correspondente ao tipo de instituição em causa e um envelope RSF com selo de forma a ser possível devolver o(s) questionário(s). Quanto à metodologia de acompanhamento foram realizados contactos via telefone e via e-mail, bem como efectuados registos escritos de forma a ser possível suportar análises posteriores. Quanto aos resultados obtidos conclui-se que ao inquérito 1 responderam um total de 87 pessoas, sendo 57 do sexo feminino e 30 do sexo masculino. No questionário 2, dos 81 inquiridos, 26 do sexo feminino, 53 do sexo masculino e 2 não responderam. No questionário 3 houve um total de 10 respostas. Relativamente às dificuldades vs oportunidades é de salientar a pouca sensibilidade por parte das empresas, para os públicos-alvo do projecto, apesar de terem sido realizados contactos telefónicos, e-mail e fax. Verificou-se que as respostas obtidas por parte das empresas foram no sentido de "não existir interesse em participar" neste tipo de projectos, pois o seu envolvimento, no entender dos seus responsáveis, pode prejudicar o desenvolvimento comercial das mesmas. É ainda de considerar que para todos os contactos, independentemente do mecanismo utilizado foi sempre enviado o anexo explicativo do projecto. Quanto às instituições existiu uma excelente receptividade e uma grande vontade em participar neste tipo de projectos, pois consideram representarem uma mais valia significativa potenciadora do seu enquadramento social e profissional. Deste modo, e tendo em conta essa mesma pouca sensibilidade por parte das empresas contactadas, a este e outro tipo de projectos, sugerem que seja aproveitado todo o interesse e receptividade por parte dos potenciais formandos para lhe ser facultado a possibilidade da elaboração de um projecto de "Criação da Própria Empresa", que futuramente poderão não só ter desenvolvido no papel como implementado na realidade. Desta forma estaríamos a desenvolver o espírito empresarial dos formandos e, talvez num futuro próximo, se consiga minimizar, ou até mesmo colmatar todas as dificuldades ocorridas. Consideramos assim que uma das grandes vantagens do projecto será o de, com a sua execução, ir gradualmente convertendo esta situação. É preciso mudar para crescer e, quem sabe, se futuramente quando for efectuado outro levantamento de necessidades as empresas contactadas não sejam alguns dos nossos potenciais formandos, os quais vão mostrar a toda a sociedade a importância de que a sociedade se envolva nestas actividades. Na sequência da análise dos resultados do questionário 1 conclui-se: 1. O Perfil dos potenciais formandos enquadra-se na faixa etária entre os 18 e os 26 anos do sexo feminino, cujo nível de escolaridade é bastante baixo, centrando-se no 4º ano de escolaridade. 2. A sua situação profissional é essencialmente de desemprego e encontram-se particularmente interessados em realizar acções de formação de informática na óptica do utilizador e domótica. 3. A formação deverá ser caracterizada por horários distribuídos pelos vários períodos do dia manhã/tarde/noite. 4. Os potenciais formandos consideraram estes projectos como importantes. 5. Seria pertinente a criação de empresas de inserção em colaboração com as instituições onde estes formandos se encontram integrados. Na sequência da análise dos resultados obtidos no questionário 2 conclui-se: 1. O perfil dos potenciais formandos enquadra-se na faixa etária entre os 27 e os 34 do sexo masculino, cujo nível de escolaridade é bastante elevado sendo a maioria licenciados. 2. A sua situação profissional é essencialmente a de empregados por conta de outrem e encontram-se particularmente interessados em frequentar acções de formação de informática na óptica do utilizador. 3. A formação deverá ser em horário pós-laboral. 4. Os indivíduos portadores de deficiência motora não necessitam de utilizar cadeiras de rodas para se deslocarem e possuem mobilidade para se deslocarem nos transportes públicos. Possuem também a capacidade de trabalhar com o computador sem dispositivo de compensação. 5. O tipo de reabilitação que receberam foi o nível da formação e reabilitação profissional. 6. Relativamente aos indivíduos com deficientes visuais, estes, deslocam-se em transportes públicos sem dificuldades, conseguem utilizar o computador mas, na maioria, com dispositivo de compensação. 7. Os potenciais formandos consideraram estes projectos como positivos. 8. Os potenciais formandos detêm um nível elevado de habilitações literárias, logo se se transferir competências na área da gestão para a criação de empresas que permitam desenvolver o espírito empresarial dos formandos, estes quer seja através de capital próprio ou utilizando mecanismos de subsídios, programas de estímulo à criação de empresas, como sejam o ACPE - Apoio à criação do próprio emprego e as ILE´s - Iniciativas locais de emprego, podem ser potenciadores de criar o seu próprio emprego. 9. Seria pertinente a criação de empresas de inserção em colaboração com as instituições onde estes formandos se encontram integrados. Finalmente, na sequência dos resultados obtidos no questionário 3 conclui-se: 1. As empresas são do tipo privadas, cujo capital é maioritariamente nacional. 2. O sistema operativo mais utilizado é o Windows2000 e a aplicação mais utilizada é a Internet e o Correio Electrónico. 3. As empresas de domótica e gestão técnica centralizada realizam mais instalações na área da gestão técnica centralizada. 4. A população alvo que as empresas estariam mais receptivas para integrar seria a dos jovens à procura do primeiro emprego. 5. No caso das empresas que estão interessadas em receber formandos provenientes das populações com deficiência preferem indivíduos com deficiência motora. 6. A maioria das empresas nunca empregou indivíduos portadores de deficiência. As empresas que têm trabalhadores com deficiência inseriram-nos na tipologia de tele-trabalho o que significa que esta é uma tipologia para integração desta população. 7. O tipo de tarefas a atribuir divide-se entre apoio técnico, equipas de montagem e polivalência. 8. O tipo de participação das empresas na divulgação do projecto consiste no seu envolvimento em sessões de divulgação. 9. As empresas demonstraram grande interesse em receber acções de formação pedagógica de formadores pois torna-se necessário incrementar as competências de aprendizagem, visto que os recursos humanos assumem um papel cada vez mais relevante a nível de qualquer tipo de organização.

dot Top


Objective

Text available in

1. Promover um sistema de formação tendo como origem selecção e recrutamento de formandos em projectos de RVC - Reconhecimento e Validação de Competências. 2. Certificação de competências informáticas no conceito ECDL (European Computer Driving License), a aplicar a deficientes motores e às suas especificidades. 3. Criar as condições humanas e técnicas que possibilitem a auto-formação de cegos e deficientes visuais através de métodos de formação a distância baseados em materiais multimédia adaptados às suas realidades e vivências. 4. Desenvolver materiais de formação multimédia, baseados numa plataforma-piloto elementar de "e-learning", nas áreas de certificação ECDL, preparados para formação a distância e auto-formação com suporte web (online) e CD (offline). Inclusão de variantes destes materiais especialmente adaptados às especificidades da formação para, deficientes visuais e deficientes motores. 5. Criar metodologias e processos de certificação a aplicar uma população cega e de deficientes visuais. 6. Desenvolver materiais de formação multimédia nas áreas de Domótica ou Gestão Técnica Centralizada e Telemanutenção preparados para a auto-formação, e formação a distância, utilizando a plataforma anteriormente referida. 7. Criar um site na Internet com domínio registado envolvendo links bi-direccionais com as páginas dos parceiros. 8. Implementar acções de formação de formadores e tutores com uma componente de formação a distância. 9. Promover uma acção de formação na área da criação de empresas que leve os formandos a criar o seu próprio emprego/empresa , com uma componente de ensino a distância.

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics