IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 ADAPT- Apoio domiciliário na Amadora em Parceria ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : MUNICIPIO DA AMADORA
Other national partners : ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VENCER-CASAL POPULAR DA DAMAIA
Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa Deficiente - AFID
Associação Unitária De Reformados, Pensionistas E Idosos Da Falagueira
Associação de Jovens Promotores da Amadora Saudável
CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA A QUALIDADE
Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação da Amadora
EQUAL theme :Equal opportunities - Reconciling family and professional life 
Type of DP :Sectoral - Services 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2004-326 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :28-09-2005 
Last update :11-03-2008 
Monitoring: 2005  2006   

Rationale

Text available in

- Intervention based on Amadora’s Social Diagnosis and Social Development Plan, under the scope of the Social Network Policy implementation. Strong implementation of the Social Network Program in the city, which promotes the articulation between the different inst. Long experience of integrated and complementary work between different institutions: City Councils, Social Solidarity Private Institutions, Health and Social Support Services. Possibility of an articulation of the wider partnership with Amadora’s Group of Continued Care and Social Support Services. Possibility of an articulation with the Support Programme for the Associative Movement promoted by Amadora City Council, namely in promoting training courses for Charity Organizations and Social Solidarity Private Institutions. Involvement of the service users and their relatives (final target-population) in the project’s conception. Possibility to carry out all the activities developed by the project according to a perspective of mainstreaming, involving all organizations which take part in the DS on the implementation of all activities. All the institutions that are part of the DP can provide a large work experience in the field of the DS, including a variety of target groups such as third age people, disabled people, and also HIV patients. Institutions which are part of the DP can contribute with specific better values towards the implementation of the planned activities and aims (experience in 24h; experience in the training field; experience in the quality field; and experience in health services). Some of the DP institutions have also a long experience in Day Centres, which allows for the articulation between the above mentioned centres and the domiciliary service. The presence of qualified professionals in the institutions which provide the DS, whose specific training in this area facilitates the project’s implementation. Possibility of trying out in time and space new work methodologies in the DS field., - The increasing number of patients in the waiting list for the DS, due to two distinct reasons: a lot of search for a reduced service offer; each institution has its own waiting list- the sum of all of them doesn’t say much about the reality of Amadora (the exact same patient could be enrolled in various lists). Little coverage / bad service distribution within the city. Difficulties in establishing communication / articulation between the involved partners. Difficulties in articulating and making the institutions’ intra and inter resources profitable. The lack of multidisciplinary teams within the institutions. Difficulty in recruiting men into domiciliary service, as carers. The lack of accountability of the families towards their dependents. Lack of information and motivation of the patients and their relatives towards their active participation and their involvement in innovative projects. Resistance from the institutions which provide the DS in adopting quality assessment measures, instruments and mechanisms, and in developing strategies which promote changes and innovation. The DS could be less available during the night period, weekends and national holidays, given the community real needs. Negative and stereotyped representation of the carer job and rarely performed by men. The legal framework which regulates the DS is inadequate for the real needs of the patients and their families. Total lack of governmental funds for the families who have dependent people to take care of. The excessive bureaucratization of the services associated to the DS. Overlapping of interventions in the area of the DS. Organizations’ lack of experience in working with the patients’ families.

dot Top


Objective

Text available in

The project is based on a network of partners with long and solid experience in providing domiciliary service, which are interested in implementing and improving the services, taking advantage of the new work methodologies intra and inter institutions. Taking into consideration the identified needs in what concerns the conciliation between professional, social and familiar life of the people taking care of dependents, the ADAPT Project aims to reinforce the accessibility, quality and flexibility of the domiciliary service, by implementing flexible schedules and proper training for those who are providing the above mentioned service. It is also intended to try out management, planning and service quality mechanisms and instruments, aiming for the ever growing service financial sustainability, making the resources profitable and also investing in quality management. The model of domiciliary service to be implemented in the ADAPT Project doesn’t aim to substitute the role of the family in the care of their dependents. Instead, it intends to involve them in the accomplishment of activities, defining adequate strategies, considering the empowerment perspective as a means to promote the conciliation between professional, familiar and social life

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Guidance, counselling *
Training ***
Training on work place **
Work placement **
Integrated measures (pathway to integration) *
Employment creation and support *
Improvement of employment services, Recruitment structures **
Conception for training programs, certification ***
Anticipation of technical changes **
Work organisation, improvement of access to work places **
Guidance and social services **
Awareness raising, information, publicity **
Studies and analysis of discrimination features **

Type of innovation Rating
Process-oriented ****
Goal-oriented ****
Context oriented **

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  1.4%  1.4% 
Employed  35.3%  2.9% 
Others (without status, social beneficiaries...)  32.1%  26.9% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  9.1%  1.1% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  59.7%  30.1% 
  100.0%
 
Physical Impairment  1.7%  1.4% 
Mental Impairment  1.4%  0.5% 
Mental Illness  1.6%  1.1% 
Population not suffering from a disability  64.0%  28.3% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  2.2%  4.8% 
Without such specific discriminations  66.5%  26.5% 
  100.0% 
 
< 25 year  1.9%  0.7% 
25 - 50 year  33.9%  9.0% 
> 50 year  33.0%  21.5% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination ***
Support to entrepreneurship **
Disabilities **
Age **
Low qualification **
Unemployment *

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.1%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
3801 Improving European Home Care Services BEnl 26
IT IT-G2-SIC-004
LT 25
NL 2004/EQA/0013

dot Top


Background

 

N.C.

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
MUNICIPIO DA AMADORA Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VENCER-CASAL POPULAR DA DAMAIA
Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa Deficiente - AFID
Associação Unitária De Reformados, Pensionistas E Idosos Da Falagueira
Associação de Jovens Promotores da Amadora Saudável
CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA A QUALIDADE
Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação da Amadora

dot Top


Agreement Summary

Text available in

Resumo do Acordo de PD Os parceiros acordam: 1. Objectivos comuns 1.1 Desenvolver em conjunto o projecto acima referenciado, cujo diagnóstico, objectivos, actividades, resultados e processo de avaliação, e plano de financiamento se descrevem no formulário de candidatura à acção 2. 2. Estruturas e processo de funcionamento da Parceria 2.1 Criar à partida as seguintes estruturas de gestão e funcionamento: Reuniões semanais da parceria de desenvolvimento, com tarefas específicas agendada e momentos de replaneamento e avaliação. Definição de dias mensais especifícos para a entrega da documentação necessária à submissão das DMDs's à entidade interlocutora. Reuniões mansais com a rede alargada do Grupo de Cuidados Continuados e Apoio Social do Município da Amadora - articulação e coerência do trabalho desenvolvido na área - envolvimento de parceiros não formais, tais como as restantes entidades prestadoras de Serviço de Apoio Domiciliário no Município da Amadora, organismos da área da Saúde e da Segurança Social e entidades privadas na área da saúde e seguros. Cada parceiro ficará responsável pelos dossiês contabilísticos-financeiros e técnico-pedagógicos solicitados pelo Gabinete de Gestão Equal, sem prejuízo pela CMA enquanto entidade interlocutora. 2.2 Implementar o seguinte processo de tomada decisão (destacar nomeadamente processos de dos parceiros, mecanismos que promovam a igualdade de género, etc.): Serão realizadas reuniões semanais de parceria, por forma a planear, realizar e estruturar o trabalho a desenvolver de forma articulada e consistente. Estas reuniões ficaram sempre registadas em acta (elaborada por cada parceiro rotativamente), nas decisões nelas tomadas, quando não existir unânimidade, ficaram sujeitas a votação e decisão por maioria simples. As deciões tomadas em reunião de parceiros deverão ser implementadas por todos os parcerios de igual forma, tendo sempre presente a prossecução dos objectivos propostos pelo projecto. Nas decisões a tomar ter-se-á sempre em conta o diagnóstico de necessidades efectuaddo e as actividades planeadas e previstas no Projecto. 2.3 Assegurar a transparência da informação interna relativa ao projecto e à parceria, que será disponibilizada a todos os parceiros da seguinte forma ( ex. recurso às TIC...): A informação relativa à execução financeira e física será revista mensalmente em reuniões de parceiros. Todas as actividades, informações e documentos relevantes deverão circular na plataforma de comunicação comum, acesível a todos os parceiros através de password. 2.4 Assegurar que a difusão pública dos resultados do projecto, finais ou provisórios, só será efectuada após anuência do(s) parceiro(s) envolvido(s) na sua concepção. 3. Recursos técnicos 3.1 Assegurar estabilidade nos recursos técnicos afectos ao projecto. 4. Ajustamento da parceria 4.1 Proceder ao ajustamento da parceria, à saída ou entrada de novos parceiros, ou eventual revisão deste Acordo, nomeadamente se a avaliação do projecto o indicar como necessário.

Last update: 11-03-2008 dot Top


MUNICIPIO DA AMADORA

(CMA)
Avenida Movimento das Forças Armadas
-
P-2700-000-(Desconhecida) Amadora

Tel:+351214944816
Fax:214945266
Email:formacao@cm-amadora.pt

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:18-11-2004 /

Text available in

A intervenção da Câmara Municipal da Amadora consubstancia-se no objectivo último de promover o desenvolvimento local, garantindo uma melhor qualidade de vida para os seus munícipes. O seu alargado leque de intervenção passa por organizar o funcionamento dos serviços e gestão corrente, promover o planeamento e desenvolvimento integrado e sustentado, emitir pareceres vários e apoiar actividades de interesse municipal. Neste sentido, a Câmara tem um âmbito de intervenção ao nível do urbanismo e ambiente, da cultura, da educação e da acção social. Ao nível da acção social, no qual se enquadra a presente candidatura, a Câmara tem trabalhado a dois níveis: elaboração de estudos que permitam o diagnóstico social e o conhecimento das carências sociais e potencialidades das populações e dos grupos mais vulneráveis e contribuir para a resolução, ou minimização, dos problemas e carências desses mesmos grupos, através do desenvolvimento de projectos de intervenção.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Ana Vitória Moreno Casaca Fialho Ana +351214920464 gas.cmamadora@gmail.com Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VENCER-CASAL POPULAR DA DAMAIA

(ASSVCPD)
R. Carvalho Araújo, Damaia
-
P-2720-086-AMADORA Amadora
-

Tel:+351244906090
Fax:214906109
Email:casal_popular@sapo.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Social services
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:23-10-2007 /

Text available in

Instituição de Solidariedade Social, reconhecida oficialmente como de utilidade pública, que presta apoio a crianças, jovens e idosos, na freguesia da Damaia, através de cinco valências: Centro de Dia, Creche, Jardim de Infância, Actividades de Tempos Livres.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Elvira Maria Crisóstomo Pereira Elvira +351214906090 casal_popular@sapo.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa Deficiente - AFID

(AFID)
Quinta do Paraíso, Bairro do Zambujal
-
P-2720-502-AMADORA Amadora

Tel:+351214724040
Fax:214724041
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Organisation providing support and guidance for disadvantaged groups
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:29-11-2004 /

Text available in

A AFID, IPSS n.º 75/86, é uma entidade de superior interesse social com empenhamentos sociais em: - Centro Social de Alfragide - Centro de Recursos do zambujal - Centro Social e de Reabilitação do Zambujal - ATL para jovens em risco social



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Emília Daniel Emília +351214707456 afid@afid.rcts.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


Associação Unitária De Reformados, Pensionistas E Idosos Da Falagueira

(AURPIF)
Rua João Hogan, n.º 8- Venda Nova
-
P-2700-478-AMADORA Amadora

Tel:+351214751051
Fax:214743917
Email:aurpif@iol.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Social services
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:25-06-2005 /

Text available in

A AURPIF tem como missão dignificar os Idosos, dando-lhes não só ocupações para os seus tempos livres, bem como o apoio e atenção que merecem. Apoio Domiciliário – assegura a prestação de cuidados individualizados e personalizados no domicílio a idosos quando, por motivos de doença, deficiência ou outros impedimentos não possam assegurar temporariamente ou permanentemente, a satisfação das suas necessidades básicas e/ou actividades da vida diária. Este serviço é complementado com cuidados continuados de saúde. Centro de Dia – assegura um conjunto de serviços (refeições, convívio/ ocupação, cuidados de higiene, tratamento de roupas, férias organizadas) que contribuem para a manutenção dos idosos no seu meio sócio-familiar.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Liliana Marisa Severina Quinto Liliana +351214751051 aurpif@iol.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


Associação de Jovens Promotores da Amadora Saudável

(AJPAS)
Praceta Luís Verney, Damaia de Cima
-
P-2720-435-AMADORA Amadora

Tel:+351214905426
Fax:
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Organisation providing support and guidance for disadvantaged groups
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:28-06-2005 /

Text available in

É uma associação que trabalha nas áreas da promoção da saúde pública e do social, com especial intervenção na prevenção de comportamentos de risco e apoio a pessoas infectadas e afectadas pelo VIH/SIDA. Somos uma instituição sem fins lucrativos a que desenvolve, no momento, os seguintes projectos: -Viver com o VIH - Apoio domiciliário a pessoas infectadas e afectadas pela SIDA -Viver com Qualidade - Apoio domiciliário a pessoas com incapacidade temporária ou permanente -Formar e Apoiar - Formação de voluntários , intervenção comunitária com jovens, nos bairros e escolas e organização de grupos de voluntários de apoio a pessoas hospitalizadas por infecção pelo VIH/SIDA -Seypa – (Exclusão Social de Jovens Afectados pelo VIH/SIDA), é um projecto de cinco países (Roménia, Rússia, Espanha, Portugal e Itália), com o objectivo de consultar jovens afectados na identificação dos problemas e na procura de soluções -Parceria Europeia entre Comunidades Africanas e Actores em Saúde para a prevenção do VIH/SIDA: Projecto este que liga a AJPAS (representante portuguesa) a uma rede formada por 7 instituições representantes de cada país parceiro (França, Reino Unido, Bélgica, Espanha, Suécia, Holanda) -Parceria com Banco Alimentar Contra a Fome -Creche Babete: Prestação de cuidados a crianças dos 3 meses aos 3 anos de idade



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Emília Carreiras Emília +351914721089 ajpasvih@netcabo.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA A QUALIDADE

(CEQUAL)
RUA JOSÉ DIAS COELHO, Nº 17
-
P-1300-327-LISBOA Lisboa
-

Tel:+351213610650
Fax:213641188
Email:artur.pereira@equal.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Education / training organisation
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:23-10-2007 /

Text available in

O CEQUAL é uma entidade protocolar, sem fins lucrativos que tem por missão promover, divulgar e implementar o conceito da Qualidade, Ambiente e Segurança no Trabalho. A sua actividade centra-se essencialmente, na Formação e na Consultoria nos domínios acima referidos.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Cristina Frazão Cristina +351213610650 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top


Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação da Amadora

(CVP_A)
Jardim 9 de Abril, 1 a 5
-
P-1249-083-LISBOA Lisboa

Tel:+351213913978
Fax:213913996
Email:pnf.projectos@cruzvermelha.org.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Organisation providing support and guidance for disadvantaged groups
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:30-06-2005 /

Text available in

A Cruz Vermelha Portuguesa, Instituição Humanitária, não governamental e de utilidade pública, desenvolve a sua actividade em obediência com os seus princípios fundamentais (Humanidade, Imparcialidade, Neutralidade, Independência, Voluntariado, Unidade e Universalidade) junto dos grupos em situação de exclusão social.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Ana Margarida Barreiros Mano Soares Gonçalves Leitão Ana +351214989860 a_margarida1@hotmail.com Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-03-2008 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

ADAPT- APOIO DOMICILIARIO NA AMADORA EM PARCERIA

Rationale

Text available in

- Intervenção fundamentada no Diagnóstico Social do Município da Amadora e no Plano de Desenvolvimento Social do Município da Amadora de 2005/2007 - Medida Rede Social. Forte implementação no Município do Programa Rede Social, que surge como veículo promotor de articulação interinstitucional, troca de experiências e parcerias fortes e coesas. Longa experiência de trabalho integrado e complementar entre entidades de diferentes naturezas: autarquias, IPSS’s e serviços de saúde e apoio social. Possibilidade de articulação e integração da parceria alargada do Grupo de Cuidados Continuados e Apoio Social do Município da Amadora. Possibilidade de articulação com o Programa de Apoio ao Movimento Associativo promovido pela CMA nomeadamente ao nível da realização de cursos de formação para IPSS’s. Envolvimento dos utentes e seus familiares (destinatários finais) na concepção do projecto (nomeadamente em sessões de avaliação do serviço). Possibilidade de realizar todas as actividades desenvolvidas pelo projecto numa perspectiva de mainstreaming, envolvendo todos os intervenientes no SAD na execução das actividades. Todas as instituições que integram a PD apresentam experiência de trabalho ao nível do SAD, com diversos grupos alvo (idosos, deficientes e pessoas com HIV). Instituições que integram a PD com mais valias específicas para a concretização das actividades/ objectivos propostos (experiência institucional em 24h de serviço, experiência na área da formação, experiência na área da qualidade e experiência na área da saúde). Entidades que integram a PD com experiência na valência Centro de Dia, possibilitando a articulação da mesma com o apoio prestado em SAD. Existência de Técnico(a)s Superiores nas entidades prestadoras de SAD, cuja formação específica nesta área facilita a implementação do Projecto. Possibilidade de testar temporalmente e espacialmente novas metodologias de trabalho na área do SAD que poderão ser replicadas em diferentes contextos institucionais., - - Aumento do número de utentes em lista de espera para o SAD, fruto de duas dinâmicas distintas: muita procura para uma reduzida oferta do serviço; cada instituição tem a sua lista de espera própria – o somatório de todas elas não traduz a realidade do Município (mesmo utente inscrito em várias listas) - Pouca cobertura/ má distribuição do serviço ao nível do Município - Dificuldade em estabelecer comunicação/ articulação entre as entidades parceiras - Dificuldade na articulação e rentabilização de recursos intra e inter entidades - Escassez de equipas multidisciplinares nas instituições - Dificuldade em recrutar elementos do sexo masculino para o exercício da profissão de ajudante familiar - Desresponsabilização das famílias em relação aos cuidados dos seus familiares dependentes - Falta de informação e motivação dos utentes e seus familiares na sua participação activa e no seu envolvimento em projectos de mudança - Resistências, por parte das instituições que prestam SAD, em adoptar indicadores e mecanismos de avaliação de qualidade e em desenvolverem estratégias de mudança - Insuficiente resposta do SAD em período nocturno, fins-de-semana e feriados para as reais necessidades da comunidade - Imagem negativa e estereotipada da profissão de ajudante familiar e escassamente exercida por pessoas do sexo masculino - Legislação que enquadra o SAD está desajustada às reais necessidades dos utentes e das famílias - Ausência de apoios estatais para as famílias que têm pessoas dependentes a cargo - Excessiva burocratização e verticalização dos serviços associados ao SAD - Sobreposição de intervenções na área do SAD - Pouca experiência, por parte das entidades, no trabalho junto das famílias dos utentes

dot Top


Objective

Text available in

O projecto assenta numa rede de parceiros com vasta experiência na prestação do serviço de apoio domiciliário com interesse em adaptar e melhorar os serviços recorrendo a novas metodologias de trabalho intra e interinstitucionais. Tendo em conta as necessidades identificadas na área da conciliação vida profissional/ vida social e familiar dos familiares com pessoas dependentes, o Projecto ADAPT pretende reforçar a acessibilidade, qualidade e flexibilidade do serviço de apoio domiciliário, através da introdução de horários flexíveis e de formação adequada ao pessoal interventor. Pretende-se também introduzir mecanismos e instrumentos da área da gestão, do planeamento e da qualidade ao serviço, progredindo para uma crescente sustentabilidade financeira do serviço, rentabilização dos recursos e gestão de qualidade. O modelo de serviço de apoio domiciliário, a desenvolver no âmbito do ADAPT, não pretendendo substituir o papel da família no cuidado aos seus dependentes, pretende envolvê-los na realização de actividades e definindo, conjuntamente, estratégias adequadas, numa óptica de empowerment facilitadora da conciliação vida profissional/ vida familiar e social.

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics