IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 Conciliar é Preciso ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : A.N.J.A.F.-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS PARA A ACÇÃO FAMILIAR
Other national partners : Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres
Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego
Instituto de Soldadura e Qualidade
MUNICÍPIO DE OEIRAS
RÁDIO E TELEVISÃO DE PORTUGAL, SGPS, S.A.
SECRETARIA GERAL DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL
EQUAL theme :Equal opportunities - Reconciling family and professional life 
Type of DP :Geographical - Other - NORTE, CENTRO (P), LISBOA E VALE DO TEJO, ALENTEJO, ALGARVE 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2001-271 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :06-09-2002 
Last update :05-03-2007 
Monitoring: 2002   

Rationale

Text available in

We take the concept reconciliation as meaning harmony between different roles perform in life which are professional, personal, civil and family life aiming the exercise of full citizenship. This concept underlines the term reconciliation between private and professional life used by the PD and its project. This project was built on the need partners feel to make universal informal and mechanisms set by law in order to accomplish practices for the reconciliation between private and professional life. The engagement of public organisations working in areas related to family and equal opportunities between men and women in private and professional life, as well as municipalities, companies and non governmental organizations mirrors DP's aims and strategies in order to remove obstacles for and to improve conditions targeting reconciliation of people and organisations. Partners' experience confirms the modest impact that good practices on reconciliation of other initiatives and projects have had at a national level. DP believes that this impact is due to the occasional character of these practices since they are limited to groups of individuals and/or organisations without the engagement of other community structures (services, means of conveyance, family assistance.). This engagement is the core of the DP and of the project "Conciliar é Preciso" as well as the development of actions in the scope of a pilot project in the municipalities of Oeiras and S. Brás de Alportel, which intends to put into practice conditions for better reconciliation between professional and private life (of the townsmen and women and/or people working in companies located in these territories) which will ultimately permit further application at a national level. In order to adjust deeds to the needs appointed townsmen and townswoman and organizations located in Oeiras, PD conducted two major activities in Action 1: one survey based on a questionnaire and 3 meetings with community services and companies that perform work in this particular municipality. 1 - A team made of college students of Universidade Atlântica performed this survey together with, other people, graduated, and selected for by this project's team. The main objective was to register how people living or working in the municipality manage their time and how they assure or not the reconciliation of private and professional life. The target group of this survey were people working and/or living in the municipality of Oeiras, with family, and/or people attending other family members who live or work in the area. 300 questionnaires were applied and submitted to statistical data treatment; this number matches 0,5% of all families in the municipality. For a better organization and analysis of data, this questionnaire was planned and built according to 7 main areas: identification, mobility, management of people to focus, resources, time management, reconciliation and task division. After analysis, we ascertain that: Mobility: The majority (75%*) of individuals use a car and 39,4% doesn't know how public transportation services function like in the municipality. However, if we examine the number, quite important, of people who considered that public transportation don't fulfil their needs (25,9%) we find that they justify their answers with schedules and the amount of choices offered. Municipality's Resources: individuals pointed out insufficiencies dealing with care services destined to handicap people, home care services, residences for the elderly, day care services and centres for children activities. Time Management: 56,3% of the individuals performs regular work timetable (mostly 40 hours per week); if people were to be given a choice they would take a flexible timetable (41,2%). People would appreciate having more time to dedicate to the family (70,6%)* and to themselves (36,8%). Services Working Hours: banks functioning hours were found maladjusted (58,6%)*, as well as treasury and finance services (53,9%), post offices (43,6%)* and public health services (45,5%)* making people affirm that these services make time difficult to manage. Reconciliation: 55% of individuals is unaware or doesn't think about the issue. Legislation (20%) and media campaigns (19%) are the kind of information these people receive about reconciliation. The sources of information on reconciliation are mostly media (30%), employers (12%) and NGO's (7%). Division of work: with the exception of administrative and repair work, women perform every other tasks related with house management (cooking, cleaning e clothes). Men and women go out shopping together and both take care of their children when they are sick. When children are sick and need a parent to stay at home, mother is the one who usually does it. Note: percentages marked with (*) express answers to multiple-choice questions allowing people to mark more than one option and that is why these values don't report to a 100% basis. Meetings in Oeiras were meant to establish a platform for debate and opinions exchange on issues that make reconciliation hard to get. These meetings followed the idea that the involvement of local agents is crucial to assure the proposal and the establishment of solutions to make reconciliation easier. Participants in these meetings pointed out: - Primary school schedules are shorter than parents' working hours, which increase the need of organising more leisure services and activities for children after school and during holidays. - The need to reinforce services for working parents support through the organisation of join activities for children and the elderly - Creation of community and home care services designed for the support of families with handicap people making time management easier - The need to assure public transportation services accessible to handicap people - The need to make companies available and sensitive to adopt and develop new ways of work timetable management - The need of adjusting public services functioning hours to the needs of individuals - The organisation of public transports in ways they can attend to the public needs - The need of promoting equal responsibilities and work division between men and women, in ways to diminish women's burden over professional and familial responsibilities - The need to reinforce and develop specific campaigns on the matter of reconciliation aiming the change of attitudes of people - To increase the resource to internet for the resolution of bureaucratic matters - To enlarge intergeracional voluntary networks Aiming the inclusion of the second municipality in the Project, the PD sent out Project presentation letters to all Municipalities in the country as well as a proposal term and a small questionnaire that would permit to ascertain knowledge about the state of art on work dealing matters dealing reconciliation. On the basis of the information gathered the PD performed an analysis that would identify the most pertinent Municipality to join the Project - this would have to at least proof to have work on equal opportunities between men and women and worries about the matter of reconciliation. 20 Municipalities responded to PD's missive and only 9 of them expressed the wish to join the Project. The other 11 Municipalities ascertain they don't gather conditions to join the PD. Conditions to adhere were: - Being a territory with distinguishing characteristics different from those of Oeiras (rural / urban) - Having developed activities on the matter of reconciliation - Having performed an inventory of structures of support to reconciliation - To be involved in projects dealing with equal opportunities between men and women - Having worries about the difficulties on reconciliation Other Municipalities contacted PD to obtain more information about the Project and to give note of their interest to join but they ended up not subscribing their wish. As result of this work, the Municipality of São Brás de Alportel turn out to be the one that joined the Project becoming the second territory where the PD will intervene in ways to develop actions to facilitate reconciliation between family life and professional life.

dot Top


Objective

Text available in

These will be the general objectives of the project: - Putting forward innovative methodology aiming the resolution of obstacles to reconciliation between family life and professional life of people living or working in Oeiras and São Brás de Alportel - To intervene in companies aiming to make people sensitive to the matters of reconciliation and to establish solutions making reconciliation easier - To assure the involvement of the workers of organisations of the PD into the inventorying of obstacles to reconciliation and into finding solutions - To sensitive organize people into the resolution of reconciliation difficulties through advertising and information campaigns - To incite people into the major use of ICT to assure better time management and to make communications easier - To adjust community services to the specific needs of the population trough the establishment of different timetables and trough the organization of different modalities of services offered to families - To sensitive organizations and conveyance companies into the need of organizing better mobility and accessibility in ways they will adjust to the people needs - To create a regulation which will allow territories and organizations the label of Universe Friend of Reconciliation

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Anticipation of technical changes *
Work organisation, improvement of access to work places ***
Guidance and social services *
Awareness raising, information, publicity **
Studies and analysis of discrimination features **

Type of innovation Rating
Process-oriented **
Goal-oriented *
Context oriented ***

Text available in

O Projecto Piloto cujo objectivo será experimentar uma nova organização dos processos de trabalho e da gestão do tempo, facilitadores da conciliação da vida familiar com a vida profissional, implicará: - Introdução, na gestão do quotidiano local, da dimensão da conciliação (experiência local/concelhia) - Criação de condições para uma melhor compatibilização dos tempos da vida com igualdade de oportunidades para homens e mulheres ( horários de trabalho, escolares, dos transportes, dos serviços públicos, do comércio, dos serviços de saúde, dos serviços de lazer e dos serviços culturais) - Incentivo à criação de novas e diferenciadas formas de apoio à família - Planeamento e ordenamento do território que insira as preocupações das famílias relativamente aos pontos acima referidos A criação de um espaço experimental que reúne o contributo, em parceria, das instituições locais, constitui elemento de inovação, com condições por excelência para a implementação de boas práticas de conciliação entre vida profissional e familiar.

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  0.0%  0.0% 
Employed  30.7%  26.4% 
Others (without status, social beneficiaries...)  16.6%  26.3% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  0.0%  0.0% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  47.2%  52.8% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  47.2%  52.8% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  47.2%  52.8% 
  100.0% 
 
< 25 year  16.3%  18.8% 
25 - 50 year  17.6%  19.2% 
> 50 year  13.4%  14.7% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination **
Discrimination and inequality in employment **
Disabilities **

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português
  • português
  • English
  • français

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.4%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
271 FAIR - Flexible and Innovative ways to Reconcile family and professional life ES ES125
FR PCH-2001-10895
IE 19
1015 UC - Universes of Conciliation ES ES578
FR NAT-2001-10674

dot Top


Background

 

 Involvment in previous EU programmes

  • Two and more partners involved in A&E

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
A.N.J.A.F.-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS PARA A ACÇÃO FAMILIAR Design of the project
DP managing organisation
Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres
Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego Monitoring, data collection
Instituto de Soldadura e Qualidade Evaluation
MUNICÍPIO DE OEIRAS
RÁDIO E TELEVISÃO DE PORTUGAL, SGPS, S.A. Transnational partnership
SECRETARIA GERAL DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL Co-ordination of experimental activities

dot Top


Agreement Summary

Text available in

To analyse and identify the needs of working people and the barriers that difficult reconciliation between private and professional life To design an action plan, together with companies and workers' representatives, dealing with measures to apply in companies for a better reconciliation To develop the action plan and perform its evaluation To organise workshops in the companies To promote / disseminate information and knowledge on the objectives of the project and involve RTP workers To maintain and intensify the adoption of new forms of work organisation in practice in RTP To develop campaigns in the municipalities of Oeiras and S. Brás de Alportel To organise conferences and seminars in companies To encourage the mass media to inform on the project To organise meetings with teaching professionals Create and improve "reconciliation spaces" To create a web-page on the subject of reconciliation aiming to be a national reference in this specific domain To create online human and physical resources databases assuring the label of reconciliation To call the public services attention on the importance of the use of Internet To establish co-operation agreements with nurseries, primary schools and other child care institutions to face specific needs of reconciliation To create a specific regulation to accept children in special hours To encourage/promote care assistance for dependant people To promote social volunteering networks between generations To encourage public services, businesses and companies offering services to rearrange the working hours To encourage innovative ways to organise leisure after school timetable To articulate with conveyance companies and companies in general a new organisation of conveyance to offer better geographic mobility. To create a letter of intention as a support for the creation of a "Friends of Reconciliation" network, regarding the settlement of a regulation for the participants

Last update: 05-03-2007 dot Top


A.N.J.A.F.-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS PARA A ACÇÃO FAMILIAR

(-)
Travessa do Godinho, Nº2 - Lt13
-
P-2790-354-QUEIJAS Oeiras

Tel:+351213845690
Fax:213867775
Email:-

 
Responsibility in the DP: Design of the project
DP managing organisation
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:23-06-2004 /

Text available in

A ANJAF, é uma Associação sem fins lucrativos que tem por fim estimular a solidariedade entre os jovens, a família e a comunuidade, promovendo os valores da igualdade, da justiça e do progresso, através de acções concertadas de desenvolvimento económico, social e cultural, que assegurem a representatividade, participação e intervenção, de modo a garantir a salvaguarda dos direitos, interesses e expectativas das novas gerações. A ANJAF foi constituída em 23/02/89 e a sua publicação no Diário da República - III Série, data de 13/05/89, sendo uma associação reconhecida como uma pessoa colectiva de utilidade pública, conforme consta do despacho publicado no "Diário da República", II Série, n.º253, de 31 de Outubro de 2001. A ANJAF tem como objectivos de intervenção a realização de actividades que contribuam para promover a integração sócio-profissional e o desenvolvimento sócio-cultural dos jovens em particular, e de todos os grupos expostos ou em situação de exclusão, com vista à promoção de coesão do tecido social.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Isidro de Brito Isidro +351213845690 geral@anjaf.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-03-2007 dot Top


Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres

(CIDM)
Avenida da República, 32 - 1º
-
P-1050-193-LISBOA Lisboa

Tel:+351217983000
Fax:217983098
Email:cidm@mail.telepac.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:19-07-2004 /

Text available in

Integrada na Presidência do Conselho de Ministros e actualmente sob a tutela do Ministro da Presidência, é um dos mecanismos governamentais para a igualdade de direitos e oportunidades. A CIDM, criada pelo Decreto-Lei n.º 166/91, de 9 de Maio, sucede à Comissão da Condição Feminina, institucionalizada pelo Decreto-Lei n.º 485/77, de 17 de Novembro, a qual, no entanto, já anteriormente se encontrava em actividade. A Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres tem como objectivos fundamentais e permanentes: - Contribuir para que mulheres e homens gozem das mesmas oportunidades, direitos e dignidade; - Alcançar a corresponsabilidade efectiva das mulheres e dos homens em todos os níveis da vida familiar, profissional, social, cultural, económica e política; - Contribuir para que a sociedade reconheça a maternidade e a paternidade como funções sociais e assuma as responsabilidades que daí decorrem. São órgãos da Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres: - Presidente - Conselho de Coordenação Técnica - Conselho Consultivo (com uma Secção Interministerial e uma Secção de Organizações não Governamentais). A CIDM tem uma delegação no Norte com o nível de Divisão, podendo ainda ser criadas, nos termos da lei, outras delegações. A CIDM dispõe, a nível central, das seguintes Divisões de carácter técnico: - Divisão de Estudos e Formação; - Divisão de Documentação, Informação e Publicações; - Divisão de Assuntos Jurídicos. Da CIDM faz ainda parte uma Repartição Administrativa com as seguintes Secções: - Secção Administrativa e de Contabilidade; - Secção de Documentação e Artes Gráficas.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Maria do Rosário Fidalgo Maria +351217983000 rosario.fidalgo@cidm.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-03-2007 dot Top


Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

(CITE)
Avenida da República, 44 - 2º e 5º
-
P-1069-033-LISBOA Lisboa

Tel:+351217964027
Fax:217960332
Email:-

 
Responsibility in the DP: Monitoring, data collection
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:12-06-2002 /

Text available in

A missão da CITE é combater a discriminação e promover a Igualdade de Oportunidades e de tratamento entre mulheres e homens no trabalho, no emprego e na formação profissional, tanto no sector público como no privado. Edita, divulga legislação, estudos e pareceres relativos à Igualdade de oportunidades; Analisa a conformidade dos anúncios de oferta de emprego com a norma que proíbe a discriminação entre mulheres e homens; Recebe queixas e emite pareceres sobre casos concretos sobre discriminação; Coopera com a Inspecção Geral do Trabalho com vista ao cumprimento das normas aplicáveis à Igualdade de Coordena as actividades do Observatório para detectar e prevenir as discriminações directas e indirectas em função do sexo nos instrumentos de regulamentação colectiva do trabalho; Atribui o Prémio "Igualdade é Qualidade" às empresas e entidades empregadoras. Acompanha esta matéria junto das instituições comunitárias e de outras organizações internacionais.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
António Lucas António +351217964027 cite@mail.iefp.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-03-2007 dot Top


Instituto de Soldadura e Qualidade

(ISQ)
Av. Professor Cavaco Silva, 33 - TagusPark
-
P-2740-120-PORTO SALVO Oeiras

Tel:+351214234000
Fax:214228128
Email:cimiranda@isq.pt

 
Responsibility in the DP: Evaluation
Type of organisation:Enterprise
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:19-07-2004 /

Text available in

O ISQ é uma associação privada sem fins lucrativos, fundada em 1965 como Instituto de Soldadura. Conta actualmente com cerca de 400 associados (cerca de 200 são empresas). No ínicio dos anos oitenta, o seu leque de actividades alargou-se, da soldadura para muitas outra áreas cientificas e tecnológicas. A gama de serviços prestados também alargou, para passar a incluir as inspecções técnicas, a investigação e desenvolvimento, os ensaios laboratoriais, a consultoria, e ainda a formação. Os principais domínios de competências são actualmente: tecnologias de ligação e de produção, segurança industrial, ambiente, química, metrologia, ensaios não destrutivos, manutenção industrial, ensaios mecânicos e metalúrgicos, transferência de tecnologia e promoção de inovação, entre outros. O ISQ tem filiais em Oeiras, Porto Sines, Castelo Branco, Palema, e ainda em Belo Horizonte (Brasil), Cidade DO México (México), Luanda (Angola), Beijing e Macau (China). Desenvolve actividades em cerca de 20 países espalhados por todos os continentes, e conta com mais de 2000 clientes, entre empresas, entidades públicas, e outras organizações.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
CATARINA MIRANDA CATARINA +351214234000 cimiranda@isq.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-03-2007 dot Top


MUNICÍPIO DE OEIRAS

(CMO)
Largo Marquês de Pombal
-
P-2784-501-OEIRAS Oeiras

Tel:+351214408300
Fax:214435661
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:20-07-2004 /

Text available in

A Câmara Municipal de Oeiras tenciona afectar ao Projecto dois Técnicos Superiores de 2ª classe e um administrativo. Um dos Técnicos será imputado ao Projecto, a 100% e contratado a termo certo para o efeito; executará as actividades previstas no âmbito do Projecto, pretendendo-se que tenha formação nas áreas de Geografia, Planeamento ou Sociologia Urbana. Ao longo do Projecto, esse Técnico deverá ser capaz de desenvolver trabalho na área da Conciliação entre a vida familiar e a vida profissional por forma a tornar-se capaz de diagnosticar, planear e inventariar soluções para a resolução de obstáculos na mesma área. O outro Técnico actuará como Representante da Entidade, acompanhará a evolução dos trabalhos e na Instituição, mobilizará os recursos que sejam considerados indispensáveis para a boa execução do Projecto. O administrativo será responsável pela organização logística.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Vijai Camotim Vijai +351214419257 cmoeiras_conciliar@clix.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-03-2007 dot Top


RÁDIO E TELEVISÃO DE PORTUGAL, SGPS, S.A.

(RTP)
AVª MARECHAL GOMES DA COSTA, Nº 37
-
P-1800-255-LISBOA Lisboa

Tel:+351217947495
Fax:217947067
Email:-

 
Responsibility in the DP: Transnational partnership
Type of organisation:Enterprise
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:12-06-2002 /

Text available in

A RTP, tendo por missão o serviço público de televisão compete-lhe, entre outras actividades, contribuir para o esclarecimento, formação e participação cívica e política da população, estimulando a criatividade e a consciência critica. Participou durante 10 anos no Comité Director para a Igualdade de Oportunidades entre Homens e Mulheres nas Televisões da Europa. Desenvolveu acções de formação para mulheres administrativas, de sensibilização para profissões onde se encontram muito pouco representadas; realizou Seminários nacionais e internacionais no seu Auditório sobre esta matéria; assinou a Carta de Direitos da Mulher sobre Igualdade de Oportunidades em 05/1995, em Londres. Desenvolveu um projecto no âmbito das Iniciativas Comunitárias EMPREGO " ADAPT" - PROJECTO CONFATRA. Resultou deste projecto, a criação de um Bolsa de Baby-Sitters e de Amas. Recebeu, entre outros, uma Menção Honrosa da CITE em 2000 e o Prémio do Público no Concurso de Produtos/ Mostra - Emprego e "Adapt".



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Clara Maria Marques Soares de Jesus Clara +351217947039 claradejesus@rtp.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-03-2007 dot Top


SECRETARIA GERAL DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL

(CNF)
Praça de Londres, n.º 2
-
P-1049-056-LISBOA Lisboa

Tel:+351218441100
Fax:218441322/1211
Email:secretaria.geral@sg.mtss.gov.pt

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:12-06-2002 /

Text available in

Compete à C.N.F. emitir pareceres e propor medidas com o objectivo de: Participar na definição e execução da política global de família; Valorizar o papel das famílias; Promover e apoiar o associativismo familiar; Apoiar as medidas que visem a reunificação da família e desenvolver esforços para a integração das famílias de imigrantes e minorias étnicas; Propor medidas de natureza fiscal tendentes a favorecer as famílias de menores recursos; Apreciar projectos de diplomas de carácter sectorial na parte respeitante às questões das famílias; Acompanhar a execução das medidas constantes do Plano para uma Política Global de Família, Promover a sensibilização da opinião pública para as questões da família; Acompanhar a cooperação internacional no domínio da política de família, sem prejuízo da competência própria dos ministérios com intervenção no domínio das relações internacionais, bem como dos restantes serviços e organismos do MTS que intervêm nesta matéria;



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Joana Morais Sarmento de Barros Baptista Joana +351217816961 celiaquaresma@deppmts.gov.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-03-2007 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

CONCILIAR E PRECISO

Rationale

Text available in

Entende-se por conciliação a harmonização/equilíbrio entre as diferentes dimensões da vida nomeadamente, a vida profissional, pessoal, cívica e familiar com vista ao exercício de um plena cidadania, conceito que, para efeitos deste projecto, resumiremos na expressão conciliação entre a vida familiar e a vida profissional. A concepção deste projecto parte da necessidade sentida pelas entidades parceiras em generalizar os mecanismos informais e os preconizados na lei, por forma a tornar efectivas as práticas da conciliação entre a vida familiar e a vida profissional. O envolvimento dos organismos públicos que têm por missão o trabalho na área da família, igualdade de oportunidades civis, no emprego e formação profissional, a par de autarquias, empresas e associações ilustra a vontade da PD em compatibilizar objectivos e estratégias que se pretende que venham a convergir para a resolução de obstáculos à conciliação e para a melhoria das condições de vida familiar e vida profissional dos beneficiários, sejam eles organizações ou indivíduos. Da experiência adquirida pelos Parceiros resulta a constatação do impacto diminuto que as boas práticas que resultaram de iniciativas e projectos elaborados sob a égide da conciliação têm merecido a nível nacional. A PD considera que esse impacto se deverá ao carácter pontual dessas actuações, uma vez que limitam o seu campo de intervenção a grupos de indivíduos e/ou organizações sem o envolvimento das restantes estruturas da comunidade (serviços, empresas de transporte, equipamentos de apoio à família...). É nesse envolvimento que reside a linha de força da PD e do projecto Conciliar é Preciso bem como no desenvolvimento de acções norteadas por um projecto piloto junto aos territórios circunscritos pelos Municípios de Oeiras e S. Brás de Alportel, por forma a promover e implementar condições facilitadoras da conciliação entre a vida profissional e a vida privada dos utilizadores (munícipes e /ou trabalhadores) que possam ser transpostas para a realidade nacional. Com a finalidade de adequar as acções às necessidades sentidas localmente pelos utilizadores e pelas organizações do Concelho de Oeiras, a PD desenvolveu na Acção 1 duas actividades relevantes: um inquérito com base num questionário e 3 reuniões públicas com os actores sociais do Concelho: 1. O inquérito contou com a participação de alunos da Universidade Atlântica e de outros colaboradores seleccionados pelo projecto, e teve por objectivo inventariar a forma como as pessoas que trabalham e/ou residem no concelho organizam o seu quotidiano, as principais dificuldades e/ou facilidades com que se deparam na gestão do tempo e na conciliação entre a vida familiar e a vida profissional. O público alvo deste estudo é constituído por trabalhadores e/ou residentes no Concelho, com agregado familiar e/ou que tenham de prestar assistência a familiares, que residam e/ou trabalhem no Concelho de Oeiras. Foram aplicados e submetidos a tratamento estatístico 300 questionários, o que corresponde a 0,5% do universo de famílias existentes no concelho. Por forma a uma melhor sistematização da informação a recolher, o questionário foi elaborado e organizado em função de 7 grandes áreas: Identificação, Mobilidade, Gestão de pessoas a quem presta assistência, Recursos, Gestão do tempo, Conciliação e Partilha de tarefas. Da análise dos resultados sobressaem os seguintes aspectos: Mobilidade: constatou-se que a grande maioria dos inquiridos (75%)* utiliza o automóvel para se deslocar e, dada esta realidade verificou-se a existência de um grande desconhecimento (39,4%) em relação ao funcionamento da rede de transportes concelhia. No entanto, se nos debruçarmos sobre o número ainda significativo dos que consideravam esse funcionamento insuficiente (25,9%) encontramos como principais causas para essa insuficiência os horários e a quantidade dos transportes oferecidos. Recursos do Concelho: foram apontadas carências essencialmente ao nível de infra-estruturas de apoio a deficientes, serviços de apoio ao domicílio, lares de idosos, centros de dia e ATL's. Gestão do tempo: apurou-se que 56,3% dos inquiridos tem um horário de trabalho regular (na maior parte dos casos de 40 horas semanais), tendo contudo sido referido que caso pudessem escolher optariam por um tipo de horário de trabalho flexível (41,2%). Verificou-se também, que uma vasta percentagem dos inquiridos gostaria de ter mais tempo para dedicar à família (70,6%)* e a si próprio (36,8 %)*. Horários de funcionamento dos serviços: foram considerados desajustados os horários dos bancos (58,6%)*, das finanças (53,9%)*, dos correios (43,6%)* e dos serviços de saúde (45,5%)*, funcionando, estes, como um obstáculo a uma eficaz gestão do tempo. Conciliação: 55% dos inquiridos desconhece ou não reflecte sobre a matéria. A legislação (20%) e as campanhas mediáticas (19%) são o tipo de informação mais apontado pelos inquiridos que responderam ter algum conhecimento, tendo sido os principais veículos de acesso a essa informação os meios de comunicação social (30%), as entidades patronais (12%) e as ONG´s (7%). Partilha de tarefas: constatou-se que à excepção das tarefas relacionadas com questões administrativas e com os "consertos domésticos", realizadas maioritariamente por homens, todas as restantes tarefas (cozinhar, limpar e tratar da roupa) são desempenhadas pelas mulheres, com excepção da ida às compras, tarefa efectuada por ambos. Outra das questões considerada pertinente para análise da partilha de tarefas relaciona-se com os cuidados a ter com os filhos. Neste sentido, ao contrário dos resultados apurados em relação às tarefas domésticas, não se verifica aqui uma disparidade entre as tarefas realizadas pelos homens e pelas mulheres, sendo estas mais repartidas por ambos os sexos, à excepção de" ficar em casa quando os filhos adoecem", maioritariamente desempenhada pelas mulheres. Nota: As percentagens assinaladas com (*) referem-se a questões de resposta múltipla pelo que o seu valor não se reporta a um total de 100%, uma vez que o mesmo inquirido pode ter optado por mais do que uma das opções disponíveis. As reuniões de trabalho, realizadas em Oeiras, tiveram como principal objectivo estabelecer um espaço de debate e de troca de opiniões relativamente às questões que dificultam a conciliação. Nesta actividade esteve implícita a ideia de que era essencial o envolvimento dos actores-chave na definição das estratégias a adoptar para a implementação das medidas facilitadoras da conciliação. No decorrer destas reuniões ressaltaram as seguintes ideias: Os horários escolares das crianças são mais restritos que os horários laborais dos pais, do que resulta a necessidade de criação de espaços para a ocupação das crianças durante esses períodos; Necessidade de ocupação dos tempos livres das crianças nos períodos de férias escolares; Desenvolvimento de actividades conjuntas com crianças e pessoas idosas por forma a criar suportes de apoio às famílias que trabalham; Dificuldades de gestão do quotidiano acrescidas para as famílias com pessoas portadoras de deficiência, dificuldades essas que poderiam ser minoradas com serviços de apoio domiciliário adaptados a estes casos específicos; Necessidade de transportes adaptados às pessoas portadoras de deficiências; Necessidade de sensibilizar as empresas para novas formas de organização dos horários de trabalho; Ajustar os horários dos serviços públicos às necessidades da população; Ajustar os horários dos transportes às necessidades da população; Sobrecarga de tarefas por parte da mulher, decorrente da acumulação das responsabilidades familiares e das responsabilidades profissionais, pelo que se torna necessário promover a partilha das tarefas familiares entre homens e mulheres; Necessidade de sensibilização dos munícipes para a questão da conciliação através de campanhas publicitárias no concelho (por meio de spots e panfletos); Intensificação do recurso à Internet para tratamento das questões burocráticas; Alargamento das redes de voluntariado social intergeracional; No processo de identificação da 2ª autarquia a integrar o projecto, foi enviada, a todas as Câmaras Municipais do país, uma carta de apresentação do projecto e uma proposta de candidatura para a integração no mesmo, bem como um pequeno questionário de modo a identificar o conhecimento das autarquias no que diz respeito às questões da conciliação entre a vida familiar e profissional e percepcionar qual o peso desta temática nas suas actividades. Com base nas informações recolhidas, foi elaborada uma grelha de análise que permitiu averiguar que municípios preencheriam os requisitos estabelecidos pela PD, possibilitando ao mesmo tempo um levantamento quer das infra-estruturas de apoio à conciliação quer das actividades desenvolvidas neste âmbito, nomeadamente no que diz respeito a projectos em prol da igualdade entre homens e mulheres. A PD recebeu 20 respostas às missivas, das quais apenas 9 se candidataram à adesão ao projecto. As restantes 11 Câmaras Municipais congratularam a iniciativa mas não apresentaram a sua candidatura por considerarem não reunir os requisitos necessários para integrar esta PD, nomeadamente: Ser um Município com características diferentes da realidade concelhia de Oeiras (Rural / Urbano); Ter realizado actividades no âmbito da Conciliação; Ter realizado um levantamento de infraestruturas de apoio à Conciliação; Estar ou ter estado envolvido em projectos de promoção da Igualdade; Apresentar dificuldades a nível da Conciliação; Outras Câmaras contactaram o projecto no sentido de obter mais informações e de demonstrar o seu interesse em integrar a parceria mas não vieram a concretizar formalmente essa intenção. Foi deste processo que resultou a adesão da CM de S. Brás de Alportel ao Projecto tornando-se o segundo território para o desenvolvimento de acções facilitadoras da conciliação entre a vida familiar e a vida profissional.

dot Top


Objective

Text available in

Constituem objectivos gerais do projecto: - a aplicação de metodologia inovadora dirigida à resolução de obstáculos à conciliação entre a vida familiar e profissional dos indivíduos utilizadores dos territórios de Oeiras e de S. Brás de Alportel - a intervenção em organizações para a sensibilização e implementação de medidas facilitadoras da Conciliação - o envolvimento dos trabalhadores das entidades parceiras na inventariação de obstáculos à conciliação e no estudo das soluções - a formulação de acções de sensibilização, informação e comunicação direccionadas a indivíduos e organizações com vista ao seu envolvimento na prossecução de condições de harmonização entre a vida familiar e a vida profissional - o estímulo para o maior recurso e utilização das Novas Tecnologias de Informação para a gestão do tempo e da comunicação - adequação das respostas sociais às necessidades de conciliação, através da implementação de horários diferenciados e da modalidade de prestação de serviços de apoio às famílias - sensibilização das organizações e empresas de transportes para a melhoria das condições de mobilidade e de acessibilidade - criação de um regulamento para a qualificação de territórios e organizações com a designação de Universos Amigos da conciliação

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics