IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 Projecto PÊNDULO ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : Instituto do Emprego e Formação Profissional, I. P.
Other national partners : A. N. E. - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS
Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego
Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto
INESC Porto- Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto
Municipio de Valongo
SECRETARIA GERAL DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL
SITESC - SINDICATO DE QUADROS, TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS, SERVIÇOS E NOVAS TECNOL
Salvador Caetano IMTV SA
União dos Sindicatos do Porto
EQUAL theme :Equal opportunities - Reconciling family and professional life 
Type of DP :Geographical - Other - NORTE 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2001-101 
Application phase :Project ended 
Selection date :28-11-2002 
Last update :09-05-2006 
Monitoring: 2002  2003  2004   

Rationale

Text available in

The second half of the 20th century witnessed several important transformations in industrialised societies. In Portugal, those transformations where mainly felt during the last three decades and had great impact on the socio-professional composition of Portuguese society, leading especially to an increased number of women in the active population. However, if in some of the more developed European countries the high rates of female activity is accompanied by a progressive balance between the status and roles of men and woman in the family group, in Portuguese society we still verify very traditional behaviours of family support: in many cases, child care, looking after the old or ill, and domestic tasks (clothes care, home cleaning, meals?) are still essentially women's responsibility. On the other hand, there is a significant increase of life expectation, as well as the consequent increase of the number of older dependent people needing care. The higher education levels of young generations, with a strong evolution of the levels achieved by women are also part of the social transformations occurring in the Portuguese society, that deflect on the professional and family life of both sexes. New family constitutions appear, particularly because of divorce or birth out of marriage, and these are characteristic signs of a modern society happening in Portugal, bringing more difficulties to the conciliation of two of the most important fields of social life- family life and professional life. If at the social level the transformations are highly significant, they also have implications at an economic level. Nowadays, companies face new competitive challenges. They require greater qualified and diversified human resources in each competency, which is achieved with the constitution of balanced working teams composed of men and women. However, our companies, particularly the small and medium companies, are still very much characterised by management policies completely inadequate to meet the demands of the business world, focused on a "technology of mass production" instead of an "information technology", leading to very poor competitiveness. Furthermore, most of our entrepreneurs still look at their employees as a cost and not as a toll of strategic development, which is frequently explained by their low education level. As a result of this reality (social and economic) there are situations such as: - poor quality of life for employees, specially women; - difficulties in the conciliation of working hours with family responsibilities (rigid schedules) for employees; - low investment in the continuous training because the development schedule is not compatible with family responsibilities; - existence of work discrimination, frequently obvious by the difficulty faced by women to progress in a career; - employees with very low or almost inexistent education levels in the companies; - high unemployment rates, often because the job characteristics are difficult to combine with family responsibilities. Consequently, it is highly important to analyse the ways of work organisation and function dynamics of social structures, in order to achieve conciliation between family and professional responsibilities of men and women workers. This is a theme full of actuality, largely discussed and it's part of the strategies that aim the equality of opportunities between men and women at work, included in National Plan for Employment since 1998. The urgency of an intervention in this field is particularly relevant in Metropolitan Area of Porto, due to the weaknesses it presents, namely the evolution of employment that hasn't been positive which is expressed in unemployment rates higher than the national average, showing few signs of diminishing, even in periods of general economic development. In fact, many unemployed inscribed in Employment Centres of AMP, being in that situation due to the incompatibility of work schedules and family responsibilities, choose the second field in detriment of the first one. By the other hand, employees present difficulties of conciliation between professional and family life. These conciliation difficulties are related not only with the traditional forms of work organization (rigid schedules), but also, with the poor access to local services of family support. The project we present was design to meet these conciliation needs, encouraging the equality of opportunities and the conciliation between family and professional life trough more flexible ways of work organization and new dynamics of local functioning based on the net work of the several communitarian institutions. With the aim of investigate the willingness of the companies of the AMP to acquire services in the exterior, we inquire 2000 companies (small to medium size), and obtained 400 responses, which lead us to conclude that more than 50% of the companies is indeed willing to acquire services performed at distance, namely in a telewoorkcenter. This way we can assume that there is a market for teleservices in the AMP. With this diagnosis we were able to understand that the resolution of conciliation problems isn't achieve with teleworking initiatives only. It is necessary to design local interventions in order to promote family support services and the integrate functioning of the local institutions. According to what we have been presenting, the main publics of this project will be: employees of public or private organizations; autonomous workers and unemployed. Each of these publics will present conciliation difficulties between family and professional life that contribute to their unemployment situation or to a poor quality of life and lack of time to invest on personal development. The approach of the several partners involved in the DP and the knowledge that each one of them has on the problematic that the project is aimed to respond, made it possible for us to work on the definition of the project considering every variable involved.

dot Top


Objective

Text available in

- Promote the equality of opportunities between men and women trough initiatives that aim the conciliation of family and professional life towards worker's greater quality of life; - Stimulate the use of several distance working ways, enhancing the adoption of professional alternatives mainly for AMP´s unemployed; - Promote new local dynamics based on the use of information and communication technologies and net working; - Nourish a new attitude in employers based on a more flexible management of the human resources and organizacional activity; - Establish new forms of work organisation, mainly telework, in employer's organisations; - Develop articulation initiatives at family level with consequences in the management of time, work and leisure. - Promote the installation of support local devices to conciliation of family-professional life and to worker's life quality.

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Guidance, counselling **
Training **
Training on work place **
Employment aids (+ for self-employment) *
Improvement of employment services, Recruitment structures *
Work organisation, improvement of access to work places ***
Awareness raising, information, publicity **
Studies and analysis of discrimination features *

Type of innovation Rating
Process-oriented ***
Goal-oriented **
Context oriented **

Text available in

Elementos inovadores:Concepção do programa a partir da realidade efectiva dos seus principais destinatários;promoção de iniciativas que visam uma maior facilidade de conciliação a partir de experiências de teletrabalho e do envolvimento de vários actores;concepção de um dispositivo local promotor da conciliação junto da comunidade,numa base de informação/aconselhamento;programa assente em dinâmicas de teletrabalho envolvendo simultaneamente diferentes tipos de destinatários: os trabalhadores por conta de outrém em organizações privadas, os activos desempregados e os trabalhadores por conta de outrém em organizações públicas;desenvolvimento de experiências de teletrabalho a partir de uma rede de telecentros;promoção do emprego associada à dinâmica empresarial e local, a partir do teletrabalho;envolvimento de todos os actores directamente implicados numa determinada realidade, que é, não só da responsabilidade de todos,mas também toca a todos;envolvimento dos dirigentes das empresas "fornecedoras" de teletrabalhadores em formação para a sensibilização da importância de temas como o teletrabalho, igualdade de oportunidades, conciliação.Valor-acrescentado:possibilidade de activos empregados experimentarem novas formas de org. do trabalho que lhes permita uma melhor conciliação e consequentemente um aumento da qualidade de vida;promoção do emprego para os desempregados da AMP através de dinâmicas de trabalho flexíveis (teletrabalho), permitindo simultaneamente a conciliação das tarefas domesticas com uma carreira profissional;possibilidade de organizações privadas e públicas implementarem novas formas de organização do trabalho que permitam não só aumentar o índice de produtividade dos seus trabalhadores, aumentar a motivação e reduzir custos, mas também contribuir para o aumento da qualidade de vida dos trabalhadores;desenvolvimento regional da AMP - possibilidade dos agentes implicados na execução do projecto desenvolverem competências específicas de gestão e animação de projectos, adquirirem um conhecimento aprofundado de todas as variáveis capazes de influenciar positiva ou negativamente o projecto e assim definir estratégias de actuação futuras mais ajustadas à realidade.Elementos inovadores presentes na contribuição de cada parceiro:IEFP: Testar novas metodologias de acesso ao mercado de trabalho;Câmara de Valongo: implementação interna de planos de teletrabalho; dinamização de uma agência local em ordem à melhoria da qualidade de vida dos cidadãos da comunidade;ANE e APG: Possibilidade de disponibilizar recursos metodológicos aos associados para o desenvolvimento de planos de teletrabalho; dinamização de acções de sensibilização e formação junto das organizações empregadoras acerca da problemática da conciliação da vida familiar-profissional;CITE e CNF: Sistematização de estudos/testemunhos acerca da conciliação da vida familiar-profissional;Sindicatos: abordagem/estudo sociológico e jurídico-legal do teletrabalho e da qualidade de vida

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  25.0%  50.0% 
Employed  12.5%  12.5% 
Others (without status, social beneficiaries...)  0.0%  0.0% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  0.0%  0.0% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  37.5%  62.5% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  37.5%  62.5% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  37.5%  62.5% 
  100.0% 
 
< 25 year  0.0%  0.0% 
25 - 50 year  37.5%  62.5% 
> 50 year  0.0%  0.0% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Discrimination and inequality in employment **
Unemployment ***

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português
  • português
  • español (castellano)
  • English

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.1%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
508 ESTER - European Study on TElewoRk project ES ES532
IT IT-G-LOM-017

dot Top


Background

 

 Involvment in previous EU programmes

  • Two and more partners involved in A&E

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
Instituto do Emprego e Formação Profissional, I. P. Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
A. N. E. - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS Transnational partnership
Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego
Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto Evaluation
INESC Porto- Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto
Municipio de Valongo Monitoring, data collection
SECRETARIA GERAL DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL
SITESC - SINDICATO DE QUADROS, TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS, SERVIÇOS E NOVAS TECNOL
Salvador Caetano IMTV SA
União dos Sindicatos do Porto

dot Top


Agreement Summary

Text available in

In order to the efficient work of the development partnership we sustain the following model of functioning: - Establishment of a supervising commission wich will integrate an element (with decision responsibility over the activities that are to be accomplished by the entity he stands for) of each entity of the development partnership; this commission will meet at least once a month with the purpose of drawing the standing point of the project, sharing information about the progress of the activities of each partner, making decisions on any situation that might occur during the process (for example the integration of new entities in the development partnership; - In respect to sharing technical and financial responsibilities its established that each entity is responsible for the activity plan presented and for the administrative and financial management of its budget; - Its assumed that every time that an activity is ended or a new activity is initiated, or other situations, the entity must make sure that the other partners acknowledge that using for that matter the new information and communication technologies, namely the electronic mail.

Last update: 09-05-2006 dot Top


Instituto do Emprego e Formação Profissional, I. P.

(IEFP)
Av. José Malhoa, nº 11
-
P-1099-018-LISBOA Lisboa

Tel:+351217227000
Fax:218614618
Email:-

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Type of organisation:Employment services
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

Objectivos:contribuir para a definição e adopção de uma política global de emprego que consubstancie um programa nacional de melhoria progressiva da situação de emprego; promover a organização de mercado de emprego como parte essencial dos programas de actividade,tendo em vista a procura do pleno emprego livremente escolhido,de acordo com as preferências e qualificações;promover a informação,orientação,formação e reabilitação profissional e a colocação dos trabalhadores, com especial incidência nos jovens saídos do sistema de ensino e outros grupos sociais mais desfavorecidos; promover a melhoria da produtividade nas empresas mediante a realização de acções de formação profissional; apoiar iniciativas que conduzam à criação de novos postos de trabalho,bem como à sua manutenção; participar em acções de cooperação com org. nacionais e estrangeiras,nos domínios do emprego,formação e reabilitação profissional e realizar a comprovação da formação,experiência ou qualificações profissionais



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Maria Teresa Themudo Campos Maria +351226159267 teresa.themudo.drn@iefp.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-05-2006 dot Top


A. N. E. - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS

(ANE)
Rua Ciriaco Cardoso, 265-B
-
P-4150-213-PORTO Porto

Tel:+351226165950
Fax:226165959
Email:-

 
Responsibility in the DP: Transnational partnership
Type of organisation:Employers' organisation
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

Missão-promover a mulher na sua condição de empresária e gestora,contribuindo deste modo para o crescimento da Mulher na Economia.Actividades que destacamos:apoio técnico e aconselhamento às mulheres empresárias ou profissionais liberais que sejam associadas da ANE;concepção e desenvolvimento de planos de formação financiadas;concepção e desenvolvimento de acções de formação não financiadas numa perspectiva intra e interempresas;concepção e desenvolvimento de projectos comunitários;organização de acções de promoção várias, bem como de seminários e jornadas em que são discutidos temas de actividades no domínio de gestão empresarial;participação em redes de cooperação com outras instituições congéneres a nível Europeu.A ANE concentra as suas actividades na região Norte do país.Neste momento encontram-se já em funcionamento pleno as delegações de Cantanhede e Angra do Heroísmo, estando já prevista a abertura de uma delegação na Madeira,Lisboa e Algarve.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Óscar Valentim Gonçalves Rodrigues Óscar +351226165950 oscarrodrigues@mail.telepac.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-05-2006 dot Top


Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

(CITE)
Avenida da República, 44 - 2º e 5º
-
P-1069-033-LISBOA Lisboa

Tel:+351217964027
Fax:217960332
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

Missão-combater a discriminação e promover a Igualdade de Oportunidades e de tratamento entre mulheres e homens no trabalho,no emprego e na formação profissional,tanto no sector público como no privado. Edita,divulga legislação,estudos e pareceres relativos à IO;Analisa a conformidade dos anúncios de oferta de emprego com a norma que proíbe a discriminação entre mulheres e homens;Recebe queixas,e emite pareceres sobre casos sobre discriminação;Coopera com a Inspecção Geral do Trabalho com vista ao cumprimento das normas aplicáveis à Igualdade de Oportunidades; Coordena as actividades do Observatório para detectar e prevenir as discriminações directas e indirectas em função do sexo nos instrumentos de regulamentação colectiva do trabalho;Atribui Prémio "Igualdade é Qualidade" às empresas e entidades empregadoras que pratiquem políticas exemplares no âmbito da Igualdade de Oportunidades;Acompanha esta matéria junto das instituições comunitárias e outras organizações internacionais.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
António Lucas António +351217964027 cite@mail.iefp.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-05-2006 dot Top


Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto

(-)
Rua do Campo Alegre, 1021/1055
-
P-4169-004-PORTO Porto

Tel:+351226079700
Fax:226079725
Email:FPCE@fpce.up.pt

 
Responsibility in the DP: Evaluation
Type of organisation:University / Research organisation
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:31-07-2003 /

Text available in

Entidade de natureza Pública vocacionada para o ensino e investigação.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Isabel Neves Isabel +351226079700 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-05-2006 dot Top


INESC Porto- Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto

(-)
CAMPUS DA FEUP, Rua Dr. Roberto Frias, nº 378
-
P-4200-465-PORTO Porto

Tel:+351+351 22 2094000
Fax:+351 22 2094050
Email:www@inescporto.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:31-07-2003 /

Text available in

O INESC Porto – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto - é uma associação privada sem fins lucrativos, declarada de utilidade pública e, tendo obtido a classificação de Excelente na última avaliação efectuada por peritos internacionais nomeados pelo MCT, adquiriu recentemente o estatuto de Laboratório Associado do Ministério da Ciência e da Tecnologia. O INESC Porto foi constituído em Dezembro de 1998, por autonomização do pólo do Porto do INESC, tendo como associados fundadores o próprio INESC, a Universidade do Porto e a sua Faculdade de Engenharia. A sua missão é realizar actividades de investigação e desenvolvimento e prestar serviços de consultoria e formação avançada, contando actualmente com 250 pessoas, distribuídas de modo sensivelmente equilibrado entre investigadores do ensino superior (cerca de 50 doutorados), contratados (investigadores e pessoal de apoio técnico e administrativo), bolseiros e estagiários. O INESC Porto – Laboratório Associado está organizado nas seguintes áreas estratégicas de actividade: - Telecomunicações e Multimédia Actua em áreas chave no âmbito das modernas redes e serviços de comunicações, em especial em arquitecturas de redes, serviços de telecomunicações, processamento de sinal e imagem, microelectrónica, TV digital e multimédia. - Sistemas de Energia Centra a sua actividade em áreas como regulação e mercados de electricidade, integração de produtores independentes dispersos, gestão técnica e económica de sistemas de distribuição, uso de tecnologias de informação no planeamento energético regional, tratamento da incerteza e risco. - Engenharia de Sistemas de Produção Promove a utilização pelas PME de soluções inovadoras de gestão industrial e das operações, baseadas em sistemas de informação, comunicações e electrónica. - Sistemas de Informação e Comunicação Centra a sua acção nos grandes sistemas de informação aplicados aos sectores de autarquias, indústria, comércio, saúde, telecomunicações e administração central e regional. - Optoelectrónica e Sistemas Electrónicos Desenvolve a sua actividade na investigação das áreas de sensores em fibra óptica e comunicações ópticas e na transferência de tecnologia baseada em integração de sistemas electrónicos. Nestas áreas, para além da participação em projectos de investigação sob a forma de contratos com a Comissão Europeia e com a Fundação para a Ciência e Tecnologia, o INESC Porto – Laboratório Associado tem tido uma actividade de parceria com diversificados e importantes sectores industriais bem como instituições e empresas chave no contexto nacional: Portugal Telecom, RTP, Grupo EDP, ERSE, AEP, sectores da metalomecânica e do calçado, Administração Pública Central e Local, entre outros.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Eng. Paulo Monteiro Eng. +351222094199 plm@inescporto.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-05-2006 dot Top


Municipio de Valongo

(-)
Av. 5 de Outubro, 160
-
P-4440-503-VALONGO Valongo

Tel:+351224227900
Fax:224221467
Email:-

 
Responsibility in the DP: Monitoring, data collection
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

Em Portugal, as autarquias locais têm, desde 1976, consagração constitucional. Segundo a Constituição da República Portuguesa, a organização democrática do Estado compreende a existência de autarquias locais, sendo estas pessoas colectivas dotadas de orgãos representativos que visam a prossecução do interesse público, comum e específico das respectivas populações. As atribuições e competências das autarquias locais, estando associadas à satisfação das necessidades das comunidades locais, respeitam, nomeadamente, ao desenvolvimento sócio-económico, ao equipamento rural e urbano, à energia, aos transportes e comunicações, à educação, ao património, à cultura e ciência, aos tempos livres e desporto, à saúde, à acção social, à habitação, à protecção civil, ao ambiente e saneamento básico, à defesa do consumidor, ao ordenamento do território, à segurança municipal e à cooperação externa.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Eunice Ariana Coelho das Neves Eunice +351224227950 euniceneves@cmvalongo.net Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-05-2006 dot Top


SECRETARIA GERAL DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL

(CNF)
Praça de Londres, n.º 2
-
P-1049-056-LISBOA Lisboa

Tel:+351218441100
Fax:218441322/1211
Email:secretaria.geral@sg.mtss.gov.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

Competências:participar na definição e execução da política global de família;valorizar o papel das famílias;promover e apoiar o associativismo familiar;apoiar as medidas que visem a reunificação da família e desenvolver esforços para a integração das famílias de imigrantes e minorias étnicas;propor medidas de natureza fiscal tendentes a favorecer as famílias de menores recursos;Apreciar projectos de diplomas de carácter sectorial na parte respeitante às questões das famílias;acompanhar a execução das medidas constantes do Plano para uma Política Global de Família,aprovado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 7/99,de 15 de Janeiro;Promover a sensibilização da opinião pública para as questões da família;acompanhar a cooperação internacional no domínio da política de família;promover medidas de apoio às famílias monoparentais.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Joana Morais Sarmento de Barros Baptista Joana +351218429014 celia.quaresma@deppmts.gov.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-05-2006 dot Top


SITESC - SINDICATO DE QUADROS, TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS, SERVIÇOS E NOVAS TECNOL

(SITESC)
RUA ALEXANDRE HERCULANO, 351 - 1º
-
P-4000-055-PORTO Porto

Tel:+351222053777
Fax:222007550
Email:geral@sitesc.com

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Trade Union
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

O SITESC, é uma entidade Sindical que tem em vista o desenvolvimento de acções de acompanhamento e aconselhamento junto dos trabalhadores. Tem principais como áreas de intervenção todas aquelas que estão directamente relaccionadas com os assuntos dos trabalhadores por conta de outrem.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Fernando da Veiga Freire Fernando +351222053777 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-05-2006 dot Top


Salvador Caetano IMTV SA

(-)
Avenida Vasco da Gama, nº 1410 - OLiveira do Douro - Vila Nova de Gaia
-
P-4430-249-VILA NOVA DE GAIA Vila Nova de Gaia

Tel:+351227867000
Fax:227867190
Email:formacao@mail.salvador-caetano.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Enterprise
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

Missão-O Grupo SalvadorCaetano terá sempre posicionamento de líder de mercado em todas as áreas em que opera. É um Grupoestratega,que assentando na preocupação com colaboradores e clientes,será reconhecido como entidade íntegra na relação com o ambiente e comunidade,empenhando na melhoria constante,e na permanente satisfação das necessidades do cliente.Visão-O Grupo SalvadorCaetano será uma referência em todos os mercados em que actua pela sua capacidade de inovar, de responder a desafios e pela sua diversificação nos serviços que oferece,na certeza da orientação para o cliente.Valores-Pessoas,Respeito pelo ambiente e crescimento económico são pilares do nosso sucesso.Áreas de Intervenção-Fabric. de Veículos Automóveis;Com. de Veículos Automóveis;Fabric. de Carroçarias,Reboques e Semi-Reboques;Com. de Peças e acessórios para Veículos Automóveis;Tratamento de Revestimentos de Metais;Manutenção e Reparação de Veículos Automóveis.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
José Manuel Carreiro Rodrigues José +351227867199 josemrodrigues@salvadorcaetano.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-05-2006 dot Top


União dos Sindicatos do Porto

(USP/CGTP-IN)
Rua da Santa Catarina, 922 2º
-
P-4000-446-PORTO Porto

Tel:+351222080752
Fax:222054071
Email:usporto@mail.telepac.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Trade Union
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE PORTO
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

Organização sindical de classe que tem como missão dirigir, coordenar, dinamizar e promover a actividade sindical ao nível de distrito, de acordo com as orientações gerais definidas pela CGTP-IN As principais áreas de intervenção são: - defesa dos interesses colectivos dos associados e dos trabalhadores no domínio das relações laborais; - promover, organizar e apoiar acções conducentes à satisfação das reivindicações dos associados e dos trabalhadores



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Ricardo Marques Ricardo +351222080752 usporto@mail.telepac.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-05-2006 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

PROJECTO PENDULO

Rationale

Text available in

Desde a segunda metade do século XX tem-se assistido a um conjunto de importantes transformações nas sociedades industrializadas. Em Portugal, essas mudanças tiveram grandes repercussões na composição socioprofissional da população portuguesa, com relevo para a crescente feminização da população activa. Contudo, se nalguns países europeus de modernidade avançada, as elevadas taxas de actividade feminina acompanham um progressivo equilíbrio dos estatutos e papéis atribuídos à mulher e ao homem no seio do grupo familiar, na sociedade portuguesa verificam-se ainda comportamentos muito tradicionais no apoio à família: na maioria dos casos, a prestação de cuidados a filhos ou familiares idosos e doentes, a execução das tarefas domésticas (roupa, limpeza da casa, refeições...) é atribuída essencialmente às mulheres. Por outro lado, verifica-se um significativo acréscimo da esperança de vida, com o consequente aumento do número de idosos dependentes necessitados de cuidados. Também o prolongamento da escolaridade nas gerações mais novas, com forte evolução nos níveis atingidos pelas mulheres, fazem parte das transformações sociais emergentes na sociedade portuguesa, com reflexos na vida profissional e familiar de ambos os sexos. Novas formas familiares, com origem, nomeadamente, em situações de divórcio ou em nascimentos fora da conjugalidade originam maiores dificuldades à compatibilização de dois dos mais importantes domínios da vida social - a vida profissional e a vida familiar. Se a nível social as transformações são significativas, também no plano económico elas se fazem sentir. Actualmente, as empresas defrontam-se com novos desafios concorrenciais. Estes requerem maior competitividade não só a nível tecnológico como cada vez mais em termos de eficiência organizacional e de recursos humanos qualificados e diversificados nas respectivas competências, o que se consegue designadamente constituindo equipas de trabalho equilibradas quanto à composição de género. Todavia, as nossas empresas, sobretudo as PME's são, ainda, muito marcadas por políticas de gestão inadequadas às exigências do mundo empresarial, verificando-se uma aposta na tecnologia de produção de massa em vez de uma tecnologia de informação e considerando-se os trabalhadores como um custo e não como um instrumento de desenvolvimento estratégico. Atendendo a esta realidade (vertente social e económica) verifica-se a existência de situações tais como: - pouca qualidade de vida dos trabalhadores por conta de outrém, sobretudo os do sexo feminino; - dificuldade por parte dos trabalhadores por conta de outrém em conciliarem horários de trabalho com responsabilidades de âmbito familiar; - níveis de desemprego elevados, muitas vezes porque as características do emprego não se coadunam com as responsabilidades da vida familiar; - existência de discriminações no trabalho, muitas vezes comprovada com a dificuldade de ascensão na carreira por parte das mulheres; - activos nas empresas com níveis de qualificação muito baixos ou praticamente inexistentes; - pouco investimento na qualificação contínua, dada a incompatibilidade com as responsabilidades familiares. Torna-se, então, premente repensar as formas de organização do trabalho e as dinâmicas de funcionamento das estruturas sociais, no sentido de proporcionar a conciliação entre responsabilidades familiares e responsabilidades profissionais dos trabalhadores de ambos os sexos. Este é um tema pleno de actualidade, amplamente discutido e faz parte das estratégias que visam a igualdade de oportunidades entre mulheres e homens no trabalho, incluídas no Plano Nacional de Emprego desde 1998. A necessidade de uma intervenção neste domínio é particularmente relevante na Área Metropolitana do Porto, em virtude das fragilidades que apresenta, nomeadamente a evolução do emprego que tem apresentado características desfavoráveis, expressas em níveis de desemprego superiores à média nacional e na particular resistência à sua diminuição, mesmo em períodos de retoma generalizada. Constata-se que muitos desempregados inscritos nos Centros de Emprego da AMP, com forte destaque para as mulheres, se encontram nessa situação pelas dificuldades em compatibilizar horários de trabalho com responsabilidades familiares, optando pelo segundo domínio em detrimento do primeiro. Por outro lado, activos empregados por conta de outrém apresentam dificuldades de conciliação da vida profissional - familiar. Essas dificuldades de conciliação relacionam-se não só com a organização do trabalho (horários rígidos), mas também com o acesso aos dispositivos locais de apoio à família O diagnóstico realizado ao longo da Acção1 permitiu aferir de que a maior facilidade em conciliar a vida familiar - profissional não será, em princípio alcançada apenas com base em iniciativas de teletrabalho, sendo necessária uma intervenção ao nível das dinâmicas locais de funcionamento das instituições de apoio à família (ex. infantários) e gestão do quotidiano. Neste sentido, assume grande importância o funcionamento integrado das instituições para promover soluções locais flexíveis e novos dispositivos promotores da conciliação da vida familiar-profissional. Também o inquérito administrado a 2000 empresas da AMP e do qual obtivemos perto de 400 respostas (na grande maioria PME's) permitiu concluir que existe um número significativo de empresas que coloca a possibilidade de adquirir serviços fora da empresa (ex. telemarketing; consultoria; contabilidade; tradução, etc) em geral e a partir de Telecentros, em particular. Os resultados obtidos com a auscultação ao tecido empresarial permitiu acreditar mais firmemente que as iniciativas que prevêm o envolvimento de desempregados fazem sentido. Também a auscultação dos vários parceiros envolvidos na PD e o conhecimento que cada um tem sobre a problemática a que o projecto visa responder possibilitou uma melhor definição/concepção do projecto considerando-se todas as variáveis capazes de influenciar os seus resultados.

dot Top


Objective

Text available in

- Promover a igualdade de oportunidades entre Homens e Mulheres através de iniciativas que visam a conciliação da vida familiar e profissional contribuindo para a qualidade de vida dos cidadãos trabalhadores; - Estimular a utilização das diversas modalidades de trabalho à distância, favorecendo por essa via a construção de alternativas profissionais, principalmente para desempregados da AMP; - Promover novas dinâmicas locais, baseadas na utilização das tecnologias de informação e comunicação e no trabalho em rede; - Implementar nas organizações empregadoras, novas formas de organização do trabalho, nomeadamente o teletrabalho; - Apoiar nas Organizações empregadoras uma nova atitude assente numa gestão mais flexível da actividade e da organização dos recursos humanos; - Promover iniciativas de articulação a nível familiar com implicações na organização do tempo, trabalho e lazer; - Promover a instalação de mecanismos locais de apoio à conciliação da vida familiar-profissional e à qualidade de vida dos trabalhadores.

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics