IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 CAD-Círculos de Aprendizagen e Desenvolvimento ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : EGOR Management e Formação - Consultores para o Desenvolvimento Pessoal e Organi
Other national partners : Associação Portuguesa dos Industriais de Mármores, Granitos e Ramos Afins (ASSIM
CEVALOR-Centro Tecnológ. para o Aproveita. e Valoriz. da Rochas Orna. e Industr.
EQUAL theme :Adaptability - Life long learning 
Type of DP :Sectoral - Industrial 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2001-073 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :13-09-2002 
Last update :11-12-2006 
Monitoring: 2002  2003   

Rationale

Text available in

One of the five main priorities of the PIC EQUAL refers to "Adaptability" specifying the point 3.1 that refers: "the development of training at work, while method of inovation and source of value for companies and as the component-key of national strategy of life-span training?". The concept of life-span training (LST) has been increasing, but has its base well expressed in the traditional methods of learning: "follow-up"; "refreshment". Three main factors contributed decisively for the necessity of the LST: 1st. - the unavoidable deterioration of knowledge, more than the often mentioned incapacity of school education (new learning); 2nd - Introduction of new technologies to the productive processes (new competencies); 3rd - the necessity of not increasing the social gap between the ones who can because they know and the ones who can't because they don't know (new unlikenesses). In this context the articulation School Work wins new shapes where the relation is remarkably bidirectional (School Work). This new situation is significantly different from the (almost) traditional separation. This separation clearly sends to the world of work the realisation of the LST, as it looks the school like a bridge, a temporary place. Otherwise, the organizational structure of training inside the companies, has not been adequate to LST because, nevertheless the recent concepts of LO ("Learning Organisations") which increase the value of the incorporation of several learnings in the organizational community, what is predominant is the more or less innovatory "courses" which are pedagogical-didactic formatted, but always with limited duration and, mainly, without the continuity included in the LST concept. It is known the weakness of the permanency of effects in the general population that attend this courses and the consequent lost of the initial benefits when there is no base schemes for sustaining acquired and desirable competencies or attitudes. On the other hand, it is arguable if LST is, or not, under the responsability of the Organisation. The european Seminar concerning "Education and Training along Life" (Biarritz, December 2000) refers the necessity of "citizens appropriation of their own training development as an essential collective warranty in order to avoid being excluded from the labour market". We will go, unavoidably, towards the adoption of training models, which, without exclusion of the traditional forms, will allow the Organisation to rationalise its investments on training and the participants to increase "the learning willingness" (this is a basic condition for adult learning). Future pedagogical innovations will certainly take these assumptions into consideration.

dot Top


Objective

Text available in

The objectives are: 1 - Create technical and pedagogical instruments that stimulate and support organisations in their Human Resources development processes and help people with their learning process throughout their lifespan; 2 - Apply and validate some of these instruments to a significant population within a specific sector - extracting and transforming ornamental rocks' sector; 3 - Prepare people to be able to dynamize learning groups throughout their life span in any activity sector; 4 - Give methodologies a transnational and transectorial character so that it is possible to apply them in different sectors, regions or countries, taking only some cultural and local changes into consideration.

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Training ***
Training on work place **
Training of teachers, trainers and staff **
Conception for training programs, certification ***
Anticipation of technical changes **
Work organisation, improvement of access to work places **
Awareness raising, information, publicity **

Type of innovation Rating
Goal-oriented ****

Text available in

O projecto que apresentamos, na medida em que pretende criar as condições para uma aprendizagem sustentada na necessidade de "inovar para competir" ao nível organizacional e de "crescer para sobreviver" ao nível pessoal e devido ao facto de a sua metodologia não ter nunca sido tentada entre nós constitui uma inovação. O modelo incorpora três conceitos conceitos que sustentam o alvo da FLV: - Círculos que valorizam a importância do grupo como criador e renovador de sinergias; - Aprendizagem que implica metas a curto prazo em áreas de competências bem definidas e de aplicação (quase) imediata às exigências da função. - Desenvolvimento com metas a médio-longo prazo em áreas de competências previsíveis face à evolução sócio-técnica e às exigências do mercado. Constituir um CAD (Círculo de Aprendizagem e Desenvolvimento) significa a Organização e as pessoas investirem na sua actualização, crescimento e adaptação às características de mercados cada vez mais integrados mas, também, mais exigentes em termos quantitativos (Produtividade) e qualitativos (Qualidade). Por fazer uso das TI (tendo em vista a grande disseminação dos participantes directos no território nacional) trará - para além da evolução prática das chefias e gestores de um sector que prima pela baixa qualidade destes quadros - um desenvolvimento da manipulação daquelas tecnologias bem como a habituação à sua utilização.

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  0.0%  0.0% 
Employed  73.9%  26.1% 
Others (without status, social beneficiaries...)  0.0%  0.0% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  0.0%  0.0% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  73.9%  26.1% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  73.9%  26.1% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  73.9%  26.1% 
  100.0% 
 
< 25 year  5.3%  7.8% 
25 - 50 year  44.3%  15.7% 
> 50 year  24.3%  2.6% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination **
Support to entrepreneurship **
Discrimination and inequality in employment **
Other discriminations **
Low qualification ***

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português
  • português
  • español (castellano)
  • English

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.4%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
1060 EQUAL Theme E: The X-Train IT IT-G-PUG-057
NL 2001/EQA/0076
SE 26
UKgb 70

dot Top


Background

 

 Involvment in previous EU programmes

  • Two and more partners involved in A&E

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
EGOR Management e Formação - Consultores para o Desenvolvimento Pessoal e Organi Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Associação Portuguesa dos Industriais de Mármores, Granitos e Ramos Afins (ASSIM Monitoring, data collection
CEVALOR-Centro Tecnológ. para o Aproveita. e Valoriz. da Rochas Orna. e Industr. Transnational partnership

dot Top


Agreement Summary

Text available in

The partners agree in: § The joint development of the above project, in which diagnosis, aims, activities, results and evaluating process, and financial plan are described in the paper for action 2. § Assuming the following responsibilities: EGOR responsabilities: Essential: Coordination of the activities implementation; Evaluating the project; Steering Groups Intervention: Definition of the behavioural and management area contents Managing the TI, Follow the transnationality activities Production of Informatical and video supports Cevalor Responsabilities Essential: Transnational activities Intervention: Definition of technical contents Recruitment of targets and motivation of managers. Assimagra Responsabilities Essential: Follow and data collecting Intervention: Transnational activities; Definition of technical contents Recruitment of targets and motivation of managers The functional process and decision making process of the PD are as follow: Bi-mensal reunions (or whenever it´s necessary). Tele conference biweekly, profiting the technological resources developed by the project. Trimestral presentation of the progress report to the General coordination of the project. Payment definition or exchange via presentation of relevant documents (mensal). There is two men and one woman as part of the representation of group decision . The potential partners to be integrated in the project must be agreed through the consent of DP. The coordinator enterprise assumes the responsibility of conducting of the project, and has the right to direct the DP group decision.

Last update: 11-12-2006 dot Top


EGOR Management e Formação - Consultores para o Desenvolvimento Pessoal e Organi

(EGOR-MF)
Edifício Amoreiras, Torre 1 - 4º Andar, Escr. 7Lisboa
-
P-1070-101-LISBOA Lisboa

Tel:+351213872018
Fax:213872028
Email:-

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Type of organisation:Structure created to manage the DP
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:22-01-2005 /

Text available in

EGOR MF, Empresa pertencente ao Grupo EGOR, constituída desde 1989. Integra uma equipa de Consultores profissionais no desenvolvimento de metodologias e técnicas avançadas no domínio da formação e desenvolvimento organizacional, acreditada pelo INOFOR em todos os domínios da formação. As nossas soluções são criadas de acordo com as necessidades específicas de cada cliente estando sustentadas por um conjunto de metodologias validadas, o que permite às organizações conseguirem encontrar uma solução à medida, definindo assim a estratégia adequada para as pessoas. Definir as competências comportamentais que a organização necessita para assegurar uma performance de sucesso, com recurso a ferramentas de diagnóstico amplamente testadas. Desenvolver metodologias de intervenção que nos permitam assegurar a melhoria da performance das pessoas, das equipas e das organizações. A Política de Qualidade da Egor Management e Formação assenta numa filosofia de orientação para o cliente, visando satisfazer as suas necessidades e expectativas, com respeito absoluto pelo cumprimento das normas. ÁREAS DE INTERVENÇÃO: DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS: - COMERCIAIS; - DE EQUIPA - PESSOAIS - DE GESTÃO E LIDERANÇA.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Dr Nuno Serra Cruz Dr +351213872018 ncruz@egormanagement.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-12-2006 dot Top


Associação Portuguesa dos Industriais de Mármores, Granitos e Ramos Afins (ASSIM

(ASSIMAGRA)
R Aristides Sousa Mendes, 3 - BLisboa
-
P-1600-412-LISBOA Lisboa

Tel:+351217121930
Fax:217121939
Email:-

 
Responsibility in the DP: Monitoring, data collection
Type of organisation:Employers' organisation
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:11-07-2002 /

Text available in

Apoio e defesa dos Industriais de Mármore, Granito e outros, desde que estejam ligados de forma directa ou indirecta ao sector da Pedra Natural. As áreas de intervenção dizem respeito a questões relativas a: Ambiente; Licenciamentos industriais; Formação Profissional; Legislação comercial e laboral



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Carla Moreira Carla +351219671775 cmoreira@assimagra.com Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-12-2006 dot Top


CEVALOR-Centro Tecnológ. para o Aproveita. e Valoriz. da Rochas Orna. e Industr.

(CEVALOR)
Estrada Nacional 4 - km 158 - Apartado 48Borba
-
P-7150-000-(Desconhecida) Borba

Tel:+351268891510
Fax:268891529
Email:geral@cevalor.pt

 
Responsibility in the DP: Transnational partnership
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:ALENTEJO CENTRAL
Date of joining / leaving:11-07-2002 /

Text available in

O CEVALOR é uma instituição de utilidade pública. Consitui o seu objectivo o estudo e desenVolvimento de inciativas que que permitam concretizar a ligação entre as actividades de investigação, transferência tecnológica, demonstração, prestação de serviços, ensino/formação e informação, no âmbito das Rochas Ornamentais e IndustriaIs. Exerce a sua actividade visando nomeadamente a criação de infra estruturas técnicas e tecnológicas de apoio à actividade industrial do sector o desenvolvimento de actividades de formação e divulgação quecontribuam para a exploração otimizada dos recursos naturais, a modernização e introdução de novas tecnologias nas unidades industriais, o aumento da com petividade e da actividade industrial, a expansão do universo de utilização das rochas ornamentais e a sua valorização na aplicação. Afirma-se nas seguintes áreas: Técnica; Saúde, Higiene e Segurança no trabalho; Formação; Marketing



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Nélson Manuel Matilde Cristo Nélson +351268891510 cevalordf@oninet.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 11-12-2006 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

CAD-CIRCULOS DE APRENDIZAGEN E DESENVOLVIMENTO

Rationale

Text available in

Uma das cinco grandes prioridades do PIC EQUAL refere-se à "Adaptabilidade" especificando a medida 3.1 o : "desenvolvimento da formação em contexto de trabalho, enquanto processo de inovação e de criação de valor pelas empresas e enquanto componente-chave da estratégia nacional de formação ao longo da vida?". O conceito de formação ao longo da vida(FLV) tem vindo a ganhar relevância, mas tem os seus fundamentos expressos nos conceitos mais tradicionais de ensino recorrente; formação contínua; aprendizagem permanente; ou, na versão mais empresarial, de "follow up"; "refreshment". Três factores contribuiram, decisivamente, para a necessidade da FLV: 1º- a deterioração inevitável dos conhecimentos, mais do que a muitas vezes alegada incapacidade da formação escolar (novos saberes); 2º- a aplicação das novas tecnologias aos processos produtivos (novas competências); 3º- a necessidade de não aumentar cada vez mais o gap social entre os que podem porque sabem e os que não podem porque não sabem (novas desigualdades). Neste contexto a articulação Escola-Trabalho ganha novos contornos em que a relação é marcadamente biunívoca (Escola Trabalho), com inevitáveis desenvolvimentos muito diferentes da tradicional (quase) separação. Esta separação remete claramente para o mundo do Trabalho a concretização da FLV, na medida em que perspectiva a Escola como um(a) ponto(e) de passagem. Por sua vez a estrutura organizativa da formação nas Empresas não tem sido adequada à FLV porque, não obstante os recentes conceitos de LO ("learning organizations" - organizações aprendizes) que valorizam a incorporação das diversas aprendizagens da comunidade organizacional o que ainda predomina são os "cursos" com formas pedagógico-didácticas mais ou menos inovadoras mas sempre com duração limitada no tempo e, sobretudo, sem a continuidade contida no conceito de FLV. São conhecidos os débeis efeitos de latência que esses "cursos" produzem nos sujeitos da formação e a consequente perda dos benefícios iniciais quando não há esquemas de sustentação das competências ou atitudes adquiridas e desejadas. Por outro lado, é pelo menos discutível que a FLV seja da exclusiva responsabilidade da Organização. O Seminário europeu consagrado à educação e à formação ao longo da vida (Biarritz,Dezº 2000) refere a necessidade de "apropriação pelos cidadãos da sua própria formação como garantia colectiva fundamental destinada a evitar a exclusão do mercado de trabalho". Caminhar-se-á, inevitavelmente, para a adopção de modelos de formação que, não excluindo as formas tradicionais, permitam à Organização racionalizar os seus investimentos em Formação e ao formando incentivar a "vontade de aprender" (condição básica de aprendizagem para o adulto). As futuras inovações pedagógicas terão certamente em conta estes pressupostos.

dot Top


Objective

Text available in

Com o projecto que esta parceria apresenta pretende-se: 1º - Criar instrumentos técnico-pedagógicos que estimulem e apoiem as Organizações nos processos de desenvolvimento dos seus RH e ajudem as pessoas no seu processo de aprendizagem ao longo da vida; 2º - Aplicar e validar alguns desses instrumentos a uma população significativa num sector específico: o da extração e transformação de pedras ornamentais; 3º - Formar pessoas capazes de virem a dinamizar grupos de aprendizagem ao longo da vida em qualquer sector de actividade; 4º - Dar às metodologias um carácter transnacional e transectorial de modo a que, com pequenas alterações de teor cultural local, possam ser úteis em diversos sectores, regiões ou Países. -

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics