IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 IGUALDADE - CIDADANIA ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : Organização Internacional para as Migrações
Other national partners : A.D.E. - Associação para o Desenvolvimento e Emprego no Concelho de Vila Franca
AERLIS - Associação Empresarial da Região de Lisboa
Associação dos Africanos do Concelho de Vila Franca de Xira
Associação para o Bem Estar Infantil da Freguesia de Vialonga
Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres
Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego
Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses
GSLI - Grupo Serviços Logísticos Integrados, Lda
Município de Vila Franca de Xira
EQUAL theme :Equal opportunities - Reducing gender gaps and desegregation 
Type of DP :Geographical - Other - LISBOA E VALE DO TEJO 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2001-138 
Application phase :Project ended 
Selection date :19-09-2002 
Last update :28-10-2005 
Monitoring: 2002  2003  2004   

Rationale

Text available in

Although women in Portugal make up for a large proportion of the labour market, when compared to the other EU member states, this situation does not necessarily translate itself into greater equity. There still is a high concentration of women in traditionally female jobs where the rule is the lack of qualification and stable employment. In the Region of Lisbon and the Tagus Valley (RLVT) live roughly 1/3 of the country's population, approximately 3,3 million people. The activity rate in 1998 was 49,2%, slightly lower than the national average (50%). The female activity rate was 43,1%. The unemployment rate amongst women was 7,5% for that year but in women under 25 years of age it was 15,8%. The structure of female employment RLVT departs considerably from the structure of male employment, and more so than for the whole country. Nearly 80% of women in employment in RLVT work in the services sector (the national average is 60%) and only 16,3% work in industry, whereas the corresponding percentage for men in 37,4% - 2,3 times as much. The operational programme for the region of Lisbon and the Tagus Valley (PORLVT) - designed as a tool of the III Community Support Framework - is based on a regional development strategy having as one of its priorities the increase in territorial equity and the development of the human and entrepreneurial potentials. This is to be achieved namely trough the development of the human potential linked to women by their greater involvement in economic life, furthering the possibilities of matching family life with professional activity, promoting the access of women to the labour market and enhancing their professional status. There is, therefore, a strong rationale for this particular project and this particular DP. The chosen thematic field is of special significance for the region that has been selected - the municipality of Vila Franca de Xira -on account of the characteristics of both its resident population and of the economic activities that have been attracted to the area. This cross-match also points to the possible benefits to be derived from setting an action aimed at the elimination of gender discrimination in the workplace in the wider context of the social accountability of the organisations and the responsibility placed on workers as citizens within the companies they work in. The RLVT is a metropolitan hub within which it is possible to identify two contrasting situations, though highly dependent on each other: the metropolis in itself, meaning what is currently known as Greater Lisbon, and the rural areas typified by their double centrality: geographic and economic. The municipality of Vila Franca de Xira is a buffer zone between the metropolis and one of these rural areas - the Tagus Valley to the north. The municipality of Vila Franca de Xira has about 115,000 inhabitants but is also an important destination for emigrants within the Greater Lisbon. There are, to start with, the migrants from Africa, with those from Cape Verde and Guinea Bissau accounting (in 1995) for around 73% of the African population in the poorer areas of the municipality. Here, as elsewhere in the RLVT, the trend is for social-cultural concentration with networks of communal help and preservation of identity. The high prevalence of men in the above mentioned groups of migrants, and the concentration is residential terms, point to obvious labour migration. There has been more recently a surge in labour migration from east European countries. Although the high prevalence of men is equally present the social-cultural concentration is now lacking . By specifically considering the migrant women this project brings together the promotion of gender equality and the promotion of ethnic and cultural diversity. As studies on migrations and intercultural behaviour suggest, migrant women are under-represented due to a problem of lack of visibility. We believe that this is caused not only by a predominantly male migration but also because migrant women are subject to greater job instability and are underscored in official records.

dot Top


Objective

Text available in

- To promote policies for recruitment, selection, payment, access to training, career progression and stability which are non-discriminatory in terms of gender - not just from the point of view of equality of opportunities between women and men but also from the viewpoint of sound entrepreneurial practices. - To promote the culture of non-discrimination in the workplace within the context of the social accountability of organisations. - To promote intercultural behaviour and active citizenship. - To promote the applicability of non-discriminatory policies and practices to the particular case of migrant women. - To set up a sustainable reference model, based on methodologies and practices developed throughout the project, to be of assistance to the partners and capable of being used in similar conditions.

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Guidance, counselling **
Training ***
Training on work place **
Work placement *
Employment aids (+ for self-employment) **
Integrated measures (pathway to integration) *
Training of teachers, trainers and staff *
Improvement of employment services, Recruitment structures **
Conception for training programs, certification **
Guidance and social services **
Awareness raising, information, publicity ***
Studies and analysis of discrimination features **

Type of innovation Rating
Process-oriented ***
Goal-oriented **
Context oriented **

Text available in

A eliminação da discriminação no trabalho e a promoção da igualdade entre mulheres e homens no contexto laboral assume aspectos inovadores relativamente a outras iniciativas com os mesmos propósitos: as acções terão uma continuidade assente em planos de trabalho (planos de acção positiva) negociados e implementados por um conjunto de actores-chave onde se destacam as empresas; os seus resultados serão avaliados no decurso do projecto e com a implicação dos grupos-alvo; serão concebidas metodologias e guias metodológicos que concretizarão um quadro de referência para acções futuras. Por outro lado, o projecto vai enquadrar as suas acções no contexto mais vasto da responsabilidade social das empresas (economia cívica) e vai prestar especial atenção à situação das mulheres imigrantes, contrariando desta forma a possibilidade de perpetuação da discriminação com base no género sob a forma de discriminação com base na raça ou origem étnica e/ou cultural. Também estas "pontes" acrescentam valor ao objectivo geral do projecto e à prática acumulada em iniciativas anti-discriminação. A CIDM e a CITE vão estar envolvidas na aplicação e adaptação a um grupo-alvo diferente e específico de instrumentos já concebidos, e na concepção de novos instrumentos no contexto do projecto. A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira vai ter uma actuação junto do grupo-alvo mais vincadamente em rede e em domínios temáticos ainda não abordados. A SLI - Sistemas Integrados de Logística e outras empresas que se associarão ao projecto na 2º fase incluirão pela primeira vez a igualdade de género nas suas políticas de recursos humanos (de notar que nenhuma empresa do concelho de Vila Franca de Xira alguma vez participou nos concursos "Igualdade é Qualidade" da CITE). A AERLIS irá desenvolver uma estratégia de comunicação inovatória e os restantes parceiros terão igualmente diversos aspectos inovatórios na sua actuação. O projecto terá um claro valor acrescentado pelo facto de, pela primeira vez, se estender explicitamente às comunidades migrantes a abordagem da igualdade de oportunidades no contexto do emprego

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  0.0%  24.9% 
Employed  2.8%  72.3% 
Others (without status, social beneficiaries...)  0.0%  0.0% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  0.0%  93.9% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  2.8%  3.3% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  2.7%  97.3% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  2.7%  97.3% 
  100.0% 
 
< 25 year  0.0%  0.0% 
25 - 50 year  2.7%  97.3% 
> 50 year  0.0%  0.0% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination ***
Discrimination and inequality in employment *
Low qualification **
Racial discrimination **

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português
  • português
  • English
  • français

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.1%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
1313 Transdiversification NL 2001/EQH/0006
1428 INTEGRATION OF THE MIGRANTS INTO THE LABOUR MARKET AND CIVIL SOCIETY OF S.EUROPE GR 200829-200822
IT IT-S-MDL-288
PT 2001-060

dot Top


Background

 

 Involvment in previous EU programmes

  • Two and more partners involved in A&E

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
Organização Internacional para as Migrações Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Transnational partnership
A.D.E. - Associação para o Desenvolvimento e Emprego no Concelho de Vila Franca
AERLIS - Associação Empresarial da Região de Lisboa
Associação dos Africanos do Concelho de Vila Franca de Xira
Associação para o Bem Estar Infantil da Freguesia de Vialonga
Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres
Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego
Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses Monitoring, data collection
GSLI - Grupo Serviços Logísticos Integrados, Lda
Município de Vila Franca de Xira

dot Top


Agreement Summary

Text available in

The Development Partnership Agreement has the following subscribers: the International Organization for Migration - Mission in Portugal (IOM), which is the contact organisation, the Municipality of Vila Franca de Xira (CMVFX), the Commission for Equality in Labour and Employment (CITE), the Commission for Equality and Women's Rights (CIDM), the General Workers' Union (UGT), the Association of Enterprises of the Lisbon Area (AERLIS), the Association of the Africans of the Municipality of Vila Franca de Xira (AADCVFX), Integrated Logistic Services (SLI), the Association for the Welfare of Children of Vialonga (ABEIV) and the Association for Development and Employment (ADE). The partners will have specific responsibilities in what concerns the design and implementation of the positive action plans applied to enterprises; designing and producing information and training materials; following up the collective bargaining initiatives, other forms of labour negotiations and human resources' management; and development of enterprise communication strategies and ways to grant external visibility to enterprises which have implemented with success the positive action plans and pursued the principles of social accountability. The Development Partnership is based on the sharing of information, complementary efforts and contributions, optimisation of the added value of each of the partners and the possibility of integration of new partners in a consensual and participated type management as well as constant participation of the target group in decision making. The Development Partnership is open and will encourage the integration of new partners, especially those coming from the entrepreneur sectors, representatives of the workers and representatives of the target groups.

Last update: 28-10-2005 dot Top


Organização Internacional para as Migrações

(OIM)
Praça dos Restauradores, 65 3º Dto
-
P-1250-188-LISBOA Lisboa

Tel:+351213242940
Fax:213223866
Email:-

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Transnational partnership
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

A OIM sustenta o princípio de que a migração de forma ordenada e em condições humanas beneficia osmigrantes e a sociedade. Na sua qualidade de Organismo Intergovernamental, a OIM trabalha com os seus associados da comunidade internacional para: ajudar a encarar os desafios que apresenta a migração a nível operativo; fomentar as questões migratórias; fomentar o desenvolvimento social e económico através das migrações; e trabalhar no respeito efectivo da dignidade humana e do bem estar dos migrantes.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
José Pimentel José +351213242940 iomlisbon@iom.int Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


A.D.E. - Associação para o Desenvolvimento e Emprego no Concelho de Vila Franca

(ADE)
Bairro Olival de Fora, Rua Barbosa do Bocage, Torre 1 - Loja Dt.ª
-
P-2625-644-VIALONGA Vila Franca de Xira

Tel:+351219525498
Fax:
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Organisation providing support and guidance for disadvantaged groups
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

Associação sem fins lucrativos fundada em 1998 por técnicos do Projecto de reabilitação urbana Viver o Bairro promovido pela Câm.Munic. de V. F. de Xira no Bº Olival de Fora que tinha, entre outras, uma componente de Emprego e Formação Profissional A ADE: - promove 5 empresas de inserção: Vila Verde (Jardinagem), Roupa Xira (Lavandaria), Tons da Terra (Artesanato), ADEsign (Web Design) e Mousel (Restaurante), as quais prevêem 52 postos de trabalho em processo de inserção - gere o Ninho de Empresas de Vialonga - apoia a elaboração de projectos de microcrédito (Ass. Nac. de Direito ao Crédito) - está acreditada pelo INOFOR como entidade formadora e foi distinguida com o prémio s@ber+ da ANEFA (1999) - desenvolve um Plano de Formação com 6 cursos com equivalência aos 2º e 3º ciclos do Ensino Básico - gere e é promotora do Plano Integrado de Prevenção das Toxicodependências financiado pelo IPDT e Câmara Municipal - geriu um Projecto de Luta Contra a Pobreza da Câmara Municipal (1999-2001)



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Paulo Costa Santos Paulo +351962323950 a.d.e.xira@clix.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


AERLIS - Associação Empresarial da Região de Lisboa

(AERLIS)
Rua S. Salvador da Baía, Ed. Aerlis, Pq Poetas
-
P-2780-017-OEIRAS Oeiras

Tel:+351210105000
Fax:210105001
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

O movimento de descentralização iniciado em 1987 pela AIP- Associação Industrial Portuguesa, resultou na criação das Associações Empresariais Regionais (AER), das quais a AERLIS representa o distrito de Lisboa. O objectivo da AERLIS é criar as condições para um desenvolvimento sustentado do tecido económico e social, em consonância com os interesses das empresas e da região onde se insere. Para tal, a AERLIS coloca ao dispor dos seus associados uma rede de Pólos Técnicos que cobrem todo o distrito de Lisboa, através dos quais oferece um conjunto de serviços de apoio, adequados às necessidades das empresas. As áreas de intervenção da AERLIS são: - Formação profissional - Assistência técnica, estudos e intermediação - Informação - Internacionalização - Desenvolvimento Regional - Representação dos interesses dos associados



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Carlos Abrantes Pinheiro Carlos +351210020301 aerlis.oeiras@oninet.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Associação dos Africanos do Concelho de Vila Franca de Xira

(AACVFX)
Rua António José da Silva, Torre 10, Loja Esq., Bairro Olival de Fora, Vialonga
-
P-2625-642-VIALONGA Vila Franca de Xira

Tel:+351219520360
Fax:
Email:

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

É uma Associação sem fins lucrativos, apartidária, laica e dotada de personalidade jurídica, autonomia administrativa, patrimonial e financeira. Tem como áreas de intervenção: apoio ao associativismo; promover programas de formação profissional, cívica e alfabetização de adultos; sensibilização para os direitos e deveres dos cidadãos; promover actividades informativas e formativas; realização de programas humanitários de apoio às populações mais carenciadas; apoio a jovens e adultos na obtenção e/ou criação de emprego; estreitar relações com outras ONG's; organizar actividades culturais, desportivas e recreativas; denunciar eventuais violações de direitos humanos; criação de um gabinete de apoio jurídico aos cidadãos mais carenciados e menos informados; promover actividades por iniciativa dos associados.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Luís Lourenço Fernandes Luís +351219521769 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Associação para o Bem Estar Infantil da Freguesia de Vialonga

(A.B.E.I.V.)
Rua José Régio, N.º 25Bairro Olival de Fora
-
P-2625-674-VIALONGA Vila Franca de Xira

Tel:+351219521823
Fax:
Email:

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

A Associação para o Bem Estar Infantil da freguesia de Vialonga é uma instituição particular de solidariedade social, fundada em 1977 e inaugurada em 1982, com estatutos aprovados no Diário da República III, série nº 295 de 23-12-1977, pessoa colectiva de solidariedade social do tipo associativo e sem fins lucrativos. Tem como objectivo fundamental o desenvolvimento integral e harmonioso de todas as crinaças de ambos os sexos, dos 3 meses aos 12 anos de idade e idosos, independentement do extracto social, credo religioso ou opção política a que os utenyes ou familiares pertençam, apoiando-os na promoção da saúde e educação das crianças bem como na assistência a idosos. Desenvolve as actividades de creche familiar, jardim de infância, actividades de tempos livres, centro de convívio e apoio domiciliário.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Manuel Caetano Valente Manuel +351219521019 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres

(CIDM)
Avenida da República, 32 - 1º
-
P-1050-193-LISBOA Lisboa

Tel:+351217983000
Fax:217983098
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

Integrada na Presidência do Conselho de Ministros, é um dos mecanismos governamentais para a igualdade de direitos e oportunidades. A CIDM, foi criada pelo DL nº 166/91, 9 de Maio, sucede à Comissão da Condição Feminina, institucionalizada pelo DL nº 485/77, de 17 de Novembro, a qual, no entanto, já anteriormente se encontrava em actividade. São órgãos da Comissão: Presidente; Conselho de Coordenação Técnica; Conselho Consultivo (Secção Interministerial, Secção de Organizações não Governamentais). A CIDM tem uma delegação no Norte com o nível de Divisão, podendo ainda ser criadas outras delegações. No âmbito das suas competências, a CIDM tem como atribuições dinamizar e promover a investigação e as acções necessárias à prossecução dos seus objectivos; contribuir para a obtenção de dados estatísticos fundamentais para o conhecimento da situação real das mulheres; organizar acções de formação, etc.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Maria de Lurdes J.R.P. Ferreira Maria +351217983015 lurdesferreira@cidm.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

(CITE)
Avenida da República, 44 - 2º e 5º
-
P-1069-033-LISBOA Lisboa

Tel:+351217964027
Fax:217960332
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

A CITE é uma entidade pública, e tem composição tripartida. Missão: combater a discriminação e promover a Igualdade de Oportunidades (IO) e tratamento entre mulheres e homens no trabalho, no emprego e na formação profissional, no sector público e no privado. Atribuições a CITE: Edita, divulga legislação, estudos e pareceres relativos à IO; Analisa a conformidade dos anúncios de oferta de emprego com a norma que proíbe discriminação entre mulheres e homens ; Recebe queixas e emite pareceres sobre casos de discriminação; Coopera com a IGT com vista ao cumprimento das normas aplicáveis à IO l; Coordena as actividades do Observatório para detectar e prevenir discriminações directas e indirectas em função do sexo nos instrumentos de regulamentação colectiva do trabalho; Atribui o Prémio "Igualdade é Qualidade" às empresas e entidades empregadoras que pratiquem políticas exemplares no âmbito da IO; Acompanha esta matéria junto das instituições comunitárias e outras org. internacionais.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
António Lucas António +351217964027 cite@mail.iefp.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses

(CGTP-IN)
Rua Vitor Cordon, nº1
-
P-1249-102-LISBOA Lisboa

Tel:+351213236500
Fax:213236595
Email:-

 
Responsibility in the DP: Monitoring, data collection
Type of organisation:Trade Union
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:30-08-2002 /

Text available in

A CGTP-IN é a mais antiga central sindical existente e a maior organização social de massas em Portugal, associando 332 sindicatos, Uniões Sindicais Distritais e diversas Federações Sectoriais. A CGTP-IN cobre, através dos diversos Sindicatos (incluindo as respectivas delegações), Federações e Uniões sindicais, praticamente todos os sectores de actividades e regiões do território nacional. A CGTP-IN, enquanto central sindical dos trabalhadores portugueses, assume as suas responsabilidades em todos os domínios da sociedade portuguesa. Assim, é com naturalidade que intervém nos domínios da formação profissional, saúde, segurança social, economia, finanças, cultura e recreio, migrações, combate ao racismo e xenofobia, igualdade de oportunidades entre sexos no mundo do trabalho, entre outros. Finalmente, a CGTP-IN, no quadro do Diálogo Social nacional e europeu, defende a adopção de políticas não discriminatórias ao nível de todos os públicos, independentemente da raça, sexo e idade e está determinada na promoção de acções que visem a correcta integração social de todos os discriminados, nomeadamente atrvés de políticas de formação profissional ao longo da vida que possam potenciar a sua integração como cidadãos activos.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Nuno Paulo da Cruz Santos Nuno +351213236602 ibjc.sede@mail.telepac.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


GSLI - Grupo Serviços Logísticos Integrados, Lda

(GSLI)
Zona Industrial do Cabo - Castanheira do Ribatejo
-
P-2600-619-CASTANHEIRA DO RIBATEJO Vila Franca de Xira

Tel:+351263200510
Fax:263277468
Email:cidalia@sliportugal.com

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Enterprise
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

Missão-Criação de valor na prestação de serviços logísticos na cadeia de abastecimento. Área de Intervenção-na cadeia de transporte como operador logístico internacional, na área de armazenamento gerindo e controloando stocks e, na área de sistemas de informação criando soluções de total integração com os seus clientes.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
António Beirão António +351263200523 abeirao@sliportugal.com Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top


Município de Vila Franca de Xira

(C.M.V.F.X.)
Praça Afonso de Albuquerque, 2
-
P-2600-093-VILA FRANCA DE XIRA Vila Franca de Xira

Tel:+351263276031
Fax:263270787
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:02-07-2002 /

Text available in

O Município é uma pessoa colectiva territorial dotada de órgãos representativos, que visam à prossecução de interesses próprios das populações respectivas. A Câmara Municipal é o órgão executivo do Município. O Município para a prossecução dos interesses públicos dispõe de atribuição nos seguintes domínios: Equipamento Rural Urbano; Energia; Transportes e Comunicações; Educação; Património, Cultura e Ciência; Tempos Livres e Desporto; Saúde; Acção Social; Habitação; Protecção Civil, Ambiente e Saneamento Básico; Defesa do Consumidor; Promoção e Desenvolvimento; Ordenamento do Território e Urbanismo; Polícia Municipal; Cooperação Externa.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Helena Seita Gonçalves Helena +351219527806 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 28-10-2005 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

IGUALDADE - CIDADANIA

Rationale

Text available in

Embora exista uma presença expressiva das mulheres no mercado de trabalho em Portugal, quando comparada com os restantes Estados-membros da União Europeia, esse fenómeno não traduz muitas vezes uma situação tendencial de equidade. Persiste um grau muito acentuado de concentração das mulheres em torno de ramos de actividade mais tradicionais e onde predominam os indicadores de desqualificação e de precaridade. Na Região de Lisboa e Vale do Tejo (RLVT) concentra-se cerca de 1/3 da população do país, ou seja, aproximadamente 3,3 milhões de pessoas. A taxa de actividade era de 49,2% em 1998, um pouco inferior à média nacional (50%), e a taxa de actividade feminina situava-se em 43,1%. A taxa de desemprego feminina atingia nesse ano 7,5%, e, para mulheres com menos de 25 anos esse valor era de 15,8%. A estrutura do emprego feminino na RLVT é reveladora de um forte padrão de desigualdade relativamente ao emprego masculino, desigualdade mais acentuada aqui do que no conjunto do país. Quase 80% das mulheres empregadas na RLVT trabalham nos serviços (a média nacional é de 60%) e apenas 16,3% trabalham na indústria, enquanto que a mesma percentagem para os homens é de 37,4% - isto é, 2,3 vezes superior. O Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (POLVT) inserido no III Quadro Comunitário de Apoio fundamenta-se numa Estratégia de Desenvolvimento Regional em que uma das prioridades consiste no "incremento da equidade territorial e o incentivo do desenvolvimento do potencial humano e empresarial (...)", através, designadamente, do "desenvolvimento do potencial humano no particular aspecto de melhoria do quadro de vida da mulher, nomeadamente ao nível do reforço da sua participação na vida económica, através do incremento dos elementos que permitam uma melhor conciliação entre a vida familiar e a vida profissional, e da promoção do acesso da mulher ao mercado de trabalho e melhoria da sua situação profissional". Existe, portanto, uma razão de ser concreta e premente para a realização deste projecto e para a constituição desta PD. A temática escolhida tem significado especial na zona geográfica eleita como área de intervenção - o concelho de Vila Franca de Xira - quer pelas características residenciais e modos de vida da população, quer pelas características do tecido empresarial. Estas características cruzadas apontam também para as virtualidades de enquadrar uma acção sobre a eliminação da discriminação (de género) no trabalho no contexto mais vasto da responsabilidade social das organizações, sem esquecer a responsabilização dos(as) trabalhadores(as) enquanto cidadãos(ãs) dentro da empresa. Se a RLVT constitui, no seu conjunto, uma região de polarização metropolitana, é possível identificar no interior da mesma duas realidades contrastantes mas fortemente articuladas entre si: a metrópole propriamente dita, correspondendo ao espaço que habitualmente se designa por Grande Lisboa, e as áreas rurais de tipo central, cujas características se devem à sua dupla centralidade geográfica e económica. O concelho de Vila Franca de Xira é zona charneira entre a área metropolitana e uma dessas áreas rurais -o Vale do Tejo, que se prolonga para norte. Com cerca de 115.000 habitantes, o concelho de Vila Franca de Xira é também uma das zonas privilegiadas de acolhimento da imigração no quadro da Grande Lisboa. Desde logo a imigração africana, com destaque para os naturais de Cabo Verde e da Guiné Bissau, os quais representariam, em 1995, cerca de 73% da população africana imigrante nos bairros pobres do concelho. Como nos restantes concelhos da RLVT emerge aqui uma estratégia de concentração sócio-cultural, com a formação de redes comunitárias de entreajuda e de defesa identitária. Para qualquer dos grupos citados, tanto a elevada taxa de sobremasculinidade como a concentração nesta região parecem associadas a uma emigração dominada por motivações económicas. Mais recentemente, mas por idênticas motivações económicas, assistiu-se a um surto de imigração proveniente dos países do Leste europeu, a qual, conquanto apresente também uma elevada taxa de sobremasculinidade, não se estabelece no concelho (ou na região) numa estratégia de concentração sócio-cultural. No decurso da acção 1 os parceiros puderam constatar, junto das empresas e outras entidades empregadoras (públicas e privadas) uma ausência de informação e um elevado grau de desconhecimento no que concerne à dimensão da IO e da interculturalidade nas relações laborais e na formulação das políticas de recursos humanos. Nota-se igualmente uma ausência de oferta formativa que apoie as empresas e outras entidades empregadoras a integrar a IO na gestão dos recursos humanos. Por outro lado, não existem, no território em apreço, metodologias testadas na implementação de planos de acção positiva e de formação associada. Ainda no decurso da acção 1 os parceiros puderam constatar, a partir da auscultação levada a cabo em reuniões com o público alvo, um desconhecimento generalizado sobre os seus direitos em termos da legislação do trabalho e dificuldades acrescidas na conciliação da vida familiar com o trabalho. Nota-se ainda que existem carências de formação em matéria migratória dos técnicos de serviços (públicos e privados) que entram em contacto com o público alvo. A pertinência do projecto aparece assim confirmada e reforçada. Associa-se deste modo a promoção da igualdade de género às questões associadas à valorização da diversidade étnica e cultural, ao abranger as mulheres imigrantes. Estudos realizados sobre as migrações, a interculturalidade e a multiculturalidade permitem concluir que as mulheres imigrantes são sub-representadas e muitas vezes numa situação de falta de visibilidade. Acreditamos que isso não se deverá exclusivamente ao facto de a imigração ser maioritariamente masculina, mas por a imigração feminina estar em situação de maior precaridade sócio-profissional e de estar sub-avaliada nos registos oficiais.

dot Top


Objective

Text available in

- Promover políticas não discriminatórias em função do género no recrutamento, selecção, acesso à formação contínua, promoção na carreira, acesso a postos de chefia, remuneração e precariedade do vínculo contratual - na óptica não apenas da igualdade de oportunidades como também das boas práticas empresariais. - Promover a aplicabilidade das políticas e práticas não discriminatórias à situação particular das mulheres imigrantes. - Identificar e combater os fenómenos que consubstanciem uma dupla discriminação no trabalho em função da raça/sexo. - Promover, no contexto da responsabilidade social das organizações, a introdução de uma cultura de não discriminação no trabalho. - Promover a multiculturalidade e a cidadania activa. - Assegurar a constituição, no final do projecto, de um quadro de referência para as organizações participantes, assente em metodologias desenvolvidas e práticas estabelecidas, capaz de se autosustentar e de ser replicado em contextos semelhantes

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics