IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 Oficinas para a Igualdade ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : ALIENDE - Associação para o Desenvolvimento Local
Other national partners : ACADEMUS, CONSULTADORIA, FORMAÇÃO E INVESTIGAÇÃO LDA
Associação Nacional de Direito ao Crédito
Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego
Universidade de Évora
EQUAL theme :Entrepreneurship - Business creation 
Type of DP :Geographical - Rural area - ALENTEJO 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2001-064 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :10-09-2002 
Last update :05-06-2006 
Monitoring: 2002   

Rationale

Text available in

Of the experience of intervention in the territory that Aliende possess (in projects as the Agricultural Centre of Montoito, program LEADER, or the Centres of Support to the auto-job of program PIPPLEA, as well as for the execution of the program School-Workshops. - of which we point out of Regional Confectionery, Spirits Drinks and of Furniture Repair), ally to the analysis of statistical data, available bibliography and acquired information in lease through the accomplishment of interviews and of informal meetings, project was possible to deepen the orderly diagnosis of this to be able: - To detect inequalities and forms of social exclusion; - To relatively characterize the territory (councils of Redondo, Reguengos de Monsaraz and Alandroal) - To characterize the target-groups of project (unemployed, young 1st job, beneficiaries RMG); - To get contribute of a group of people, with the characteristics of the target-groups and that simultaneously they want to create its proper companies, having as purpose the elaboration of the final version of this project, evaluating its degree of knowledge of the incentives and supports to the creation of existing companies, identifying existing necessities /difficulties that constitute an obstacle to the creation of the proper company or business; - To get opinion of intelligencers. Concerning the daily pay-project, to identify critical factors to the creation of companies (micron), to identify local chances of business, to get its opinion relatively criticizes to the existing supports to the micron creation companies; - To identify the passage of a group of managers, enlightening of the form as they had exceeded obstacles and identification of the necessary supports for the creation and management of its companies; - To identify local chances of business; Being Reason of project; main inequalities; Target-groups. The necessity of creation of companies (micron or small businesses) becomes to feel as an alternative to the job for employees and as motor of the development of these localities. It is over all necessary to promote and to support the spirit of enterprise next to dismissed women, a time that the unemployment affects mainly the women and beneficiaries of the Guaranteed Minimum Income, in agricultural zones. It is in thisl zones that the access to the information is particularly difficult placing its inhabitants in inequality face to the inhabitants of zones as the headquarters of council. In those it gains weight the unemployment of young to the search of its 1st job and that they possess higher pertaining to school qualifications of the one than the average of the local population, finding particular difficulties in acceding to the market of work in virtue not to possess professional experience. The creation of companies becomes possible in the measures where along with important constaints potentialities and local chances of creation of companies and development exist, who are for exploring. Its spreading of one forms already structuralized, is one contribute for the promotion of the local development and the creation of companies. Structuring general necessities detected of project. Is necessary to involve the families of the entrepeurners, and directly support the people in process of creation of companies. We evidenced to be necessary to make to arrive at its addressees the information concerning the diverse instruments of support to the creation of existing companies as well as of the local chances of business and "decode" this information. To sensitise the communities for the Equality is another requirement for its development. The financing of the projects is equally a critical factor to the creation of companies, being to promote the resource to the micron-credit and to explore credit forms alternative, nominated through the transnational cooperation. Assuming that exists maladjustments of the some existing measures of support and incentive to the creation of companies (and scarcity of measures for the micron companies), face to the necessities of the public to who destine, also considered the necessity of considering a new product integrated of support and incentive to the micron creation companies in agricultural way and for disfavoured public. Resources, specifities, constraints and necessities - Weak offers of local job and weak enterprise capacity; - Taxes of unemployment above of the registered ones in the over all feminine region of the Alentejo. It's an unemployment over all of long duration, affect especially the age group it enters the 25-44 years of age and is characterized for the situation of search of new job and of low pertaining to school qualifications, where to possess it enters the 4 6 years of schooling, it's the situation most common; - Depopulation of the generality of the territory (exception for the council headquarters of Reguengos de Monsaraz); - Double aging of the population (that it can be faced as a chance, in the perspective of the creation of companies, since this population aging, along with other social factors, makes to appear a proper market with necessities for satisfying, particularly interesting factor for the Third Sector and the Social Market of Job); - The taxes of illiteracy in the territory are raised, happening in majority on the feminine population and reverberating in the situation of the job; - Weak pertaining to school and professional qualifications; - Prevalence of strong stereotypes of the social papers - Deficit of structures of social support (day centres, day-care centres and ATL.s); - To not hold responsible and engagement in the process local development not sending for the ability of the autarchy; - The autarchies tend for its and time and some way to substitute themselves in the most varied sectors to the private initiative; - Lack of joint of the local and regional entities in the resolution of common problems; - Presence of environment problems: absence of treatment of diverse effluent types; - Internal accessibilities: not adequacy of the service of collective transports in the territory to the necessities of the populations. Of this results the physicist-geographic isolation mainly felt for the populations of the agricultural counties; - Almost inexistent formative offers in the area of the creation of companies and spirit enterprise, being the existing one destined the public more instructed and over all existing in the capital district; - Necessity of formation in the areas of the TIC.s, legal, ambient and financial questions of the management of the company; - Necessity of support in the elaboration of project of creation of the proper company; - Necessity of financing for the creation of the proper company; - Lacks of information and of knowledge of the existing incentives and the entities and institutions that they can support the people for the creation of companies; - Lacks of confidence in itself and of it lacks of capacity of risk; - Technician support necessity, the ebb tide and the sum of the creation of the companies - Maladjustments of the existing measures of support and incentive to the creation of companies face to the agricultural reality and this type of addressees and this type of companies (micron). Strong points, potentialities and chances - The significant presence of artisan activities and traditional crafts; - Great patrimonial wealth - the three councils are rich to the level of its natural resources and its architectural, archaeological and gastronomic patrimony; - One of councils- Reguengos de Monsaraz- being more dynamic of the point of view of the creation of companies and the economic development, and meeting with great vitality and rejuvenation, it can generate positive dynamic in the others two with which establishes borders; - The presence in the territory of important companies in the area of the local production of great quality (wine, oil and sausage) products can be used to advantage for the exploration of "systems of sponsorship" of micron companies to be bred; - Is about a territory fit for important roadways (Lisbon. Madrid, Lisbon. Algarve); - To also point out the construction of the water barrage of Alqueva and the proximity to the city of Évora, considered world-wide patrimony by UNESCO; - The recent development of some forms of tourism - of habitation, cultural, in agricultural space, agro-tourism, wine tourism; Local chances of business: - Support the aged ones; - Accompaniment of children and recreative and cultural activities (Nannies, ATL, day-care centres, transport); - Catering for parties (in Reguengos de Monsaraz county); - Services of administrative formalities (from Reguengos de Monsaraz - county and rotating to the domicile in the remaining territory -to develop in partnership); - Security and maintenance of second habitations; - Gardening works; - Tele-assistance the aged ones (to be developed in partnership; It needs a reduced number of highly qualified employees and a widened number of little qualified professionals); - Small repairing; - Transports to touristy circuits; - Mixing transports of passengers and load in agricultural ways; - Small commerce; - Commerce door-the-door - Specialized commerce in traditional products; - Tourism (of habitation, agricultural, agro-tourism, of adventure, local passages, sports of nature, guides; handicraft, confectioner's and regional gastronomy commerce, touristy transports, cultural animation); - Companies of selective garbage retraction; - Commercialisation and installation of equipment for the residues selection; - Management of local irrigated lands; - Maintenance and cleanness of rivers; - Production of aromatic grass; - Production of traditional sausage and cheeses; - Ambulant barber to the domicile (agricultural counties of Alandroal council); - Touristy animation.

dot Top


Objective

Text available in

Enable the technician and the agents of the entities partners and collaborators to the intervention work direct. Promote the equality of chances: Contribute for the change of mentalities; Contribute for the combat to the info-exclusion; Identify to inequalities and difficulties in the access to the information and mechanisms of support to the creation of micron-companies. Using to advantage spaces of local entities gifts in the territory, to constitute 3 Information and Support Centres to the enterprising, where if dispose long-distance information and guardianship, access to the Internet, as well as actual support Constitute a new product of support and incentive to the creation of the self-employment and of micron companies, while integrated, territorialized and individualized tool. This product is based on a solidarity principle and intends to integrate, among others aspects, financial support, technician, presentation of chances of business in the territory, work with the promoter and its family, guardianship of established companies already, guardianship of the University. Create new companies and/or proper businesses. Next to a number limited of futures enterprisers, to try integrated and adapted forms of support ( formation, guardianship work with the enterpreuner's families, access to Internet and other information) . Sensitisation of the communities for the Equality and the creation of proper companies/businesses,from local chances harnessed for the transnational work. To explore the hypotheses of constitution of forms of "sponsorship" - to create reciprocal systems of rendering of services and support between economically steady companies and micron rising companies. From the net of partners to contribute for the work articulated between the enterprise shares, the university share, the communitarian share and the lasting governmental share, the national and transnational level.

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Guidance, counselling **
Training **
Employment aids (+ for self-employment) ***
Integrated measures (pathway to integration) **
Employment creation and support ***
Training of teachers, trainers and staff **
Improvement of employment services, Recruitment structures **
Conception for training programs, certification *
Anticipation of technical changes **
Work organisation, improvement of access to work places *
Guidance and social services **
Awareness raising, information, publicity **
Studies and analysis of discrimination features **

Type of innovation Rating
Process-oriented **
Goal-oriented ***
Context oriented **

Text available in

A formação de técnicos, e de agentes de entidades parceiras e locais que colaboram com este projecto, em áreas em que não possuiam competências. O atendimento in loco, personalizado, directo e/ou on line a partir de Centros de Informação instalados em entidades já existentes e com outra vocação (Junta de Freguesia e Misericórdia), aproveitando e valorizando os recursos locais. Acompanhamento de um grupo (experimental) de empreendedores/as: orientação para uma ideia de empresa, a partir da análise do percurso individual profissional e do balanço de competências, realizado na formação em que as temáticas da Igualdade, as TIC's e o Ambiente são inovadoras, e durante a qual se realiza o projecto de investimento individual.Disponibilização de tutoria directa e on line para o processo de criação da empresa (apoio nos níveis técnico e burocrático) e da sua gestão. Trabalho de sensibilização e orientação da família (entendida como agregado habitacional) do/a promotor/a e da comunidade em geral recorrendo a espaços públicos de convívio. O trabalho em conjunto e de forma articulada entre entidades com vocações e características diferentes, na resolução de problemas locais; rede de informação interparceiros (nacionais e transnacionais). A identificação de oportunidades locais de negócio e sua divulgação de forma já trabalhada e estruturada. A reflexão conjunta de entidades parceiras e colaboradoras do projecto bem como de individualidades que se disponibilizam voluntariamente, tendo em vista a criação de um novo produto de apoio e incentivo à criação de micro empresas. As características do produto que se pretende criar: integrado, local e adequado às necessidades específicas dos grupos-alvo do projecto, que disponibilize informação actualizada acerca da identificação local de oportunidades de negócio, formação, financiamento, informação útil de várias entidades disponibilizada num único suporte. A realização de balanços de competências no início e no final do projecto. A constituição de um Fórum de Observação. O contributo de entidades apenas como observadoras (IEFP, IAPMEI, entre outras). O recurso a um avaliador externo, contribuindo para a credibilização e qualidade da avaliação. Identificação de formas alternativas de financiamento designadamente a utilização das bolsas de formação para dar inicio a uma espécie de fundo rotativo para futura criação da empresa por um grupo de pessoas implicadas. CITE · Formação específica na área da Igualdade · Trabalho no terreno com as famílias ANDC · Divulgação do Microcrédito · Acompanhamento directo no terreno de um grupo de candidatos UE - Departamento de Gestão de Empresas · Tutoria a criadores de empresas ACADEMUS · Formação específica, gratuita, nas áreas de negócio e gestão · Possibilidade de "apadrinhamento" de micro empresas a criar

dot Top


Budget Action 2

250 000 – 500 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  17.1%  39.4% 
Employed  2.0%  4.6% 
Others (without status, social beneficiaries...)  7.4%  29.5% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  0.0%  0.0% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  26.5%  73.5% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  26.5%  73.5% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  0.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  0.0%  0.0% 
Without such specific discriminations  26.5%  73.5% 
  100.0% 
 
< 25 year  14.3%  39.7% 
25 - 50 year  11.9%  33.1% 
> 50 year  0.3%  0.7% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Gender discrimination **
Support to entrepreneurship ***
Discrimination and inequality in employment **
Other discriminations **
Low qualification **
Unemployment **

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Participation in running and evaluating activities
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português
  • English
  • français

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.2%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
574 NOTES Network of Transnational Entrepreneurship DE EA-66029
ES ES362
NL 2001/EQC/0010
UKgb 72
1442 DORA - DISPOSITIF OUVERT DE RESSOURCES ET D'ACCOMPAGNEMENT POUR LES PROJETS D'AC CZ 11
FR NAT-2001-10956
IT IT-G-CAL-013

dot Top


Background

 

 Involvment in previous EU programmes

  • One partner involved in A&E

dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
ALIENDE - Associação para o Desenvolvimento Local Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Transnational partnership
ACADEMUS, CONSULTADORIA, FORMAÇÃO E INVESTIGAÇÃO LDA Monitoring, data collection
Associação Nacional de Direito ao Crédito
Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego
Universidade de Évora

dot Top


Agreement Summary

Text available in

1. To develop in set project above referenced. 2. Assume the following responsibilities: CITE It takes its position the thematic ones of the Family, Equality and Leadership, constituent of the qualification It participates in the direct accompaniment of the families of the carriers of projects of creation of companies or economics activities. ACADEMUS It takes its position thematic of the area of constituent business and the computer science of the formation share of the carriers of projects of creation of companies or economics activities. It gives to support technician next to the carriers of projects of creation of companies or economics activities. ANDC It elaborates the candidacies to the micron-credit and follies the respective projects. It participates in the execution and accompaniment of the transnational activities whose thematic if he fits in the financing to the creation of companies and/or economics activities for disfavoured public, in the measure of its possibilities. Évora University - Management of Companies Department It gives to bracket technician next to the carriers of projects of creation of companies or economics activities. 3. That the entity interlocutor with the Cabinet of Management EQUAL is the ALIENDE 4. That the process of functioning and taking of decision of the DP is the following one: The signatory entities, constituted in DP, are solidarity responsible for the coordination, management and evaluation of project " Workshops for the Equality " the present DP admits the inclusion of other entities. A Secretary assures the works of coordination and management. This is rotating for the entities that lodge the coordination meeting, having these to elapse to the time, between all the partners. The decisions of coordination and management of project " Workshops for the Equality " are taken by unanimity. The DP wakes up that the ALIENDE is the coordinating entity of the transnational activities.

Last update: 05-06-2006 dot Top


ALIENDE - Associação para o Desenvolvimento Local

(-)
Avenida da Escola, n.º 34
-
P-7200-053-MONTOITO Redondo

Tel:+351266530101
Fax:266530103
Email:mail@aliende.pt

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Transnational partnership
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:ALENTEJO CENTRAL
Date of joining / leaving:24-08-2004 /

Text available in

A ALIENDE - Associação para o Desenvolvimento Local é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos, constituída em 1994. Inicialmente sedeada em Évora abriu escritório em Montoito em 1997. A ALIENDE assume por objecto: “a promoção do desenvolvimento sustentado e integrado, de âmbito local, visando combater a desertificação humana e a exclusão social em micro-regiões do Alentejo”. Para a consecução deste objecto, a ALIENDE propõe-se: “promover, apoiar e realizar fundamentalmente actividades orientadas para o desenvolvimento local, promover o desenvolvimento dos recursos humanos, dinamizar a actividade empresarial incluindo o turismo e o artesanato, valorizar a cultura local, o ambiente natural e o património construído, promover a animação sociocultural e apoiar os grupos sociais desfavorecidos” in estatutos. Escritório Central Instalado em Montoito na Rua Dr. António José de Almeida, n.º54, constitui-se pelos serviços centrais da associação, sedeando-se nele também alguns dos seus projectos. Técnico Coordenador: Jorge Coelho Assumindo a sua participação nas diversas plataformas em que as associações de desenvolvimento se auto-organizam para melhor perseguirem os seus objectivos, a ALIENDE é membro ao nível regional da “Ideia Alentejo – Associação para a Inovação e Desenvolvimento Integrado do Alentejo” e ao nível nacional, da “Animar – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local”. Assumindo a sua participação nas diversas plataformas em que as associações de desenvolvimento se auto-organizam para melhor perseguirem os seus objectivos, a ALIENDE é membro ao nível regional da “Ideia Alentejo – Associação para a Inovação e Desenvolvimento Integrado do Alentejo” e ao nível nacional, da “Animar – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local”. Desenvolvendo a sua actividade em coordenação com outros agentes do território a ALIENDE é membro de fóruns de debate, consensualização e concertação de intervenções, nomeadamente; Rede Regional para o Emprego da Arte e da Pedra REAPN (Rede Europeia Antipobreza) Conselho Local de Acção Social do concelho de Évora Conselho Local de Acção Social do concelho de Reguengos de Monsaraz Além destes fóruns, assumindo como princípio base nas suas intervenções a mobilização e participação das comunidades locais, a ALIENDE desenvolve protocolos de colaboração, tendo em conta a particularidade dos projectos, com entidades várias. Mencione-se assim que o trabalho desenvolvido tem contado, entre outras, com a participação de Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia, escolas e outras entidades com intervenção no ensino, entidades com intervenção no sector agrícola, entidades vocacionadas para o trabalho com deficientes e apoio social, entidades com intervenção no sector ambiental, com intervenção no área do artesanato e entidades culturais, recreativas e desportivas. Ao nível translocal desenvolveu-se já trabalho em articulação com entidades várias mencionando-se



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Jorge Gomes Coelho Jorge +351266530140 jorgecoelho@aliende.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-06-2006 dot Top


ACADEMUS, CONSULTADORIA, FORMAÇÃO E INVESTIGAÇÃO LDA

(ACADEMUS LDA)
Rua Circular Poente, nº56
-
P-7000-171-ÉVORA Évora
-

Tel:+351266742672
Fax:266769501
Email:academus@academus.pt

 
Responsibility in the DP: Monitoring, data collection
Type of organisation:Structure created to manage the DP
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:ALENTEJO CENTRAL
Date of joining / leaving:27-08-2004 /

Text available in

A Academus Lda. é uma empresa privada cuja principal actividade é a prestação de serviços nas áreas da consultoria, formação profissional e desenvolvimento de projectos de I&D. A Academus, tem como missão promover a valorização dos recursos humanos das organizações para um aproveitamento eficaz e eficiente da Tecnologia, Informação e Recursos disponíveis, tendo em vista aumentar a sua competitividade no quadro do seu nicho económico e sociasl e do crescente processo de globalização. No que se refere à actividade de investigação a Academus tem já uma vasta experiência na concepção, gestão e acompanhamento de projectos de investigação nas áreas das ciências sociais e humanos, desenvolvimento local, educação e formação profissional contínua, a nível nacional e transnacional.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Sandra do Rosário Malafaia Santos e Silva Sandra +351266742672 academus@academus.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-06-2006 dot Top


Associação Nacional de Direito ao Crédito

(-)
Rua Castilho, 61-2º Dtº
-
P-1250-068-LISBOA Lisboa

Tel:+351213861980
Fax:213865278
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:07-06-2002 /

Text available in

A ANDC «tem por objecto a promoção e desenvolvimento económico e social daqueles que se encontrem em situação de pobreza ou exclusão social, nomeadamente através de iniciativas que assegurem o acesso e a obtenção de crédito por parte dessas pessoas, permitindo-lhes o desenvolvimento de projectos de natureza económica geradores de auto-emprego ou de micro-empresas». (Est. artº 2). A ANDC procura: Estimular entidades locais para incentivarem desempregados, desocupadosn e pessoas que vivem situações precárias de emprego, a concretizarem projectos de auto-emprego Estudar os projectos, entrevistar os promotores, definir as condições de formação personalizada e acompanhamento posterior Contratar com a banca um montante anual de crédito a conceder de forma expedita e a juro preferencial às pessoas cujos projectos a Associação aceite e apoie Preparar os contratos, garantias e todo o processo para que o crédito seja concedido ao promotor Formar e apoiar os animadores locais



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Dr. Pedro Félix Dr. +351213863699 pedromfelix@clix.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-06-2006 dot Top


Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

(-)
Avenida da República, 44 - 2º e 5º
-
P-1069-033-LISBOA Lisboa

Tel:+351217964027
Fax:217960332
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:07-06-2002 /

Text available in

Combater a discriminação e promover a Igualdade de Oportunidades (IO) e de tratamento entre mulheres e homens no trabalho, no emprego e na formação profissional, tanto no sector público como no privado. Edita, divulga legislação, estudos e pareceres relativos à IO e de tratamento entre mulheres e homens no trabalho, no emprego e na formação profissional Analisa a conformidade dos anúncios de oferta de emprego com a legislação específica existente Recebe queixas e medeia conflitos trabalhador/ entidade empregadora Emite pareceres sobre casos concretos a solicitação de pessoas, de empresas, de serviços públicos e de Tribunais Coopera com a IGT com vista ao cumprimento das normas aplicáveis à IO e de tratamento entre mulheres e homens no trabalho, no emprego e na formação profissional Desenvolve projectos de formação, promove estudos, acções de informação/sensibilização Acompanha esta matéria junto das instituições comunitárias e de outras organizações internacionais.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Maria Josefina Leitão Maria +351217964027 (Unknown) Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-06-2006 dot Top


Universidade de Évora

(-)
Largo Sra da Natividade
-
P-7000-810-ÉVORA Évora

Tel:+351266760975
Fax:266760976
Email:nufor@uevora.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:University / Research organisation
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:ALENTEJO CENTRAL
Date of joining / leaving:07-06-2002 /

Text available in

A Universidade de Évora é um centro de criação, transmissão e difusão da cultura, da ciência e da tecnologia, que, através da articulação do estudo, da docência e da investigação, se integra na vida da sociedade. São fins da Universidade: a) A formação humana, cultural, científica e técnica; b) A realização de investigação fundamental e aplicada; c) A prestação de serviços à comunidade, numa perspectiva de valorização recíproca; d) O intercâmbio cultural, científico e técnico com instituições congéneres nacionais e estrangeiras; e) A contribuição, no seu âmbito de actividade, para a cooperação internacional e para a aproximação entre os povos, com especial destaque para os países de expressão oficial portuguesa e os países europeus. À Universidade compete a concessão de graus e títulos académicos e honoríficos, de outros certificados e diplomas, bem como a concessão de equivalência e o reconhecimento de graus e habilitações académicas.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
António Manuel Soares Serrano António +351266740892 (Unknown) Entity contact person responsable for this project

Last update: 05-06-2006 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

OFICINAS PARA A IGUALDADE

Rationale

Text available in

Da experiência de intervenção no território que a Aliende possui (em projectos como o Centro Rural de Montoito, o programa LEADER, ou os Centros de Apoio ao Auto-Emprego do programa PIPPLEA, bem como pela execução do programa "Escola-Oficinas" - das quais salientamos a de "Doçaria Regional e Bebidas Espirituosas" e a de "Restauro de Mobiliário"), aliado à análise de dados estatísticos, bibliografia disponível e informação adquirida in loco através da realização de entrevistas e de encontros informais, foi possível aprofundar o diagnóstico deste projecto em ordem a podermos: - detectar desigualdades e formas de exclusão social - caracterizar o território (concelhos de Redondo, Reguengos de Monsaraaz e Alandroal) - caracterizar os grupos-alvo do projecto (desempregados/as, jovens 1º emprego, beneficiários/as RMG), - obter o contributo de um grupo de pessoas, com as características dos grupos-alvo e que simultaneamente querem criar a suas próprias empresas, tendo como finalidade a elaboração da versão final deste projecto, avaliando o seu grau de conhecimento dos incentivos e apoios à criação de empresas existentes, identificando necessidades/dificuldades existentes que constituam um obstáculo à criação da própria empresa ou negócio - obter opinião de "informadores -chave" acerca do pré-projecto, identificar factores críticos à criação de empresas (micro), identificar oportunidades locais de negócio, obter a sua opinião critica relativamente aos apoios existentes à criação de micro empresas - identificar o percurso de um grupo de empresários, esclarecedor da forma como ultrapassaram obstáculos e identificação dos apoios necessários para a criação e gestão das suas empresas. - identificar oportunidades locais de negócio Razão de ser do projecto; principais desigualdades; grupos-alvo A necessidade de criação de empresas (micro ou pequenos negócios) faz-se sentir como uma alternativa ao emprego por conta de outrém e como motor do desenvolvimento destas localidades. É sobretudo necessário promover e apoiar o empreendedorismo junto de mulheres desempregadas, uma vez que o desemprego afecta maioritariamente as mulheres e beneficiárias do Rendimento Mínimo Garantido, em zonas rurais. É nestas zonas que o acesso à informação é particularmente difícil colocando os seus habitantes em desigualdade face aos habitantes das sedes de concelho. Nestas, ganha peso o desemprego de jovens à procura do 1º emprego e que possuem habilitações escolares mais elevadas do que a média da população local, encontrando particulares dificuldades em aceder ao mercado de trabalho em virtude de não possuirem experiência profissional. A criação de empresas torna-se possível na medida em que a par de importantes constrangimentos existem potencialidades e oportunidades locais de criação de empresas e de desenvolvimento, que estão por explorar. A sua divulgação de uma forma já estruturada, é um contributo para a promoção do desenvolvimento local e da criação de empresas. Necessidades gerais detectadas estruturantes do projecto É necessário envolver as famílias dos/as promotores/as dos projectos de criação de empresas, e apoiar directamente os/as empreendedores/as (desde a formação à comercialização, passando pela tutoria). Constatámos ser necessário fazer chegar aos seus destinatários a informação acerca dos diversos instrumentos de apoio à criação de empresas existentes bem como das oportunidades locais de negócio e "descodificar" essa informação. Sensibilizar as comunidades para a Igualdade é outro requisito para o seu desenvolvimento. O financiamento dos projectos é igualmente um factor crítico à criação de empresas, sendo de promover o recurso ao micro-crédito e explorar formas alternativas de crédito, nomeadamente através da cooperação transnacional. Dado existirem desajustamentos das várias medidas existentes de apoio e incentivo à criação de empresas (e escassez de medidas para as micro empresas), face às necessidades dos públicos a quem se destinam, considerámos também a necessidade de se propor um novo produto integrado de apoio e incentivo à criação de micro empresas em meio rural e por públicos desfavorecidos. Recursos, especificidades, constrangimentos e necessidades específicas · fraca oferta local de emprego e fraca capacidade empresarial · taxas de desemprego acima das registadas na região do Alentejo e sobretudo femininas. É um desemprego sobretudo de longa duração, afecta especialmente o grupo etário entre os 25-44 anos de idade e caracteriza-se pela situação de procura de novo emprego e de baixas habilitações escolares, em que possuir entre 4 a 6 anos de escolariedade, é a situação mais comum. · o número de beneficiários do Rendimento Minimo Garantido está a aumentar significativamente e afecta sobretudo as mulheres. · despovoamento da generalidade do território (excepção para a sede de concelho de Reguengos de Monsaraz) · duplo envelhecimento da população (que pode ser encarado como uma oportunidade, na perspectiva da criação de empresas, já que este envelhecimento populacional, a par de outros factores sociais, faz aparecer um mercado próprio com necessidades por satisfazer, factor particularmente interessante para o Terceiro Sector e para o Mercado Social de Emprego) · as taxas de analfabetismo no território são elevadas, incidindo em maioria sobre a população feminina e repercutindo-se na situação do emprego. · fracas qualificações escolares e profissionais · prevalência de fortes estereótipos dos papéis sociais, cabendo à mulher ocupar-se das tarefas do lar, embora nas sedes de concelho e entre os mais jovens, se assista a uma mudança de atitudes que permite à jovem mulher trabalhar fora do lar, no entanto, acumulando com as restantes tarefas de apoio à família · déficite de estruturas de apoio social (centros de dia, creches e ATL's) · desresponsabilização e não empenhamento no processo local de desenvolvimento remetendo-o para a competência da autarquia. · falta de articulação das entidades locais e regionais na resolução de problemas comuns. · presença de problemas ambientais: ausência de tratamento de diversos tipos de efluentes. · acessibilidades internas: não adequação do serviço de transportes colectivos presentes no território às necessidades das populações. Daqui resulta o isolamento físico-geográfico sentido principalmente pelas populações das freguesias rurais. · quase inexistente oferta formativa na área da criação de empresas e empreendedorismo, sendo a existente destinada a públicos mais instruídos e sobretudo existente na capital de distrito · necessidade de formação nas áreas das TIC's, questões jurídicas, ambientais e financeiras da gestão da empresa. · necessidade de apoio na elaboração do projecto de criação da própria empresa · necessidade de financiamento para a criação da própria empresa · falta de informação e de conhecimento dos incentivos existentes e das entidades e instituições que podem apoiar as pessoas para a criação de empresas · falta de confiança em si e da falta de capacidade de risco · necessidade de apoio técnico a jusante e a montante da criação da empresas · desajustamentos das medidas existentes de apoio e incentivo à criação de empresas face à realidade rural e a este tipo de destinatários e a este tipo de empresas (micro) Pontos fortes, potencialidades e oportunidades · a presença significativa de actividades artesanais e de oficios tradicionais · grande riqueza patrimonial - os três concelhos são ricos ao nível dos seus recursos naturais e do seu património arquitectónico, arqueológico e gastronómico. · um dos concelhos- Reguengos de Monsaraz- estando mais dinamizado do ponto de vista da criação de empresas e do desenvolvimento económico, e encontrando-se com grande vitalidade e rejuvenescimento, pode gerar dinâmicas positivas nos outros dois com os quais estabelece fronteiras · a presença no território de importantes empresas na área da produção de produtos locais de grande qualidade (vinho, azeite e enchidos) pode ser aproveitada para a exploração de "sistemas de apadrinhamento" de micro empresas a serem criadas. · trata-se de um território enquadrado por importantes vias rodoviárias (Lisboa - Madrid, Lisboa - Algarve). · de salientar também a construção da barragem do Alqueva e a proximidade à cidade de Évora, considerada património mundial. · o desenvolvimento recente de várias formas de turismo - cultural, em espaço rural, agroturismo, enoturismo, de habitação. Oportunidades Locais identificadas: - apoio a idosos - Acompanhamento de crianças e actividades recreativas e culturais (Amas, ATL, creches, transporte) - catering para festas (em Reguengos de Monsaraz - freguesia) - serviços de formalidades administrativas (a partir de Reguengos de Monsaraz- freguesia e rotativo ao domicílio no restante território. Desenvolver em parceria) - Segurança e manutenção de segundas habitações - trabalhos de jardinagem - tele-assistência a idosos (a ser desenvolvido em parceria. Necessita de um número reduzido de funcionários altamente qualificados e um número alargado de profissionais pouco qualificados) - pequenas reparações - transportes circuitos turisticos - trnsportes mistos de passageiros e carga em meios rurais (das freguesias rurais para as sedes de concelho principalmente Alandroal e Redondo) - pequeno comércio - comércio porta-a-porta - comércio especializado produtos tradicionais - Turismo (de habitação, rural, agroturismo, de aventura, percursos locais, desportos de natureza, guias turísticos, comércio de artesanato, doçaria e gastronomia regional, transportes turisticos, animação cultural) - empresas de recolha selectiva de lixos - comercialização e instalação de equipamentos de selecção de resíduos - gestão de regadios locais - manutenção e limpeza de rios - produção de ervas aromáticas - produção de enchidos e queijos tradicionais - barbeiro ambulante ao domicílio (freguesias rurais do concelho de Alandroal)

dot Top


Objective

Text available in

Capacitar os técnicos e os agentes das entidades parceiras e colaboradoras para o trabalho de intervenção directa Promover a igualdade de oportunidades: contribuir para a mudança de mentalidades; contribuir para o combate à info-exclusão; identificar desigualdades e dificuldades no acesso à informação e mecanismos de apoio à criação de micro-empresas. Aproveitando espaços de entidades locais presentes no território, constituir 3 Centros de Informação e Apoio ao empreendorismo, onde se disponibiliza informação e tutoria à distância, acesso à Internet, e apoio presencial. Constituir um novo produto de apoio e incentivo à criação de micro empresas, enquanto ferramenta integrada, territorializada e adequada às necessidades específicas dos grupos-alvo. Este produto baseia-se num princípio de solidariedade e pretende integrar, entre outros aspectos, apoio financeiro, técnico, apresentação de oportunidades de negócio no território (economicamente viáveis), trabalho com o promotor e a sua família, tutoria de empresas já estabelecidas, tutoria da Universidade. Criar novas empresas e/ou negócios próprios Junto de um número limitado de futuros/as empreendedores/as, experimentar formas de apoio integradas (orientação, formação, trabalho com a família e tutoria no processo de criação e gestão da empresa) e adaptadas às necessidades identificadas no diagnóstico. Sensibilização das comunidades para a Igualdade e para a criação de empresas/negócios próprios a partir de oportunidades locais. Explorar as hipóteses de constituição de formas de "apadrinhamento" - criar sistemas recíprocos de prestação de serviços e apoio entre empresas economicamente estáveis e micro empresas nascentes A partir da rede de parceiros contribuir para o trabalho articulado entre a acção empresarial, a acção universitária, a acção comunitária e a acção governamental duradoura, a nível nacional e transnacional.

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics