IMPORTANT LEGAL NOTICE
 

 Oportunidade ascii version

Portugal

 
DP Managing organisation : MUNICIPIO DA AMADORA
Other national partners : ALTO COMISSARIADO PARA A IMIGRAÇÃO E DIÁLOGO INTERCULTURAL, I.P.
Agrupamento de Escolas Miguel Torga
CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO BRÁS
Escola Intercultural das Profissões e do Desporto da Amadora E.M.
Escola de Música do Conservatório Nacional
FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN
SANTA CASA DA MISERICORDIA DA AMADORA
Unidos de Cabo Verde
EQUAL theme :Employability - (Re-)integration to the labour market 
Type of DP :Geographical - Urban area - LISBOA E VALE DO TEJO 
DP Legal status :Association without legal form 
DP identification :PT-2004-033 
Application phase :Approved for action 2 
Selection date :28-03-2005 
Last update :09-04-2008 
Monitoring: 2005  2006   

Rationale

Text available in

- 1-Integrated action on 3 leves:I-NGO,II-Complementary action Local Aothorities / Government, III- Street teams of facilitators 2- Envolving young leaders to inforce positive behaviour as leadership status 3- Teen Mother are in condition to finish school and count on family/neighbour help4-Family Contracts with all social support and families commited in achieving the same goals. 5- Transnational partnership of similar projects and different approaches to same structural problems (Amadora,Rotterdam) 6- Chain effect of some actions in 3 levels from the children: I- Replace Street activity by occupational- II- Liberates other minors from babysitting to become themselves targets of such activities. III- Allows family conciliation for other members of the family to take opportunities of training, education and employment. 7- Activityes for street children/young are less attractive then those after school that are opened to them also. 8- Youngsters are very receptive to opportunities of new viable job profiles different from their parents (construction (males) cleaning (females) 9- Elimination of health barriers towards integration 10- Use of suportative actions for youngsters in trouble with justice as preventive ways for 1st incidents 11- Local capacity for Elementary scholar skills validation 12- Entreprises with some receptivity to work with the project via City Council, - 1-Group pressure over facilitators that will be professionals and can be looked hás jumping to the other side by their original groups of youngsters in the neighbourhood. 2- Grou pressure over the yougsters-target not to join other models of behavour or become excluded among their pairs. 3- Pregnancy risk for young girls and 2nd pregnancy for tee mothers evolved in the project 4- Low levelof professional and social expectancy of the community and parentes projected over the youngsters (risk of misunderstanding and demotivation/deviation of the process) 5- Wrong and optimistic self-evaluation of the target group in what concerns to their real situation. Thus not identifying the need of change and accommodating to the current situation looking for support on the others 6- Low health profile but good level of satisfaction of the population about their health 7- Guard of children and youngsters (kindergarten and occupational activities) can motivate oposite effects to its objectives by accomodating families to the situation and there is risk of de-responsabilisation (to be monitorised and corrected on-going) 8- Risc of delay in PD to deliver their part of commitment with the families (via Family Contract) and consequent loss of negotiating power 9 - Risc of abandon of education/training/employment processes by youngsters due to random causes (this is in fact a cultural mark as the young culture is live by the day and the individual responses to social inputs are frequently spontaneous and not reflected in their medium term effects)

dot Top


Objective

Text available in

This project will be the anchor of an integrated program for this social housing area. This takes advantaged of the recent displacement of this community o the new housing facility as an opportunity window to empower this excluded community. Some key-factors are social exclusion are targeted, focusing the individual and his relation to the surrounding community: Personal deficit of skills strongly related to exclusion from Citizenship, equal opportunities in Education, Training and job access. Therefore social mobility is very difficult under these structural conditions, thus perpetuating the exclusion cycle of poverty. In migrants and their 2nd and 3rd generations are specially affected by this phenomena. The Project targets youngsters relocated in the recent social housing área do Boba (2002/03) after the demolishing of their original gettos of Fontaínhas and Bairro Azul in Amadora (lisbon). Of the resident population 63% are inmigrantes (or descendents) form Cape Vert, 72% of wich wre born in Cape Vert and 28% in Lisbon. Censed in 2001 and 2005 for this project, the neighbourhood revealed: -Unemplyment: 36,5% in 2001 and 70,5 % in 2005-School Abandon: 6% in 2001 and 2005-Families depending on social support as only source of income: 15% in 2001 and 17% in 2005 The project takes action into Target problems (barriers): - Education in elementary school levels (absents, abandon school, learning difficulties, Portuguese language, violence prevention) . The lack of elementary education does not allow the individual to access legal job contract. - Young and unqualified nemployed without family support (child care, old care, information for training and jobs is as integrated response centered on the individual / family needs, that is badly needed).- Teen mothers are in great number (action will focus on the child, the teenager and her empowerment towards her own life project, i.e. finishing education, and/or training and job integration, and the other focus will be motherhood and child - mother - father relation). - Alone it’s harder (action will be carried out by teams of facilitators mix between youngster from the neigbhourhood and social workers working together with each young individual). - To be poor is to difficultly access Justice (action will focus on lawyer’s support and social intermediation and support- To take children out of the streets and motivate them to get back to school as well as to empower youngsters and facilitate their individual progression is one of the major goals of the project and has generated almost all its actions

dot Top


Innovation


Nature of the experimental activities to be implemented Rating
Guidance, counselling **
Training **
Work placement **
Employment aids (+ for self-employment) **
Integrated measures (pathway to integration) ***
Employment creation and support *
Training of teachers, trainers and staff **
Improvement of employment services, Recruitment structures *
Work organisation, improvement of access to work places *
Guidance and social services ***
Awareness raising, information, publicity **
Studies and analysis of discrimination features **

Type of innovation Rating
Process-oriented ****
Goal-oriented ***
Context oriented ***

dot Top


Budget Action 2

500 000 – 1 000 000 €

dot Top


Beneficiaries


Assistance to persons 
Unemployed  10.0%  9.7% 
Employed  0.0%  0.0% 
Others (without status, social beneficiaries...)  41.0%  39.3% 
  100.0% 
 
Migrants, ethnic minorities, …  35.3%  33.7% 
Asylum seekers  0.0%  0.0% 
Population not migrant and not asylum seeker  15.7%  15.3% 
  100.0%
 
Physical Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Impairment  0.0%  0.0% 
Mental Illness  0.0%  0.0% 
Population not suffering from a disability  51.0%  49.0% 
  100.0% 
 
Substance abusers 0.0%  0.0% 
Homeless  0.0%  0.0% 
(Ex-)prisoners  0.0%  2.0% 
Other discriminated (religion, sexual orientation)  51.0%  47.0% 
Without such specific discriminations  0.0%  0.0% 
  100.0% 
 
< 25 year  47.7%  45.7% 
25 - 50 year  3.3%  3.3% 
> 50 year  0.0%  0.0% 
   100.0% 

Assistance to structures and systems and accompanying measures Rating
Sexual Orientation **
Gender discrimination **
Support to entrepreneurship *
Disabilities *
Age *
Low qualification ***
Racial discrimination **
Unemployment **

dot Top


Empowerment

 

 With beneficiaries

Participation
Promoting individual empowerment
Developing collective responsibility and capacity for action
Participation in the project design
Changing attitudes and behavior of key actors

 

 Between national partners

N.C.

dot Top


Transnationality

 

 Linguistic skills

  • português

 Percentage of the budget for transnational activities

  • 0.2%

 Transnational Co-operation Partnerships

Transnational Co-operation Agreement DPs involved
3625 levelling barriers IT IT-G2-LOM-023
NL 2004/EQA/0063

dot Top


Background

 

N.C.

dot Top


Networking

 Interest in networking

Text available in

1. Congresso de Zona: deve ter como utilizadores projectos territorializados com parcerias dentro e fora do bairro de realojamento e/ou de construção recente, tanto ao nível nacional, como transnacional, pois o evento tem uma grande importância para a consolidação do trabalho em parceria, promovendo o intercâmbio de conhecimentos, experiência e responsabilidades partilhadas. O evento não faz sentido sem uma rede de parcerias, pois esta prática assenta na construção de um trabalho contínuo e participado. 2. Metodologia Para a Formação de Equipas Mistas de Facilitadores(as): Os principais utilizadores desta metodologia serão em 1º lugar os técnicos das instituições que pretendam implementar a metodologia. Em 2º lugar, os profissionais de Formação que pretendam efectivar o processo formativo. Por fim, os utilizadores são os próprios técnicos que irão desenvolver trabalho no terreno. Durante a sessão de validação estiveram presentes elementos do Município de Cascais que manifestaram interesse em incorporar este produto, adaptando-o aos seus contextos, uma vez que já dispõem de gabinetes locais e uma intervenção com as populações, podendo constituir-se uma continuidade de intervenção com os jovens de actividades de verão e formação de monitores. 3. O Que Eu Vou Ser Quando Eu For Grande: Os utilizadores deste produto, são professores(as) do 1º e 2º ciclos do ensino básico, técnicos(as) de educação e as crianças da faixa etária dos 8 aos 12 anos. Já foram identificados vários utilizadores, designadamente professores(as) envolvidos no processo da sua construção. Também durante a sessão de validação, vários pares, indicaram que tinham interesse em incorporar o Produto. Os parceiros transnacionais holandeses do Projecto Maljuna Frato, manifestaram o interesse em incorporar o kit pedagógico designadamente, no seu parceiro Albeda College de Roterdão. Decorrem auscultações a nível local (distrito Lisboa) e a nível nacional (outros distritos do País) para encontrar utilizadores apropriados para a incorporação do Kit Pedagógico, nomeadamente, em escolas do 1º e 2º ciclos do ensino básico, bibliotecas e instituições de apoio lúdico-pedagógico.

 Events

Text available in

1. Congresso de Zona: deve ter como utilizadores projectos territorializados com parcerias dentro e fora do bairro de realojamento e/ou de construção recente, tanto ao nível nacional, como transnacional, pois o evento tem uma grande importância para a consolidação do trabalho em parceria, promovendo o intercâmbio de conhecimentos, experiência e responsabilidades partilhadas. O evento não faz sentido sem uma rede de parcerias, pois esta prática assenta na construção de um trabalho contínuo e participado. 2. Metodologia Para a Formação de Equipas Mistas de Facilitadores(as): Os principais utilizadores desta metodologia serão em 1º lugar os técnicos das instituições que pretendam implementar a metodologia. Em 2º lugar, os profissionais de Formação que pretendam efectivar o processo formativo. Por fim, os utilizadores são os próprios técnicos que irão desenvolver trabalho no terreno. Durante a sessão de validação estiveram presentes elementos do Município de Cascais que manifestaram interesse em incorporar este produto, adaptando-o aos seus contextos, uma vez que já dispõem de gabinetes locais e uma intervenção com as populações, podendo constituir-se uma continuidade de intervenção com os jovens de actividades de verão e formação de monitores. 3. O Que Eu Vou Ser Quando Eu For Grande: Os utilizadores deste produto, são professores(as) do 1º e 2º ciclos do ensino básico, técnicos(as) de educação e as crianças da faixa etária dos 8 aos 12 anos. Já foram identificados vários utilizadores, designadamente professores(as) envolvidos no processo da sua construção. Também durante a sessão de validação, vários pares, indicaram que tinham interesse em incorporar o Produto. Os parceiros transnacionais holandeses do Projecto Maljuna Frato, manifestaram o interesse em incorporar o kit pedagógico designadamente, no seu parceiro Albeda College de Roterdão. Decorrem auscultações a nível local (distrito Lisboa) e a nível nacional (outros distritos do País) para encontrar utilizadores apropriados para a incorporação do Kit Pedagógico, nomeadamente, em escolas do 1º e 2º ciclos do ensino básico, bibliotecas e instituições de apoio lúdico-pedagógico.

 Products

N.C.

Last update: 28-03-2005 dot Top


National Partners


Partner To be contacted for
MUNICIPIO DA AMADORA Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
ALTO COMISSARIADO PARA A IMIGRAÇÃO E DIÁLOGO INTERCULTURAL, I.P.
Agrupamento de Escolas Miguel Torga
CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO BRÁS
Escola Intercultural das Profissões e do Desporto da Amadora E.M.
Escola de Música do Conservatório Nacional
FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN
SANTA CASA DA MISERICORDIA DA AMADORA
Unidos de Cabo Verde

dot Top


Agreement Summary

Text available in

Resumo do Acordo de PD Os parceiros acordam: 1. Objectivos comuns 1.1 Desenvolver em conjunto o projecto acima referenciado, cujo diagnóstico, objectivos, actividades, resultados e processo de avaliação, e plano de financiamento se descrevem no formulário de candidatura à acção 2. 2. Estruturas e processo de funcionamento da Parceria 2.1 Criar à partida as seguintes estruturas de gestão e funcionamento: Reuniões mensais de parceria (parceiros da PD) Conselhos Semestrais de Parceiros (alargados a parceiros informais, Serviços Autárquicos (CMA / Habitação, Educação e Cultura, Acção Social), Serviços Locais da Administração Central a convidar (Emprego,Seg.Social,Educação, Saúde), Organizações a convidar em função do seu interesse na e para a PD com destaque para Empresas e empresarios, Proj. cidades Saudáveis OMS, e Conselho Local de Acção Social. Serão realizados relatórios de progressão trimestrais por cada parceiro. Nos Conselhos de Parceiros será presente o estado da execução física e financeira do projecto para validação e introdução na "Montra de Resultados" do projecto. Cada parceiro será responsávels pelos dossires contabilistico-financeiros e técnico-pedagógicos solicitados pelo Gabinete de Gestão, sem prejuízo de apoio técnico prestado pela CMA enquanto entidade interlocutora. 2.2 Implementar o seguinte processo de tomada decisão (destacar nomeadamente processos de dos parceiros, mecanismos que promovam a igualdade de género, etc.): Reuniões mensais de parceria com actas e decisões sempre que possível unânimes. Caso tal não ocorra em alguma situação excepcional, recorrer-se-à a votação e maioria simples. Todas as decisões, uma vez tomadas serão implementadas por todos os parceiros sem excepção tendo em vista garantir a boa execução do projecto e a prossecução eficaz e eficiente dos seus objectivos. 2.3 Assegurar a transparência da informação interna relativa ao projecto e à parceria, que será disponibilizada a todos os parceiros da seguinte forma ( ex. recurso às TIC...): Será criada uma base de dados local ("Montra de Resultados", assessível a todos com os compromissos de execução física e financeira, e respectivos indicadores, alimentada pelos relatórios de progressão trimestrais e actualizada semestralmente no que respeita à execução, garantindo-se a monitorização conjunta do projecto. As comunicações destinadas à PD e informações provenientes do Gabinete de Gestão serão circuladas por todos os parceiros. 2.4 Assegurar que a difusão pública dos resultados do projecto, finais ou provisórios, só será efectuada após anuência do(s) parceiro(s) envolvido(s) na sua concepção. 3. Recursos técnicos 3.1 Assegurar estabilidade nos recursos técnicos afectos ao projecto. 4. Ajustamento da parceria 4.1 Proceder ao ajustamento da parceria, à saída ou entrada de novos parceiros, ou eventual revisão deste Acordo, nomeadamente se a avaliação do projecto o indicar como necessário.

Last update: 09-04-2008 dot Top


MUNICIPIO DA AMADORA

(CMA)
Avenida Movimento das Forças Armadas
-
P-2700-000-(Desconhecida) Amadora

Tel:+351214944816
Fax:214945266
Email:formacao@cm-amadora.pt

 
Responsibility in the DP: Co-ordination of experimental activities
Design of the project
DP managing organisation
Evaluation
Monitoring, data collection
Transnational partnership
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:27-04-2004 /

Text available in

A Câmara Municipal da Amadora é uma pessoa colectiva de base territorial dotada de órgãos representativos, que visam a prossecução dos interesses próprios da população que reside no seu Município. Constituem atribuições da autarquia, designadamente: Administração de bens próprios e sob a sua jurisdição; promoção do desenvolvimento; ambiente e saneamento básico; energia; equipamento rural e urbano; transportes e comunicações; educação; património, cultura e ciência; tempos livres e desporto; saúde; habitação; habitação social; protecção civil; defesa do consumidor; ordenamento do território e urbanismo; polícia municipal e cooperação externa. Para além destas atribuições, a CMA preside: a Comissão Local de Acção Social da Rede Social, a Comissão de Protecção de Menores e o Conselho Local de Educação do Município da Amadora. A CMA implementa ainda programas tais como o URBAN II, POSI e o PROQUAL.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Jorge Augusto Rodrigues de Miranda Jorge +351214369093 tims@netcabo.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-04-2008 dot Top


ALTO COMISSARIADO PARA A IMIGRAÇÃO E DIÁLOGO INTERCULTURAL, I.P.

(ACIDI, IP)
RUA ÁLVARO COUTINHO, N.º 14
-
P-1150-025-LISBOA Lisboa
-

Tel:+351218106100
Fax:218106117
Email:acidi@acidi.gov.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Public authority (national, regional, local)
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:28-11-2007 /

Text available in

O ACIDI, I. P., tem por missão colaborar na concepção, execução e avaliação das políticas públicas, transversais e sectoriais, relevantes para a integração dos imigrantes e das minorias étnicas, bem como promover o diálogo entre as diversas culturas, etnias e religiões.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Ana Cristina Casas Ana +351218106100 cristina.casas@acidi.gov.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-04-2008 dot Top


Agrupamento de Escolas Miguel Torga

(-)
Praçeta Padre Álvaro de Proença - Casal de São Brás
-
P-2700-631-AMADORA Amadora

Tel:+351214922724
Fax:214922729
Email:c.scsbras@mail.telepac.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Education / training organisation
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:22-12-2006 /

Text available in

Três escolas EB1, Três JI, e uma escola EB 2,3



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
José Manuel Ribeiro Leal José +351214927017 ceeb23mt@mail.telepac.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-04-2008 dot Top


CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO BRÁS

(CSPSB)
RUA FRANCISCO BUGALHO, CV ESCOLA PRIMÁRIA
-
P-2700-400-AMADORA Amadora

Tel:+351214939910
Fax:214986233
Email:

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:24-03-2005 /

Text available in

Organização religiosa com a vertente de acção social para a infância, juventude e idosos para a freguesia de São Brás - Amadora. Nomeadamente através das valências de Centro de Dia, Centro de Convívio, ATL e Creche.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Ricardo Manuel Godinho Oliveira Ricardo +351 21492945 (Unknown) Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-04-2008 dot Top


Escola Intercultural das Profissões e do Desporto da Amadora E.M.

(EIPDA)
Rua Henrique Paiva Couceiro nº 10, Z. Industrial, Venda Nova
-
P-2700-453-AMADORA Amadora
-

Tel:+351214997800
Fax:214997333
Email:escola.profissoes@clix.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Private
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:09-11-2007 /

Text available in

A missão da empresa municipal Escola Inercultural das Profissões e do desporto da Amadora é estabelecer-se na Município da Amadora como entidade de referência que intervenha num conjunto de áreas distintas tais como: - o ensino e a formação profissional; - acompanhamento e apoio de indivíduo no processo de inserção na vida activa; - o apoio à crição e acompanhamento de empresas; - a edição e publicação de textos; - orgnização de certames e exposições; - todas as acções cujo desenvolvimento se mostre necessário pra atingir os objectivos anteriormente referidos.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Carla Pocinho Carla +351214997800 carla.pocinho@escoladasprofissoes.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-04-2008 dot Top


Escola de Música do Conservatório Nacional

(-)
Rua dos Caetanos 29
-
P-1249-115-LISBOA Lisboa

Tel:+351213432566
Fax:213423605
Email:direccao@em-conservatorio-nacional.rcts.pt

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Education / training organisation
Legal status:Public organisation
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:20-12-2006 /

Text available in

A escola de Música do Conservatório Nacional, fundada em 1835, é a maior escola de música do país, ministrando actualmente 27 cursos do ensino especializado da música (instrumento, canto e formação musical). Funciona nos regimes integrado, articulado e supletivo, integrando no seu corpo discente cerca de 900 alunos, entre os 6 e os 18 anos de idade (à excepção do curso de canto, cuja idade mínima de admissão são os 16 anos de idade).



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
António Wagner Diniz António +351213425922 ce@em-conservatorio-nacional.rcts.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-04-2008 dot Top


FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN

(FCG)
Av. de Berna, nº 45-A
-
P-1067-001-LISBOA Lisboa
-

Tel:+351217823000
Fax:217823021
Email:

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:15-11-2007 /

Text available in

Fundação com as seguintes quatro missões: 1 - Educação 2- Ciência 3 - Artes 4 - Saúde e Desenvolvimento Humano A Fundação desenvolve as suas actividades tendo por objectivo o apoio ao desenvolvimento das quatros àreas enunciadas.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Maria Luisa Sanches Valle Maria +351217823000 217823021 Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-04-2008 dot Top


SANTA CASA DA MISERICORDIA DA AMADORA

(SCMA)
ESTRADA DA PORTELA - QTA. DAS TORRES - BURACA
-
P-2720-461-AMADORA Amadora
-

Tel:+351214722200
Fax:214722212
Email:

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Organisation providing support and guidance for disadvantaged groups
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:19-11-2007 /

Text available in

A Santa Casa da Misericórdia da Amadora surgiu pela vontade de um grupo de cristãos conscientes dos graves problemas de ordem social que afectavam o Concelho da Amadora, e assim se constituíram em 1986, num primeiro grupo que elaborou o compromisso e que se constituiu em Comissão Instaladora. Em 5 de Fevereiro de 1987 foi homologado o seu compromisso da Irmandade e foi-lhe reconhecido o estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social de acordo com o Dec - Lei nº 119/83 e por via disso, goza do estatuto de Pessoa Colectiva de Utilidade Pública.Constituída para, sem fins lucrativos, desenvolver a acção social em todo o concelho da Amadora, a Misericórdia tem feito incidir uma particular atenção nas zonas socialmente mais carenciadas da freguesia da Buraca, não descurando a sua intervenção pontual noutras zonas do Concelho



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Pedro Manuel Coelho dos Santos Pedro +351962309866 No mail submited Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-04-2008 dot Top


Unidos de Cabo Verde

(-)
Rua das Fontaínhas, n.º 119
-
P-2700-391-AMADORA Amadora

Tel:+351214763728
Fax:214763728
Email:-

 
Responsibility in the DP:
Type of organisation:Other
Legal status:Non-profit private organisation (including NGO...)
Size:Staff < 10
NUTS code:GRANDE LISBOA
Date of joining / leaving:20-12-2006 /

Text available in

Esta Instituição tem como actividade a área sócio-educativa, desenvolve actividades de Jardim de Infância com capacidade para 75 crianças, dos 3 aos 5 anos , com o ATL e com a sala de estudo acompanhado com capacidade para 30 adolescentes. Desenvolve também actividades com os Jovens e com a população no apoio á sua inserção no novo Bairro e com todo o envolvimento e problemática que o imigrante tem (documentação, reagrupamento familiar, e reconhecimento de habilitações e equivalências. Promove actividades de cariz cultural que combatam o racismo e a xenofobia, desenvolve actividades lúdicas, de intercâmbio e de desporto valorizando as actividades diversificadas e contribuindo para a inserção na sociedade envolvente.



Contact person(s)

Name First name Phone E-mail Responsibility
Maria João Santos Carvalho Marques Maria +351214927071 jonymarques@netcabo.pt Entity contact person responsable for this project

Last update: 09-04-2008 dot Top



 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Warning! This section is not meant to be read directly, but rather be navigated through from the main page above.
 
 
 
 

OPORTUNIDADE

Rationale

Text available in

- 1-Acção integrada a três níveis:I-ONG/Ass.comunitárias, II- Complementaridade Aqutarquias. e Adm. Central, III- Ac. directa na rua e junto das famílias: facilitadores 2-Envolvimento de jovens do bairro com capacidade de líderança como facilitadores aumenta possibilidade de veicular modelos de afirmação positiva nos processos comportamentais das lideranças juvenis.3-Mães adolescentes têm possib. de concluir o 9º ano até final do projecto, vontade de mudança e entreajuda familiar/ vicinal. 4- Contratos Familiares vinculativos, com incentivos e contrapartidas de parte a partee compromisso dos parceiros (CMA( Habit. Acc. Social, Educ,), (CRSS, Saúde) artic. Centro Emprego.5 Parceiros n/locais fortes FCGulbenkian, ACIME. 6-Parceria transn. de interacção efectiva (Roterdão).7- Efeito estruturante, catalizador do processo de Empowerment., propagando-se selectivamente a 3 níveis a partir das crianças: I- Substitui actividade de rua das crianças por O.T.L.II- liberta menores que tomam conta delas para intervenção similar e/ou perc. de Educ./Form./Empr. III- permite conciliação profiss./escolar/domést e liberta-os para oportunid. de formaç/emprego. 8- Actividades com jovens em aband. escolar desencotradas e menos atractivas que as dos jovens que frequentam a escola + activ. conjuntas para reaproximar da Escola. 9- Os jovens estão receptivos a saídas formação/emprego viáveis e diferentes dos perfis profissionais M/F da 1ª geração para perfis de competências procurados pelos empregadores. 10-Eliminação de barreiras de saúde, colmata falhas de resposta de saúde em tempo real a problemas detectados pelo Médico de Família que influem negativamente no percurso escolar/profissional.11- Acompanh. PsicoSocial, informação s/ consequências/agravamentos sucessivos e aconselhamento jurídico a jovens c/ problemas com justiça possibilita prevenção de reincidências evitando ingresso definitivo em carreiras marginais, e actua preventivamente à primeiras ocorrências junto dos outros jovens.12- Existe capacidae local para RVCC, aumentando a poss. de sucesso e percursos viáveis de form/emprego.13- Tecido empresarialforte com empregabilidade para o publico-alvo, Ditribuição, Gr. Sup, havendo receptividade das empresas para se envolverem no projecto, - 1-Pressão do grupo sobre facilitadores, que sendo do bairro, trabalham com técnicos de instituições e ganham dinheiro com isso, assumindo novo papel social alheio à realidade prévia do bairro, com comportamentos desviantes face ás subculturas grupais. No início, momento crítico, o seu reconhecimento social debater-se-á com a ideia-ameaça latente de serem rotulados como “tendo passado para o outro lado” = perigo de desistência 2- Pressão do grupo: sobre os jovens-alvo, que tendem a anular motivações e comportamentos não sancionados pelo grupo, sob pena de exclusão do mesmo.3- Risco de gravidez durante o projecto para as jovens-alvo das várias actividades, nomeadamente de 2ª gravidez para as mães adolescentes;4- Baixo nível de expectativa do grupo familiar e da comunidade face ao espectro/patamar de educação/ formação acessivel às jovens, forçando a reprodução dos padrões sócio-profissionais da 1ª geração, nomeadamente as profissões pouco qualificadas e a forte divisão sexual do trabalho verificada.5- Falta de informação e por isso de motivação dos indivíduos e das famílias na participação activa e no seu envolvimento em projectos de mudança até por avaliação irrealista (optimista) da sua real condição. 6- Perfil de saúde denotando más condições mas autoavaliação positiva do estado de saúde, perpetuando comportamentos de risco e situações crónicas com consequências em elevado índice de dependência dos jovens e diminuição da competitividade individual no mercado de emprego. 7-Guarda de crianças e prolongamentos JI1CEB, poderão gerar efeitos contrários aos objectivos tendendo as famílias a desresponsabilizar-se e deslocando a sede de resolução de problemas da família para a instituição. 8- Risco de atraso no cumprimento pelas instituições das obrigações assumidas nos contratos familiares, diminuindo capacidade negocial e o carácter vinculativo face a indíviduos e famílias. 9- Risco de abandono de percursos individuais de educação/formação/emprego em função de factores imprevisíveis e casuísticos que modelam, ainda fortemente, os processos de decisão individual dos jovens desta comunidade.

dot Top


Objective

Text available in

O Projecto Oportunidade será o arranque de um programa mais vasto de desenvolvimento social e humano centrado nas 2ª e 3ª gerações de imigrantes, designado GERAÇÃO, que a Fundação Calouste Gulbenkian e a Câmara Municipal da Amadora estão a desenvolver nesta área aproveitando o realojamento recente no Bairro da Boba como uma janela de Oportunidade para a mudança e Capacitação “Empowerment” de uma comunidade em situação de exclusão. Elegem-se um conjunto de factores de exclusão, centrados no indivíduo, nos défices de competências e oportunidades que os mesmos geram e perpetuam, de forma cíclica e de geração em geração. Esta condição, fortemente redutora da Cidadania, da opção e autodeterminaçao individual, do acesso em igualdade de oportunidades à educação, formação, emprego e limitativa da mobilidade social. O projecto assenta numa rede parceiros c/ capacidade operacional instalados no Bairro com boa inserção comunitária e conta com 1 rede densa de equipamentos sócio-culturais e escolares de qualidade, recentes e dimensionados para acolher utentes da comunidade envolvente ao bairro. O projecto Oportunidade tem como alvos as crianças e jovens da 2ª e 3ª geração de emigrantes realojados no Bairro da Boba em 2002/03 provenientes na sua maioria dos bairros degradados das Fontaínhas e Bairro Azul.Do total da população realojada, 63% são de origem caboverdeana sendo que, destes, 72% são naturais de Cabo Verde e 28% são naturais de Lisboa. No bairro alguns indicadores diagnosticados em 2001 e 2005, indicam as principais necessidades de intervenção e reforçam a sua urgência:-Desemprego: 36,5% em 2001, 70,5 % em 2005-Abandono Escolar: 6% em 2001, 6% em 2005-Famílias com rendimentos exclusivamente provenientes de apoios sociais: 15% em 2001 e 17% em 2005.Dimensões de intervenção do projecto:- Combater precocemente factores de exclusão com repercursões na empregabilidade futura de Jovens e Crianças.- Educação, regresso à escola, conclusão da Escolaridade Obrigatória.- Empregabilidade, Desenvolvimento de competências vocacionais para a formação e emprego futuro.- Empowerment e desenvolvimento de competências pessoais habilitantes à escolha e prosseguimento de percursos de Educação/Formação/emprego.- Intermediação junto do meio empresarial potencialmente empregador no sentido da criação de oportunidades. - Necessidade de as organizações de base Local, a Administração Local, os serviços locais da Administração Central (Seg. Social, Emprego, Educação) e o Sector Privado, actuarem articuladamente em parceria com dimensões estratégicas e de planeamento mas também operacionais na gestão do caso junto da família. Para isso ensaia-se a celebração de contratos familiares, com direitos e contrapartidas, que regulem vinculativamente os diferentes apoios garantindo que os mesmos constituem um investimento no desenvolvimento dos membros da família e desta no seu todo, em igualdade de oportunidades, e não uma forma de manter e perpetuar dependências face ao exterior.

dot Top



Logo EQUAL

Home page
DP Search
TCA Search
Help
Set Language Order
Statistics