Percurso de navegação

abandono escolar

O que está em causa?

O abandono escolar está associado ao desemprego, à exclusão social e à pobreza. As razões que levam alguns jovens a abandonar prematuramente o ensino ou a formação profissional são variadas: problemas pessoais ou familiares, dificuldades de aprendizagem ou situação socioeconómica precária. A forma como o sistema de ensino está organizado e o ambiente de cada estabelecimento de ensino constituem igualmente fatores importantes.

Uma vez que não existe um motivo único para o abandono escolar, não há respostas fáceis. Para reduzir o abandono escolar é necessário abordar um conjunto de fatores na sua origem e combinar políticas educativas e sociais, trabalho com jovens e elementos relacionados com a saúde, como o consumo de drogas ou os problemas mentais e emocionais.

O que foi feito até agora?
  • Os países da UE comprometeram-se a reduzir a taxa média de abandono escolar para menos de 10% até 2020.
  • Em junho de 2010, os ministros da educação chegaram a acordo sobre um quadro de políticas coerentes, abrangentes e baseadas em dados concretos destinadas a combater o abandono escolar. Os ministros decidiram trabalhar em conjunto e proceder ao intercâmbio de boas práticas e de conhecimentos sobre as formas mais eficazes de abordar este problema.
  • Entre 2011 e 2013 um grupo de trabalho dedicado à luta contra o abandono escolar, que reúne decisores políticos e profissionais de quase todos os países da UE e da Noruega, Islândia e Turquia, analisou vários exemplos de boas práticas em vigor na Europa e partilhou experiências sobre a diminuição do abandono escolar. O grupo de trabalho elaborou um relatório finalpdf(800 kB) Traduções da ligação anterior  que apresenta 12 mensagens principais à intenção dos decisores políticos e traduziu essas medidas em instrumentos concretos mediante uma lista de controlo sobre políticas abrangentes com exemplos práticos de diversos países da UE ilustrando as mensagens principais.
  • Em março de 2012 a Comissão organizou uma conferência sobre as políticas destinadas a reduzir o abandono escolar. Um ano mais tarde, procedeu-se a uma análise da evolução das políticas neste domínio desenvolvidas em oito países da UE.
  • O grupo de trabalho sobre política escolar (2014-2015) elaborou mensagens políticaspdf(574 kB) Traduções da ligação anterior  para uma estratégia de combate ao abandono escolar, bem como um conjunto de ferramentas à escala europeia, destinado às escolas, que coloca à disposição dos decisores políticos e dos profissionais uma vasta gama de recursos e exemplos concretos de práticas eficazes para promover o sucesso escolar e prevenir o abandono escolar.
  • Em 2015, o Conselho adotou conclusões sobre a redução do abandono escolar precoce e a promoção do sucesso escolar.
Próximas etapas

A cooperação entre os países da UE será prosseguida no âmbito de um grupo de trabalho sobre a política escolar.

 

How can we help?