De que se trata?

A educação dos adultos é uma componente fundamental da política da Comissão Europeia no domínio da aprendizagem ao longo da vida.

É um fator essencial para a empregabilidade e a competitividade, a inclusão social, a cidadania ativa e o desenvolvimento pessoal. O desafio neste domínio reside em oferecer oportunidades de aprendizagem a todos os adultos, ao longo de toda a sua vida, em especial aos grupos mais desfavorecidos que dela mais necessitam.

A educação dos adultos abrange a aprendizagem formal, não formal e informal, tendo em vista a melhoria das competências de base, a obtenção de novas qualificações, a atualização das competências ou a requalificação das competências para obtenção de emprego, o crescimento pessoal ou apenas por interesse pessoal.

Assiste-se atualmente a um aumento da procura de formação para adultos e a Comissão está empenhada em ajudar todos os países da UE a criar sistemas de educação de adultos flexíveis, de elevada qualidade, com ensino de excelência e com a plena participação das autoridades locais, dos empregadores, dos parceiros sociais, da sociedade civil e das organizações culturais.

Domínios prioritários

A Agenda Renovada no domínio da Educação de Adultos (2011) apresenta uma visão sobre o desenvolvimento da educação de adultos na Europa até 2020. As prioridades específicas para o período de 2015 - 2020 são:

  • Governação: assegurar a coerência da educação de adultos com outros domínios de intervenção, melhorando a coordenação, a eficácia e a relevância face às necessidades da sociedade, da economia e do ambiente e aumentar, se tal for o caso, o investimento público e privado.
  • Oferta e participação: aumentar significativamente a oferta de serviços de educação de adultos de elevada qualidade, em especial na área da literacia, da numeracia e das aptidões digitais, e aumentar a participação através de estratégias de sensibilização, orientação e motivação eficazes dirigidas aos grupos mais necessitados.
  • Flexibilidade e acesso: alargar o acesso à educação de adultos, criando mais oportunidades de aprendizagem no local de trabalho e utilizando eficazmente as TIC, adotar procedimentos destinados a identificar e avaliar as aptidões de adultos pouco qualificados e proporcionar uma oferta suficiente de segundas oportunidades que permita atribuir uma qualificação reconhecida pelo QEQ a pessoas que não tenham qualificações QEQ de nível 4.
  • Qualidade: melhorar a garantia da qualidade, incluindo o acompanhamento e as avaliações de impacto, melhorar a formação inicial e contínua dos educadores de adultos e recolher os dados necessários sobre as necessidades existentes, a fim de conceber e disponibilizar uma formação eficazmente orientada.

Entre 2014 e 2015, esteve em atividade um grupo de trabalho para a educação de adultos no âmbito da estratégia Educação e Formação 2020, que elaborou orientações, com base nas melhores práticas aplicadas na Europa, sobre os seguintes temas:

A Plataforma eletrónica para a educação de adultos na Europa (EPALE) é um espaço em linha multilingue para o intercâmbio, a apresentação e a promoção de métodos e boas práticas em matéria de educação de adultos. As pessoas envolvidas na organização de ações de educação de adultos podem aceder a uma plataforma em linha para partilhar os últimos desenvolvimentos na matéria e trocar experiências.

A EPALE inclui uma biblioteca de recursos e um calendário de cursos e outros eventos de interesse para os profissionais do setor, bem como uma ferramenta de pesquisa de parceiros que em breve será completada por grupos colaborativos.

Próximas etapas

Um grupo de trabalho para a educação de adultos no âmbito da estratégia Educação e Formação 2020 irá elaborar orientações sobre a educação de adultos no local de trabalho para o período de 2016-2018.