Percurso de navegação

Cooperação no exterior da UE

De que se trata?

O estabelecimentos de ensino superior e os cidadãos interessados podem cooperar com instituições parceiras não europeias, através de iniciativas de mobilidade internacional, de diplomas conjuntos e de parcerias de cooperação internacional, nomeadamente em matéria de reforço de capacidades e de formação de pessoal nos países emergentes e em desenvolvimento.

De que se trata?

Os projetos de mobilidade e de reforço de capacidades contribuem para melhorar as competências, modernizar os sistemas e as instituições de ensino superior e criar parcerias entre os sistemas de ensino da UE e os do resto do mundo. As oportunidades proporcionadas pelo Erasmus+, como as bolsas de estudo de alto nível Erasmus Mundus, contribuem para tornar a Europa um destino de estudo mais aliciante.

Quais as possibilidades de cooperação com parceiros no exterior da UE?

Os países parceiros que não pertencem à UE também podem participar nas seguintes ações direcionadas sobretudo para instituições de países que participam no programa, na condição de representarem um valor acrescentado específico para o projeto:

Quem pode participar?

As candidaturas estão abertas para as instituições de ensino superior dos países que participam no programa. Os mestrandos e doutorandos podem candidatar-se individualmente aos programas conjuntos de mestrado ou de doutoramento. Os estudantes e membros do pessoal das instituições que tenham um acordo interinstitucional de mobilidade com instituições parceiras podem candidatar-se junto do seu próprio gabinete internacional.

Informações e contacto

As instituições dos países que participam no programa podem contactar a respetiva agência nacional, para mais informações sobre mobilidade de estudantes e do pessoal e parcerias estratégicas, ou a Agência de Execução relativa à Educação , ao Audiovisual e à Cultura (EACEA), para informações sobre diplomas conjuntos de mestrado, reforço de capacidades e alianças do conhecimento.

As instituições dos países parceiros podem contactar as instituições europeias parceiras para mais informações sobre a mobilidade dos estudantes e do pessoal, parcerias estratégicas e alianças de conhecimento, e a EACEA, para os projetos de reforço das capacidades e de diplomas conjuntos de mestrado.

Os estudantes podem candidatar-se a uma bolsa para um programa conjunto de mestrado ou de doutoramento de alto nível. Para tal, devem selecionar um curso no sítio da EACEA e candidatar-se diretamente junto do consórcio.

Os estudantes e membros do pessoal podem beneficiar de uma subvenção para mobilidade internacional se a respetiva instituição tiver um acordo interinstitucional de mobilidade internacional com uma instituição parceira. Para mais informações sobre as prioridades orçamentais da UE neste domínio, consultar a nota sobre mobilidade internacional de créditospdf(177 kB).

 

How can we help?