Na qualidade de maior fonte de dinheiro na área do euro, o BCE define as taxas de juro sobre os seus empréstimos de modo a influenciar a massa monetária e, assim, a taxa de inflação. Como demonstra o gráfico, as taxas de juro definidas pelo BCE e a taxa de inflação do HICP movimentam-se em conjunto ao longo do tempo, demonstrando a importância das decisões que o BCE toma para garantir uma inflação dos preços no consumidor baixa e estável.
Fonte: Banco Central Europeu, Eurostat