Percurso de navegação

Explicar o euro

A passagem para uma nova moeda afeta muitos aspetos da nossa vida quotidiana. É essencial que qualquer país que pretenda adotar o euro garanta uma comunicação atempada e eficaz, pois a experiência mostra que estes aspetos são decisivos para uma transição bem sucedida.

Mas a comunicação não cessa com a chegada das moedas e das notas em euros aos porta-moedas dos cidadãos, já que, para que a moeda única tenha êxito, é necessário explicar claramente ao público as suas vantagens e funcionamento.

Encontre um orador para o seu evento sobre o euro

Se pretende organizar um evento numa empresa, escola ou outra instituição sobre o tema da UEM e/ou do euro e quer transmitir à sua audiência informações concretas e atualizadas, dirija-se à representação da Comissão Europeia no seu país, que lhe dará o apoio necessário para encontrar o orador mais adequado.

Clique no mapa para aceder à representação da Comissão Europeia no seu país

Trabalhar em parceria

As campanhas de informação sobre a introdução do euro têm por objetivo garantir que o público reconhece e utiliza a nova moeda com total confiança. Para tal, é necessário adaptar as mensagens e as ferramentas para chegar a cada cidadão, nomeadamente aos mais vulneráveis, como os idosos, as pessoas com deficiência e as minorias linguísticas. Assim como acontece quando se aprende uma nova língua, as pessoas devem ser capazes de «pensar» em euros sem ter de fazer conversões de e para a antiga moeda nacional. A comunicação ajuda os cidadãos a assimilar esta nova «língua» e a identificar-se com a nova moeda.

Cabe aos Estados-Membros liderar a conceção e a realização das campanhas nacionais de informação sobre o euro, mas podem contar com o apoio técnico e financeiro da Comissão através de acordos de parceria e programas de geminação.

Os acordos de parceria, que são facultativos, são celebrados entre a Comissão e os países da UE que estão prestes a passar para o euro e que definiram uma estratégia de comunicação sobre a nova moeda. No âmbito destas parcerias, a Comissão cofinancia certas atividades enquadradas na estratégia de comunicação, por exemplo, inquéritos, envio direto de material, campanhas de publicidade, publicações, sítios Web, conferências ou linhas diretas, prestando apoio técnico e orientação.

Está atualmente em vigor um acordo de parceira entre a Comissão e a Lituânia.

Os programas de geminação fomentam a transferência de conhecimentos sobre os preparativos para a passagem ao euro entre países da zona euro e países que não fazem parte da mesma. Participam nestes programas funcionários e técnicos dos ministérios da economia e finanças, bancos centrais nacionais, associações de consumidores, câmaras de comércio e organismos encarregados de gerir a transição para a nova moeda. A Comissão contribui com apoio na identificação de potenciais parceiros, apoio técnico, cofinanciamento do destacamentos de peritos, organização de reuniões, seminários e sessões de formação.

Exposição itinerante da Comissão Europeia

A exposição itinerante é exibida nos países que ainda não adotaram o euro. Trata-se de uma ferramenta da comunicação utilizada pela Comissão para apoiar e complementar as campanhas nacionais de informação sobre a moeda única.

Publicações

A DG ECFIN considera essencial garantir que cada cidadão compreende o funcionamento da União Económica e Monetária e do euro. Decidiu, por isso, produzir publicações visualmente atrativas e de fácil leitura que podem agora ser descarregadas no seu sítio Web.

A publicação a seguir apresentada informa-o sobre tudo aquilo que sempre quis saber sobre o euro.

Leia-a em linha e/ou descarregue-a.