Percurso de navegação

Print versionDecrease textIncrease textSubscribe to our RSS Feed
DG Interpretation Conference Video Portal
DG Interpretation Conference Streaming Portal
EU careersTREATY of Lisboneurope directItalian Presidency 2014
DG Interpretation

A combinação linguística do intérprete de conferência

Os intérpretes de conferência interpretam geralmente das suas línguas passivas para a língua materna. A língua materna é a língua activa também chamada, por vezes, língua A.

Alguns intérpretes têm um excelente conhecimento de outra língua, além da língua materna, e podem interpretar para essa língua a partir de uma ou mais das suas outras línguas. Têm o que se chama uma segunda língua activa. De um intérprete que pode interpretar da sua língua materna para uma segunda língua activa, diz-se que tem um retour. Alguns intérpretes com um retour para determinada língua só interpretam para essa língua em modo consecutivo, e não em simultâneo.

Um pequeno número de intérpretes podem interpretar de todas as suas línguas para uma segunda língua activa. Diz-se então que fazem uma segunda cabina completa. Um número ainda menor de intérpretes têm mais de duas línguas activas.

Línguas passivas são aquelas de que o intérprete tem uma compreensão perfeita e que na maioria dos casos fala, em certa medida, embora não o suficiente para poder interpretar para essas línguas.

A AIIC, Associação Internacional de Intérpretes de Conferência, utiliza as seguintes definiçõesexternal link:

Línguas activas:

A : A língua materna do intérprete (ou outra língua rigorosamente equivalente à língua materna), para a qual o intérprete pode interpretar a partir de todas as suas outras línguas em ambos os modos de interpretação, simultâneo e consecutivo. Todos os membros têm pelo menos uma língua "A", mas podem ter mais do que uma.

B : Uma língua, além da língua materna, que o intérprete domina perfeitamente e para a qual interpreta a partir de uma ou mais das suas outras línguas. Alguns intérpretes só interpretam para uma língua "B" num dos dois modos de interpretação.

Línguas passivas:

C : Línguas de que o intérprete tem uma compreensão perfeita e a partir das quais interpreta.