Percurso de navegação

 

Governação dos recursos informáticos

 

A governação dos recursos informáticos fornece o quadro e os procedimentos de elaboração e aplicação das decisões necessárias à gestão, ao controlo e ao acompanhamento das tecnologias da informação. A Comissão criou um sistema de governação dos recursos informáticos baseado nas normas internacionais. O referido sistema consiste em estruturas e processos de direcção e de organização que asseguram que as capacidades informáticas da Comissão são perfeitamente adequadas aos objectivos pretendidos e contribuem para a sua realização.

A informática na Comissão está organizada segundo um modelo federal, fiel ao carácter descentralizado da organização interna da instituição. Cada direcção-geral possui um serviço informático (IRM- gestor dos recursos informáticos), responsável pelas necessidades específicas dessa direcção-geral, e existe também um serviço informático central (Direcção Geral da Informática) que presta os seus serviços e ajuda a toda a instituição.

Foram criados mecanismos de coordenação sofisticados e eficazes (nomeadamente, comités que elaboram conjuntamente as decisões relativas às questões informáticas), para assegurar a coerência e a comunicação necessárias entre os serviços informáticos locais e central.

O circuito de informação e autorização garante que a estratégia informática seja determinada pelas instâncias superiores da Comissão. Os procedimentos de planificação e de investimento informáticos estão integrados nos ciclos de planificação global das actividades e dos recursos da Comissão, o que garante a adequação dos recursos informáticos aos objectivos.