Percurso de navegação

Declaração conjunta do Presidente Durão Barroso e do primeiro-ministro italiano Mario Monti

President Barroso © EU

Depois de um pequeno-almoço de trabalho, o Presidente Durão Barroso e o primeiro-ministro italiano Mario Monti afirmaram numa declaração conjunta que a consolidação fiscal na Europa deve proceder lado a lado com investimentos específicos, para melhorar a competitividade ao mesmo tempo que contribui para aumentar a procura a curto prazo.

Ambos concordaram que o mercado único era o ativo mais forte para a promoção do crescimento e do emprego a nível europeu. Tem de ser mais desenvolvido e a aplicação das suas regras tem de ser fortalecida. Em particular, o progresso deve ser mais rápido e mais eficaz nos setores digital, da energia e dos serviços.

O Presidente Durão Barroso e o primeiro-ministro Monti concordaram em reunir-se novamente a 15 de maio.

Ler aqui a declaração completa