Percurso de navegação

O dinheiro do Nobel da Paz paga educação a crianças de Colômbia e Equador

© EU

A UE dedicou a verba do Nobel da Paz de 2012 a projetos humanitários de apoio à educação de crianças vítimas de conflito. Na Colômbia, Barroso entregou 500 mil euros, pela iniciativa Crianças de Paz.

A UE criou a Crianças de Paz em 2012 e investiu, através desta iniciativa, o prémio monetário do Nobel da Paz em projetos que propiciaram educação a 28 mil crianças vítimas de conflito em África, na América Latina e na Ásia, promovendo a educação e dando oportunidade da paz tornar-se duradoura, além de fazer de “crianças de conflito” “crianças de paz”.

Um dos projetos selecionados para financiamento aborda a educação em situação de emergência para crianças do Equador e da Colômbia, afetadas por conflitos internos neste país, onde os civis continuam a ser afetados pelas consequências humanitárias do conflito armado que dura há décadas.

A violência forçou os civis a fugirem para países vizinhos, essencialmente para o Equador e para a Venezuela. As crianças e adolescentes correm o risco de serem recrutadas por grupos armados e de ficarem feridas pelas minas terrestres, ameaças que, tal como a deslocação, podem perturbar a sua educação.

Na tarde de quinta-feira, hora local, o Presidente Barroso visitou a sede da Benposta – Nación de Muchachos, onde entregou 500 mil euros do prémio monetário.

Juntamente com a ACNUR, a Crianças da Paz da UE fornece, na Colômbia e no Equador, acesso a educação e bolsas de estudo, mas também formação em direitos humanos e apoio psicológico.

A iniciativa europeia Crianças de Paz irá além deste primeiro ano e tornar-se-á um símbolo do compromisso da UE para os necessitados em todo o mundo.

More on EU Children of Peace

More on EU Children of Peace in Colombia and Ecuador

Factsheet EU Children of Peace

Factsheet New Projects

Factsheet Colombia and Ecuador