Percurso de navegação

Barroso reúne com o Rei Abdullah II da Jordânia

President Barroso meets King Abdullah II of Jordan © EU

Barroso reuniu 4ªa feira com o Rei Abdullah II da Jordânia, país com o qual a UE desenvolve uma parceria estreita, assente num Acordo de Associação em vigor desde 2002.

Na reunião, o Presidente Barroso apoiou  um aproximar ainda maior das relações entre UE e Jordânia na área do comércio e do investimento, oferecendo a possibilidade de negociar uma Zona de Comércio Livre Abrangente e Aprofundado (ZCLAA), que teria um impacto tangível na economia jordana, em termos de estímulo ao investimento e apoio ao processo de reforma da economia doméstica em curso.

Os dois líderes debateram também questões de mobilidade, em particular o lançar de negociações para uma Parceria para a Mobilidade em Janeiro de 2014.

O Presidente Barroso e o Rei Abdullah II abordaram também a operação de Assistência Macrofinanceira de até 180 milhões de euros, que a UE prepara, em resposta ao pedido da Jordânia. A assistência assumiria a forma de empréstimo a médio prazo e a Jordânia seria o primeiro parceiro entre a vizinhança a Sul a beneficiar deste instrumento financeiro excecional. Além disso, a UE aumentou significativamente o apoio ao desenvolvimento da Jordânia (101 milhões de euros adicionais em fundos do programa SPRING desde 2011), que faz a cooperação bilateral da UE com a Jordânia ascender aos 324 milhões de euros no período entre 2011 e 2013.

Sendo a Jordânia um agente importante no Médio-Oriente, o Presidente Barroso e o Rei Abdullah II abordaram a promoção da paz, da estabilidade e da prosperidade na região. Sobre a Síria, Barroso deu a sua visão sobre apoio humanitário e ao desenvolvimento em resposta à crise síria, próxima já dos dois mil milhões de euros. Além disso, o auxílio da UE a refugiados e comunidades de acolhimento na Jordânia atinge os 224 milhões de euros. Os líderes trocaram também opiniões sobre a Conferência Genebra II, a realizar-se em Janeiro de 2014.

Mais sobre as relações entre UE e a Jordânia

Mais sobre as relações políticas

Ver o vídeo