Percurso de navegação

Barroso honra vítimas e é solidário com medidas e fundos em Lampedusa

EC

O Presidente Barroso visitou hoje Lampedusa por homenagem às vítimas e solidariedade, com medidas, e anunciou que a CE mobilizará até 30 milhões de euros em 2013 para refugiados em Itália.

"A Comissão Europeia acredita que a UE não pode aceitar a morte de milhares de pessoas nas nossas fronteiras. Os desafios de Itália e de Lampedusa são europeus,” disse o Presidente Barroso numa conferência de imprensa conjunta com Letta, PM italiano, o ministro Alfano e a Comissária Malmström.

Barroso prometeu que a CE fará o possível, com os meios ao dispor, para ajudar a alterar a situação. Sublinhou também que a CE está pronta a mobilizar fundos adicionais, até 30 milhões de euros, ainda em 2013, para ajudar os refugiados em Itália.

O Presidente Barroso destacou que o trabalho para uma política europeia realmente comum de asilo e migração continuará.

Disse Barroso: "Temos de trabalhar em conjunto para encontrar respostas para estes desafios comuns, num espírito de solidariedade e responsabilidade.” E concluiu: “É do nosso genuíno interesse europeu e esperamos que os Estados-Membros atuem em conformidade.”

Read the President's statement

Read Commissioner Malmström's statement

Watch President Barroso's statement at the joint press conference

Watch Commissioner Malmström's statement at the joint press conference

Read more on current activities of the EU action in the fields of migration and asylum