Percurso de navegação

Propostas da CE para aprofundar a integração social

EC

A CE propôs hoje capitalizar as regras do Semestre Europeu para garantir uma forte dimensão social na União Económica e Monetária.

A Comissão Europeia propôs criar um novo registo para identificar melhor, e mais cedo, os maiores problemas sociais e de emprego no quadro do Semestre Europeu, o ciclo anual europeu de decisões sobre política económica.

O maior envolvimento dos sindicatos e do patronato, a nível europeu e nacional, na definição e implementação das recomendações de política do Semestre Europeu, tirar melhor partido dos orçamentos nacionais e comunitário para aliviar a tensão social e a remoção de barreiras à mobilidade laboral são também propostas lançadas no comunicado sobre a dimensão social da União Económica e Monetária (UEM), adotado hoje pela CE.

O comunicado segue o Roteiro para uma UEM profunda e genuína, da CE, publicado em Novembro de 2012, e alimentará o debate do futuro da UEM no Conselho Europeu de 24-25 de Outubro.

O Presidente Barroso disse: “A UE fez progressos gigantescos em termos de governação económica, nos últimos cinco anos, dando garantias financeiras a muitos Estados-Membros vulneráveis. Desde o início da crise que a nossa atuação é centrada em lidar com a tensão social criada em partes das nossas sociedades, mas a severidade desta, em especial na Zona Euro, ensinou-nos que temos de colaborar ainda mais para sarar as feridas sociais deixadas. A Comissão visa capitalizar as regras já em vigor ao abrigo do Semestre Europeu, para garantir uma forte dimensão social na forma como gerimos a nossa União Económica e Monetária, devemo-lo aos 26 milhões de desempregados e aos mais vulneráveis."

O futuro da União Económica e Monetária: a Comissão propõe ideias para aprofundar a integração social

Emprego e a Situação Social na UE: destaques da revisão trimestral, fragilidade da retoma económica e divergências persistentes na UEM

Fortalecer a dimensão social da União Económica e Monetária: perguntas frequentes

Leia o comunicado pdf - 189 KB [189 KB] English (en)