Percurso de navegação

Debate com o primeiro-ministro Orbán sobre o QFP e as relações bilaterais

Viktor Orbán

O Presidente Durão Barroso debateu o próximo Conselho Europeu, a realizar de 7 a 8 de fevereiro, as negociações sobre o orçamento plurianual da UE e os recentes desenvolvimentos nas relações entre a Comissão e a Hungria numa reunião com o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, na quarta-feira.

"O primeiro-ministro, e eu próprio, concordámos que é fundamental para o futuro da UE que seja alcançado um bom acordo no final desta segunda ronda de conversações [sobre o orçamento]," disse o Presidente Durão Barroso. Reiterou que o orçamento da UE é, em grande medida, parte da estratégia geral da Europa para lidar com a crise económica e é um instrumento crucial para o crescimento, o investimento e solidariedade.

Relativamente às relações entre a Comissão Europeia e a Hungria, o Presidente Durão Barroso disse: "Cooperámos com sucesso nas questões legais que causaram alguma preocupação à Comissão e onde o direito europeu foi violado. Estou satisfeito por ver que, passo a passo, estamos a encontrar soluções."

Em particular, elogiou as autoridades húngaras pela sua resposta rápida à sentença do Tribunal de Justiça Europeu sobre a idade de reforma dos juízes. O novo projeto de lei foi apresentado à Comissão dentro do prazo estabelecido e está agora a ser analisado. O Presidente disse que está confiante, graças à colaboração estreita ao longo do processo, de que o caso pode ser concluído num futuro próximo.

Ler a declaração completa do Presidente

Ver o vídeo