Percurso de navegação

O Presidente Barroso acerca do MEE e da situação em Chipre

EU

Na conferência de imprensa que se seguiu à reunião Informal Ministerial sobre a Política Marítima Integrada da UE em Chipre, o Presidente Barroso comentou o próximo Conselho Europeu, o início do Mecanismo Europeu de Estabilidade e a situação em Chipre.

“Vamos ter um Conselho Europeu importante na próxima semana em que temos de dar uma orientação clara sobre a adoção até ao final do ano da proposta da Comissão para um único mecanismo de supervisão. Penso que é da maior importância que se perceba agora que estamos a tomar decisões concretas e importantes, porque este mecanismo único de supervisão abrirá a possibilidade de haver capitalização direta dos bancos,” referiu o Presidente Barroso.

E prosseguiu: “A Europa tem feito progressos em termos da criação de capacidades integradas para fazer face à crise. Ainda hoje, no Luxemburgo, terá lugar a primeira reunião do Conselho de Governadores do Mecanismo Europeu de Estabilidade, e passaremos a ter então este Mecanismo Europeu de Estabilidade operacional.” Sublinhou que um Mecanismo Europeu de Estabilidade desta dimensão teria sido algo de impensável há alguns anos apenas.

Sobre a situação específica em Chipre, o Presidente Barroso afirmou: “discutimos os progressos relativamente à conclusão do Memorando de Entendimento ... Espero que, à luz das nossas discussões, possamos chegar rapidamente a acordo quanto às medidas a tomar para garantir uma sustentabilidade a longo prazo da economia Cipriota.” Acrescentou que importa dar uma mensagem de esperança ao povo de Chipre, ao mesmo tempo que instava todos os atores em Chipre, incluindo os vários partidos políticos e parceiros sociais, a unirem esforços. “Sei que, se perceberem corretamente quão difícil é a situação, terão a capacidade de superar a conjuntura atual e também de construir juntamente com os outros parceiros da União Europeia um futuro de crescimento sustentável.”

Sobre a política Marítima, o Presidente expressou a sua satisfação com a reunião, dizendo que esta conferência e a Declaração de Limassol constituíram um momento de viragem sobre a forma como a União Europeia entende e promove a política marítima europeia. “Hoje temos o acordo total de que a economia marítima pode dar um contributo fundamental para a promoção do emprego e do crescimento,” disse.

Leia o discurso do Presidente na reunião Ministerial Informal sobre a Política Marítima Integrada da UE

Read more about the New Maritime Agenda