Percurso de navegação

Notícias

Visita à Bulgária

O Presidente Durão Barroso inaugurou hoje em Sófia uma nova linha de metro financiada pela UE. Durante a sua visita a Sófia reuniu-se também bilateralmente com o primeiro-ministro Borissov e o Presidente Plevneliev.

31/08/2012

Bulgarian flag (Commons)

"Trabalhando lado a lado com as autoridades búlgaras, concluímos juntos este projeto que serve para estimular a economia, tornar o trânsito mais seguro e rápido, e proporcionar uma vida urbana mais agradável. É isto que queremos quando falamos de crescimento verde, inteligente e sustentável", disse o Presidente Durão Barroso na cerimónia de abertura da segunda linha do metro de Sófia. Referiu também que a linha de metro é uma demonstração daquilo que pode ser alcançado através dos fundos estruturais e de coesão da União Europeia.

A reunião bilateral com o primeiro-ministro Borissov centrou-se, entre outros assuntos, no uso dos fundos da UE na Bulgária, no último relatório do MCV, na adesão do país ao espaço Schengen e nas reformas estruturais. "É necessário um progresso real na reforma do sistema de pensões, no combate à pobreza e ao desemprego jovem, e na capacidade administrativa para melhorar os níveis de vida e manter o crescimento da economia búlgara", afirmou o Presidente na conferência de imprensa que se seguiu à reunião. Nas áreas da reforma judicial e do combate à corrupção, o Presidente Durão Barroso fez um apelo a um "esforço político consistente". Reiterou também o "apoio inequívoco à adesão da Bulgária ao espaço Schengen" por parte da Comissão".

Ler o discurso na cerimónia de abertura

Ler a declaração na conferência de imprensa

Vídeo do evento

Visita à Áustria

Durante a sua visita a Salzburgo e Alpbach, o Presidente Durão Barroso reuniu-se com o chanceler federal Werner Faymann para debater vários aspetos da crise da zona euro. O Presidente reuniu-se também com o vice-chanceler e ministro dos Negócios Estrangeiros austríaco, Michael Spindelegger, e com a governadora de Salzburgo, Gabi Burgstaller.

30/08/2012

President Barroso (EC)

O Presidente Durão Barroso fez um discurso no Simpósio Económico de Alpbach, um fórum reconhecido pelas suas contribuições para o debate na Europa. O Presidente disse: "O que distingue esta crise das anteriores na história é que temos a União Europeia como escudo que nos pode proteger destes distúrbios. Na verdade, estamos já mais integrados do que antes. Até ao momento, todos os passos tomados para combater a crise resultaram em mais integração europeia e não em menos."

A 12 de setembro, a Comissão Europeia vai apresentar um pacote de propostas para criar uma união bancária europeia. Segundo o Presidente Durão Barroso, este é o próximo passo concreto e imediato da nossa visão para gerar confiança no futuro da zona euro. "É exatamente disto que precisamos para a Europa: concluir o nosso trabalho, concluir a união económica e monetária, sermos determinados e consistentes, manter o rumo, não esperar milagres, mas focarmo-nos na implementação e nos resultados. Passo a passo. Mas sempre com uma perspetiva a longo prazo em mente", disse.

Read the full speech

Mensagem do Presidente Durão Barroso a José María Olazábal depois do anúncio da equipa europeia da Ryder Cup

"A Ryder Cup é o evento de equipas de golfe mais prestigiado do mundo. E é o único evento onde a Europa está representada numa única equipa."

27/08/2012

Ryder Cup

"Foi um verdadeiro privilégio discursar na cerimónia de abertura no Celtic Manor, País de Gales, em 2010, quando a Europa ganhou o troféu da taça de ouro.

A equipa que selecionou hoje para defender o título representa a verdadeira diversidade das nacionalidades, línguas e culturas de várias partes da Europa. Sob a sua liderança, estarão todas juntas para representar a bandeira europeia. Tem uma oportunidade única para fazer sorrir milhões de europeus.

Desejo-lhe todo o sucesso no Medinah Country Club, em Illinois."

Declaração do Presidente Durão Barroso sobre o falecimento de Meles Zenawi, primeiro-ministro da Etiópia

"É com grande tristeza que tomei conhecimento esta manhã do falecimento de Sua Excelência, o primeiro-ministro Meles Zenawi da Etiópia. Neste momento doloroso, gostaria de apresentar as minhas sinceras condolências e profunda solidariedade à sua família e a todo o povo da Etiópia."

21/08/2012

Meles Zenawi at the World Economic Forum (Wiki Commons)

"O primeiro-ministro Meles foi um líder africano respeitado. Demonstrou o seu forte compromisso pessoal durante muitos anos para melhorar as vidas não só do seu povo mas de todos os povos africanos, através do seu trabalho na unidade africana, nas alterações climáticas, no desenvolvimento, e na promoção da paz e da estabilidade, em particular no Corno de África. Durante a sua liderança, a Etiópia fez grandes progressos na concretização dos objetivos de Desenvolvimento do Milénio.

Espero, sinceramente, que a Etiópia intensifique o caminho da democratização, apoie os direitos humanos e a prosperidade do seu povo, e promova mais estabilização e integração regional."

Reação à decisão do Tribunal Constitucional romeno sobre o referendo de 29/07

O Tribunal Constitucional (TC) da Roménia declarou o referendo de 29 de julho nulo devido à ausência de quórum de participação exigido por lei. A Comissão Europeia tomou conhecimento desta decisão e considera que será agora da máxima importância que todos os atores políticos cumpram com a decisão do Tribunal Constitucional.

21/08/2012

Romanian flag

Assim, o procedimento legal para reintegrar o Presidente Basescu deve ser respeitado. A Comissão Europeia espera que as autoridades romenas ajam em conformidade com o Estado de Direito e as decisões do Tribunal Constitucional.

A Comissão Europeia apela a todas as forças políticas para respeitarem os valores europeus, atuarem com responsabilidade e trabalharem de forma construtiva para ultrapassar as divisões, no melhor interesse da Roménia. O respeito pelo Estado de Direito e a independência do setor judicial são essenciais para restaurar a estabilidade política e a confiança económica na Roménia.

A Comissão Europeia vai continuar a monitorizar a situação com atenção. Antes do final do ano aprovará outro relatório no âmbito do Mecanismo de Cooperação e de Verificação.

Ler a carta do Presidente Durão Barroso enviada ao primeiro-ministro Ponta a 10 de agosto de 2012