Percurso de navegação

Visita a Israel e aos Territórios Palestinianos Ocupados

© EU

Durante a sua visita, o Presidente Durão manifestou claramente que a resolução do conflito israelo-árabe continuava a ser uma prioridade estratégica para a UE. Expressou o forte compromisso da UE com uma solução que preveja a existência de dois Estados e enfatizou que "o nosso apoio não se resume a palavras, mas inclui também ações concretas".

A visita do Presidente Durão Barroso ilustra a importância que a Comissão dá às relações com estes membros fundamentais da sua vizinhança a sul. É também uma oportunidade para expressar o compromisso já antigo da União Europeia em negociar uma solução para o processo de paz no Médio Oriente.

O Presidente Durão Barroso reuniu-se a 8 de julho, nos Territórios Palestinianos Ocupados, com o Presidente Abbas e o primeiro-ministro Fayyad. Afirmou: "Através do nosso apoio financeiro e político geral, estamos a formar a base de um futuro Estado palestiniano viável e democrático, assim como das suas instituições e infraestruturas. E através disto, estamos a contribuir para uma solução que contempla dois Estados." Acrescentou que "estar atento às aspirações dos palestinianos para um Estado soberano é um aspeto crucial para uma paz duradoura, estabilidade e prosperidade na região". O Presidente também participou na inauguração do Centro de Formação Policial, em Jericó.

Em Israel, a 9 de julho, o Presidente Durão Barroso reuniu-se com o primeiro-ministro Netanyahu. Ambos os líderes analisaram as relações UE-Israel. O Presidente Durão Barroso enfatizou a natureza estreita das relações bilaterais, tanto de um ponto de vista político como económico. O sucesso particular da cooperação na ciência e na investigação foi demonstrado com a assinatura de um Memorando de Entendimento para a cooperação na energia e na água. Os dois líderes também debateram a situação regional, com o Presidente Durão Barroso a afirmar o apoio da UE à mudança democrática e às reformas políticas e económicas na vizinhança mais alargada. Expressou a sua profunda preocupação com a deterioração da situação na Síria e a necessidade de uma transição política pacífica, em sintonia com o Plano Annan, incluindo uma cessação imediata da violência. Também debateram as ameaças vitais na região e trocaram opiniões sobre o atual processo diplomático com o objetivo de resolver a questão nuclear no Irão.

O Presidente Durão Barroso reuniu-se de seguida com o Presidente do Knesset Rivlin e participou num jantar oficial oferecido pelo Presidente Peres. Visitou depois o memorial Yad Vashem e o Museu de Israel. A 10 de julho, conclui a visita com a atribuição de um doutoramento honoris causa pela Universidade de Haifa.

Factos e números principais

A UE e Israel estão comprometidos em criar uma parceria que proporcione relações estreitas a nível de investimento, político e de transações comerciais vantajosas para ambos, juntamente com a cooperação económica, social, financeira, civil, científica, tecnológica e cultural.

O Plano de Ação assinado com Israel ajuda a integrar este país de forma gradual nas políticas e programas europeus.

A UE é o principal parceiro comercial de Israel, totalizando 30% do comércio geral.

Israel é elegível para cerca de 14 milhões de euros em assistência financeira no atual período da programação.

Mais informações:

http://eeas.europa.eu/israel/index_en.htm

 

A UE é o maior doador ao povo palestiniano, incluindo através da UNRWA. De 2000 até finais de 2011, a UE atribuiu quase 4 mil milhões de euros em assistência.

Foram também feitos investimentos no setor da justiça palestiniano (32 milhões de euros) e no setor da segurança (53 milhões de euros).

Apoio ao Centro de Formação Policial: A Comissão Europeia contribuiu com mais de 20% dos custos totais de 15 milhões de euros para estas instalações e a missão da União Europeia no domínio do Estado de direito e da polícia trouxe agentes policiais e representantes dos sistemas judiciais da UE para trabalharem lado a lado e formar os seus colegas palestinianos.

O apoio financeiro ao abrigo do novo acordo assinado para os esforços da Autoridade Palestiniana na promoção do Estado de direito e da democracia foi de 20 milhões de euros.

Mais informações:

http://eeas.europa.eu/occupied_palestinian_territory/index_en.htm

 

Video from the visit to the occupied Palestinian territory

Video from the visit to Israel

Discurso do Presidente Durão Barroso pela ocasião da inauguração do Centro de Formação Policial em Jericó

Declaração à imprensa do Presidente Durão Barroso depois da reunião com o primeiro-ministro Fayyad em Ramallah

Ver o vídeo

Declaração do Presidente Durão Barroso depois da sua reunião com Mahmoud Abbas, Presidente da Autoridade Palestiniana

Ver o vídeo

Ler sobre a reunião com o primeiro-ministro Netanyahu

Declaração à imprensa do Presidente Durão Barroso depois da reunião com o primeiro-ministro Netanyahu

Ver o vídeo

Speech by President Barroso at the official dinner hosted by Shimon Peres, President of Israel

Speech by President Barroso at the University of Haifa: Moving together towards a brighter future

Ver o vídeo