Percurso de navegação

Notícias

Cimeira UE-África, Trípoli, Líbia

A Cimeira África-UE foi um sucesso

30/11/2010

Logótipo da UE-África © EU / AUC

"A Cimeira África-UE foi um sucesso," sublinhou o Presidente Durão Barroso depois da reunião de alto nível que se centrou no investimento, no crescimento económico e na criação de emprego. "Penso que estamos todos de acordo quando afirmo que o nosso trabalho não é somente sobre o que a Europa pode fazer por África, ou vice-versa, mas sobre aquilo que podemos fazer juntos," afirmou, tendo acrescentado: "Quando os africanos e os europeus cooperam, podemos atingir um progresso importante em benefício dos nossos povos."

 

"Temos de instigar a África"

O Presidente Durão Barroso abriu a Cimeira UE-África, em Trípoli, Líbia, onde pretende aprofundar a parceria estratégica entre a União e os seus parceiros africanos, nomeadamente no campo económico. O Presidente Durão Barroso afirmou: "Só podemos explorar o enorme potencial de África em benefício do seu povo se a ajudarmos a relacionar-se com a economia mundial. Temos de ‘instigar a África’ aproveitando o seu crescimento impressionante. Temos de fomentar o comércio e o investimento, em particular nos sectores inovadores, como a energia e a protecção do clima."

Ler o discurso de abertura na Cimeira da UE-África

Ler mais

Discurso de encerramento do Presidente Durão Barroso

Orçamento 2011 – Carta ao PE e ao Conselho

26/11/2010

José Manuel Barroso

O Presidente Durão Barroso enviou uma carta ao Presidente do PE, Jerzy Buzek, e ao Presidente do Conselho, Yves Leterme, descrevendo o novo projecto de orçamento adoptado hoje pela Comissão. O novo projecto de orçamento fornece à autoridade orçamental uma nova oportunidade para chegar a um acordo antes do fim do ano, para que a União Europeia possua um orçamento a 1 de Janeiro. O Presidente Durão Barroso apela ao Parlamento Europeu e ao Conselho para chegarem a um acordo sobre o projecto de orçamento para 2011 antes do final da sessão de Dezembro do PE.

Carta original pdf - 222 KB [222 KB] English (en)

Ler a carta

Visita a Paris

26/11/2010

Aperto de mão entre Nicolas Sarkozy e José Manuel Durão Barroso © EU

O Presidente Durão Barroso está de visita a Paris onde vai participar na conferência "Making Reform Happen" coorganizada pela OCDE e o Korean Development Institute. Durante o seu discurso de abertura, o Presidente comentou "a UE parece, por vezes, um laboratório de reforma – não somente para a OCDE mas também para o resto do mundo". Depois, encontrou-se com Nicolas Sarkozy, Presidente da República, e o primeiro-ministro, François Fillon.

Presidente Durão Barroso recebe o Colar do Mérito Europeu

25/11/2010

Jean-Claude Juncker e José Manuel Barroso © EU

O Presidente Durão Barroso recebeu o 'Colar do Mérito Europeu' da Fundação do Mérito Europeu, uma fundação luxemburguesa que tem por objectivo levar a cabo todas as actividades que promovam 'a consciencialização europeia necessária para a realização progressiva de uma União Europeia existencial de vocação humanista'. O Colar é uma homenagem prestada ao Presidente Durão Barroso pelas suas contribuições para a 'União dos Povos da Europa na Liberdade, na Paz e na Fraternidade'.

Visita de Sheikh Hasina, primeiro-ministro do Bangladeche

25/11/2010

Sheikh Hasina e José Manuel Durão Barroso © EU

O Presidente Durão Barroso recebeu Sheikh Hasina, primeiro-ministro do Bangladeche, e expressou o seu apreço pelo "papel construtivo que o Bangladeche possui no cenário mundial e, em particular, nas negociações sobre as alterações climáticas na COP 16". O Presidente Durão Barroso também referiu o desejo da Comissão "em ajudar o Bangladeche de forma ainda mais eficaz para lidar com os principais desafios que enfrenta: a redução da pobreza, o combate às alterações climáticas e um maior fortalecimento das suas instituições democráticas".

Discurso de encerramento sobre a governação económica

Penso ser intelectual e politicamente desonesto sugerir que o problema é o euro

24/11/2010

José Manuel Barroso © EC

O Presidente Durão Barroso concluiu o debate sobre a governação económica no Parlamento Europeu, dizendo: "Penso ser intelectual e politicamente desonesto sugerir que o problema é o euro." Alertou também que "neste momento não é conveniente começar a especular sobre os países que podem estar em risco. O que temos de pedir a esses países para fazer é que implementem todas as medidas necessárias para conseguirem a estabilidade financeira e orçamental."

"Mais coerência, mais convergência, mais objectivos comuns"

O Presidente Durão Barroso afirmou: "O progresso que conseguimos até ao momento sobre a governação económica é uma indicação que podemos, com vontade política suficiente de todas as partes, fazer da Europa uma força mais sólida no mundo em benefício dos nossos cidadãos," e sublinhou que "para isto precisamos de vontade política, precisamos de um sentido de objectivo comum, não só por parte das instituições europeias, mas de todos os nossos Estados-Membros, e isto é um apelo que quero fazer hoje – mais coerência, mais convergência, mais objectivos comuns."

Ler a declaração completa

Ver o vídeo

Ler o discurso de encerramento do Presidente

O G20: posicionar a Europa no centro do debate mundial

24/11/2010

José Manuel Barroso

O Presidente Durão Barroso transmitiu ao PE as concretizações da cimeira do G20, em Seul, nomeadamente sobre o progresso feito para eliminar os desequilíbrios económicos mundiais e o papel da UE para impulsionar soluções globais. Analisou depois a próxima presidência francesa do G20 e sublinhou o apoio da Comissão às prioridades francesas, como a reforma do sistema monetário internacional ou a volatilidade do preço das matérias-primas, sobre os quais a Comissão vai apresentar uma proposta nos próximos meses. O Presidente Durão Barroso ressaltou: "A presidência francesa do G20 é uma ocasião única para a Europa deixar a sua marca na agenda mundial."

Ler o discurso

Ver o vídeo

Mensagem de condolências a Sir Anand Satyanand

24/11/2010

Bandeira da Nova Zelândia

O Presidente Durão Barroso transmitiu as suas sinceras condolências a Sir Anand Satyanand, Governador-geral da Nova Zelândia, e ao povo da Nova Zelândia, no seguimento do acidente mineiro na mina de Pike River. O Presidente Durão Barroso garantiu às famílias das vítimas "a solidariedade da Comissão Europeia neste momento difícil". Também elogiou os esforços incansáveis da equipa de resgate para tentar e encontrar formas de trazer os mineiros à superfície vivos.

Leia a declaração

Programa de Trabalho da Comissão Europeia para 2011

23/11/2010

José Manuel Barroso

O Presidente Durão Barroso apresentou ao Parlamento Europeu o Programa de Trabalho da Comissão para 2011 descrevendo-o como sendo "não só a conclusão do nosso proveitoso diálogo, mas também o início do próximo passo nos nossos esforços concretos para sairmos da crise e conduzirmos a UE depois dela." Sublinhou que "agora é a altura de mantermos o ímpeto" e encorajou o Parlamento e o Conselho a envolverem-se em conversações trilaterais sobre como implementar as provisões do Tratado no programa na União.

Ler a declaração completa do Presidente

Debate sobre o orçamento da UE para 2011, Parlamento Europeu

O orçamento é absolutamente essencial se queremos retomar o crescimento e o emprego na Europa

23/11/2010

Vista geral © EU

O Presidente Durão Barroso anunciou que a Comissão apresentará um novo projecto de orçamento até 1 de Dezembro, para que a União possua um orçamento a 1 de Janeiro de 2011. "Os nossos cidadãos não compreenderão que questões institucionais possam bloquear um orçamento que tem um impacto directo nos meios de subsistência e nas perspectivas das populações de toda a União”, disse o Presidente Durão Barroso, sublinhando a importância que a Comissão confere ao diálogo entre as instituições e a um espírito europeu de compromisso.

Ler o discurso sobre o orçamento da UE para 2011

Cimeira UE-Ucrânia

22/11/2010

Viktor Yanukovych © EU

Depois da Cimeira UE-Ucrânia, o Presidente Durão Barroso sublinhou dois resultados específicos: o plano de acção relativo aos vistos para a Ucrânia e o protocolo que proporciona a este país acesso a importantes programas da UE, concedendo ambos benefícios tangíveis aos ucranianos. Salientou que o próximo ano será muito importante para as relações UE-Ucrânia. O Presidente Durão Barroso também saudou a forte declaração política do Presidente Yanukovich durante a Cimeira: "nunca voltaremos a ter uma crise do gás como as que tivemos antes".

Ler a declaração do Presidente depois da Cimeira UE-Ucrânia

Declaração conjunta à imprensa sobre a 14a Cimeira UE-Ucrânia

CIMEIRA DA NATO e CIMEIRA UE-EUA, Lisboa, Novembro de 2010

Chegámos a acordo sobre formas concretas para impulsionar o crescimento económico e o emprego.

20/11/2010

José Manuel Durão Barroso © EU

Depois da Cimeira da UE-EUA, em Lisboa, o Presidente Durão Barroso disse: "Tivemos uma Cimeira muito construtiva com o Presidente Obama em Lisboa, que mostrou claramente que a amizade transatlântica é mais importante do que nunca e que fornece resultados aos nossos cidadãos. Chegámos a acordo sobre formas concretas para impulsionar o crescimento económico e o emprego. Para isso, vamos, em particular, eliminar os obstáculos que ainda subsistem no nosso mercado transatlântico de vários triliões, cooperar mais nas tecnologias verdes, limpas e emergentes, e trabalhar de forma ainda mais estreita nos desafios globais."

Comentários do Presidente Durão Barroso na Cimeira da NATO

Declaração conjunta na Cimeira da UE-EUA

Prémio Victoria de Ouro – Europeu do Ano 2010

18/11/2010

José Manuel Barroso

Hoje à noite, o Presidente Durão Barroso é galardoado com o prémio Victoria de Ouro para "Europeu do Ano 2010" pelo seu compromisso e trabalho para a integração europeia. É a primeira personalidade a receber o prémio nesta categoria recentemente criada. O prémio é atribuído pela Associação dos Editores de Jornais e Revistas da Alemanha (VDZ, Verband Deutscher Zeitschriftenverleger) durante a 'Publishers' Night', em Berlim, onde estão presentes mais de 1000 representantes da comunicação social, do mundo empresarial e da política. O Presidente Durão Barroso recebe o prémio pelo sucesso dos esforços empreendidos para uma Europa dos cidadãos, uma união económica e monetária estável e sustentável, pela solidariedade, pela redução da burocracia, pela supervisão financeira efectiva em toda a Europa e por melhorar a posição mundial da Europa.

Presidente Durão Barroso recebe o primeiro-ministro da Hungria

Esta presidência tem lugar num momento crucial com o lançamento das reformas a longo prazo da UE

17/11/2010

José Manuel Barroso © EC

O Presidente Durão Barroso reuniu-se com Sua Excelência Viktor Orbán, primeiro-ministro da Hungria, em antecipação à primeira presidência húngara do Conselho. O Presidente Durão Barroso elogiou a "consistência evidente entre as prioridades anunciadas da presidência húngara e o programa da Comissão", e prometeu que "antes do arranque da presidência, a Comissão fará tudo o que estiver ao seu alcance para ajudar a sair do impasse ocorrido quando as negociações entre o Conselho e o Parlamento foram interrompidas."

Ler a declaração

Declaração de Durão Barroso sobre a crise irlandesa

17/11/2010

Viktor Orban e José Manuel Barroso © EU

Durante uma conferência de imprensa com o primeiro-ministro da Hungria, o Presidente Durão Barroso falou sobre a situação económica na Irlanda, afirmando: "Antes de tomar uma posição definitiva, penso que temos de avaliar a situação, e é isso que estamos a fazer neste momento." O Presidente Durão Barroso também mencionou que apesar do mecanismo da UE estar pronto para ser usado, se solicitado, a Comissão "não está a pressionar a Irlanda para recorrer ao mecanismo de ajuda financeira".

Ler a declaração

Message to the President of the Republic of Iraq

17/11/2010

The Iraqi flag

On behalf of the European Commission, President Barroso congratulated Mr Jalal Talabani, President of the Republic of Iraq, on his re-election. President Barroso noted: "I wish to confirm to you that the European Commission remains fully committed to working with Iraq to contribute to the stability, security and prosperity of the country. I look forward to working closely with you and the future Government of Iraq, with the shared aim of making life better for the people of all Iraq."

Durão Barroso recebe Mikheil Saakashvili, Presidente da Geórgia

17/11/2010

Mikheil Saakashvili and Jose Manuel Barroso

O Presidente Durão Barroso recebeu o Presidente da Geórgia, Mikheil Saakashvili, e encorajou as autoridades georgianas a "continuar os esforços para melhorar o pluralismo político e consolidar as instituições democráticas". Os dois presidentes debateram as relações bilaterais entre a UE e a Geórgia, o acordo de facilitação de vistos, assinado em Junho, e a diversificação das fontes e rotas da energia. O Presidente Durão Barroso lembrou que "a União Europeia apoia totalmente a segurança, a estabilidade e a integridade territorial da Geórgia".

Ler a declaração

Declaração do Presidente Durão Barroso sobre o orçamento da UE para 2011

Aqueles que pensam ter obtido uma vitória sobre ‘Bruxelas’ deram um tiro no próprio pé

16/11/2010

José Manuel Barroso © EC

O Presidente Durão Barroso expressou a sua decepção pelo insucesso das negociações entre o Conselho e o Parlamento Europeu e apelou a todas as partes envolvidas para "mostrarem sentido de responsabilidade e trabalharem tão rápido quanto possível para se encontrar uma solução aceitável". O Presidente Durão Barroso referiu que "Este não é um orçamento para ‘Bruxelas’, é para os beneficiários dos programas da UE", e solicitou ao Comissário Lewandowski para apresentar "tão rápido quanto possível um novo projecto de orçamento da UE para 2011 que permita concretizar os objectivos da Europa."

Ler a declaração

Cimeira do G20, Seul, Coreia do Sul, 11-12 de Novembro, 2010

Estamos satisfeitos pelo Plano de Acção de Seul comprometer ainda mais o G20 para a acção global no sentido do crescimento equilibrado

12/11/2010

José Manuel Barroso © EC

"Participámos hoje na Cimeira do G20 presidida pela Coreia.

Na nossa carta conjunta aos líderes do G20, de 5 de Novembro, definimos a posição comum da UE.

Estamos satisfeitos com o resultado da cimeira. A UE queria que esta cimeira fizesse progressos sobre as acções conjuntas com o objectivo de estimular o crescimento e o emprego a nível mundial. Estamos satisfeitos pelo Plano de Acção de Seul comprometer ainda mais o G20 para a acção global no sentido do crescimento equilibrado. O Plano de Acção é um reconhecimento claro da nossa responsabilidade conjunta. Todas as grandes economias concordaram em fazer a sua parte para atingirmos o reequilíbrio necessário para lidar com os desequilíbrios. Vamos fortalecer o processo de avaliação comum para promover a sustentabilidade externa.

Comprometemo-nos em reduzir os desequilíbrios em excesso e em manter os desequilíbrios das contas correntes a níveis sustentáveis.

O nosso método para usar indicadores para desencadear uma avaliação dos desequilíbrios macroeconómicos e das suas causas de base, foi apoiado pelos líderes do G20.

Estando a UE em vias de adoptar um mecanismo sólido para lidar com os desequilíbrios macroeconómicos, continuará, desta forma, a contribuir com as suas experiências. A UE ajudou a desenvolver consenso sobre soluções cooperativas relativamente às pressões nos mercados monetários e comerciais. Os líderes concordaram em aplicar taxas de câmbio mais baseadas no mercado e em melhorar a flexibilidade das taxas, de forma a reflectir aspectos económicos fundamentais subjacentes, e a evitarem as desvalorizações competitivas. Foi a isto que apelámos na nossa carta conjunta. Estamos também satisfeitos com o compromisso assumido para combater o proteccionismo em todas as suas formas e em terminar em breve a fase final das negociações da Ronda de Doha para o Desenvolvimento. Foi importante para a UE incluir o desenvolvimento, de forma determinada, na agenda do G20. Conseguimos isto com o Consenso de Seul para um Crescimento Partilhado, integrando desenvolvimento, comércio e investimento.

A Cimeira do G20 confirmou a reforma do FMI. A UE acolheu com agrado esta reforma, para a qual os seus Estados-Membros contribuíram de forma decisiva. Ao confirmar a reforma Basel III, o G20 também manteve o ímpeto para a reforma regulamentar dos mercados financeiros mundiais, uma prioridade-chave para a UE.

Também estamos satisfeitos com as conclusões da Cimeira do G20 sobre Cancún, nomeadamente a vontade de não desperdiçar esforços no sentido de se atingir um resultado equilibrado e bem sucedido relativamente às negociações das alterações climáticas."

 

"O G20 não é um jogo de guerra, é um jogo de equipa"

O Presidente Durão Barroso lembrou a importância de estimular o crescimento e o emprego através da eliminação dos desequilíbrios mundiais num espírito de cooperação. O emprego de qualidade deve ser o aspecto principal da recuperação. Sublinhou que "temos de acelerar e reequilibrar o crescimento de uma forma que seja benéfica para todos." Apelou ao G20 para resolver os desequilíbrios de forma decisiva: "Todas as grandes economias devem fazer a sua parte para conseguirmos o reequilíbrio. E ao fazê-lo, devem considerar as consequências das suas acções, ou da falta delas, nos outros países. Temos de desenvolver e usar ferramentas eficazes para detectar, avaliar e reduzir os desequilíbrios excessivos." Também alertou para as práticas abusivas das desvalorizações competitivas das moedas e referiu que a UE está pronta para concluir as negociações de Doha.

 

"Tomar medidas a nível mundial para um crescimento equilibrado"

O Presidente da Comissão, Durão Barroso, e o Presidente do Conselho Europeu, Van Rompuy, representam a União Europeia na Cimeira do G20 e vão apelar à concretização da coordenação que a economia mundial necessita para obter um crescimento sólido e equilibrado. "O apoio à recuperação e o lançamento das bases para um crescimento sólido e mais equilibrado, continuam a ser desafios de política importantes," disse o Presidente Durão Barroso. "Tivemos sucesso na primeira etapa e conseguimos evitar que o barco se afundasse. Temos agora de levá-lo a bom porto."

Visit the G8/G20 page

Statement by President Barroso and President Van Rompuy

Read the full statement of president Barroso at the start of the G20 Summit in Seoul

Watch the video of the joint press conference at the start of the G20 Summit in Seoul

Read the Joint statement of European Commission President Barroso and European Council President Van Rompuy at the end of the G20 summit in Seoul

Mensagem de condolências no seguimento das chuvas torrenciais na Costa Rica

12/11/2010

Bandeira da Costa Rica

O Presidente Durão Barroso manifestou o seu profundo pesar a Sua Excelência, Laura Chinchilla, Presidente da República da Costa Rica, depois das chuvas torrenciais que devastaram o seu país. Durão Barroso transmitiu o seu sentimento de profunda tristeza às vítimas que ficaram desalojadas e àquelas que sofreram danos materiais. Sublinhou que a Costa Rica "pode contar com a total solidariedade dos europeus nesta altura difícil".

Declaração sobre a libertação de Daw Aung San Suu Kyi

12/11/2010

Daw Aung San Suu Kyi (Commons licence)

Na sua declaração sobre a libertação de Daw Aung San Suu Kyi, o Presidente Durão Barroso disse: "Estou satisfeito por Daw Aung San Suu Kyi ter sido finalmente libertada da sua prisão domiciliária depois de uma difícil provação de mais de 20 anos, durante a qual foi um símbolo mundial de coragem e esperança. É agora crucial que Aung San Suu Kyi desfrute de liberdade de movimento e de expressão sem restrições e que possa participar plenamente no processo político do seu país."

Para além da crise: a visão da Comissão

09/11/2010

Vista geral do hemiciclo do Parlamento Europeu © EU

Discursando na Reunião Parlamentar Conjunta, no Parlamento Europeu, o Presidente Durão Barroso disse: "O desafio actual exige o compromisso de todos", tendo acrescentado que não teremos sucesso se não actuarmos em conjunto, ou seja, as instituições europeias e os nossos Estados-Membros. Apresentou as propostas e as iniciavas da Comissão para o desenvolvimento do crescimento e do emprego no futuro, tendo sublinhado que "este trabalho tem de começar agora. Não temos tempo a perder".

Ler o discurso

Felicitações ao Presidente da República Unida da Tanzânia

09/11/2010

Mr Jakaya Mrisho Kikwete

O Presidente da Comissão, José Manuel Durão Barroso, felicitou Sua Excelência, Jakaya Mrisho Kikwete, pela sua reeleição como Presidente da República Unida da Tanzânia. O Presidente Durão Barroso elogiou o novo mandato e afirmou que deseja que "a sua reeleição nos permita trabalhar no desenvolvimento do diálogo político entre a UE e a Tanzânia e torná-lo ainda mais expressivo."

Felicitações à presidência da Bósnia e Herzegovina

09/11/2010

Bandeira da Bósnia e Herzegovina (licença Commons)

O Presidente Durão Barroso apresentou a suas felicitações aos três novos membros eleitos da presidência da Bósnia e Herzegovina, Bakir Izetbegović, Željko Komšić e Nebojša Radmanović. O Presidente Durão Barroso expressou o seu total apoio e a sua esperança de que a nova presidência "ajude a Bósnia e Herzegovina a executar as principais reformas que são necessárias para avançar de forma inequívoca na direcção da União Europeia."

Condolências pela morte do ex-primeiro-ministro russo

09/11/2010

Viktor Chernomyrdin © EU

O Presidente Durão Barroso expressou o seu pesar e lamenta a morte do ex-primeiro-ministro russo, Sua Excelência Viktor Chernomyrdin. "Serviu as pessoas com grande coragem e empenho pessoal”, disse o Presidente Durão Barroso sobre Viktor Chernomyrdin, primeiro-ministro que esteve em funções durante bastante tempo e que "será afectuosamente recordado pela sua personalidade excepcional e estilo humano único".

Message of Condolences on the plane crash in Cuba

08/11/2010

Flag of Cuba (Commons licence)

President Barroso sent a message of condolences to His Excellency Mr. Raúl Modesto Castro Ruz, President of the Council of State of the Republic of Cuba, following the crash of a commercial aeroplane in central Cuba on 4 November 2010. He expressed his "deepest sympathy and solidarity with the families of all the victims".

Visita oficial a Bucareste

08/11/2010

José Manuel Durão Barroso com o presidente romeno, Traian Basescu, e o primeiro-ministro romeno, Emil Boc © EU

Durante a sua visita a Bucareste, o Presidente Durão Barroso reuniu-se com o Presidente da Roménia, Traian Basescu, onde tiveram a oportunidade de debater as principais questões relativas à Roménia, como o seu desejo de aderir ao espaço Schengen no próximo ano e os progressos na reforma judicial, entre outros assuntos do interesse de ambas as partes. O Presidente Durão Barroso sublinhou o seu compromisso em trabalhar com o Presidente Basescu "para ajudar a modernizar a Roménia e a fortalecer o seu papel na União Europeia." Depois da reunião, esteve presente na Cimeira do Danúbio e recebeu o doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Bucareste.

Ler o discurso proferido na Universidade de Bucareste

Ler o discurso proferido na Cimeira do Danúbio

Leia a declaração

Carta conjunta aos líderes do G20

Precisamos de um compromisso político claro para com soluções duradouras e de cooperação em relação às pressões nos mercados monetários

05/11/2010

Herman Von Rompuy e José Manuel Barroso © EC

Numa carta conjunta dirigida aos líderes do G20, o Presidente da Comissão, Durão Barroso, e o Presidente do Conselho Europeu, Van Rompuy, partilharam as suas opiniões sobre questões fundamentais em antecipação à Cimeira de Seul. Os Presidentes definiram um programa ambicioso mas advertiram que a “Cimeira de Seul será um verdadeiro teste de apresentação de resultados para o G20". Baseando-se no mecanismo de alerta da UE, sugeriram que os desequilíbrios das contas correntes devem ser usados como um indicador para desencadear uma avaliação das possíveis causas de base dos entraves à regulação.

Ler a carta conjunta pdf - 205 KB [205 KB] English (en)

Felicitações ao primeiro-ministro da Letónia

03/11/2010

Valdis Dombrovskis (Commons licence)

"O mandato inequívoco que o governo de V. Exa. recebeu dos eleitores letões reforça os progressos feitos com o programa de estabilização económica. Sob a sua liderança, a Letónia foi um exemplo de perseverança e determinação na abordagem dos desequilíbrios económicos", disse o Presidente Durão Barroso numa mensagem de felicitações a Sua Excelência, Valdis Dombrovskis, após a sua recondução como primeiro-ministro da Letónia.

Leia a declaração

Eleições no Brasil,1/11/2010

01/11/2010

Dilma Roussef durante o discurso da Vitória

Mensagem do Dr. José Manuel Durão Barroso a Senhora Dilma Rousseff, Presidente eleita da República Federativa do Brasil

"Excellentíssima Senhora Presidente eleita e cara amiga:

Em nome da Comissão Europeia e am meu nome pessoal, quero transmitir a vossa Excelência as mais sinceras felicitaçŏes pela vitória nas eleiçőes presidenciais de 31 de outubro.

Permito-me destacar e congratular-me com o significado histórico da primeira eleição de uma mulher para funçőes de Presidente da República Federativa do Brasil.

Gostaria também de felicitar o povo brasileiro pela reafirmação do seu profundo empenhamento na democracia. O acto eleitoral de hoje demonstrou uma vez mais a vitalidade e maturidade da democracia brasileira.

O Brasil é um parceiro estratégico de primeira importância para a União Europea, partilhando valores comuns e objectivo estratégicos, tanto no que respeita às questőes económicas e financieras, como no desenvolvimento sustentável e nas alteraçőes climáticas ou ainda na liberalização do comércio mundial. A União Europea regozija-se com un Brasil forte, capaz de contribuir para a resolução dos problemas globais, para a estabilidade e prosperidade da América Latina e para o incremento das nossas relaçőes bilaterais.

Foi para mim un prazer receber vossa Excelência em Bruxelas no passado dia 17 de Junho enquanto candidata, mas espero agora poder receber num futuro próximo vossa Excelência enquanto Presidente da Republica Federativa do Brasil!

A Comissão Europeia está segura que continuará a trabalhar com vossa Excelência e com o seu Governo no approfundamento da parceria estratégica entre a União Europea e o Brasil que estabelecemos em Julho de 2007 e que iremos reforçar aina mais nos próximos anos."