Percurso de navegação

Multilinguismo

Numa União Europeia com 27 países (e mesmo mais num futuro próximo), é claro que o multilinguismo desempenha um papel importante no seu funcionamento diário.Vejamos com mais atenção:

A União Europeia tem actualmente 23 línguas oficiais. Por conseguinte, as reuniões em que participam pessoas de países diferentes, os documentos, as comunicações ou qualquer outro tipo de informação proveniente da Comissão podem necessitar de interpretação ou de tradução para várias línguas.A interpretação e a tradução são igualmente fundamentais para que os cidadãos europeus tenham acesso a informações sobre a União Europeia numa língua que compreendam.

Só para lhe dar uma pequena ideia, a Direcção-Geral da Interpretação fornece intérpretes para mais de 11 000 reuniões por ano.É graças aos intérpretes que pessoas que não falam a mesma língua se conseguem entender e comunicar entre si.Em 2005, a Direcção-Geral da Tradução traduziu 1 324 231 páginas.

Por outro lado, os 25 000 funcionários da Comissão Europeia também precisam de ser capazes de trabalhar em conjunto e de se compreenderem.Por essa razão, há três línguas de trabalho:inglês, francês e alemão.O trabalho na Comissão pode ser efectuado em qualquer uma destas três línguas.Em termos práticos, nas reuniões internas ouve-se frequentemente uma mistura de inglês, francês e alemão e as pessoas exprimem-se na língua em que se sentem mais confortáveis.Regra geral, antes de iniciar uma reunião verifica-se se há algum problema de compreensão numa destas línguas.

Commission civil service