Base de Dados Europeia de Boas Práticas Leader+

(A base de dados está actualmente disponível em: da de el en es fi fr it nl pt sv)

Bem-vindo à base de dados europeia de boas práticas Leader+, a ferramenta comum para a disseminação de exemplos seleccionados na implementação da iniciativa Leader+ no âmbito da União Europeia. A ferramenta limita-se aos 15 Estados-Membros pré-alargamento.

Os exemplos de boas práticas são actividades apoiadas pelos Grupos de Acção Local Leader+.

A recolha de exemplos de boas práticas, ao nível europeu, é uma das tarefas do Observatório Leader+. Tem como objectivo apresentar a um público amplo as realizações do Leader+ em áreas rurais, mas também se destina a todos os actores de desenvolvimento rural que estejam interessados em saber sobre como o Leader+ está a ser implementado.

Em primeiro lugar, o Observatório Leader+ seleccionou uma equipa de peritos e criou uma estratégia e procedimento para o exercício num grupo de trabalho de representantes da rede nacional. Com o apoio dos peritos, os exemplos de boas práticas foram recolhidos e seleccionados, ao nível nacional, pelas Unidades da Rede Nacional e pelas Autoridades Responsáveis pela Gestão do Leader+. Depois de seleccionarem os exemplos, os peritos refundiram-nos num modelo comum europeu.

Uma "boa prática", no sentido aqui usado, pode incluir não só projectos individuais, mas também outros tipos de "acções-piloto", nomeadamente um enfoque estratégico especial ou uma série de projectos considerados como um todo. Consequentemente, esta base de dados também contém exemplos do "nível GAL".

Os critérios para identificar boas práticas estiveram intimamente ligados às sete características do Leader+, que são válidas para todos os programas Leader+ na Europa: abordagem assente no nível local; abordagem ascendente; parceria e a estrutura Grupo de Acção Local; inovação; abordagem integrada; criação de redes e cooperação entre áreas; e o financiamento e gestão local. Adicionalmente, foram adicionados dois "novos" critérios europeus: Transferabilidade e sustentabilidade. Estes critérios foram considerados, pelo Observatório, como sendo características importantes para uma boa prática Leader+.

No sentido de atingir um "resultado justo", foi adoptada uma abordagem que respeitasse a diversidade temática, o tipo de projecto e o equilíbrio geográfico, em adição aos critérios relacionados com o conteúdo associados à abordagem do Leader. Para cada Estado-Membro, o Observatório Leader+ definiu então um número total entre dois e cinco exemplos que contivessem, pelo menos, algumas acções/projectos de cooperação, bem como estivessem distribuídos entre os quatro temas Leader+.

Esta base de dados é uma fonte de informação continuamente em crescimento. Em breve serão adicionados novos exemplos de boas práticas, de acordo com o mesmo procedimento, que também contribuem para a diversidade do Leader+. Ce paragraphe est en noir sur le site web alors que le reste est en vert/turquoise.

Cada ficha técnica contém três secções: "Informação básica", que apresenta alguns factos e números úteis acerca da própria acção e dos GALs envolvidos, como sejam o orçamento atribuído, a duração ou os detalhes de contacto. A secção "Descrição" inclui uma breve história da acção-piloto, assim como outras informações, incluindo as suas principais actividades e resultados ou problemas encontrados. Por fim, uma secção "Porquê" apresenta, em detalhe, as razões pelas quais uma determinada acção-piloto foi considerada como uma boa acção em termos, por exemplo, de transferabilidade, sustentabilidade, abordagem ascendente ou inovação.

As informações estão disponíveis em inglês e são apresentadas em formato de ficha técnica. Todas as fichas técnicas também podem ser visualizadas e transferidas em Formato de Documento Portátil (PDF). Você pode aceder a estas fichas técnicas a partir do motor de pesquisa, utilizando os critérios de selecção fornecidos.

Serão adicionados novos exemplos de boas práticas, à medida que ficarem disponíveis. Também estão planeadas a ligação desta ferramenta à base de dados do Grupo de Acção Local.

Destes exemplos de boas práticas, alguns deles também foram seleccionados para serem incluídos numa publicação do Observatório Leader+.