ADVERTÊNCIA IMPORTANTE - As informações contidas neste sítio Internet estão sujeitas e a uma cláusula de exclusão de responsabilidade e a um aviso relativo ao copyright

esdeenfritpt


Comercializar um turismo rural de qualidade

tipo de documento: artigo
palavras-chave: turismo
fonte: caderno LEADER
última actualização: 3 / 95


Conclusão



Perante todos estes factos, o problema da comercialização será para os GAL menos um problema de instrumentos do que um problema de estratégia de comercialização, , e menos para eles próprios do que para os parceiros da fileira, porque geralmente o papel do GAL não é criar a sua própria empresa de comercialização turística.


As lições a tirar das diferentes actividades LEADER sobre o tema do turismo são deste ponto de vista muito pragmáticas:


  • os operadores turísticos rurais devem aprender a trabalhar com as redes de distribuição profissional porque estas são incontornáveis no que se refere a grandes volumes.

    O papel de um GAL é então, estabelecer as condições para parcerias entre os produtores locais e os distribuidoresÊ

  • os GAL devem, por outro lado, facilitar a comercialização directa sobre os mercados de proximidade propondo produtos simples e de curtas estadias, assegurando a promoção da sua zona através de identidades territoriais fortes e de práticas de qualidade.


European Flag

Comissão
Europeia

Direcçáo-geral
da Agricultura