ADVERTÊNCIA IMPORTANTE - As informações contidas neste sítio Internet estão sujeitas e a uma cláusula de exclusão de responsabilidade e a um aviso relativo ao copyright

esdeenfritpt


| Sumário |

Guia metodológico para a
análise de uma acção inovadora

Porquê este guia?

Como utilizar este guia?

Para que acções?

Em que momento utilizar este instrumento?


Porquê este guia?

A nível local, é um documento de trabalho - ao serviço dos actores locais - para identificar, acompanhar e avaliar as acções que se desenrolam no seu território.

A nível da Rede LEADER, é um modo de colectar informação indispensável para facilitar os intercâmbios de experiências e a transferência de conhecimentos entre zonas rurais da União Europeia.


Como utilizar este guia?

  • A utilização deste documento é em primeiro lugar um exercício colectivo. Permite aos diversos parceiros envolvidos efectuarem em conjunto a análise da metodologia, da iniciativa ou do projecto escolhido. Não se limita, com efeito, a uma descrição da acção mas visa a valorização e explicação dos elementos de inovação que essa acção introduz, quer dizer, os novos elementos, que não existiam antes e que são veículo de mudanças positivas no território.

  • A redacção da ficha necessita de uma atenção especial: palavras precisas, frases concisas, descriçães e explicações o mais factuais e concretas possível facilitarão o trabalho dos parceiros locais e, de seguida, os intercâmbios com os outros territórios rurais.

  • Cópias deste documento e da ficha de recolha de informações podem obter-se através do sistema de informação em linha, "Rural Europe", instalada pelo Observatório Europeu LEADER.

Para que acções?

  1. Cabe aos responsáveis locais esta decisão. Este guia, que é em primeiro lugar um documento de trabalho para uso interno, pode, com efeito, ser-lhe útil para facilitar a análise e o acompanhamento de acções muito diversas: a iniciativa de uma empresa local, de um indivíduo, de uma organização que solicita ou beneficiou do apoio do LEADER; uma operação simples e complexa, executada pelo grupo de acção local ou por um dos seus parceiros; uma abordagem ou um método específico, etc.
    O guia pode então ser utilizado para analisar actividades tão diferentes como, por exemplo, a iniciativa de um agricultor empenhado num projecto de diversificação, uma acção de comunicação conduzida pelo GAL, uma operação de qualidade para as empresas locais, ou ainda a concepção e comercialização de um novo produto turístico.

  2. Apenas serão transmitidas às redes nacionais ou ao Observatório Europeu LEADER as informações sobre as acções que os responsáveis locais considerem mais significativas para alimentar e enriquecer os intercâmbios entre territórios ao nível nacional e europeu.

Em que momento utilizar este instrumento?

  1. Este documento pode ser útil tanto para a análise de acções a decorrer, para facilitar o acompanhamento, como para analisar acções concluídas, cujos elementos de inovação possam interessar aos actores rurais que estejam envolvidos em projectos semelhantes.

  2. A utilização deste guia pode fazer-se por etapas sucessivas:

    • em muitos casos, não será possível responder a todas as questões nas fases de lançamento do projecto;
    • as respostas dadas às diferentes questões irão evoluindo à medida que o projecto vai avançando; A ficha-resposta pode dar lugar a redacções sucessivas, cada vez mais completas e mais elaboradas, facilitando o acompanhamento e as avaliações regulares do decorrer da acção.

  3. A disponibilização da informação respeitante às acções mais significativas, junto da Rede Nacional ou do Observatório Europeu LEADER faz-se no momento em que a acção está suficientemente avançada para permitir um intercâmbio de qualidade com os actores rurais de outros territórios europeus. A transferência desta informação faz-se, sempre que possível, em disquete informática ou por intermédio do sistema de informação em linha "Rural Europe".

 


Telecargamento do guia
Consultar a base de dados acções inovadoras


European Flag

Comissão
Europeia

Direcçáo-geral
da Agricultura