This site has been archived on 28/02/2013
28/02/2013

Para os Adultos

Depois dos 35 anos, os adultos começam na verdade a perder estrutura óssea em vez de ganhar e nas mulheres a perda de estrutura óssea decorre ainda mais depressa após a menopausa. Tal pode resultar numa doença chamada osteoporose, em que os ossos são demasiado fracos para suportar este tipo de perda. Muitas vezes sucede que não existem sintomas, mas os ossos frágeis correm riscos elevados de fracturarem ou partirem - por exemplo, quando um idoso cai. O mesmo nutriente que ajuda as crianças a crescer durante a infância é o que mantém os nossos ossos fortes enquanto adultos. A manutenção de uma dieta rica em cálcio ajuda a minimizar a perda da densidade mineral óssea, a causa principal de enfraquecimento dos ossos. Uma das formas mais fáceis de o fazer é consumindo leite e produtos lácteos regularmente, os quais possuem uma elevada percentagem do cálcio necessário.

Os estudos cientificos também demonstram que as pessoas que mantêm uma dieta equilibrada que inclua produtos lácteos magros também podem reduzir o risco de determinados tipos de cancro. Um estudo de homens suecos revelou que "os homens que bebiam 1,5 copos de leite por dia ou mais tinham um risco menor em 33% de cancro do colo rectal do que os qur tinham baixo consumo de leite." [1] O estudo indicava ainda que o cálcio e outros componentes do leite agiam como potenciais componentes protectores. Outro estudo descobriu que as mulheres norueguesas que haviam bebido leite enquanto crianças e continuavam o hábito enquanto adultas tinham um risco muito inferior de desenvolverem cancro da mama do que as que não o tinham feito. [2] Estes estudos reforçam a importância do desenvolvimento de bons hábitos alimentares, como o consumo regular de produtos lácteos, numa idade jovem e da manutenção dos mesmos ao longo dos anos.

Enquanto que as crianças podem beneficiar ao beberem leite natural, os adultos que estejam a tentar minimizar o consumo de gorduras podem beber leite magro ou comer iogurtes magros que contêm, regra geral, menos de 2% de gordura. Além disso, os estudos comprovam que o cálcio e outros nutrientes presentes no leite, como as proteínas do soro de leite e o ácido linoleico conjugado, podem efectivamente ajudar as pessoas a perder peso.[3]

Resumindo, a melhor maneira de se manter saudável é fazer exercício regularmente e manter uma dieta saudável e equilibrada que inclua uma variedade de produtos lácteos, fruta e vegetais. Isto é importante não apenas para a sua própria saúde, mas também para dar um bom exemplo às crianças. Os hábitos alimentares e as atitudes em relação ao exercício físico são desenvolvidos enquanto jovens, mas ficarão com as crianças ao longo de toda a sua vida.

Para saber mais acerca da forma como o Programa Europeu de Leite Escolar está a promover a boa saúde, visite a secção
Campanha.

[1] “The Health Benefits of Milk“, The Dairy Council, RU

[2] Consultar a nota de rodapé 1

[3] “The nutritional value and health benefits of yogurt”, The Dairy Council RU

Para os Adultos