Percurso de navegação

Outras ferramentas

CRITÉRIOS DE ADMISSÃO A CONCURSO

Quem pode concorrer aos Prémios de Comunicação da PAC?

Podem apresentar-se a concurso os seguintes tipos de organizações:

  1. ministérios nacionais
  2. organizações não governamentais (ONG)
  3. organizações representativas de autoridades locais, regionais ou municipais
  4. outras entidades públicas ou mistas
  5. organizações profissionais (incluindo associações de agricultores, agrícolas ou de desenvolvimento rural)
  6. grupos de reflexão, instituições académicas ou organismos de investigação
  7. meios de comunicação
  8. agências de comunicação/profissionais da comunicação

Que tipos de projetos podem ser apresentados?

Qualquer projeto de comunicação em curso ou já terminado que verse claramente sobre temas relacionados com a política agrícola comum e cuja fase de execução não tenha tido início antes de 1 de janeiro de 2011.

REGRAS

Inscrição

  1. Os projetos devem ser apresentados até às 12.00 horas CET/TEC (meio-dia) de sexta-feira, 31 de outubro de 2014.
  2. Os formulários de inscrição devem ser preenchidos em alemão, francês ou inglês. Caso contrário, não serão aceites.
  3. Um serviço de assistência está à disposição dos participantes nos dias úteis, das 9.00 às 13.00 e das 14.00 às 17.30 horas CET/TEC: telefone +32 2 333 59 65; endereço eletrónico: capca2014@iservice-europa.eu. Os pedidos de informação serão tratados no prazo de três dias úteis a contar da data de receção. Todos os pedidos de informação relativos à apresentação dos projetos devem ser enviados até às 17.00 horas CET/TEC de sexta-feira, 31 de outubro de 2014.
  4. Apenas serão aceites os formulários preenchidos na íntegra. Terminado o prazo de inscrição (12.00 horas CET/TEC de sexta-feira, 31 de outubro de 2014) não serão aceites quaisquer elementos adicionais.
  5. Cada projeto só pode ser inscrito uma única vez. Os participantes podem apresentar, no máximo, três projetos diferentes, na mesma ou em várias categorias.

Seleção

  1. As inscrições que satisfaçam os critérios de admissão a concurso serão avaliadas por um comité de pré-seleção independente constituído por três especialistas em comunicação. Durante esta primeira etapa do processo de avaliação, serão pré-selecionados, no máximo, 15 projetos por categoria.
  2. Os projetos pré-selecionados serão, em seguida, avaliados por um júri de alto nível composto por especialistas em comunicação e peritos em política agrícola e de desenvolvimento rural. O júri selecionará três projetos finalistas em cada uma das categorias. O júri reserva-se o direito de, caso o considere adequado, reafetar um projeto a uma categoria diferente daquela em que foi inicialmente inscrito.
  3. A decisão sobre a classificação final (primeiro, segundo e terceiro lugares) em cada categoria será tomada por um público de especialistas em comunicação, que votarão nos seus projetos favoritos durante a cerimónia de entrega dos prémios. Antes da votação, os finalistas terão oportunidade de apresentar os seus projetos.
  4. O júri distinguirá um dos projetos com o Prémio Especial do Júri.
  5. Os visitantes do sítio Web dos Prémios de Comunicação da PAC também poderão escolher um projeto favorito de entre os nove projetos finalistas. O projeto mais votado receberá o Prémio Especial do Grande Público.

Notificação

Todos os candidatos serão informados sobre se os seus projetos foram ou não admitidos a concurso.

  1. Os participantes cujos projetos sejam pré-selecionados serão informados e convidados a participar na base de dados de boas práticas até ao final de novembro. Os participantes cujos projetos não sejam pré-selecionados serão informados por correio eletrónico na mesma altura.
  2. Em meados de dezembro, os finalistas selecionados pelo júri receberão um convite para participar na cerimónia de entrega dos prémios e num encontro que terá lugar em Bruxelas, no dia 29 de janeiro 2015, bem como instruções sobre a forma de apresentarem os seus projetos nessa ocasião.

Critérios de avaliação

A avaliação terá em conta os seguintes elementos:

Objetivos e estratégia de comunicação

Qualidade da estratégia e objetivos, conceção do projeto, resultados do projeto, programa do projeto e métodos utilizados para a execução da estratégia

Público-alvo

Relevância do projeto para o público-alvo selecionado, pré-avaliação das necessidades de informação do público-alvo, qualidade e variedade dos métodos utilizados para atingir o público-alvo e participação ativa do público-alvo no projeto

Criatividade e inovação

Abordagem conceptual e design do projeto, aspetos visuais, combinação inovadora e criativa de ferramentas, ações e canais de comunicação

Impacto

Em que medida foram atingidos os objetivos, em que medida o projeto teve impacto na população-alvo, número de pessoas alcançadas, número e qualidade dos canais de comunicação utilizados, relação custo/eficácia do projeto

Relevância para a PAC

Clareza, relevância e adequação das relações, diretas ou indiretas, com os domínios da PAC

Boas práticas

O projeto oferece uma oportunidade para um estudo de caso de boas práticas em termos de qualidade do projeto, alcance, impacto e efeito multiplicador, visibilidade do projeto, divulgação e exploração dos resultados, potencial de reprodução noutros países

Na categoria «Comunicação inovadora», deverá ser atribuída uma importância especial aos aspetos criativos/inovadores do projeto proposto.

Pode apresentar um projeto por categoria ou até três projetos diferentes na mesma categoria ou em categorias diferentes.

O júri reserva-se o direito de, caso o considere adequado, reafetar um projeto a uma categoria diferente daquela em que foi inicialmente inscrito.