Percurso de navegação

Preservar o património cultural europeu - 10/06/2011

Prémio do Património Cultural da União Europeia de 2011 recompensa 27 exemplos notáveis de conservação, preservação e investigação no domínio do património histórico.

Restituir a uma estação de comboios central o seu esplendor arquitectónico original, formar a próxima geração de curadores, recuperar um mosteiro desafectado: eis alguns exemplos do trabalho levado a cabo por milhares de voluntários e profissionais para manter viva a história europeia.

São assim restaurados, conservados e preservados edifícios, estruturas, fortificações e artefactos representativos do património cultural europeu.

A UE recompensa esses trabalhos anualmente através da atribuição dos prémios do património cultural, também designados por Prémios Europa Nostra Englishfrançais . Este ano há 27 vencedores, 6 dos quais serão distinguidos com o "grande prémio" do património cultural, recebendo também 10 000 euros cada um.

Os prémios são financiados pelo Programa Cultura da UE que já atribuiu, desde 2007, 26 milhões de euros ao co-financiamento de projectos no domínio do património. São também um investimento nas indústrias culturais e criativas europeias, que dão emprego a cerca de 8,5 milhões de pessoas e representam 4,5 % do PIB da UE.

Entre os vencedores de 201 Englishfrançais contam-se:

  • Museu ao ar livre "Weald & Downland", Chichester, Reino Unido, um centro de conservação de edifícios históricos que dá formação a estudantes, profissionais e voluntários em áreas tais como as estruturas de madeira e a reparação de obras de alvenaria históricas.
  • Estação Central de Antuérpia, Bélgica, uma "catedral ferroviária" do século XIX restaurada e transformada numa moderna estação de ligação com três pisos.
  • Arqueólogo Tomáš Durdik que ao longo dos últimos 25 anos se tem dedicado à investigação, conservação e preservação de castelos e fortificações na República Checa e regiões limítrofes.
  • Estudo arquitectónico da zona tampão protegida pela ONU dentro das muralhas de Nicósia, Chipre, um excelente exemplo de projecto de conservação numa zona sensível de Chipre, que envolveu cientistas e outros profissionais de ambas as comunidades cipriotas (grega e turca).
  • Förderverein Kloster Bredelar, Marsberg, Alemanha, um antigo mosteiro à beira da ruína recuperado por um grupo de voluntários que o transformaram num centro social e cultural.

Mais informações sobre o apoio à cultura e ao património europeus DeutschEnglishfrançais

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis